História As pupilas da minha alma - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 20
Palavras 275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabs, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi, espero que você esteja bem.

Capítulo 1 - Un


Fanfic / Fanfiction As pupilas da minha alma - Capítulo 1 - Un

09/08/2017

Ana, hoje era dia de ir à psicóloga. Isso mesmo; falar sobre meus pensamentos soltos que tentam me esmagar. Ah, não. Não fui, Ana. Fui nada! 

Eu não saberia me abrir com clareza. 

Uma parte sussurrava-me ao ouvido para descer na próxima parada de ônibus, porém a outra intervia em seguida lembrando-me dos traumas da última vez. 

Não te contei? Oh! Eu fui duas vezes, Ana. A primeira foi a que me deu dor de cabeça por passar o dia chorando. Por que chorei? Porque logo que sai de lá fiquei repassando em minha cabeça tudo o que falei e me senti ridículo.

Na primeira vez não era a psicóloga ainda, era só uma senhora açucarada e gentil me analisando com o intuito de descobrir qual o caminho que iria me fazer seguir; se era o psicólogo ou psiquiatra. 

Ela me fez chorar, Ana. Bem, não exatamente ela, mas tudo o que ela me fez falar. Eu chorei que nem louco. Que nem bebê desmamado. 

Dizem que chorar ajuda, né? Ajudou não! 

Ela marcou a consulta e me pediu para não faltar, disse que tudo o que eu precisava era de uma pessoa com quem conversar. 

Mas fui no dia combinado e a minha companhia de conversa não pôde ir. Voltei aliviado. Porém a consulta ainda foi remarcada. 

Era hoje, Ana. Eu deveria ter ido? Mas tive medo de chorar de novo. Chorar dói e eu posso chorar aqui mesmo. 

Parece preconceito, Ana? Eu nem me propus a ir para conhecer, mas julguei com unhas e dentes. 

Eu não quis ir, Ana. Eu já me obriguei a tantas coisas ultimamente. Hoje eu quis apenas não ir. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...