História As viadagem do meu padrasto Yoongi e seu filho Jungkook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags B_nish, Crack!fic, Taekook, Vkook
Visualizações 51
Palavras 1.167
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie pessoas <3

Essa é uma fanfic que entrou para a lista de ser reescrita haha
Ela foi postada em 2016 e excluída no mesmo ano, mas também resolvi a trazer de volta.
Ela tem uns 6 capitulos prontos, e serão postados um á cada semana. Nos sábados.

Me senti meio desconfortável ao reescrever ela, pois pude ver o como meu português era péssimo. Mas também, não mudei muita coisa, pois do jeito que sou, a fanfic acabaria saindo do tema " Comédia " e iria para o " Drama ". Eu realmente não sei escrever uma crack como antes, mas irei tentar.

Boa leitura~~ Há erros propositais.

Capítulo 1 - Prólogo - JungKook, não mexa nos meus pornôs



A minha vida sempre foi bem sem sentido, e eu sou sem sentido também, então isso contribui. Porque? Não sei, só acho mesmo. Meus pais se separaram quando eu tinha uns sete anos, e minha mãe se casou novamente quando eu fiz dezoito anos. O meu padrasto era um idiota, retardado, trouxa, dorminhoco e besta. Ele me irritava pra caramba e ainda me zoava com aliens, poxa, isso é muito mal tá' Yoongi?!

Então, minha vida era uma droga, até o desgraçado resolver levar a DROGA do seu filho, para morar comigo e no quarto ao lado do meu. Ele havia me falado que Jungkook era um bom garoto e que era para mim o tratar bem, por ele ser muito sensível, delicado e algumas outras coisas a qual nunca dei ouvido. Dane-se! Eu não ligo para esse homem. Honestamente pelas fotos, ele é até gato e tal, mas tipo..  ele é o filho do meu padrasto, é meio que da minha familia, eu não podia fazer nada a ele. E confesso que se eu contar os planos que fiz de como mandar ele de novo pra onde veio, vocês não iriam acreditar.

Plano um: Irritar, provocar, bater, gritar, dançar e qualquer coisa que for irritante. Pretendo fazer tudo isso para ele, para ver se ele fica "azul viado".

Plano dois: Não existe.


Eu sou pessimamente maravilhoso em fazer planos. Não entendeu? Tipo, eu sou péssimo em fazer eles, mas maravilhoso na hora de executar. E de uma coisa eu sei muito bem; JUNGKOOK NÃO VAI ME AGUENTAR.

Eu não quero nem saber de filhinho de papai invadindo meu território, se ele se aproximar de minha mãe também, ai haverá mortes e sangue. E conta também que quero matar o pai dele que é um idiota que faz vários nadas, só dorme, come e serve para me irritar e arrancar meus neurônios. Se o baby dele puxou a ele, eu juro que me mato também. Porque n ninguém merece aguentar duas pessoas com a personalidade do Yoongi em uma casa só. Tipo, já é estranho morar com o Yoongi, com um JungKook aqui, vai ser mais ainda. Mas se bem que, quanto mais falo desse Jeon, mais eu penso em planos de como o tirar daqui, estava pensando em pedir alguma ajuda para o Hobi e para o Minnie. Eles são meus melhores amigos, meus pedaços de chocolate e limão, são minhas flores.

Eu meio que sei que o JungKook ainda não chegou aqui, mas o Yoongi saiu agora para ir buscar ele lá na Neide, a mãe do Jungkook. Pelo que minha mãe me fala do Jeon, ele parece ser super gente boa, e tal.. só que o que o TaeTae faz com ele? ATACA O BOY PORQUE É BOM. Eu tô nem ai se é bonito, feio, chato ou legal. Ele não vai me aguentar, e na hora que ele for embora, eu vou fazer uma festa enorme aqui em casa. 

“Geral se mata aqui de trabalhar
E a empresa sai favorecida
(Tô meio "P" da vida)
Nada mais justo que a gente tirar
Uma folguinha merecida”


Eita, meu celular ta tocando sozinho, que foda.

