História Assassinos - Imagine Kim Taehyung (V) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine, Imagine Taehyung, Imagine V, Taehyung
Exibições 100
Palavras 1.245
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oeeee, desculpa não ter postado antes, eu estou com três Fanfics em andamento então fica difícil postar td dia, e agr eu entrei em semana de prova, eu já passei de ano 💅 então não preciso estudar mt, mas isso com certeza vai interferir nas Fanfics, espero que entendam boa leitura ❤

Capítulo 15 - Eu te amo



_______ estava indo para o andar de cima, ela realmente não esta bem. Eu ia para a cozinha, quando o som da campainha me desvia do caminho, vou até a porta abrindo a mesma 

- Posso ajudar?- perguntei ao rapaz de cabelos castanhos a minha frente.

- Sou o Taehyung!- ele disse simplista, sem esboçar tanta reação 

- Taehyung?- fiquei um pouco chocado, eu não sabia que ele viria, ainda mais depois da história que _____ me contou, mas fiquei feliz em conhecer alguém tão famoso entre meus irmãos. Acordei do meu transe, e automaticamente dei um sorriso.- Entre! 

Ele entrou, mas ficou parado na frente da porta, quando olhei para onde ele observava, ______ estava parada na escada, eles apenas se encaravam. ______ estava surpresa e feliz ao mesmo tempo

- Taehyung?- chamo pelo garoto e o mesmo me olha.- Podemos conversar?- ele me olhou um pouco assustado 

- C-claro..- parecia nervoso 

Encarei ______ na escada, e a mesma me fuzilava com os olhos, apenas ignorei e puxei Taehyung para a cozinha. Ele encostou na pia, eu fiquei de frente para ele

- Primeiramente..- falei tirando o sorriso do rosto, e adquiri um semblante sério.- Você não devia ter falado aquelas coisas para minha irmã!

- Mas eu só me declarei, não podia ficar com aquilo guardado dentro de mim!- ele parecia nervoso e inquieto 

- Não interessa!- aumentei meu tom de voz.- Pensou nela quando disse essas coisas? - ele abriu a boca para falar mais não deixei.- Não, você não pensou! Agora ela esta sofrendo por sua causa! Por que ela perdeu uma amizade muito forte..- acho que estou exagerando.- Me responda! Por que veio aqui? Eu sei que ela te chamou! Mas se for para a deixar mais triste apenas vá embora!- ele encarava o chão 

- Eu só quero acertar as coisas...- ele disse num sussurro 

- Espero que faça isso...- voltei a sorrir, o garoto me encarou confuso.- Vai lá! Arruma a burrada que a _______- dei ênfase ao ______- fez!

- Estava só brincando?- ele pergunta, eu começo a rir.- Aish seu idiota!- volto a ficar sério 

- Mas tem uma pitada de verdade nisso tudo!- ele fica assustado.- E não me chame de idiota!

- T-ta..- ele responde, e eu volto a sorrir

- Estou só brincando!- ele riu.- Sabe, a _____ não gosta muito desse tipo de...- pausei para pensar nas palavras.- amor explícito!

- Como assim?- Taehyung parecia confuso

- Se você falar que gosta dela, ela ira te chamar de idiota, se você beijar, ela vai te bater, se você pedir ela em nomoro, ela vai te dar um tiro..- ele fez uma cara de medo, eu sorri- Vem! Vamo lá fora depois você fala com ela.



-= =-



Eu estava trancada no sótão, podia ouvir risadas vindas do jardim nos fundos da casa, eu chamei Tae para poder conversar, mas acho que ele não quer isso, já que parece estar muito mais legal lá em baixo 

As risadas/escândalos cessam de uma hora para a outra, mas logo volta, dessa vez era "AHHHHHNNNNN" e eu conseguia identificar a voz de Kook e Hobi mais altas dentre as outras

Coloco os fones de ouvido, e encaro o teto, penso ter ouvido meu nome, então tiro o objeto da minha orelha, e encaro o nada por alguns estantes, não ouço nada então volto a escutar música 




-= =-



Os meninos estavam bem animados por eu ter ido, eles não sabiam o que havia acontecido, Kook sabia que eu e _____ tivemos um desentedimento, Hoseok disse que _______ contou a história apenas para ele, e eu contei para meu melhor amigo, Jin. Ele me disse para vir e tentar conversar com _____ fiquei horas pensando, e quando recebi uma mensagem da menor, tinha certeza que viria 

