História Assassin (Imagine Jungkook - BTS) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jeon Jungkook, Jungkook, Pockyx, Você
Visualizações 461
Palavras 1.661
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ai ai, eu amei escrever esse capítulo 😂😂

Bom, como vocês podem ver, eu ja escolhi a atriz, ou melhor, a face da Jasmine, ela se chama: Maria Casadevall

Eu amo essa atriz, ela interpretou o papel de Margot em "I Love Paraisópolis" eu amei assistir essa novela, e pra quem não assistiu, recomendo que tente assistir. Ela é muito linda e se encaixa muito bem no perfil que eu estava procurando, vou deixar nas notas finais uma foto dela para vocês poderem ver melhor.

É só isso.

Boa leitura.

Capítulo 6 - É Guerra


Fanfic / Fanfiction Assassin (Imagine Jungkook - BTS) - Capítulo 6 - É Guerra

  Amo a amizade de Jasmine, não trocaria por nada nesse mundo, eu e ela somos como irmãs, as duas protegem uma a outra.

    XXX


Jasmine On

   Saimos de dentro do avião, coloquei meu óculos e olhei para _________, ela colocou a alça da mochila no ombro e logo me olhou. 

- Que? - Perguntou me olhando

- Eu realmente não queria estar aqui, por mim eu teria ficado em casa, com o meu namorado - Ela riu

   Não que eu ja não tivesse aturado Jin por mais tempo do que imaginei, mas... EU NÃO SUPORTO ELE. Caralho, ele é... Aish, resumindo: Eu e ele somos cão e gato, não nos suportamos.

   Jin adquiriu um certo ódio por mim, e isso começou quando eu falei que ia sair da equipe junto com a ________. Ele não gostou e muito menos aprovou, mas foi fácil ele me deixar ir, ele apenas me queria porque eu sou boa em luta e armas. Nada mais que isso, Jin nunca teve ou sentiu algo por mim. 

- Que... Que que... O que... - Larguei mknha mochila e pulei no colo de Taehyung - Eu não acredito - Ele segurou em minhas coxas para que eu não caísse 

- Oi V - ________ o cumprimentou 

- Oi - Me colocou no chão 

- Meu Deus, você está... Eu não acredito, senti tanto sua falta, por que não foi nos ver? - Ele suspirou

- Jin não me deixava nem respirar, quem dirá me deixar ver vocês - Bufei e cruzei meus braços 

- É sério _________, se aquele babaca ficar me provocando, eu juro que vou atirar na cabeça dele até ver o cérebro dele saindo pelas narinas - Ela arregalou os olhos levemente

- Sabe... Você nem é agressiva - Ela e Tae riram 

- Sou pior que isso, e você sabe - Cruzei meus braços 

- Vamos, o todo poderoso esta esperando vocês duas - Assenti contra meu gosto 

   Saímos do aeroporto, Tae abriu o porta malas, jogamos as mochilas ali e logo entramos no carro. Fui na frente e _________ atrás, provavelmente mandando mensagens para Jungkook. 

- E então... Como vai a vida de vocês duas? - Tae perguntou

- Vai bem, estamos namorando - Ele fez um olhar de surpreso 

- Qual o nome deles? - Perguntou

- Por que? - Perguntei o olhando de relance

- Porque eu sou seu amigo, não nos falamos faz dois anos... E... Só - Soltei um riso

- Meu namorado se chama Hoseok - Olhei pra tras ao ouvir o riso de _________ 

- Meu Deus - Ela colocou a mão na boca 

- Pelo menos alguém tá feliz - Revirei meus olhos - O dela se chama Jungkook - Assentiu 

