História Às Vezes Acontece - Jikook - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~vedinha

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Lemon, Yaoi
Visualizações 40
Palavras 3.811
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooii gente
Eu espero que vocês gostem muito desse cap, porque tem surpresa no meio hihihi
Esse cap ficou meio grande, então, vai ter parte 2 também, DESCULPAAAA, mas vocês vão entender o porque de 2 partes
Desculpem os erros >-<
Bom, não tenho muito o que dizer, então, até as notas finais <3
~vedinha

Capítulo 8 - Capítulo 7



   Jungkook chegou em sua casa e foi direto almoçar, ao jogar sua mochila em um canto qualquer de sua sala de estar, notou que havia uma outra mochila roxa em cima do sofá. Ficou se perguntando de quem seria aquela mochila, porém, logo não deu atenção á ela e foi em direção à cozinha. 


   Logo que chegou na porta da cozinha notou que havia uma pessoa desconhecida sentada na ponta da mesa virada de costas para porta (sendo mais específico uma mulher) e seus pais sentados do lado da mesma conversando sobre algum assunto. 
   Depois de alguns poucos segundos seus pais o viram parados na porta e pediram para que Jungkook fosse cumprimentar sua prima que não via a anos, Wang Ji hyun.


   Wang Ji hyun era 3 anos mais velha que Jungkook, tinha cabelos e olhos castanhos. Ji hyun e Jungkook quando pequenos eram melhores amigos, brincavam todos dias um com o outro, até que quando Jungkook tinha 12 anos, Ji hyun teve que fazer uma viagem com sua família para os EUA e nunca mais havia retornado ou dado informações. Agora, Ji hyun com 21 anos, volta para Seoul para rever seus tios e seu priminho já que mesma agora é rica.


   - Ah, olá filho, olha quem veio nos visitar, sua prima! Venha cumprimentá-la - falou a mãe de Jungkook se levantando de sua cadeira e indo em direção à Jungkook.


   - JUNGKOOK? MEU DEUS, QUE SAUDADE DE VOCÊ MENINO, OLHA COMO VOCÊ MUDOU, VOCÊ ERA TÃO PEQUENO QUANDO EU TINHA IDO VIAJAR, AGORA JÁ TÁ MAIOR QUE EU - Falou Ji hyun correndo até Jungkook e dando um abraço bem forte no mesmo e analisando como Jungkook havia mudado depois de todos esse anos.


   - JI HYUN? NÃO ACREDITO QUE É VOCÊ!!!!!! MEU DEUS MENINA, EU TAVA COM MUITA SAUDADE TUA, NUNCA MAIS FAZ ISSO COMIGO DE IR VIAJAR POR TANTO TEMPO E NÃO DAR MAIS NENHUMA INFORMAÇÕES, OK? - Falou Jungkook retribuindo o abraço de Ji hyun e olhando como Ji hyun havia mudado.


   - Tá, tá, desculpa por ficar todo esse tempo sem dar nenhuma informações sobre mim e meus pais pra vocês - Falou Ji hyun se curvando pedindo desculpas para todos.


   - Não se preocupa Ji hyun, acho que você teve algum motivo pra isso - Falou o pai de Jungkook - Por acaso, tu vai ter que voltar pros EUA?
   - Infelizmente sim tio, vou ficar apenas 1 mês aqui em Seoul, depois vou ter que voltar pros EUA, tenho que ajudar o meu pai na empresa dele, como tinha 1 mês de férias decidi voltar pra Seoul.


   - E por acaso tu já tem algum lugar pra passar as férias? - Perguntou a mãe de Jungkook.


   - Ainda não, eu vou hoje de tarde em alguma imobiliária ver se eles têm algum lugar pra eu passar as férias. - Falou Ji hyun.


   - Não quer passar na nossa casa? Temos um quarto de sobra. - Falou a mãe de Jungkook.


   - Eu não vou atrapalhar vocês? - Falou Ji hyun.


   - Mas é claro que não querida - Falou a mãe de Jungkook.


   - É Ji hyun, fica aqui em casa, por favor - Falou Jungkook com uma cara de cachorro sem dono.


   - Tá bom, eu fico, só porque eu não aguento essa tua cara Jungkook. - Falou Ji hyun com um sorriso em seu rosto e dando um leve tapa no ombro de Jungkook.


