História As oito meninas da minha vida. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Gumi Megpoid, IA, Len Kagamine, Luka Megurine, Miku Hatsune, Rin Kagamine
Tags Len Harem
Exibições 47
Palavras 1.426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olá jovens eu disse que voltaria
espero que gostem do cap aviso esse cap tem um hentai curtinho pedido de uma leitura da 1 temporada.

Capítulo 1 - Hikari kagamine


Fanfic / Fanfiction As oito meninas da minha vida. - Capítulo 1 - Hikari kagamine

Len acordou com um barulho que desconfiava que era mais uma das brigas matinais entre IA e seeu a presidente costumava insistir para fazer o café tarefa que a grisalha tirou para si e isso causava brigas um pouco exageradas que geralmente acabavam em facas contra frigideiras.

Len se levantou preguiçoso pronto para apartar outra briga quando percebeu que teto havia invadido seu quarto a princesa dormia com uma camisola curta vermelha bem reveladora enquanto rin dormia ao seu lado com um short e camisa leves o loiro suspirou deu um beijo na testa da irmã e se levantou se esforçando para não acordar as meninas.

O loiro abriu a porta do banheiro e checou para ver se nenhuma das outras meninas estava usando e sorriu ao ver que não teria surpresas aquela manha para garantir ele trancou a porta do banheiro enquanto fazia sua higiene matinal.

O loiro saiu já limpo com a toalha enrolada na sua cintura e ficou feliz em ver que nenhuma das meninas acordou o loiro colocou sua calça jeans e camisa social branca e acordou sua irmã e a princesa com leves empurrões.

-vamos belas adormecidas já é de manha –ele disse e rin acordou com um bocejo assim como teto.

-já acordei bro –a loira disse rolando na direção de teto e abraçando a ruiva que retribuiu ,o loiro sorriu deixando as duas acordarem por conta própria o loiro desceu as escadas para encontrar a presidente e IA servindo o café da manha de luka e gumi ambas com roupas de ginasticas.

As duas corriam todo dia cedo se preparando para o torneio de boxe que logo chegaria ,neru saltou sobre ele sorrindo len sorriu tímido para a prima ganhando um olhar mortal das quatro meninas ali reunidas enquanto miku descia as escadas prendendo seu cabelo verde agua.

-não se mataram hoje –a princesa disse para seeu e IA que se olharam e depois viraram o rosto uma para outra len riu.

A estranha família do loiro ficou completa quando rin e teto desceram as escadas ambas prontas para a escola e com uma cara de poucos amigos len achou que elas não gostaram de acordar uma abraçada na outra o loiro riu enquanto seu celular tocava com uma mensagem.

Len sorriu ao ver o numero e engoliu seu café antes de ser abraçado pela princesa ruiva que recebeu sete olhares mortais bem mortais.

-len vamos de limusine hoje-a ruiva disse com seus olhos brilhando len sorriu para ela e bagunçou seus cabelos ruivos.

-me desculpe princesa não foi para a escola hoje –ele disse e todas olharam confusas para ele afinal ele era o presidente do conselho disciplinar e quase nunca faltava.

-len a garota que te mandou mensagem deve ser muito linda para você admitir que vai matar aula na minha frente –usee disse e o loiro coçou a cabeça.

-ela é –ele disse e foi jogado no chão.

Sua irmã e prima estavam em cima dele rin o mantinha embaixo de si enquanto neru pressionava o braço dele para pegar o celular do loiro que o mantinha bem apertado na mão len sorriu para irmã que retribuiu maldosa e o loiro arregalou os olhos ao entender o que rin pretendia sua irmã sabia sua fraqueza com a região do pescoço porque foi ela mesma que a descobriu a loira sem nenhuma cerimonia e não ligando para todos que viam a cena mordeu o pescoço do irmão len soltou um gemido e abriu a mão deixando que neru o pegasse.

-isso e golpe baixo –len disse com a irmã em cima de si rin riu.

-você merece por guardar segredos –a loira disse e len sorriu.

Os dois viram que todos na casa olhavam para eles e coraram enquanto miku ajudava rin a se levantar e gumi estendeu a mão para o loiro que aceitou com um sorriso ficando de pé enquanto neru mexia em seu celular e via as mensagens quando a loira viu a ultima sorriu e lançou o celular para o loiro que o pegou no ar.

