História Assassinos - Imagine Kim Taehyung (V) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine, Imagine Taehyung, Imagine V, Taehyung
Exibições 149
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ola, eu tive que escrever esse capítulo correndo então me desculpe qualquer coisa
Boa leitura!

Capítulo 14 - Declaração


 

- O que pensa que esta fazendo? - perguntei para Taehyung que se encontrava serio em minha frente

- Eu não sei! - ele colou nossas testas, fechou os olhos brevemente, como se quisesse encontrar palavras para serem ditas. Seus braços envolveram minha cintura, fiquei completamente sem reação, ergui minhas mão até seu peito, as deixei lá. Era a perfeita cena de uma princesa indefesa nos braços do príncipe encantado.

- Taehy...- minha voz era carregada de ignorância, eu iria iniciar uma discussão mas o maior me interrompeu

- Shh...- ele me apertou mais contra si. Afinal o que ele queria com tudo aquilo? E por que eu não o rebati? Apenas dei o silêncio que ele queria. A ______ de algumas semanas atrás havia sumido completamente, eu estava me entregando a Taehyung, coisa que eu nunca quis fazer. Ou coisa que eu nunca assumi que queria fazer. Dês do primeiro dia que eu vi Tae, ele me chamou a atenção, com certeza havia meninos mais bonitos na escola, e eu certamente via isso, mas por algum motivo no dia que transamos ele ficou mais atraente, aos meus olhos Taehyung havia mudado, assim também como sua personalidade, no começo ele parecia não querer nada comigo, mesmo fingindo ser meu namorado, ou até mesmo por me levar em um shopping diferente apenas para ficar sozinho comigo, eu achava que ele queria apenas algo carnal, ou talvez ainda queira e tudo isso é apenas uma tentativa disso, ele quer que eu me apaixone por ele? Eu realmente não sei o que fazer! Ou o que pensar.

Suspirei fundo, e tentei novamente falar com ele

- Tae?- dessa vez falei mais calma

- Hm?- ele me olhou, abaixei a cabeça por causa dos meus pensamentos

- O que você quer de mim?- perguntei, ele levantou minha cabeça

- Quando eu conheci seu irmão... ele me disse que eu deveria tomar cuidado com você..- ele sorriu sem mostrar os dentes.- Eu sempre me perguntei como um irmão é tãooo - ele procurava a palavra enquanto olhava brevemente para cima.- descuidado com a irmã mais nova, era pra ele não me deixar chegar perto de você! Eu quis me aproximar do você! Queria ver qual era o verdadeiro perigo.- ele sorriu.- E eu descobri.

- E qual era?- perguntei inocente, olhando em seus olhos tentando encontrar algum sentimento de desejo, mentira, mas não encontrei nada, era como se o que eu visse não existisse, mas por algum motivo eu já tinha me sentido assim antes

- Eu comecei a gostar de você, eu nunca quis transar com você, eu nunca quis ser esse tipo de cara com VOCÊ!- ele deu ênfase ao último você.- Mas eu não conseguia me expressar, eu não conseguia dizer o que sentia, e como sou um completo idiota, me expressei como sabia. Mas eu não queria que fosse assim! Por favor me perdoe por tudo que eu fiz a você, e tudo que você esta sofrendo agora é por minha causa!

- Tae..-  não sabia o que dizer, eu não sabia o que estava sentindo, eu podia sentir seu coração totalmente acelerado. Ele estava sendo sincero. Mas eu não consigo confiar em suas palavras, eu não consigo confiar em ninguém, não o culpo, isso é por causa da minha personalidade, eu não queria ter escutado as palavras de Taehyung, acho que se ele tivesse falado "apenas te usei aquele dia, eu não quero nada com você, apenas some da minha frente" eu estaria em uma situação melhor que agora.- Eu... não é sua culpa..- ele me olhou um pouco decepcionado, as palavras que eu queria falar não saíam, como palavras podem dar tanto medo em uma pessoa. Eu acho que gosto de você, eu repetia mentalmente, na esperança que Tae pudesse ouvir.

- Só isso?- ele pergunta

- Não..- sussurro, e abaixo a cabeça.

- Me diga!- ele levanta minha cabeça novamente.- Não tenha vergonha de seus sentimentos! Não faça como eu fiz..

- Eu...- suspirei fundo.- Eu.. não consigo! - me soltei de seus braços, e vesti a blusa de Taehyung rapidamente, que ficou um pouco (muito) grande em mim. Saí dali e vi que Tae estava no mesmo lugar olhando para baixo.- O que eu fiz?- perguntei para mim mesma enquanto chorava, e corria pela escola.

Cheguei no corredor da minha sala, consequentemente da sala de Jungkook, corri para a porta que continha o número 12 (sala do kook), entrei sem bater, e vi o olhar de todos cair sobre mim, inclusive do professor, que mudou totalmente a expressão quando viu meu estado. Passei os olhos por toda a sala procurando Kook que já estava em pé, e me olhava, fui ate ele, abraçando-o fortemente

- Me leve para casa..- sussurrei em seu ouvido

- Professor, podemos sair?- Kook pergunta ao mais velho parado em frente a lousa

- Claro!- sua voz era preocupada

 

Saímos de lá, eu podia ouvir cochichos de todos os lados, apenas ignorei, e tentei me acalmar

 

- _________ o que está acontecendo?- Kook me pergunta

- Não se!- sequei minhas lágrimas- Eu não sei...

 

 

 

-= =-

 

 

-_____ Taehyung disse que não vira para o churrasco. Vocês brigaram?- Kook aparece no sótão, o qual eu me encontrava a horas

- Não!- falei seca

- ______ o que esta acontecendo? Nunca te vi asim!- ele se sentou na minha cama

- Vai embora! Por favor!- sussurrei

Ele apenas saiu. Busquei meu celular na cama, e procurei o contato de Tae

 

"Taehyung? Precisamos conversar. Vem na minha casa hoje, por favor!"

 

Ele visualizou a mensagem mas não me respondeu.

 

 

-= =-

 

 

Eu já estava entediada naquele churrasco, todos os amigos do Jungkook estavam lá, inclusive Jin que não estuda na escola, Taehyung não estava lá. Todos estavam animados, Hope gostou muito de conhecer os meninos

 

 

- Gente, já esta tarde. Vou dormir!- ouvi um boa noite em coro. Hoseok se juntou a mim, enquanto eu entrava em casa

- Você esta bem?- ele me pergunta

- Sim!- subi as escadas, Hope ia para a cozinha, mas a campainha tocou e ele foi atender

- Posso ajudar?- escutava sua voz baixa por causa da distancia- Taehyung?


Notas Finais


Espero que tenham gostado, a _______ foi bem fdp nesse capítulo, Jesus!
❤️😘

Algumas Fanfics minhas:

Essa é a que mais faz sucesso:

https://spiritfanfics.com/historia/coma--imagine-j-hope-jung-hoseok-6966644

Pra quem gosta de One Shot, aqui tem uma do Taehyung (V)

https://spiritfanfics.com/historia/imagine-kim-taehyung-v--one-shot-7091779


Caso queira uma história finalizada:

https://spiritfanfics.com/historia/debut--imagine-v-kim-taehyung-6739347

Pra quem é Yoongi biased:

https://spiritfanfics.com/historia/chapeuzinho-vermelho--imagine-min-yoongi-suga-7102958

Me sigam no Twitter lá podemos interagir melhor

https://twitter.com/GabrielaRissari


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...