   - Tá, agora que tudo já tá resolvido, bora comer? Porque eu to morto de fome! - Falou Jungkook já puxando uma cadeira da mesa para sentar.


   Logo depois de todos almoçarem, Jungkook levou a mala de Ji hyun até o quanto onde ela ficaria e já apresentou o quarto para a mesma. 


   - UAU, que quarto grande, meu Deus - Falou Ji hyun com um perfeito “o” em sua boca e Jungkook apenas rio.


   Logo quando os mesmos voltaram para a cozinha sua mãe já havia recolhido a louça da mesa e a colocado na pia. Depois de alguns segundos viram sua mãe vindo em direção à cozinha se despedindo de Jungkook, Ji hyun e de seu marido. 


   - Jungkook, não se esquece que você tá de castigo e vai ter que limpar a casa. Eu vou ter que ir mais cedo pro hospital hoje - Falou a mãe de Jungkook indo em direção à porta de entrada.


   - Sim mãe, até as 15:00 eu limpo tudo e depois vou na casa do Yugyeom, bom trabalho e se cuida. 


   - Desde que termine tudo antes pode de ir lá, Ji hyun olha se ele limpo antes de ir pra lá ok? se cuidem vocês dois também.


   - Kkkk, pode deixar tia.


   - Ji hyun, pode sentar ali na cadeira de quizer, sinta-se em casa, eu só tenho que lavar a louça e varrer a casa, é bem rapidinho.


   - Filho, eu também já vou indo, teve uns problemas lá com a empresa e eu vou ter que ir pra lá - Falou o pai de Jungkook indo até o quanto por seu terno - Tchau, se cuidem.


   - Você também - Falou Jungkook e Ji hyun em um solo e logo depois riram da situação.


   - Deixa que eu te ajudo Jungkook, eu seco a louça pra você - Falou Ji hyun procurando por um pano na cozinha.


   - Não precisa, pode deixar.


   - Não, não, não, eu vo te ajudar aqui sim, aí tu pode ir na casa do seu amigo antes.


   - KKKKKKKK, tá, obrigado. Tudo bem eu ir na casa dele hoje? Eu já tinha combinado com ele e ele fica muito brabo quando desmarcam. - Disse meio receoso. 


   - Por nada. Sim, sim, sem nenhum problema, eu ia sair essa tarde pra ver o que mudou em Seoul desde que eu fui embora - Falou Ji hyun pegando um pano de secar louça para ajudar Jungkook - Jungkook, eu to curiosa pra uma coisa.


   - O que é?


   - Tipo assim, tu tem namorada né? Tu deve ser bem popularzinho e já deve ter namorado varias no tempo que eu estive fora.


   Jungkook logo depois de ter ouvido o que Ji hyun havia dito, a única coisa que veio em sua cabeça foi Jimin.


   - Primeiro: não. Segundo: eu não sou nem um pouco popular na escola. Terceiro: eu só namorei um cara, mas a gente terminou a cerca de uns seis meses. Quarto: só corrige aí, namoradO e não namoradA 


   - Pera, que? NamoradO? Você é gay menino? 


   - Sim. - Falou simplista. 


   - EU SABIA, EU SABIA, EU SABIAAAAAAAAAAAAAAAAA


   - Meu Deus menina, se acalma, porque toda essa felicidade? Tu é homofóbica?


   - Porque eu já sabia disso, só não tinha certeza. Não, não, não sou homofóbica, sou completamente a favor.


   - Ué, não vo nem pergunta como tu já sabia. Ufa, que bom.


   - kkkk, mas não tem ninguém agora? Nem crush nem nada?


   Logo que Ji hyun falou isso, Jungkook ficou parado pensando pensando se deveria falar para sua prima sobre seu “namoradinho”


   - Jungkook? Tá aí? Terra chamando Jungkook, responda. - Falou Ji hyun estalando seus dedos na frente dos olhos de Jungkook 


   - Ah, desculpa, dei uma viajada aqui. Respondendo tua resposta: não.


   - Af, tá, mas quanto tiver alguém, eu quero saber tá menininho.


   - kkk, pode deixar.


   Enquanto Ji hyun e Jungkook limpavam a casa ficavam conversando sobre vários assuntos sobre a vida de cada um desde o dia em que Ji hyun foi embora.


