História As três Írias - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 3
Palavras 1.273
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Este é o episódio de hoje , aproveite...

Capítulo 8 - Viajando ...


Fanfic / Fanfiction As três Írias - Capítulo 8 - Viajando ...

Violette ON


Estavamos saindo do bairro , o céu estava nublado e eu implorando pra não chover , pelo menos não AGORA , eu amo a chuva mas nesse caso , só iria piorar . Além que tava um trânsito do CARALHO .

Não tínhamos chegado nem na metade do caminho , ou seja , estávamos na metade da metade do caminho 

Eu estava um pouco incomodada , porque estava tudo silencioso , quer dizer , alem de Rubi comer doces com o J e Celeste estar co nversando com o Fe .

Alex -Aonde vamos ? - 

Eu - Bom , já que você vai se esquecer mesmo (autora : pelo feitiço ) -

Alex - QUE ?- 

Eu - NADA ...... Enfim , iremos a um templo antigo na qual visitaremos uma certa pessoa , uma que bem solitária que se alguem entrar morre - 

Alex - Porra , solitária mesmo - 

Eu - eu preferiria que ela estivesse morta , já que supostamente eu a matei - disse baixo 

Alex - Tá , agora sério , QUE ? ELA DEVERIA ESTAR MORTA ?! - 

Eu - Oque , eu não d-disse nada ... - 

Alex - M... - nesse momento foi imterrumpido pela Celeste 

Celeste - Eu só acho que a jornada até o templo vai demorar já que começou a chover - olhei pra frente e vi as intensas gotas de chuva caírem nas janelas e no carro todo .

Reparei que havia uma certa fileira de veículos na estrada 

Eu - Que ótimo ! Agora vamos demorar mais duas horas para chegar - pode não ser grande coisa chover mais não aguentaria ficar com o Alex do meu lado .

Eu - Celeste tenta mudar o clima - 

Celeste - ... -

Eu - Celeste tenta mudar o clima ! -

Celeste - ... -

Eu - CELESTE TENTA MUDAR O CLIMA !!!!!! - 

Celeste - Eu tô tentando mais não consigo mudar ! , algo está impedindo -

Eu - Nossa só me faltava essa - A estrada do NADA estava quase vazia , só tinha um carro , mas tava lá na puta que pariu .

Rubi - Vocês estão vendo o mesmo que eu ?! - exclamou enquanto apontava algo na janela 

Quando olhei , vi um sombra ,algo como um poeira tensa escura , nós três nos entre olhamos e sabíamos oque aquilo significava .

Eu - AGORA - 

Tirei o cinto de segurança e fui para a fileira do meio , Alex tinha pegado o volante e me olhava como se fossemos idiotas . 

No carro tinha uma pequena janela no teto , eu subi por essa pequena abertura do veículo . 

Encima , sentia o vento forte que me envolvia , Rubi e Celeste abriram a janela para me dar cobertura .

Aquela poeira tentava se aproximar do carro , ela lançava feitiços contra mim mas acabava errando 

Eu  me esquivava e dava saltos 

Eu - AMMALF ! - ( autora : você sabe oque eu vou dizer ... QUE TEM QUE INVERTER E TRADUZIR ) 

Saíram chamas das minhas mãos que a rodeavam 

Celeste - UTCI !! - uma brisa extremamente forte foi em direção dela , mas ela simplesmente se recompôs e voltou a tentar me atacar.

Rubi - NÃO TÁ FUNCIONANDO !! -

Ver aquela intensa poeira que ainda me enfrentava , sabia que ainda sim não ia dar certo 

Eu - Acho que é melhor fazer de outra forma - dizia pra elas

Celeste e Rubi - QUE ? - 

Encima do carro , dei um leve giro  que me transformou , era a minha roupa que sempre uso para Enfrentar alguém 

Eu - SIMRA ! - uma luz envolta da minha mão  que logo se transformara em uma espada 

Eu - Hora de acabar o serviço -

Quando a poeira se aproximou de mim , dei um salto para desviar dos feitiços , e quando ia acertala  , ela mostrou a forma de uma pessoa , e sabia quem era 

??? - Tiider te ... - sussurrou 

Depois disso , a "poeira" sumiu . Eu voltei a minha roupa normal e desci de novo pela pequena janela que havia no meio das fileiras do veículo .

