História As sombras de Edigar e Castiel de sangue. - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Caçadores, Castiel, Demonios, Edigar, Gêmeos, Mistério, Passado, Sobrenarural, Sombras, Vampiros, Yaoi
Visualizações 18
Palavras 652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Obrigado mais uma vez por lerem e eu sei que isso está muito repetido! Obrigado mais ainda a quem comentou, essa é um pouco mais nova! Vocês são demais!!! °·°

Capítulo 8 - 07 - Minha única certeza é você!


07

Minha única certeza é você!

  "Nas inexplicáveis incertezas que surgiam, seu amor era a certeza que dominava minha mente, corrompia minha alma, me blindava diante do fogo e  aquecia perante o frio.

🔥❄

  Logo que me senti melho levatei da cama e fui ate a porta do meu quarto, me dirigir ao quarto de Henrri que ficava do outro lado do corredor. Assim que ele abriu a porta entrei com tudo, tinha de falar para ele tudo que tinha acontecido.

  Com exceção da minha família, só quem sábia dessas coisas estranhas que aconteciam em minha vida eram Henrri e Alina, digamos que eles eram meus melhores amigos. Eu estava tão perturbado que já entrei falando sem nem mesmo dá um "oi".

  Henrri sabia que quando eu estava daquele jeito era porque as notícias não eram boas.

  -Calminha aí amigo. Fala devagar, porque eu não sou uma máquina.

  -Desculpe-me Henrri, é que estou muito assustado!

  -Só um cego pra não ver isso Edigar. A maneira que você entrou não é de quem está bem. Deixa eu adivinha...O que pegou fogo? Quem morreu?

  -Não estou para brincadeiras Henrri, preciso que me ouça!

  -Ok,estou ouvindo!!

  Quanto contei para Henrri tudo que havia se passado, a reação dele foi esperada.

   -oh My God! Isso é assustador Edigar!

   -Eu sei!

   -Isso é muito ruim, mas você precisa se acalmar meu amigo. Afinal está não é a primeira vez que coisas loucas acontecem com você. Não tenho que lembrar da professora com o cabelo pegando fogo né?

    Ele não precisava mesmo, a professora Marlee de magia de contenção era estremamente chata, parecia querer me irrita de propósito. O problema é que em uma dessas suas tentativas de tirar a minha sagrada e curta paciência, eu acidentemente acabei queimando seu cabelo. O que me salvou foi que não descobriram que eu era o culpado do "pequeno acidente capilar". Desde que seu cabelo não voltou a ser o mesmo, nossa professora mudou de escola.

  Lembrar daquele incidente deixou o ar mais leve, já que Henrri e eu começamos a rir sem parar. Despois de me acalmar e de uma longa conversa com Henrri, resolvi visitar o corredor que a pouco tempo estava em chamas.

  Fiquei perplexo, não havia nada queimado, nem um vidro fora do lugar. Tudo em perfeito estado, sem vestígios de um possível incêndio paranormal. Não conseguia compreender, será que eu estava sonhando... Obiviamente eu não estava sonhando eu ainda sentia a dor nos ouvidos causada por todo aquele barulho.

   Desci para o refeitório a tempo de esbarrar com ele... Castiel estava lindo!

   -Olá Edigar? Que coincidência, eu estava indo te convidar para comer pizza.

   -Convite? aceito! Nem precisa fazer a pergunta!

  Eu definitivamente precisava me distrair, e naquele momento só Castiel podia me ajudar. Ele me dava conforto, uma luz para que eu pudece seguir...

   Comemos pizza, conversamos e brincamos muito. Fiquei surpreso quando ele perguntou se eu estava bem, acho que ele notou que eu não estava nada bem. Fingi que não era nada e continuamos a conversar. Não me dei conta que já estava anoitecendo. O tempo passou tão rápido, queria que o dia tivece 48 horas. Eu passaria todas as horas do dia com ele, era realmente uma lástima que não foce assim.

  - Ainda está de pé a sua proposta, Castiel?

  -Qual proposta?

   -Me visitar no meu quarto, você prometeu lembrar?

   -Lembro sim! Eu estarei lá sem falta, quero desejar boa noite a você antes que durma.

   -Vou ficar esperando!

  Com o horário tive de ir para o dormitório, eu tinha muito dever de casa. Quando cheguei de frente a porta do meu quarto observei que no chão tinha um envelope, estava escrito o meu nome nele. Peguei o envelope e entrei no quarto, sentei na cama para ler o que dizia, dentro tinha um bilhete, só podia ser alguma brincadeira.

"Era doce, o toque das sombras?Ou foi um pouco quente demais pra você?"...


Notas Finais


Lembrem se de comentar! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...