História As voltas que o mundo dá(Camren GP!) - Capítulo 119


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Avril Lavigne, Bella Thorne, Camila Cabello, Cara Delevingne, Dallas Lovato, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Ed Sheeran, Ian Somerhalder, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Sabrina Carpenter, Shawn Mendes, Shay Mitchell, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Camren G!p
Visualizações 333
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente está acabando, eu quero chorar.😭😭😭😭

Capítulo 119 - Vidas em jogo - parte 1


Fanfic / Fanfiction As voltas que o mundo dá(Camren GP!) - Capítulo 119 - Vidas em jogo - parte 1

(Lauren on)


Eu juro por tudo que é mais sagrado que eu irei mata-lo, eu vou matar Austin Mahone, vou tortura-lo como fez comigo, ninguém vai me impedir de fazer justiça com as minhas próprias mãos. Como pude baixa guarda? Como pude deixar ele levar as minhas meninas. Como fui perder minhas filhas assim? Eu juro que ele pagará com a vida pelo o que está fazendo. E vai apodrecer no inferno!

Estamos em casa, já são pelo menos 2 da manhã, e alyicia está com sua equipe tentando localizar ou ter alguma notícia das meninas. Camila está com a cabeça no meu peito. Ela não chora, não diz nada, só brinca com os dedos. Acaricio seus cabelos e ela me olha.

-Traz elas de volta lo -Ela pediu com os olhos vermelhos e inchados -Salve nossas meninas, recupera elas para mim.

Ela disse chorosa, abracei a mesma com toda a minha força, com toda a minha alma. Queria passar segurança, por mais que eu não tivesse; eu não poderia desmoronar com a ela por perto.

- Eu prometo que irei salva-las Camz, eu juro a você que elas estaram com a gente outra vez - Eu falei olhando nos seus olhos -Eu mesma irei mata-lo, eu juro que irei mata-lo. 

Eu falei completamente certa, se tenho certeza de algo na minha Vida, é que irei mata-lo, irei mata-la com minhas próprias mãos.

Depois de mais algumas horas, sinto minha mulher ter a respiração mais calma, certeza a mesma dormiu. Sinto alguém se aproximar e vejo que é vero.

- Lauren, Lucy estava me contando uma coisa que poderia ser verdade -Ela falou e eu assenti -Shawn pode dizer aonde elas estão, afinal ele era um dos capangas do Austin.

Tinha me esquecido desse outro idiota, com certeza ele deve saber, ou deve ter alguma pista. No momento em que me mexo para ir averigua. Camila acorda.

-Endy, Luna!

Ela diz assustada, me olha e me abraça, é horrível ve-la assim; é tão injusto olha-la e não saber como conforta-la.

-Calma Camz, calma amor, não se preocupe, vamos traze-las.

Eu falo tentando conforta-la mesmo sabendo que nem os meus melhores abraços vão conseguir tirar essa angústia.

- Lauren minhas meninas, eu não sei o que eu faço...

Ela fala soluçando, aberto mais a mesma em meus braços.

-Amor preciso ver uma coisa -Digo e a mesma me olha-Dinah!- chamo ela que se levanta -Fica com ela enquando eu vou ver uma coisa.

Eu disse e Dinah assentiu ficando com Camila. Fui até a sala aonde os computadores estavam e Alyicia estava com um ela mãos.

-Lauren eu sinto muito, mas não conseguimos nada além da placa do carro que saiu daqui com as meninas, e o mesmo foi encontrado perto da rodovia 87 -Ela falou e eu assenti -Ja mandamos homens vasculharem la, mas não acharam nada até agora.

Assenti me sentando.

-Minha amiga me disse uma coisa que pode ajudar - Eu falei e ela fez um sinal para mim continuar -Quando eu fui sequestrada por esse lunático, ele tinha um amigo, alguém que denunciou aonde eu estava, mas também ficou com ele por muito tem, tanto que foi o culpado pelo acidente da mãe e da irmã da minha esposa.