- Cadê eles? - Perguntou

- No esconderijo da Nick - Ele riu alto 

- Perai, entao o casal NiMin esta cuidando dos dois? - Ele riu mais alto ainda 

- Sim, pare de dar nomes para os casais, coisa chata Taehyung - Ele negou rindo 


    Quebra De Tempo


- Olha só quem chegou - Jin veio em nossa direção 

- Oi Jin - __________ riu e o abraçou 

- Devia ter matado ele quando tive chance - Taehyung riu baixo 

- Jas... Não vai me abraçar? - Abriu os braços, me provocando 

- Eu vou matar você, que tal? - Passei por ele, indo para a sala principal 

- Uau, você não esquece as coisas mesmo - Riu me provocando

- E ai, Namjoon passou por aqui? Mandou nos vigiar por quanto tempo? - Coloquei a mochila na mesa e me virei pra ele 

  Jin: Ex namorado babaca, melhor, ficante idiota que me iludiu a beça. Eu devia ter pegado outra pessoa, ou apenas ter esperado por Hoseok. 

   Fiquei parada o analisando, assim como ele. Ele soltou um riso, fechei meus punhos, cravando as unhas em meus braços. 

- Então... Vai me responder ou eu vou ter que enfiar o cano da minha arma na tua boca? - Ele se aproximou com um olhar sério, o qual não me da nenhum pouco de medo - Ah é, você adora um cano, né? - Soltei um riso

- Tempo suficiente para que vocês ficassem protegidas enquanto brincavam de Barbie - Respirei fundo, uma, duas, na terceira a bomba ia vir e eu não ia me segurar

- Barbie? Barbie? Aha, ok, então você é o idiota do filme americano, o qual tenta chamar a atenção de todo mundo, fingindo ser um babaca, melhor, continua sendo um babaca - Finalizei, um sorriso vitorioso brotou em meu rosto ao ver o rosto dele vermelho

- Então você gosta de citar o passado? Legal, vamos começa pela parte que você era uma vadia antes de me conhecer, que foi graças a mim que você se tornou quem é, que foi graças a mim que você não está em uma esquina qualquer se prostituindo - Soltei um riso

- Preferiria estar me prostituindo do que estar olhando pra essa sua cara de babaca - Finalizei pegando minha mochila


- Jas! Jas!  - Tae gritou meu apelido duas vezes 

   Coloquei o punho em minha boca enquanto subia as escadas, eu entraria em qualquer um desses quarto, só não ficaria no mesmo ambiente que Jin. 

   Eu sei que o que eu fazia quando era mais nova era errado, principalmente porque eu era apenas uma criança e os caras que me davam dinheiro estavam errados, mas era o único jeito, era um jeito de me manter, de sobreviver, eu não tinha saída, morava na rua, apenas um aceno com uma mão eu conseguia dez caras em uma noite, suficiente para que eu conseguisse me manter. 

   Conheci Taehyung logo depois, eu estava na estrada, andando sem rumo, eu havia dado mais uma vez, ardia entre minhas pernas e eu apenas deixava as lagrimas rolarem, foi quando me agarraram. 

   No Outro dia eu acordei na cama de Tae, tínhamos... Quinze ou quatorze anos, eu não me lembro direito, eu só sei que cresci junto a ele, logo que seu pai morreu conhecemos Namjoon, Jin e ___________. Ela é uma amiga e tanto. 

   Parei de pensar sobre o passado quando Tae colocou a cabeça no vão da porta e sorriu, ele a fechou logo que entrou, se sentou ao meu lado na cama e segurou minha mão. 

- Tudo bem? - Assenti sorrindo fraco

- Não foi graças a ele, foi graças a você, e ele sabe disso, mas gosta de se colocar acima só porque sabe de minha história - Revirei meus olhos 

- Relaxa, nem é tão... Tá, é péssimo, vocês vão se matar, e vai acabar sobrando pra mim e pra _________ - Soltamos um riso 

- Eu sei, ela sempre me salva dele - Ele riu baixo 

   Taehyung se levantou e deu um beijo em minha testa, me joguei na cama, tirei meu celular do bolso e pressione o botão para liga-lo. Olhei no visor e ri ao ver mensagens de Hoseok. Apertei a tecla Verde abaixo da foto dele. 