-não se preocupem eu conheço ela –a loira disse.

-serio como ela é ?-miku disse com seu ar esnobe de sempre.

-linda uma das melhores pessoas que eu conheço –a loira maior disse e sorriu-por isso que vou com len.

-bem se você vai não deve ter problema –luka disse enquanto IA brincava com uma faca.

-e você senhor len nada de ideias com triângulos –IA disse apontando a faca para o loiro que concordou pálido.

A limusine e gumo não demoraram para chegar e levar todas á escola menos len e a prima que se despediram da família na porta de casa quando a limusine virou a esquina a maior sorriu para o menor e fechou a porta atrás de si com o pé antes de saltar contra o loiro que caiu rolando no chão rindo.

-o que e isso sua louco ?-ele brincou corado sua prima respondeu tomando seus lábios.

O beijo era forte ,dominante necessitado a loira tinha saudade de beijar os lábios doce do primo e len tinha que admitir que tinha saudades do gosto da prima em sua boca os dois se separaram em buscar de ar antes de len a puxar para outro beijo necessitado.

A mão do loiro desceu pelo corpo de sua prima e parou em sua bunda e a apertou arrancando um gemido da loira que sorriu maldosa mordendo o pescoço de len arrancando um gemido do mesmo.

Os dois sorriram e subiram no sofá com beijos e caricias len acabou sem sua camisa enquanto neru arranhava suas costas e arrancava gemidos do loiro que tirou sua blusa e seu sutiã mordendo seus seios com vontade fazendo a loira soltar um grande gemido que fez o loiro sorrir e apertar a bunda da prima novamente neru beijou o loiro puxando seu rosto para si len tirou sua cueca e a loira sua calcinha e o loiro penetrou sua prima em um movimento forte necessitado ,desejado a loira gemeu e os dois começaram com movimentos fortes.

No final depois de algumas boas horas de prazer os dois tiveram que tomar outro banho já que ambos estavam suados e as costas de len sangravam graças as unhas da prima que sorria enquanto entrava no chuveiro com ele.

-temos que comprar camisinhas –o loiro disse enquanto se vestia ao lado da prima que sorriu.

-sim meu priminho colorido-a loira brincou e len sorriu.

Os dois saíram de casa com roupas leves len com uma camisa azul com um dragão negro em seu peito e uma calça jeans normal enquanto neru usava uma saia branca e blusa verde os dois sorriram por todo o caminho até a cafeteria marcada quando len abriu a porta sorriu ao ver quem procurava.

Sentada em uma mesa tomando uma xicara de café e com o olhar distante olhando pela janela estava uma linda mulher de cabelos negros e olhos azuis ela parecia bem mais jovem do que realmente era os primos sorriram e foram na direção de hikari kagamine a mãe de len.

A mulher notou o casal de primos e sorriu para ambas que sorriram de volta a mulher se levantou e correu até len o abraçando com força com pequenas lagrimas em seus olhos azuis tão profundos quanto os de seu filho.

-meu menino – a mulher disse e segurou seu rosto –que saudade.

Len sorriu para a mãe a única pessoa de sua família tirando rin que sempre esteve ao seu lado.

-que saudade mãe como você esta ?-o loiro perguntou e a mulher sorriu para ele enquanto abraçava neru.

-estou bem e solteira –ela disse surpreendendo o loiro.

-ele e um cretino –sua mãe disse.

-é –neru disse sorrindo –sabemos disso.

O trio se sentou e pediu café enquanto conversavam sobre as novidades inclusive sobre o fato de len morar em uma casa com 8 meninas que eram tão loucas quanto ele neru contava tudo com um sorriso coisa que fez a mãe de len rir.

-fico feliz que você e sua irmã estão bem –a mulher disse e se levantou –eu tenho que ir voltarei em breve para ver a rin.-a morena disse e o loiro ficou sombrio.

-sabe como ela esta sobre vocês ?-o loiro disse e a mulher sorriu triste beijando neru no rosto.

-eu vou falar com ela –a mulher garantiu e se foi.

Len ficou sozinho na cafeteria com a prima que fazia de tudo para lhe animar enquanto ele percebia o quão caótica a família kagamine era.


Notas Finais


até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...