História As Power Ponies - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias My Little Pony
Exibições 21
Palavras 1.489
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Power, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eai galera mais um capítulo para vocês :)

Capítulo 28 - Problemas no trabalho


Estava um belo dia naquela linda manhã em Maretrepolis, Twilight e Rainbow decidiram acordar cedo pois iriam seguir o conselho de Applejack, iriam aos serviços de seus namorados, as duas eram as únicas acordadas e estavam na cozinha tomando um café.

- Será que irá acontecer algo com eles? - se perguntou Twilight que ainda estava preocupada com seu amado, pois como ele era policial, tinha que agir de forma correta e não faltar no serviço.

- Tomara que não - disse Rainbow bebendo um pouco de café - bom já está na hora e tenho que pegar logo o trem.

- Então vamos - falou Twilight e assim as duas saem de casa e vão em direção a estação que no caminho ficava a delegacia também. Ao chegar na delegacia, Twilight se despede de Rainbow que vai para a estação de trem, a alicornio respira fundo e entra no local, ela percebe que estava tudo quieto até ouvir gritos que pareciam mais com broncas. A pônei vai adentrando o local e vê que a porta da sala do delegado estava um pouco aberta e ao olhar lá dentro ela vê seu namorado sentado de cabeça baixa com o delegado furioso com ele e Shining ao lado que se mostrava também muito bravo e Twilight ao ouvir o que o delegado dizia era algo bem triste pois uma bronca de um chefe não é nada bom. Até que Shining vira o rosto e vê sua irmã ali, ele pede licença e a conversa ali para e Flash olha pro lado vendo sua namorada ali abre um sorriso de agradecimento.

- Oi Twilight o que faz aqui? - perguntou Shining com curiosidade.

- Eu vim aqui para explicar o que aconteceu - disse Twilight que viu seu irmão fechar a cara.

- Até você caiu nessa minha irmã? Acha mesmo que aquele folgado faltou no trabalho porque estava desacordado? - disse Shining indignado com aquela situação.

- Como ousa chamar meu namorado assim?! - falou Twilight que não gostou do que seu irmao tinha dito - essa história parece mesmo de não se acreditar, mas acredite Shining é verdade.

- Então explique isso para meu chefe - falou Shining abrindo caminho para a sala do delegado e então Twilight se dirige para lá.

- Senhorita Twilight, o que faz aqui em nossa delegacia? - perguntou Iron Will que tinha bastante respeito pela heroína pois ele viu o que as Power Ponies já fizeram.

- Bom senhor eu vim aqui para falar sobre a situação do meu namorado - disse Twilight que se sentou ao lado de Flash.

- Então vamos ouvi-la - falou o delegado que se mostrava normal com a alicornio.

Depois de um tempinho, Twilight conta toda a história para o delegado que mesmo ouvindo a mesma história que Flash tinha contado, ainda não podia acreditar em uma coisa dessas.

- Como que eu posso acreditar em algo como esse? - perguntou Iron Will que olhava para Flash com muita raiva.

- Acredite senhor é verdade, além disso existe uma nova ameaça em que eu e minhas amigas já enfrentamos - falou Twilight que viu o delegado se mostrar calmo.

- Como essa história veio de você senhorita Twilight, eu posso até acreditar pois você é uma heroína e tal nunca mentiria para a justiça - falou Iron Will com normalidade - mas mesmo assim eu terei que punir você policial Flash.

- Ta bom senhor - disse Flash com a cabeça baixa pois mesmo o delegado acreditando naquela história o pegaso não queria ser punido.

- De acordo com as leis que você conhecê, eu terei que desliga-lo do seu cargo por algumas semanas - disse Iron Will que pediu o distintivo do policial que colocou o casco no bolso da blusa e pegou o distintivo e entregou para seu chefe, e logo em seguida entregou os outros pertences que ele usava.

Então Flash se levanta e vai embora e Twilight se despede de seu irmão e vá atrás de seu namorado.

- Flash! - gritou Twilight correndo atrás de seu amado que ao ouvir sua namorada chamando para e se vira - está tudo bem Flash?

- Um pouco Twilight - disse Flash que estava bastante triste pelo o que tinha acontecido - que bom que você chegou e conseguiu fazer com que meu chefe acreditasse, mas mesmo assim fui punido.

