História As paixões de Audrey - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Ambre, Bia, Castiel, Debrah, Iris, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor Doce, Castiel
Exibições 11
Palavras 981
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


BOA LEITURA.

Capítulo 8 - Confusão de sentimentos.


Meu pai estacionou o carro na frente de casa,ele e minha mãe desceram e vieram até nós.
- Oi querida quem é seu amigo?-Minha mãe perguntou se referindo ao Castiel.
- Mãe pai, esse é o Castiel.-Eu o apresentei.
- Peraí ,não é esse o garoto, com quem você briga sempre na escola ?-perguntou meu pai.
-É pai mas, agora nos somos amigos.
-É um prazer senhor e senhora Olsen- Castiel comprimentou meus pais
-É um prazer conhecer você também Castiel! ; Filha se despede do seu amigo e depois entra pra jantarmos ok?
-Foi um prazer te conhecer Castiel-Disse meu pai entrando em casa junto com minha mãe.
  E o silêncio se fez novamente ,então eu resolvi finalmente acabar com ele.
-Ai Castiel fala alguma coisa!
- Err Tchau Audrey até amanhã no campeonato de surf. - Ele disse saindo depressa, parecia estar correndo de mim.
- Então Tchau né-Eu disse pra mim mesma já que Castiel não iria ouvir, pois  tinha saído praticamente correndo de perto de mim indo até o seu carro.
Entrei em casa fui pro meu quarto, peguei a camisa suja do Castiel  levei até a lavanderia e coloquei na máquina, voltei pro meu quarto e vi que ele tinha esquecido a jaqueta então a peguei, e pude sentir o perfume dele e começei a lembrar do que tinha acontecido.
- Será mesmo que ele ia me beijar se o John não tivesse entrado, e na varanda também!  O fato é que ele quase me beijou duas vezes, e eu não fiz nada pra evitar, na verdade eu acho que eu também queria beija-lo será que a Rosa tem razão e eu estou apaixonada por ele? Não, não pode ser, eu até já gostei dele mas, isso foi na quinta série, agora ele é um imbecil que me irrita e ao mesmo tempo me tira o chão com aquele sorriso lindo ! É talvez a Rosa esteja mesmo certa, e eu estou completamente apaixonada pelo Castiel.!
- Filha tudo bem-Minha mãe entrou no quarto me tirando dos meus pensamentos.
- Sim Mãe o que foi?
- É que você não quis jantar,
eu pensei que  talvez você estivesse passando mal.
-Não mamãe eu estou bem , só sem fome.
-Você sem fome que estranho! mas, deixa pra lá; eu tenho uma novidade para você. - Ela fez um certo suspense -A Manu e a Debrah vão voltar , não é maravilhoso?!
Aquela notícia caiu pra mim  como uma bomba.
- É Claro que é-eu disse fingindo estar empolgada com a notícia,  que na verdade não me agradou em nada já que eu não suporto a Debrah.
- Tô morrendo de saudade da minha amiga Manu, eu sei que você não se dá muito bem com a Debrah mas, faz uma forçinha não quero as duas brigando!
- Tá mãe vou fazer o possível para aturar a Debrah. E quando elas elas chegam?
- Domingo. E segunda vocês vão juntas pra escola tudo bem pra você?
-Tudo né, fazer o quê.-Eu disse sem animo, não seria nada fácil ter que conviver com Debrah.
- Que isso minha filha tenho certeza que vocês vão acabar se tornando ótimas amigas! - Agora boa noite querida durma bem -minha mãe disse me dando um beijo no rosto. 
- Boa noite mamãe!
Minha mãe saiu do quarto e eu ainda estava tentando digerir a noticia de que a Diabrah ia voltar. Acabei pegando no sono agarrada com a jaqueta do Castiel sentindo o seu cheiro.
   P.o.v Audrey off
   P.o.v Castiel on
Eu sai da casa da Audrey e fui me encontrar com Lysandre, precisava desabafar com alguém fiquei pensando o caminho todo no que tinha acontecido minutos atrás com Audrey.  Finalmente tinha chegado na casa do Lys e o mesmo estava me esperando na porta ,porque eu já havia mandado uma mensagem avisando que estava indo pra lá. Desci do carro e fui ao encontro dele.
- O que aconteceu cara? - Ele perguntou preocupado.
-Vamos entrar que eu te explico- Eu disse. Entramos na casa dele e eu fui logo falando.
- Não sei o que está acontecendo comigo Lysandre.
- Do que você está falando? - perguntou lys sem entender nada.
  Eu contei tudo o que tinha acontecido entre mim e Audrey.
-É cara parece que você está se apaixonando pela Audrey.
- Claro que não Lysandre.
- Só disse a verdade, essa sua implicância com ela e por que você não quer admitir o que sente de verdade.
- Ah Lysandre eu nunca senti isso por ninguém a não ser pela.... você sabe.
- Eu sei que a Debrah te machucou mas, você deveria dar uma chance para esse novo sentimento.
Pensei um pouco e conclui.
- Talvez você tenha razão, a Audrey me deixa um pouco balançado ela me irrita de um jeito. ... mas, ao mesmo tempo me encanta com aqueles olhos verdes! Você já reparou como ela é linda.
- Já ja reparei sim ela realmente é muito bonita.-Disse Lys rindo da minha cara que provavelmente era a de um bobo apaixonado.
- É Lys eu confesso, eu estou completamente apaixonado pela Tábua.
- É dá pra perceber!  O que você está esperando pra contar pra ela.-Disse Lys com um sorriso no rosto.
- Não sei Lys; E se ela não sentir o mesmo por mim?
- Você só vai saber se tentar!-Disse ele me encorajando.
- Você tem razão cara, amanhã eu falo com ela na praia.
- Caro Cas, e quando eu não tenho razão?
- Não se ache tanto Lys, agora eu vou pra minha casa dormir que amanhã vai ser um grande dia!
- Vai lá cara.-Disse Lys me acompanhando até a porta.
Me despedi de Lysandre e fui para minha casa mal conseguia dormir de tão ansioso que estava para falar com Audrey.
P.o.v Castiel off.


Notas Finais


Obrigada por ler ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...