História Asas negras - MITW - Capítulo 22


Escrita por: ~

Exibições 237
Palavras 927
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oin turma <33

Espero que gostem <33

Obrigada a todos vocês por estarem comentando e me motivando a continuar a fic <3




SEEEEEEEEEEUS GOXTOSOOOOOOOS :3


<3

Capítulo 22 - Cara a Cara - 03


Fanfic / Fanfiction Asas negras - MITW - Capítulo 22 - Cara a Cara - 03

Foi por pouco... Foi por muito pouco.

Logo as asas do Pac voltaram a sua cor normal, brancas e brilhantes...

Como eu amo essas asas...

[ ... ]

P . O . V   Tarik

~~Sonho ON~~

Eu estava novamente em um jardim, as flores continuavam brancas... Era como se eu tivesse... Trocado de lugar com ele, na verdade com o próprio “eu”. Ele não estava aqui, eu estou sozinho e preocupado... Preocupado de ele machucar o Mike.

Ele pode até ser “eu”, mas não confio nele, não confio nem um pouco... Mas a vida do Mike está em jogo, só de me lembrar começo a tremer... Estou preocupado, quero ele ao meu lado.

Senti um assopro na minha orelha, olhei para trás.

- AAAH – Gritei com o susto que tinha levado.

- Você se assusta atoa – Ele disse revirando os olhos, ele é o meu oposto...

- O-O que aconteceu? – Perguntei e vi ele sorrir de canto.

- Não acha que devia parar de ser tão curioso? – Ele falou dando uma pausa – Bom... Acho que devia aprender a se virar sozinho, sem ajuda de ninguém – Ele disse com uma frieza na voz.

- C-Como assim? – Perguntei sem entender, ele estava apenas sério olhando para mim.

- Pare de se aproveitar daquele garoto – Ele disse e logo arregalei os olhos – Você é uma pessoa fraca, sem nada na vida, sem amor sem ódio, você não possui sentimentos, admita – Não... Eu tenho sentimentos...

- M-Mas... – Eu apenas consegui falar isso, ele olhou para mim e sorriu ironicamente.

- Mas oque? Vai disser que sente amor por alguém, só se for amor próprio, haha – Ele disse rindo.

- Sim... Eu sinto amor... – Eu falei e aos poucos sorrindo – Diferente de você, eu possuo sentimentos, eu consigo amar, diferente de você eu não possuo ódio – Falei sorrindo ele foi chegando cada vez mais perto de mim, até ficar cara a cara comigo.

- Transar com seu irmão, é amor isso que você fala? – Ele falou sorrindo malicioso, eu apenas corei com essa atitude. – Aproveitar de uma pessoa que você nem gosta, é amor? – Ele falou isso e seu sorriso desapareceu. Percebi de quem ele falou...

- Você está falando do – Fui interrompido

- Você sabe muito bem de quem estou falando, Paczinho – Ele disse me puxando para mais perto.

- Você sabe que ele nunca vai te amar, não sabe? – Ele falou isso... Isso dói, eu não sei por que, mas sei que dói.

- Diferente de você, ele me ama... – Eu falei e ele me largou na hora.

- Agradeça, ajoelhe-se nos meus pés, eu o salvei – Ele falou isso e senti um peso sair de mim, ele estava bem...

- Mas... Eu posso matá-lo também – Ele disse e olhei para os olhos dele no mesmo momento. Frio e negro...

- Não... Você tem meu corpo, mas não tem a minha mente, não pode fazer isso – Eu falei confiante.

- Isso é o que você acha, posso ser mais forte que aparento ser, bem mais forte – Ele falou sorrindo, com certeza ele é meu oposto.

- Acho melhor você se afastar do Cellbit – O QUE?

- O QUE? – Perguntei, ele sorriu novamente.

- Confie no que eu falo.

- Literalmente impossível confiar em você, ele é meu irmão! – Falei, vi ele dar um sorriso irônico.

- Confie no que eu falo, se afaste do Cellbit e do Rezende – Ele disse novamente, se afasta do Rezende tudo bem, mas do meu irmão, jamais.

- Acredite, se acontecer alguma coisa com o Cellbit, não irei ajudá-lo, deixarei ele se perder – Ele disse, como assim se perder?

- Não fale coisas que não sabe... – Acabei dizendo.

- Não critique coisas que você não sabe – Ele rebateu – Você sabe tão pouco, tem uma memória tão ruim, eu poderia até te ajudar por dó, mas assim fica mais divertido – Ele falou, ele é realmente um maníaco.

- Não ouse tocar no Cellbit ou no Mike – Falei, ele apenas continuou sorrindo, ele se aproximou mais de mim.

- Tarik, Tarik, pobre Tarik, por que confia em anjos caídos? Eles não são confiáveis – Ele estava se referindo ao Mike novamente.

- Por que ele não é igual aos outros. – Falei, diferente do Felps, ele não era agressivo não era nada igual a eles. Ele era um anjo caído diferente, um diferente bom.

- Entendi... Mas faça a escolha certa, não confie em ninguém, muito menos seu irmão, - Ele falou, por que isso? Por que ele não confia nem um pouco no meu irmão?

- E o Mike?

-... – Ele ficou quieto der repente, como se estivesse pensando

- Não sei... – Ele falou bem baixo, logo em seguida suspirou – Fique ao lado daquele moleque – Ele falou como se não me quisesse perto dele, não entendo ele.

- Agora vá e não me atrapalhe mais – Ele falou curto e grosso.

~~Sonho OFF~~

P . O . V   Pedro Afonso

Eu acabei acordando, o que havia acontecido? Estava com a cabeça latejando, que merda... E minha perna estava ensangüentada... Estou me lembrando...

Aquele garoto, possuía asas negras? Parece que escolhi um dos certos para ser a minha presa.

Aquele garoto é um animal, tem que ser exterminado.

E vai ser.

P . O . V    Mikhael Linnyker

Depois que ele caiu no meu colo eu havia o levado para o quarto, estou parado ao lado da cama olhando para ele, ele ainda não havia acordado... Não sei o que aconteceu...

Não consegui esquecer aqueles olhos...

Sem vida e sem cor...

De alguma forma, ele não sai da minha cabeça.

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado <33


Peguei mania de falar isso agora ;-;


Um bezim
Um quezim
E xaaaaau <33



Versão /Eu '-'

AVADAAAAA KEDAVRAAAA ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...