História Às ruas úmidas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Tô Bem
Visualizações 71
Palavras 283
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único; a tristeza me domou


Após a chuva, me pus a caminhar pelas ruas úmidas. Cada momento de minha vida se mostrou em frente aos meus olhos apenas para me destruírem.  Lembrar-me dos dias em que fui feliz, me machucam, como se navalhas acertassem meu coração e mente.

A tristeza domou-me mais uma vez, as vezes eu não me importo com sua presença. Mas tem vezes que ela não pega leve, ela me envolve com um laço e chicoteia minhas costas fazendo-me derramar lágrimas dolorosas. 

Por mais que eu grite, ninguém irá me ouvir. Eu estou sozinho, sempre estive, mas nunca havia percebido isto. Até todos me virarem as costas, aqueles que tanto prometeram jamais se distanciar de mim, agora não estão mais aqui.

Mas o que mais machuca, é lembrar, pensar que jamais terei com quem eu realmente possa contar, alguém que vai me acolher em seus braços e dizer que esta tudo bem, alguém que vai secar minhas lágrimas e afastar esta dor que se alastra em mim.

Eu tenho sim companhias, a dor, a solidão, a tristeza, as lembranças e a escuridão. As lembranças, são as que mais me machucam, não posso nem sequer pensar em certos momentos que as lágrimas grossas escorrem por meio rosto fazendo-me encolher e derramá-las cada vez mais.

A música é a única coisa que ainda me mantém de pé, pois eu já não sonho mais. Meus sonhos se apagaram assim como meus dias de felicidade foram virando uma imensa poeira. Me sinto inseguro para conversar com outras pessoas, pois tenho medo que elas me abandonem assim como fizeram comigo no passado. 

Agora, a única coisa que faço é encolher-me em minha cama e chorar, a espera de um dia, a morte me levar.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...