   Depois de mais ou menos 1 hora e meia, terminaram de limpar a casa, como a casa de Jungkook não era TÃO grande, já que estavam em 2 não demoraram muito.


   - Bom, como ainda falta mais de 1 hora e meia pra eu ir na casa do meu amigo, que que tu quer fazer Ji hyun?


   - Ah sei lá, que tal a gente jogar vídeo game? Eu garanto que eu ainda ganho de ti 


   - Hahaha, DU-VI-DO.


   - Tá bom então, bora joga? 


   - Bora 


   Depois de Jungkook ligar o vídeo game, pegou um dos controles e entregou para Ji hyun enquanto a mesma sentava no chão na frente do vídeo game. Depois de varias e varias partidas jogadas, Ji hyun acabou por ganhar de Jungkook por apenas 2 pontos a mais.


   - Viu? Viu? Eu não disse? Eu não disse? Eu sou a melhor.


   - Tu ganhou mas por pouco, se tu não tivesse roubado naquela hora eu teria ganhado.


   - Eu não roubei, só tá falando isso porque perdeu.


   - Roubou sim e também, foi só por 2 pontos, não precisa comemorar tanto.


   - Mas eu ganhei, então, eu sou a melhor.


   - Aish, tá, tá - Falou Jungkook pegando seu celular indo ver a hora - MEU DEUS, É 14:20, EU TENHO QUE ME ARRUMAR PRA IR NA CASA DO YUGYEOM, SOCORRO DEUS. - Falou Jungkook se levantando do chão e indo correndo até seu quarto, deixando Ji hyun sentada no chão.


   Jungkook foi até o banheiro escovar seus dentes e pentear o cabelo, pegou uma camiseta preta, uma calça jeans preta rasgada nos joelhos e um tênis adidas branco e preto. Depois de sair de seu quarto indo em direção até a sala se despedir da Ji hyun e viu a mesma pegando uma bolsa de dentro de sua mala e colocando sua carteira e seu celular dentro da mesma.


   -JUNGKOOK, PARADO! Tu vai sair agora né? Então, eu também vou sair agora, eu não sei que horas eu vou voltar, porque eu quero ver a cidade inteira e visitar umas amigas minhas que moram aqui, então, talvez eu chegue tarde, só queria te avisar mesmo.


   -Sim, Ji hyun, sem problemas. Vamos?


   Os mesmos saíram de casa juntos, enquanto Jungkook trancava à porta, Ji hyun já estava indo até o portão de entrada, logo depois de trancar a porta e o portão, os dois se despediram e cada um foi para um lado. Jungkook foi correndo até a casa de Yugyeom, ele sabia que o mesmo ficava muito bravo se a pessoa não chegasse na hora. Faltava apenas 6 minutos até as 15:00 e Jungkook pena havia chegado até a casa de Yugyeom, tocou o interfone do prédio do apartamento de Yugyeom e o mesmo abriu o portão na hora sem ao menos perguntar quem era, Jungkook havia entrado dentro do apartamento e estava indo em direção até o elevador, entrou e apartou no número 7, que era o número do apartamento de Yugyeom, logo que as portas do elevador se abriram, Jungkook saiu à procura da porta de Yugyeom, o apartamento dele era quase o último do corredor, então, havia um corredor (bem longo por acaso) na qual, deixava Jungkook mais cansado ainda do que já estava. Logo de apertou a campainha, Yugyeom abriu a porta e deu um abraço no mesmo.


   -Você teve muita sorte, faltava só 4 minutos pras 15:00 - Falou Yugyeom desfazendo o abraço 


   -Mas eu tenho que falar uma coisa, COMO QUE TU PODE ABRIR O PORTÃO SEM AO MENOS PERGUNTAR QUEM É? E SE FOSSE UM LADÃO? UM PSICOPATA? EM? EM? EM? ESPERO QUE NÃO FASSA MAIS ISSO - Falou Jungkook com um olhar de morte para Yugyeom 


   - Tá omma, desculpa, não irei fazer mais isso, prometo, é que faz tanto tempo que tu não vem aqui em casa, queria que tu chegasse logo


   - Espero que não faça mesmo! Nossa, falando assim até parece que a gente namora kkkkk.


   - Mas a gente namora.


   - QUE? Tu tem teus crushs eu tenho o meu.


