História As Quatro - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inazuma Eleven (Super Onze)
Personagens Fudou Akio, Genda "Genou" Koujirou, Kidou Yuuto, Sakuma Jirou
Tags Fudou Akio, Jirou Sakuma, Koujirou Genda, Yuuto Kidou
Visualizações 19
Palavras 985
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 2 - As Quatro- Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction As Quatro - Capítulo 2 - As Quatro- Capítulo 2

As Quatro- Capítulo 2 Primeiro Dia.             Por: Mckeylla_King99.                                                              História ORIGINAL... Qualquer outra é PLÁGIO denuncie!              História contém SPOILERS e linguagens inapropriadas!                Contém partição de usuários do SPIRIT e suas autorizações!​~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

POV's Lua

Estava no meu quarto mexendo no celular enquanto minha irmã estava na cama dela, que por volta e do lado da minha, nosso quarto se consiste em meio a meio, ela gosta de coisas rosas, eu odeio, por isso concordamos que metade do quarto teria rosa, e a outra metade, preto, branco, vermelho, roxo e verde-água, que são as cores que gosto.

Mais não pense que é tipo o quarto dividido ao meio, é ao contrário, um móvel rosa, outro preto, um pink outro roxo, um rosa forte e outro verde-água, e assim vai...

Continuando, ela estava me falando que tava conversando com as meninas, e nos matriculou num colégio chamado Raimon.

-Parece legal, aqui fala que tem um time de futebol, e várias aulas extra curriculares, além de aulas a mais, como, carpintaria, desenho, culinária, teatro, dança e música etc...- ela falou e eu me interessei.

-Como sabe de tudo isso- perguntei

-Existe uma coisa chamada INTERNET- ela falou e deu ênfase no internet.

-Aí, essa doeu- falei e coloquei a mão no coração fingindo de magoada

-Pena que você não tem coração né Kath?- ela falo e riu alto.

-Continuando, já matriculei agente lá, para isso forjei a assinatura dos nossos pais e contei com a ajuda do irmão da Nina o Raphael, além disso, não precisamos usar uniforme no colégio, apenas em eventos sociais que acontecem lá 2 vezes por mês, e nos horários de aulas, enquanto tivermos fora de horário de aula, podemos usar qualquer roupa- ela falou lendo a página, e logo depois fechando o notebook.

-Começamos amanhã?- falei

-Sim, mais, vamos chegar arrasando né?- típico dela

-Sim e não, vamos nos impõr, mais discretamente, sem chamar muita atenção- afirmei

~~~=Quebra de Tempo=~~~

Acordei me sentindo disposta, coloquei uma jaqueta de universidade escrito atrás o número 99 que é meu número da sorte e o meu sobrenome Mckeylla, ela é branca só que com as mangas verde-água, cola alta e tem uma toca, deixei ela aberta e coloquei por baixo dela um sutiã preto, e uma regata branca, coloquei um shorts meio rasgado e desfiado jeans, não muito curto, e um tênis surrado de cor vinho.

Prendo meus cabelos em um coque desajeitado, deixando minha franja tapar um pouco de meu olho esquerdo e minha testa inteira, e duas mechas uma de cada lado do rosto com um fios soltos, e coloquei uma flor vermelha em cima de minha orelha, e meu colar de lua.

Fiz uma maquiagem básica, um batom rosa claro, esfumei meus olhos com branco preto e verde, uma corsinha nas maçãs do rosto e um delineado de gatinho.

Peguei minha mochila de cor vinho já arrumada e joguei em um ombro, o direito.

Peguei meus fones e meu celular e sai do quarto, não tomei banho, pois tomei ontem a noite.

-Bom dia Lua-sama- comprimento a empregada da casa, aquela que cuidou de mim e minha irmã quando nossos pais sofreram o acidente, Esmeralda, uma mulher de idade com os cabelos negros já esbranquiçados, e os olhos castanhos claros com sua pele nem clara nem escura.

-Bom dia Esmeralda-san- respondi educadamente e me sentei a moda, na qual minha irmã já estava comendo, gulosa, é magra de ruim.

Me sentei e me servi com um copo de café extra forte, meio amargo, uma torrada com geleia de mirtilos e uma maçã.

-Acabei, Kira, vem comigo ou fica atrás- perguntei pegando minhas coisas e colocando meus fones.

-Vou com você, vai de carro ou skate?- ela perguntou

-Skate e você?- falei pegando meu skate profissional e arrumando minha mochila nas costas.

-Vou de patins mesmo, acha que consegue me acompanhar?- ela me desafiou? Haha, não deve fazer isso Kira, não deve.

-Isso é um desafio?- falei a olhando

-Encare como quiser- falou, beleza é assim

-Coma poeira- falei e sai correndo para fora de casa, no caminho comprimento do os poucos empregados da mansão.

-Lua, isso não vale- falou Kira correndo atrás de mim com seus patins já em seus pés.

-No três, um, dos, TRÊS- falei e fomos em velocidade total para a entrada da Raimon, já que é pior que Enem se chegarmos muito atrasadas fecham os portões e não abrem nem com atestado.

Quando chegamos tarde de mas, eu Kira, Ni é Yuu, tudo pra fora, mais isso não vai fica assim.

-Segura minha mochila Ni?- falei e entreguei minha mochila a ela, alunos ainda estavam no pátio prencipal, mais não liguei, escalei uma árvore que ficava encostadas no muro do colégio e pedi para irem jogando as mochilas pra mim.

Assim fizeram foram jogando as mochilas e eu jogando pra dentro, quando todas tinhas acabado pulei da árvore quem tinha uns 9 metros e quando ia cai dei uma cambalhota diminuindo o impacto.

-Agora é a vez de vocês- falei

-Tá doida, piro, não tomo seu Toddy hoje?- começo a senhorita drama Kira

A Nina começo a escala e a Tuna foi atrás, pularam e muro e fizeram o mesmo que eu, deram cambalhota pra diminuir impacto.

-QUE ISSO, VOCÊS SE ATRASARAM, NAO PIDEM ENTRAR!- chegou uma mulher gritando

-Desculpe mais, as regras falam que não podem entrar pelo PORTÃO depois de fechado e não que não pode pular muro- falei e a velha fico vermelha de raiva.

-Senhor Lua Katherrynne Mckeylla certo? Não admito esse comportamento em MINHA escola, expulsa no primeiro dia que feio- ela falou e deu um sorrisos sínico.

-Senhorita Alderlayne certo? Pois bem, VOCÊ não é porcaria nenhuma neste colégio, não passa de uma orientadora, não pode expulsar alunos, apenas o diretor tem esse "benefício" além disso, expulsar por reaplicar uma regra do colégio? Faça-me o favor e saia da frente- falei e ela saio correndo.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...