História Asas - Lutteo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Nina, Sharon, Simón
Tags Gastina, Lutteo, Simbar
Exibições 70
Palavras 1.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - "Você vai para Buenos Aires!"


- Serio, não tinha presente pior não mãe, que humilhação, seus presentes sempre foram os melhores, agora você me vem com essa bijuteria? Fala serio, meus amigos vão me zoar até não poderem mais! - Falou irritado logo depois de sua festa te acabado.

- Matteo, você mesmo tem que ver com seus próprios olhos, se eu te dizer, tenho a certeza que você não vai acreditar! - Falou sua mãe.

- Que seja, só não me obrigue a usar isso! - Falou.

                  Luna Valente

- Ai não Nina, o que será que a rainha quer? - Falei preucupada. - Me mandar para longe? Ou me expulsar do reino?

- Não exagera Luna, a rainha não faria isso com você. - Falou Nina enquanto procurava alguns materiais. - No máximo... uma advertência.
- Será? - Perguntei e ela assentiu.

- Olha ela meninas! - Falou Ambar enquanto tirava sarro da minha cara. - Será que a minha tia vai te expulsar? Se bem que eu adoraria! - Falou saindo.

- Não liga para elas amiga, a senhora Sheron gosta muito de você, tem você como uma filha e você sabe disso. - Falou Nina.

Nina era uma fada, mas com talento de artesã, ela nunca abriu suas asas, ela tem medo de não ser uma fada competente.

- Acabamos de semos informados que na verdade a Sheron quer falar com vocês três! - Falou um dos soldados.

- Eu?? - Pergunta Ambar.

-Não, outra Ambar Smith. - Falei. 

Depois disso fui junto com Ambar e Nina para falamos com a rainha.

- Bom, cada uma de vocês teem uma missão, Luna Valente mudar uma pessoa, Nina Simonetti, buscar um modo de perde o seu medo de tudo e de todos, Ambar Smith, ser mudada por uma pessoa. - Falou e Ambar ergou a sobrancelha.

- Oi? Não preciso mudar, sou Ambar Smith Benson hello! - Falou.

- Justamente por isso. - Falou Sheron. 

- Tá, quando começamos posso começar agora se quiser! - Falou Ambar e Sheron começou simplesmente a rir o que me deixou confusa.

- A missão vai se passar em Buenos Aires, Argentina no mundo dos humanos. - Falou e nós arregalamos os olhos.

- Não, eles são uns monstros uns insenciveis. - Falou Ambar indignada.

- Sem mais nem menos, todas peguem o que for necessário. - Falou e Ambar e Nina saíram, eu estava saindo até.

- Luna - Ela me chamou.

- Sim? - Eu engoli o seco.

- Bom, você sabe muito bem o por que de você ter perdido as suas asas. - Falou Sheron.

- Mas senhora eu não roubei nada! - Falei a verdade não poderia entregar Karol.

- Mas as câmeras te flagaram Luna. - Falou. - Mas eu decidi te dar uma chance. - Ela faz um tipo de magia, e surge asas em mim. - Essas asas são temporarias, bom você pode usar a magia até três vezes para voltar atrás e refazer o que fez no mundo dos humanos, daqui a um mês, o portal irá se abrir novamente e se você perder ficará presa no mundo dos humanos e esquecerá de tudo que viveu aqui, se tornará uma mortal. - Falou Sharon.

- Sim senhora Sheron, prometo dar o meu melhor. - Falei.

                         ***
 
- Você o que?? - Pergunta Karol.

- Você sabe, mundo dos humanos, asas, mudar e blá, blá, blá. - Falei enquanto pegava minha varinha mágica.

- Mas espera, você vai com esse vestido para o mundo dos humanos? - Pergunta e eu assenti.

- Não vejo problema. - Felei.

- Leio muito moda humana e seu que vão te achar uma louco com esse traje. - Falou Karol.

- Então o que me sugere?? - Pergunta.

- Vem cá veste isso. - Falou me entregando uma caixa, logo troquei de roupa. - Perfeito.

Era um short jens com alguns broches, uma blusa branca alguns anéis e pulseiras.

         Matteo Bálsano

- Cara foi isso o que você ganhou. - Falou rindo.

- Fazer o que não é. - Falei.

- Eu li um livro sobre ficção que... - Eu o interrompo, mesmo assim ele continua. - Sobre seres com asas.

Dessa vez quem começa a rir sou eu.

- O que? Deixa eu adivinhar, Cinderela? - Comecei a rir.

- É sério. - Falou e o sinal toca finalmente casa. - Bom eu já vou. 

Fui para casa, olhei mais uma vez para o meu amuleto e o joguei no chão de tanta raiva, até aparecer uma luz, então eu olhei e vi uma garota, com asas? Acho que estou vendo coisas, então eu me deitei na cama para dormi amanhã seria mais um dia de sucesso para Matteo Bálsamo.

                Luna Valente

É agora, estou com muito medo de virar uma mortal e ficar presa lá no mundo dos humanos.

- Então meninas, quando tiverem coragem o suficiente o portal está aberto. - Falou Sharon.

A primeira foi Ambar, como sempre,  a segunda foi Nina, e por fim seria eu, mas eu não conseguia.

- Sabe, Luna as vezes temos que arriscar. - Falou me entregando um livro.

                Ambar Smith

Que lugar mais escuro, sem sofisticação, realmente a casa e bem grande, o quarto também, eu estava olhando algumas fotos da família quando.

- Quem é você? - Pergunta o garoto.

- Mamãe Noel, não está vendo? - Falei sarcástica. - Sou uma garota,  uma garota normal. - Tentei desfarsar.

- Ha e garotas normais usam esse tipo de assessorio? - Falou apontando para as minhas asas rosas brilhantes.

"DOGRA!" - Pensei.

- Ha está bem não precisas ficar com medo,  eu sou uma fada. - Falei e ele começou a rir.

- Fada? Até parece. - Falou ainda rindo eu precisava mostrar, então peguei a minha varinha e fiz uma magia que fez ele perde a voz.

- Agora você acredita? - Falei e ele assentiu, então eu desfiz o feitiço.

- Vem, aqui mesmo você não fica! Você vai ter que dormi no porão.

- O que é "Porão"? - Perguntei.

- Uma canto onde usa para guardar coisas velhas. - Falou e eu começo a rir.

- Eu sei o que é um porão bobinho. - Falei. - Mas eu não sou coisa velha, eu me recuso a ficar nesse porão velho e cheio de poeira.

- então você vai dormi lá fora. - Falou com um sorriso falso.

- Não é necessário. - Falei retribuindo. - Ambar Smith.

- Simón,  Simón Álvares. - Falou.

             Nina Simonetti

- Quem é você???


Notas Finais


Bom, minha primeira fanfic sou luna, a ideia surgiu de repente na cabeça espero que tenham gostado Até mais! ♡♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...