   - Calma, falei brincando kkkkkkk, pera, tu tem só um crush? COMO ASSIM? ISSO N TÁ NO PLURAL, TEM SÓ UM? MEU DEUS, ENTRA LOGO, QUERO SABER QUEM É ESSE - Falou Yugyeom puxando Jungkook pelo pulso fazendo-o entrar em sua casa 


   - SENTA AÍ NO SOFÁ, ENQUANTO EU FECHO A PORTA, QUERO DETALHE POR DETALHE DE COMO ELE É. 


   - Nossa, tá, tá bom, só antes, me dá um copo de água? 


   - Tu sabe onde tem copo e tem água na geladeira, se serve sozinho.


   - NOSSAAA, TÁ BOM, GROSSO.


   Jungkook foi em direção à cozinha para se servir de água, logo que se serviu tomou a água, mas Yugyeom pulou nas costas do que estava tomando água que acabou se engasgando.


   - YUGYEOM, TU QUE ME MATAR? PORQUE TU FEZ ISSO? EU PODIA MORRER SABIA? 


   - DESCULPAAAAAA, mas é que eu quero que tu me conte logo como ele é, quero saber por quem Jeon Jungkook se apaixonou.


   - AI, MEU DEUS MENINO, EU VO TE CONTA, SE AQUIETA.


   - Fico brabinho kkkk, tá bom, vamo lá no sofá, aí tu me conta, porque eu quero MUITO sabe quem roubou o coração de Jeon Jungkook.
   Logo que se sentaram no grande sofá da sala de Yugyeom, Jungkook tirou seu celular do bolso e tirou do silêncio, pra que se alguém lhe ligasse, ele provavelmente não atenderia se tivesse no silencioso.


   - Começa que eu to louco pra saber quem ele é.


   - Mas tu é apressado né? Meu Deus.


   - SOU E MUITO, ME CONTA TUDO, COMO SE CONHECERAM, COMO É A APARÊNCIA DELE, TUDO.


   Depois de Jungkook explicar, simplesmente, tudo para Yugyeom, o mesmo ainda tinha ficado confuso com sua aparência.


   - Olha, tu é muito ruim explicando a aparência de alguém, tem alguma foto dele no teu celular?


   - Eu não sou ruim explicando, tu que não entende. Tem no Kakao, pera, deixa eu abrir aqui. - Fala Jungkook pegando seu celular e mostrando a foto de Jimin para Yugyeom - Agora tu sabe como ele é certo. 


   - MEU DEUS MENINO, ELE É LINDO, calma, não quero roubar ele de ti não tá, mas olha, tu teve muita sorte, oh menino bonito.


   - Acho melhor não roubar mesmo.


   - Nossa, tu realmente ama ele, então, já que vocês se confessaram, quando será o casamento? 


   - Ca-caca-casamento? - engoliu em seco.


   - Ué, porque esse nervosismo?


   - Porque...meio que a gente...não tá nem namorando.


   - O QUE? COMO ASSIM, VOCÊS SE CONFESSARAM UM PRO OUTRO E SÃO SÓ AMIGOS?


   - Sim.


   - Ai meu Deus, tá, mas, por que?


   - Não sei também, eu queria que a gente tivesse namorando.


   - Então porque não pede ele em namoro?


   - Porque eu tenho medo.


   - Medo do que? Ele também se confessou, ele também gosta de ti, porque tu pede ele amanhã?


   -A-a-amanhã?


   -É, que tal? Você vai ficar mais feliz, eu tenho certeza que ele vai aceitar também


   -É, eu vou ficar bem feliz mesmo, eu não consigo passar um dia sem pensar nele.


   -Viu? Então, pega esse celular aí, e fala pra vocês se encontrarem amanhã.


   -Tá, pera, mas o que eu falo?


   -Daqui que eu escrevo - Yugyeom pega o celular da mão de Jungkook abrindo o Kakao do mesmo e indo até a conversa de Jimin - Pra começar que tal isso?


   -Pode ser.


•-•-• KakaoTalk •-•-•


Jungkook: Oii Jimin, tudo bom?


Jimin: Oiie Kook, tudo e com você?


Jungkook: Tudo bem. “Kook”?


Jimin: É, um apelido que eu dei pra ti, posso te chamar assim? Ou você não gostou?


Jungkook: Claro que pode me chamar assim, sem nenhum problema, achei bem fofo.


Jimin: Ai que bom, levei até um susto agora, pensei que não tinha gostado kkkk.