-Acha que Shawn Mendes pode ajudar? Ele está preso Lauren, por que ajudaria?

-Na custa nada tentar, estou disposta eu mesma a falar com ele, preciso eu mesma esclarecer as coisas, só me de permissão para falar com ele a sós.

Alyicia pensou bem e assentiu pegando sua bolsa e e chamando mais uns homens com a gente...


(Camila on)

Vejo Lauren saindo, e simplesmente não pergunto, por que sei que ela deve estar fazendo a coisa certa. A mesma me prometeu que iria trazer minhas meninas de volta e acredito.

Mas antes que possa continua pensando no inevitável, meu celular toca mim número desconhecido.

Ligação off 

*Alô?

Eu perguntei e a voz que veio em seguida me trouxe calafrios.

*Deve estar se perguntando como estão suas filhas.

Ele fala irônico.

*Devolve minhas meninas Austin! Por favor devolva minhas filhas!

Eu peço suplicando 

*Camila você poderia ter evitado isso se simplesmente tivesse ficado comigo.

*Você está louco, Austin vamos acabar com isso! Devolva minhas filhas por favor!

Eu pedi já sentindo as lágrimas inundaram meu rosto. Vi as pessoas se aproximarem e irem para o computador.

- Camila continua; mais um pouco e podemos rastrear a ligação.

Assenti é continuei.

*vou devolver, pelo menos uma, a outra vou deixar com Alexa, ela vai saber o que fazer, e tem mais Camila, se quer elas, já sabe o que tem que fazer!

*Austin se você me ama como diz, não faz isso, vai me ver infeliz!

*mas estará comigo, Camila você é minha e sempre foi! Luna é minha filha, somos o casal mais perfeito que existe.

*Austin por favor, chega de loucura!

*Você me ouviu, venha me encontrar sozinha e se eu ver qualquer pessoa com você que seja; eu mato suas filhas, as duas. Vou te mandar o nome do lugar.

Ligação off


A mensagem chegou e entreguei para uma homem que estava em minha frente.

-Isso fica perto de uma pista de jatos particulares; Camila ele vai fugir com você!

Ela falou chegando ao ponto.

-Ele foi bem claro, se eu aparecer com alguém, ele mata as minhas filhas!

Eu falei chorando. Realmente pensar na possibilidade de perder as minhas meninas, de não poder ouvir o chorinho delas, nem suas pequenas quase palavras que sempre me faziam rir. Eu não acredito que minhas meninas estão na mão daqueles covardes.

-Vamos deixar que você dirigi sozinha, esse lugar é cheiro árvores, nossos homens estaram escondidos, e qualquer passo em falso que ele der a ordem é para atirar para matar. 

Já estavam arquitetando algo.


(Lauren on)


Já na sala de interrogatório, eu estava esperando Shawn,logo a porta foi aberta e ele entrou, quase intacto. Ele me olhava com surpresa, mais ao mesmo tempo seu olhar transmitia medo.

-Não te esperava aqui.

Ele falou tentando mostrar ironia, simplesmente escondi a minha dor com o olhar e olhei para o mesmo com a minha melhor cara de assassina, funcionou, pois o mesmo estremeceu.

-Olha eu só quero te perguntar uma vez, mas se não me responde por bem, eu te mato aqui mesmo, e vai por mim, eu tenho permissão- Eu falei e o mesmo me olhou tremendo-Austin pegou as minhas filhas, e estou certa que ele falou com você sobre isso-Seu olhar mudou agora de medo para espanto e pena, ele assentiu engolindo seco-Aonde ele disse que colocaria.

Ele me olhou com o olhar perdido.

- Austin me disse que colocaria as meninas em um dos balcões que ligam as rodovias 87, mas estão no subterrâneo.

Ele falou e um alívio correu por minha espinhas. Me levantei e não consegui evitar dar um soco certeiro bem no seu nariz.

-estava com muita vontade.

Ele me olhou com o nariz sangrando. Vou atrás das minhas meninas, eu juro que vou atrás.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...