- Eu sinto muito meu amor, mas são as leis - falou a alicornio que logo abraçou o pegaso que retribuiu - logo logo você vai estar trabalhando de novo, é só esperar algumas semanas.

Em Golden Wings, Rainbow já tinha chegado na sua cidade e a pegaso quando desceu do trem saiu correndo em direção a sede dos Wonderbolts. Quando ela chega lá, ela entra na pista e vê seu amado entrando na porta aonde ficava a sala de Spitfire e ela sai correndo para lá, Rainbow chega lá e fica com receio de entrar e decide olhar pela janela mas quando olha ela vê algo muito ruim que tinha acontecido, Spitfire ao ver Soarin entrando na porta sai correndo em direção ao pegaso e da um tapa no rosto do pônei que só foi para trás colocando a mão no local, então Rainbow fica paralisada ali só vendo a bronca que a líder iria dar em seu namorado.

- Como você ousa aparecer aqui?! - perguntou Spitfire muito brava com o pegaso que se mostrava de cabeça baixa - você decide faltar por vários dias e nem se importa de falar o que fazia.

- Isso é porque eu nem podia falar - disse Soarin que levantou a cabeça mas se arrependeu de ter feito isso pois sua líder se mostrava com muita ira do pegaso que olhava para ele com um olhar fuzilante.

- Cala boca! - gritou Spitfire que até fez Soarin ir um pouco para trás com medo - se você por acaso pensou que mesmo se explicando irá passar por essa numa boa, que faltar no serviço não irá te dar prejuízo está muito enganado.

- Mas o que aconteceu para você estar tão brava assim? - disse Soarin que viu sua líder ficar com mais raiva só de pensar no que tinha acontecido.

- Enquanto você estava de boas, nós aqui fomos atacados... e Fleet... Fleetfloot está no hospital em estado grave - falou Spitfire que ficou totalmente arrasada ao dizer aquilo e começou a chorar, Soarin ao ouvir aquilo ficou muito triste também pois Fleetfloot era uma grande amiga do pegaso - você me decepcionou Soarin... o que me deixa indignada com essa situação é que você sumiu e nem deu respostas e enquanto você estava de folga nos aqui sofremos nesse ataque.

- Mas não foi culpa minha... - falou Soarin cabisbaixo que tentou chegar perto de sua líder.

- Entao foi de quem a culpa em Soarin? - disse Spitfire que iria receber um abraço de seu amigo mas ele recuou e ameaçou dar outro tapa nele.

- Já chega! - gritou Rainbow adentrando o local - eu não aguento mais ver isso, Spitfire pare de bater no meu Soarin sem razão.

- Sem razão? Rainbow o que você tem na cabeça? - falou Spitfire indignada com o que a pegaso tinha dito.

- Você por acaso perguntou a ele o que estava acontecendo? - perguntou Rainbow vendo Spitfite ficar calada - então vamos, sente-se e ouve o que temos a dizer.

Então Rainbow explicou o que aconteceu por Soarin ter faltado no serviço e a mulher de cabelos flamejantes não podia acreditar em algo como esses.

- Então quer dizer que você faltou por estar desacordado? Ah me poupe - falou Spitfire não acreditando naquela história.

- Pode acreditar que é verdade, Maretropolis foi ameaçada de novo e eu nunca mentiria sobre algo como isso - falou Rainbow que se mostrava calma - olha Spitfire você pode punir o Soarin mas pense antes no que irá fazer pois isso o que falamos é a mais pura verdade.

- Rainbow você tem certeza do que está falando? - perguntou Spitfire vendo a mulher de cabelos arco iris balançar a cabeça positivamente - então eu acreditarei na suas palavras mas mesmo assim Soarin você será punido - falou a lider logo em seguida abrindo sua mente e começando a chorar dando um abraço em Soarin muito forte.

- Me desculpe Soarin... é que eu estava muito triste pelo o que aconteceu a nossa amiga e não resisti em te bater - falou Spitfire vendo Soarin que também estava triste.

- Está tudo bem Spitfire, eu já até sabia qual iria ser a sua reação - disse Soarin que olhou para Rainbow e balançou a cabeça negativamente fazendo eles rirem.

- Mas então vamos ver como ela está? - disse Rainbow e logo os três vão em direção ao hospital de Golden Wings aonde irião encontrar Fleetfloot.

Notas Finais


Bom espero que gostem e até o próximo :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...