Jungkook: Kkkk, pode me chamar assim quando quiser.


Jimin: Tá bom Kook.


Jungkook: kkk, tá, Jimin, tu por acaso teria um tempo livre amanhã depois do teu trabalho?


Jimin: Amanhã eu não vou trabalhar, eu tenho um dia de folga na semana, então, amanhã eu tenho o dia inteiro livre.


Jungkook: Então, que tal a gente se encontrar na praça?


Jimin: Claro, que horas?


Jungkook: Que tal as 14:00?


Jimin: Pode ser


Jungkook: Ok, então até amanhã Jimin


Jimin: Até Kook


•-•-• KakaoTalk off •-•-•


   Jungkook ainda não acredita que pediria Park Jimin em namoro amanhã, sentia varios sentimentos ao mesmo tempo, mas não podia negar o quanto estava feliz com isso, logo depois de acalmar Yugyeom - que parecia estar mais feliz que Jungkook - mesmo não sendo ele que pediria, mas estava muito feliz pelo seu melhor amigo. Logo depois de alguns minutos tentando se acalmarem, Jungkook e Yugyeom foram em uma joalheria comprar as alianças de relacionamento sério para ele é para Jimin. Depois de quase 1 hora e meia escolhendo as alianças, Jungkook finalmente havia escolhido uma que ele é Yugyeom haviam gostado, depois de pagarem, voltaram para casa de Yugyeom, para ver se tudo estava certo e assistirem um filme. 


   Depois do filme ter acabado, Jungkook se despediu de Yugyeom e foi para sua casa. Logo que chegou notou que nenhuma luz estava acesa, então pensou que ninguém ainda havia chegado e o mesmo estava certo, logo que entrou dentro de casa, acendeu as luzes para poder enxergar e foi em direção ao banheiro para tomar um banho. Depois que saiu do banho, pegou um pijama em seu guarda-roupa, pegou seu celular e foi em direção a sala de estar, esperar todos os seus familiares chegarem.


   Depois de uns 30 minutos, a campainha toca, Jungkook vai até o interfone e pergunta quem estava lá fora, na mesma hora Ji hyun responde e o mesmo abre o portão para Ji hyun entrar.


   - Demoro né menina.


   - 2 coisas. 1º desculpa, 2º tu não é meu pai, pra me falar que horas eu tenho que voltar.


   - NOSSA, quando que tu começou a ser tão grossa? 


   - Aish, para tá.


   - Tá bom, não quero morrer hoje.


   - É melhor, que horas os tios chegam?


   - Eles quase sempre chegam depois das 19:30.


   - Ainda falta 18 minutos pras 19:30, então, eu vou tomar um banho bem rapidinho, já volto.


   - Tá.


   Depois de Ji hyun ir em direção ao banheiro para tomar um banho, Jungkook ficou pensando em muitas coisas ao mesmo tempo, que roupa usaria, o que falaria, entre outras...não sabia se falaria pros seus familiares que pediria alguém em namoro sem eles saberem quem é, se gostariam da aparecia de Jimin, ou do jeito dele. Depois de ficar alguns minutos pensado em varias notou que seus pais já haviam chegado em casa, então o mesmo foi comprimento-los e foi até à cozinha.


   - Mãe, amanhã eu vou ter que sair tá bom, por favor, deixa eu ir, eu não posso faltar amanhã por nada nesse mundo.


   - Pode sair, desde que tu limpe a casa e vá bem na escola.


   - OBRIGADA MÃE, MUITO OBRIGADA MESMO, TE AMO. -  Falou o mesmo dando varios beijos na bochecha de sua mãe 


   - Oxi menino, que que tu vai fazer amanhã que ficou tão feliz? - Falou a mesma pegando uma massa de baixo do balcão e colocando-a numa panela com água quente no fogão.


   - É-é...uma sur-surpresa.


   - Hmm, será que amanhã eu vou ganhar genro novo? - Falou a mesma sendo irônica, pegando uma colher de madeira para mexer a massa na panela.


   - Pe-e-ra, tu...ja-a-a sabia? - Falou o mesmo começando a ficar corado.