Alex - A gente quase morreu ! Oque era aquela porra ? - 

Eu - Nada ... - ele me olhou com uma cara tipo quase morremos e não foi nada?

Eu - Não podemos dizer porque ... - me distrai quando vi um botão diferente 

Eu - Oque é isso ? - 

Alex , J e Fe - Não aperta ! - só que era tarde demais porque eu apertei 

Apareceu vários monitores e câmeras e a fileira de bancos que tinha no meio do carro sumiram e ficou um espaço no meio 

Eu - WTF ?! - eles agiram normalmente como se nada tivesse acontecido.

Rubi - Que caralhos é isso ? - 

Alex - Nada ... bom ...... Oque aconteceu com vocês ? -

Eu - Oque aconteceu com VOCÊS ? -

Alex - Também não podemos dizer ... -

Eu - Como assim ? - 

Alex - ... - 

J - .... -

Fe - ..... - 

Eu - OQUE É ISSO ! - 

Alex - ... Tá, ta bom , somos ... -

Eu - vocês são ... - disse enquanto fazia um gesto para ele continuar 

Alex - Somos como ... Hããã ... Algo como "detetive ou espião" só que ... -

Eu - Vocês estão nos espionando ?! - 

Alex , J e Fe  - Não ! -

Eu - Então ? - 

 J - Tecnicamente estamos de férias ...  viemos Da França de um caso que vários corpos foram cruelmente assassinados , e em cada corpo aparecia uma letra , que juntando tudo formava a palavra " tiider te" , passamos semanas tentando encontrar significado e achar que fez isso mas não tivemos sucesso - eu olhei para Rubi e Celeste que também me olharam 

Eu - Eu sei oque significa ... - eles me encararam esperando uma resposta

Fe - Oque ?! - 

Eu - Está em Iriano ... Traduzindo seria "ela voltou" ... - Abaixei minha cabeça , tudo fazia sentido , ela não morreu ... Ainda não ... 

Fe - Quem voltou ... -

Eu - Não há tempo , temos que ir rápido , Celeste , você sabe oque fazer - 

Ela subiu pela mesma janela que ficava no teto do carro e ficou encima 

Celeste - MUTNEV ! - Uma vento forte suficiente para mover o carro pra frente , com certeza íamos chegar rápido , ainda bem que o caminho era deserto.

Alex - Cara já desisti de entender tudo - 

Eu - É uma pena vocês esquecerem de tudo oque aconteceu -

Fe , J e Alex - OQUE ?!! -

Eu - É o feitiço da Celeste , para não saberem da nossa existência -

Alex - Eu não quero perder ... Minha memória ... -

Eu - É uma pena ... Não podem fazer nada -

Alex - Nada mesmo ? - 

Eu - ...  Bom ... Talvez ... - 

Alex - Oque ? -

Eu - Nos sabemos que são vocês , e vocês sabem quem somos ... -

Alex - Se dizer quem somos , pessoas que prendemos mas saíram da prisão vão nos matar por vingança -

Eu - ... Podemos livrar a magia se você não contar quem somos E nos não contaremos que são vocês -

Alex - Fechado - ele apertou minha mão direita , já que a esquerda estava com o volante . 

Quebra de tempo ( chegando no templo ) 


.


.


.

Eu - Estamos chegando - avisei assim que vi as placas de ficar fora da floresta , tínhamos que estacionar para subir a montanhã 

.

.

.

.



Notas Finais


Foi mal não lançar episodio por tanto tempo , estava sem criatividade ... Mas voltei com mais idéias ... :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...