“Nóis' jura ficar limpo (limpo)
Bebida, o que é isso? Isso?
Nóis' vai levantar, depois abaixar
Katrina, bala, coco, sutiã, saravá”


"Não controlo fogo"… Meu deus ele está tocando mesmo. AI DESGRAÇA, TO INDO VIADO.
 Pulei da minha cama em um único movimento e voei like a butterfly até o celular.

“ Alô? Quem deseja falar com a pessoa maravilhosa aqui?

- Quantas vezes eu disse, para você não deixar a PORTA TRANCADA TAEHYUNG? 

Eita viado! É o Yoongi.

- QUE?

Calma ai tio.. ops, padrasto..  ah sei lá. To indo abrir a porta. “


Continuei like a butterfly e desci as escadas da casa voando. Fui até a porta da sala e destranquei a mesma, vendo Yoongi abrir ela furioso, me empurrando na parede junto com a porta.

- A porta não tem culpa dos seus problemas, sabia não? - Falei o encarando, vendo o mesmo dar de ombros, me ignorando como sempre faz, levando as malas do seu baby até o quarto. Olho para a porta do lado de fora e vejo o Jungkook ali, plantado me olhando.

- Ué, vai entrar não? - Que idiota.

- Você é o Taehyung? - Não moço, sou o Batman  disfarçado. Cada uma viu?

- Sou, porque? Sabia não? Seu pai não te contou sobre mim? - Pergunto olhando ele entrar e fechar a porta logo em seguida.

- Contou. Ele também disse para mim tomar cuidado com você,  porque eu poderia me contagiar com a sua idiotice. - Ele dá de ombros e sai andando de bunda empinada até a escada. Eu estou puto demais com o viado do Yoongi.

- Vocês amam zoar com a minha cara. - Murmuro baixo subindo a escada atrás do Jungkook e parando na porta do meu quarto enquanto olhava Yoongi e ele conversarem.

- Você vai cuidar do meu filho, não quero que ninguém arrume problemas com ele. - Yoongi se aproximou de mim e colocou a mão na cintura, numa pose enquanto mantinha o seu olhar em meu rosto.

- E você acha que sou o quê? Uma espécie de babá? - Pergunto indignado e vejo ele cerrar os punhos, eu quase jurei que ele arrancaria meus órgãos ali mesmo. - Tá certo, sou uma babá! - Digo dando o maior sorriso falso que pude dar naquele momento. O que eu não faço para não levar um tapa do Yoongi? Ele não bate, ele mata e faz o trabalho completo já. 

- Caso você queira alguma coisa, estarei no meu quarto Taehyung. - E quem disse que preciso de você Jungkook?

- E eu estarei no MEU QUARTO DORMINDO, PORÉM NÃO ME ACORDE TAEHYUNG. - Ai meu deus. Yoongi me mata logo.

- TA BOM YOONGI! - Fiz questão de gritar como ele e entrar que nem um louco no meu quarto, fechando a porta e trancando ela a mil chaves ( Só uma mesmo ) para o Yoongi não invadir. - OKAY JUNGKOOKIE.- Gritei para responder o que o mais novo havia me falado anteriormente. 

Eu estarei morto com esses dois na minha casa, enquanto minha mãe viaja á trabalho. Sinto que não vou aguentar mais um dia aqui.

- TAE!! TAEHYUNG!!!! - Quando me sento na cama, o sonso do Jungkook começa a gritar. - CORRE AQUI! - Me levanto e vou devagar até a porta, a destrancando e indo até seu quarto, que estava com a porta aberta.

- Que foi caramba? - Pergunto com um bico nos lábios, me encostando na lateral da porta, cruzando os braços logo depois.

- E-eu estava m-mexendo no computador ai abriu um site p-pornô e… - Arregalei os olhos. - O nome de usuário é seu.. - CARAMBA ELE ACHOU O MEU SITE DE PORNÔ. QUE YOONGI NÃO SAIBA DISSO. QUE MINHA MÃE NÃO SAIBA DISSO. QUE O MUNDO NÃO SAIBA DISSO.
 


Notas Finais


Gostaram? Bem, eu espero que sim.
Estarei repostando algumas outras fanfic's minhas do BTS, caso se interessem ^^

Muito obrigado por ler <3
Chu~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...