   -EEEEIIIITAAA, EU TAVA BRINCANDO, MEU DEUS, EU VOU TER UM GENRO NOVO, JÁ COMPRO AS ALIANÇAS? JÁ TEM A ROUPA QUE VAI USAR QUANDO PEDIR? QUER QUE EU TE AJUDE? TU SABE SE ELE VAI ACEITAR? AI MEU DEUS, MEU DEUS, MEU DEUS.....


   - Calma mãe, fala baixo, não quero que os outros ouç...tarde demais - Falou Jungkook olhando para a porta vendo seu pai e Ji hyun olhando para o mesmo com uma cara de surpresos.


   - Calma Jungkook, não tem problema contar pra eles, eles são seus parentes e também, a gente quer sabe quem ele é. - Falou a mãe de Jungkook o pengando-o pelo braço e mandando o mesmo sentar em uma cadeira -Então, eu vou terminar de fazer a janta e depois você conta pra gente como ele é, pode ser?


   - Pode.


   Depois que o jantar estava pronta, todos puxaram uma cadeira da mesa de jantar e sentaram nela, Jungkook não sabia o que falar para seus pais e para sua prima, só sabia, que teria que falar como Jimin realmente era, não poderia mentir em nada sobre ele. 


   - Então, Jungkook, fala aí como ele é - Falou Ji hyun enquanto se servia de massa 


   - Tá, então, o nome dele é....


   Depois de Jungkook falar tudo que sabia sobre Jimin para sua família, mostrar uma foto para os mesmos e contar como ele pediria ele em namoro também os mesmos só sabiam sorrir.


   - Jungkook, ele parece ser uma pessoa muito boa e gentil, ele também é muito bonito, espero muito que ele aceite seu pedido amanhã, também não faria muito sentido ele não aceitar se ele se confessou, então, eu só espero que vocês sejem muito felizes. - Falou a mãe de Jungkook dando uma abraço bem forte no mesmo.


   - Obrigado omma. - Falou o mesmo retribuindo o abraço.


   Logo depois de se separarem do abraço, seu pai e Ji hyun também foram o abraçar e lhe desejar boa sorte. 


   - Bom, então, como amanhã você vai ter que sair às 14:00, eu deixo pra que você se arrume, não precisa fazer nada amanhã, lavar a louça, varrer o chão, passar pano....nada. - Falou a mãe de Jungkook dando mais um abraço em Jungkook.


   - Muito obrigada omma. - Falou Jungkook dando uma abraço cada vez mais forte na mesma. -Muito obrigado a todo mundo.


   - Boa sorte Jungkook, só espero, que você não me minta mais em. - Falou Ji hyun dando um leve tapinha em seu ombro.


   - KKK, pode deixar.


   - Muita boa sorte meu filho, então, pra você estar muito bem amanhã, não vá dormir tarde hoje, vá dormir aí pelas 21:00, não as 00:00 como você quase sempre dorme, se não mais tarde, quero que amanhã você não esteja cansado para pedir Jimin em namoro.


   - Tá bom pai, pode deixar, também não quero estar cansado.


   - Então acho melhor já ir pro seu quarto meu filho, já é quase 21:00.


   - JÁ? MEU DEUS, TÁ BOM, TO INDO, BOA NOITE PAI, BOA NOITE MÃE, BOA NOITE JI HYUN, DURMÃO BEM. - Falou Jungkook correndo até seu quarto.


   - NÃO SE ESQUEÇA DE ESCOVAR OS DENTES MEU FILHO!!! - Gritou sua mãe para Jungkook, para que o mesmo ouvisse.


   - PODE DEIXAR MÃE. - Gritou Jungkook para que mesma também ouvisse.


   Jungkook chegou em seu quarto, colocou seu celular carregar, para que amanhã tivesse bateria suficiente para durar o dia inteiro e depois foi em direção ao banheiro fazer suas higiene e escovar os dentes. Logo que saiu do banheiro foi direto para sua cama tentar dormir, Jungkook estava tão feliz que não poderia escrever esse sentimento, depois de ficar bastante tempo pensado sobre amanhã acabou caindo no sono com um sorriso em seu rosto.
 


Notas Finais


Então, devemos agradecer muito ao Yugyeom não é mesmo? kkk
Eu quero tentar postar o próximo cap o mais rápido possível, então, eu não sei certo quando sai, mas, eu tenho certeza que esse mês sai
Me falem o que não gostarem pra eu melhorar!
Comentem o que acharam! <3
Desculpem os erros :v *again*
Até o próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...