- Oi - Coloquei o celular no ouvido 

Chegou bem? Comeu? Espera... Sai fora Jungkook! Liga você!  - Soltei um riso ouvindo o mais novo gritar - Onde eu estava, ah, já comeu? Esta bem? - Sorri mais ainda, eu tenho o melhor namorado 

- Estou bem meu amor, não se preocupe, daqui a pouco vou comer, e você, está bem? - Fiquei mexendo na Barra de minha camisa 

Não - Franzi o cenho - Eu quero você Jagya - Soltei uma risada alta 

- Eu também meu amor, eu também, logo eu volto pra te buscar, tá bom?... - Ele murmurou concordando - Hobi... 

- Eu te amo, nem vem querer falar primeiro - Ele odeia quando eu falo primeiro, pra ele, ele sempre deve ser o primeiro, sempre

- Também amo você, muito - Ele riu baixinho - Eu... Tenho que ir treinar, depois eu ligo - Pude ouvir seu suspiro

- Tudo bem meu amor, depois eu falo com você, bom treino - Afastei o celular e deixei que a lágrima caísse sobre a tela que indicava que a chamada estava encerrada 

   Respirei fundo e fui até a porta, a tranquei e voltei a minha mochila, a abri e joguei algumas peças de roupas ali. Peguei a toalha e fui até o banheiro que estava com a porta aberta, fechei e logo tirei minha roupa. 

   Respirei fundo e entrei no box, fechei meus olhos com força ao sentir a água gelada, a luz do banheiro se apagou, o chuveiro parou de funcionar, soltei uma risada antes de sair do box enrolada na toalha, sai do banheiro e fui até minhas roupas, coloquei uma calcinha e meu moletom, quero dizer, o moletom do Hobi. 

   Sai do quarto soltando fumaça pelas orelhas, olhei Jin mexendo na caixa de fusível, respirei fundo diversas vezes, eu e ele olhamos para o bastão, corri antes que ele e o peguei. 

   Então vai ser assim: olho por olho, dente por dente. 

   Ele se defendeu quando eu ia atingir a cabeça dele, chutei seu estômago, o fazendo bater as costas na parede, atingi o estômago dele com meu pé mais uma vez, ele o segurou e me puxou pela coxa, colei o bastão no pescoço dele e pressionei. 

- Esta mais gostosa do que antes - Apertou minha coxa 

- Pena que eu ja tenho dono - Ergui minha outra perna e pulei para me equilibrar, acertando a que ergui no membro dele - Otário - Respirei ofegante, Jin puxou meu tornozelo, cai de costas no chão, o bastão caiu de minha mão e rolou pelo chão 

   Me levantei, atingi em cheio o queixo de Jin, ele colocou a mão ali, em seguida acertei sua bochecha com meu punho fechado, ele foi pra tras mas continuou tentando se levantar. 

   Antes que eu conseguisse chutar seu rosto, meu corpo foi puxado, comecei a chutar o ar num intuito de tentar acertar a cara desse idiota, cujo nome é Seok Jin. 

    É guerra que ele quer? Então que assim seja, terá guerra. 

Jasmine Off


Notas Finais


Jasmine (Maria Casadevall).
Link da foto: https://1.bp.blogspot.com/-FVXwEABM2ac/VsWhn9gTczI/AAAAAAAADP4/j3Tkyy8S8C4/s1600/2015-816861456-maria_casadevall_ok_5.jpg_20150515.jpg

Eu acho ela muito linda, eu não me importo de ter escolhido uma mulher brasileira para poder combinar com Hobi, até porque, nós somos brasileiras, ou até mesmo portuguesas, bom, enfim, eu não me importo e acho ela super combinou com o perfil.

E ai, gostaram do capítulo? Parece que Jasmine ja chegou dando pipocada né kkkkkk

Bjs e abraços 😙💜
Nick


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...