- Gente!- falei um pouco alto para que eles parassem de gritar.- Eu vou ali... E já volto!- me levantei e eles me olharam confusos, ate Kook e Hobi iniciarem um escândalo 

- AAAAAHAHHHHHNNNN!- Jin os acompanhava mas em um tom menor. Apenas revirei os olhos e entrei na casa

Subi as escadas, e já no segundo andar me deparei com um corredor com apenas quatro portas

Abri a primeira, e parecia ser um tipo de escritório. Abri a segunda, e era um quarto bem despojado, deve ser do Jungkook, abri a terceira, e vi uma cama de casal, chamei pelo nome de _______, mas não obtive respostas. Abri então a última, e era o banheiro

- Aonde ela...- parei de falar, e encarei um cachorro dentro do banheiro, ele me olhava fixamente.- O-olá amigão...- fui me afastando aos poucos, mas o cachorro avançou em mim me derrubando no chão, ele começou a morder a barra da minha calça, e eu comecei a gritar.- AAAAHHHHH!

- Galaaz!- uma voz doce ecoou pelo corredor, me fazendo olhar para atrás, assim como o cachorro. ______ estava em um buraco(?) no teto, deve ser o sótão. Ela desceu por alguns degraus, e o cão soltou minha perna e foi ate ela

- Não devia sair vasculhando a casa dos outros!- ela disse prendendo o cachorro novamente no banheiro

- Estava te procurando!- ela sorriu mesmo que minimamente 

- Estou aqui pode falar!- a menor cruzou os braços 

- Mas...- dei uma pausa.- foi você que me chamou!- ela me encarou, e fez uma cara engraçada, comecei a rir

- Para de rir!- ela deu um "soco" em meu braço.- Vem vamos conversar!

- Certo..- ela foi ate a escada

- Pode subir!- disse a mais nova

- Damas primeiro!- tentei ser cavalheiro. Ela apenas balançou o vestido florido que usava, e eu entendi o recado. Corei, pera por que eu corei? Aish!- Nossa!- sussurei para mim mesmo, ao observar como o quarto era bonito 

- Gostou?- ela perguntou 

- Uhum!- andei até sua cama sentando na mesma. Ela pegou a cadeira giratória sentando na minha frente.- O que queria conversar?

- E-eu queria te pedir desculpas, eu não sabia como me expressar com as palavras que você disse, nunca ninguém tinha me falado isso!- ela parecia nervosa.- Desculpa se você chorou por alguém que não vale nada...- ela sussurrou a última frase. Eu realmente havia chorado, por mais que eu quisesse esconder, minhas olheiras, e meus olhos inchados me denunciavam 

- Tudo bem!- eu disse, e ela sorriu 

- Me desculpa, por eu não conseguir me expressar!- ela abaixou a cabeça, eu levantei a mesma com as mãos.

- Você vale a pena!- eu disse e ela sorriu.- Depois que você fala uma vez não consegue parar mais!

- Falar o quê?

- Eu gosto de você!- ela corou, levou as mãos no rosto, e me olhou com um pouco de raiva 

- Idiota!- ela se virou para o outro lado, com a ajuda da cadeira giratória 

- Ya por que esta brava?- eu sorri, e virei a cadeira novamente 

- Você fica me fazendo ficar envergonhada!- ela estava muito fofa

- Mas eu gosto de você!- suas bochechas só ficavam mais vermelhas 

- PARA!- eu comecei a rir da cara dela, dessa vez ela estava vermelha de raiva 

Ela avançou em mim, igual ao cachorro de poucos minutos atrás, eu deitei na cama por impulso, e ela ficou me batendo, enquanto estava em cima de mim, ela era bem forte, e seus tapas realmente doíam, agarrei seus pulsos, e ela me encarou 

- Me faça parar...- falei, e ela me olhou confusa 

- E como?- ______ pergunta.- Só se eu fazer você parar de gostar de mim!

- O meu "gosto de você"- dei uma pausa.- poderia virar um "eu te amo"





Notas Finais


Rindo pra não chorar de alegria :')
Espero que tenham gostado ❤😘

Me sigam no Twitter para conversarmos, e vcs poderem compartilhar coisas kpopinhas cmg

https://twitter.com/GabrielaRissari
@GabrielaRissari


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...