História Assassina de aluguel- Yandere simulator - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Abenobashi Mahou Shoutengai
Exibições 23
Palavras 781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Escolar, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Capítulo 2 (morte)


Fanfic / Fanfiction Assassina de aluguel- Yandere simulator - Capítulo 2 - Capítulo 2 (morte)

Eu estava na aula, até o sinal tocar fui para fora e meu celular tocou.

-Como vai querida Aya?

-Pode falar chefe.

-Uma garota está marcada para morrer até três dias e você terá que ver sobre isso tudo bem? Nome: Oka huto. Sua sala. Cabelos roxos e curtos, occult clube, descubra tudo sobre ela e mais. Você vai gostar de matá-la já que ela tem crush em alguém em especial. Pergunte a Info sobre isso.

-Hai.- Desligo a chamada. Mando mensagem para Info-chan

MENSAGEM POvs ON"

Ayano- Preciso falar com você sobre a missão da Oka huto.

Info- Irei te esperar no Info clube.

Ayano- Estou indo.

MENSAGEM POvs OFF"

Fui até o segundo andar aonde fica os clubes, passei pelo ocult clube, cooking clube e cheguei no Info clube. Entrei calmamente e fechei a porta. Info-chan estava sentada em uma cadeira olhando para todas as várias telas de seu computador. Ela se virou com um sorriso malicioso e concertou seus óculos.

-Pode falar.

-Muito bem, o que eu devo fazer?- Pergunto séria.

-Se aproxime dela e das outras garotas, tenha mais popularidade, seja gentil e atenciosa. Eu te aconselho a fazer a Midori Gurin matá-la, vai ser um escanda-lo a melhor amiga matar a outra e poderei colocar isso no jornal da escola.

-Perfeito, te trarei fotos das roupas de baixo das meninas depois.

-Certo. E acho que deve saber, que a Oka huto tem crush no Taro.- Na hora que ela disse meu sangue ferveu. Assenti e sai da sala.

Saio da sala e vou a enfermaria, pego uma seringa e um tranquilizante que aprendi a fazer na aula de biologia e vou direto ao pátio aonde todos estavam conversando. Me aproximo do círculo de meninas.

-Oi.- Digo "timidamente" e escondo a seringa.

-Oi!- Elas dizem juntas.

-Então, sou Ayano.- É não nos conhecemos e eu nem queria....

-Oka huto.- Perfeito. A garota é do demônio?? Jesus!!

-Midori Gurin.

-Mei Mio.

-Saki Miyu.

-Kokona Haruka.

-Victin Chan.

-Tudo bem?- Pergunto. Sei fingir muito bem.

-Hai.

-Midori posso falar com você um momento?

-Claro.

-Me segue ta?

-Hai.

Vou caminhando com Midori Gurin logo atrás, entramos numa sala mo estranha e fecho a mesma, antes que ela dissesse qualquer coisa, pego a seringa e perfuro seu pescoço, ela da um grito e desmaia. A coloco dentro de um baú que tinha na sala. Esperei a aula terminar e voltei para pegar a caixa, a levo para casa e amarro Midori na cadeira com uma mesa pronta com meus brinquedinhos.

Quando ela acorda, eu já estava terminando de preparar tudo.

-Como vai?- Pergunto com um ar psicopata.

-Por que está fazendo isso??

-Trabalho.- Dou de ombros.

-Seu trabalho é sequestrar as pessoas?- Ela diz com uma voz chorosa.

-Não- Me aproximo.- O meu trabalho é matá-las.- Cochicho e ela arregala os olhos.- Mas não se preocupe eu não irei te matar, você irá se matar. Depois de matar a Oka Huto. Ela é a vítima.- Não tem por que eu não contar, ela vai morrer mesmo e adoro ver a expressão das pessoas.

-Não vou fazer isso!!

-Quando eu terminar você vai.- Dou uma gargalhada e pego um alicate.- Vamos começar?- Me aproximo dela.

-Não! Não por favor! Pare! Não!

Depois de 18 horas de tortura sem pausa, ela desmaiou. Faltei a escola mas não me importo. No dia seguinte mais 16 horas e novamente falto a escola. No dia seguinte ela já não tinha sanidade. Seus olhos e cabelos estavam completamente brancos, e ela repete que não presta para nada e que deveria morrer. Fiz a garota cair na depressão. Também, tortura comigo não é brincadeira. Para elas por que pra mim é super divertido!!

A levo para a escola e entrego uma faca á ela. Ela começa a repetir várias vezes "Kill, Kill, Kill" e andava feito uma psicopata, até a Oka Huto chegar, ela vai até ela e a joga no chão ficando por cima dela, e começa a dar várias facadas. A Oka Huto gritava e a Midori não parava, quando a Oka deixou a vida, a Midori tira a faca do peito dela e enfia em seu pescoço, deixando uma rajada de sangue em seu pescoço.

Tive de me segurar para não cair na gargalhada pois todos os alunos estavam ali, logo chamaram as professoras e as aulas do dia foram suspensas AGRADEÇAM A MIM!!! MUAAHHAHA (tentativa falha de uma risada do mal debochada)

Voltamos para casa e soubemos que Leo e Lua teriam que viajar para Londres pois teria uma missão só para crianças se infiltrarem. Aceitamos e nos despedimos, depois disso eu e Akira pensávamos em quem sequestrar para torturar, tava um tédio...

 

 

 


Notas Finais


E ai???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...