História Assassinos - Imagine Kim Taehyung (V) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine, Imagine Taehyung, Imagine V, Taehyung
Exibições 104
Palavras 1.433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe por ter demorado tanto, eu estou com falta de criatividade ;-;

Mas ta aí ❤

Capítulo 17 - Hoseok - Part. 1



- O que?- perguntei olhando para Taehyung 

- Estou com frio!- ele se virou para mim se encolhendo igual um bebê. Soltei uma risada com seu ato - Gosto quando sorri!- ele piscava lentamente 

- Quer ir tomar banho?- perguntei, Tae abriu um sorriso gigantesco.- Eu estou cansada!

- Aigooo, quem disse que eu iria tentar algo?- perguntou se levantando 

- Sei..- me levantei, pegando minha toalha, enrolando na mesma.

Eu e Tae descemos as escadinhas do sótão. Ele ameaçou abrir a porta do banheiro, mas eu o impedi 

- O que?- perguntou o mais velho 

- Esqueceu quem ta aí?- falei, Taehyung fez um "Ahh"

- Onde vamos tomar banho?- perguntou, dobrando um pouco os joelhos para ficar na minha altura 

- No quarto do Hoseok! Tem banheira!– falei e Taehyung abriu um sorriso automaticamente

- Perfeito!- ele iniciou um beijo, me pegando no colo ao mesmo tempo

- Taehyung..- me separei do seu beijo

- Shh..- ele beijou meu pescoço, e seguiu para o quarto de Hoseok. Fiquei me perguntando como achou o cômodo tão facilmente

Depois que entrou no banheiro do quarto, ele fechou a porta com violência me prendendo contra a mesma. Seus lábios abusaram do meu pescoço, minha pele esta totalmente arrepiada. Taehyung apertava minhas coxas, aumentando o contato de nossas intimidades, que eram apenas separadas pela minha toalha. Soltei minhas pernas do tronco de Tae, e retirei o que nos atrapalhava. Fui ate a banheira, colocando para encher, o mais velho me abraçou por trás, e começou a sussurrar em meu ouvido coisas como “Você é minha” “Como você é gostosa” “Eu poderia foder você o dia inteiro”

- Para Taehyung!- repreendi o maior, me virando para ele

- Ainda está cansada?- ele faz bico

- Sim!- Tae me ergueu, e me colocou sentada em cima da pia

- Temos alguns minutos!- ele atacou meu pescoço. Ficamos trocando carícias, ate a banheira encher

Taehyung me pegou no colo, e entrou dentro na banheira, que era um pouco pequena já que cabia apenas uma pessoa.

Eu estava sentada no colo de Tae, e ele apenas me observava com um sorriso, suas mãos faziam carinho nas minhas costas, já as minhas estavam paradas em seu abdômen

- Você é linda!- ele quebrou o silêncio 

- Obrigada!- sorri

- Hoje você está mais doce..- ele inclinou um pouco a cabeça para o lado

- Por que acha isso?- desviei meu olhar, e comecei a brincar com a água que estava entre nós 

- Respondendo meus elogios com "obrigada"..- um sorriso bobo nasceu em meus lábios.- fica sorrindo sem motivos, está parecendo uma criança, não olha em meus olhos quando eu falo coisas meigas, e..- ele deu uma pausa, eu o encarei.- e fica corada, te deixando fofa

- Aigo!- senti meu rosto esquentar, me virei para o outro lado com facilidade, ficando de costas para Tae, que começou a rir

- Fofa!- ele me abraçou ainda rindo

- Não tem graça!- cruzei os braços 

- Me perdoa?- ele beija meu pescoço 

- Não!

- Por favor!

- Já disse que não!

- Eu vou fazer você me perdoar!- ele me puxou para perto de si

- Vai me forçar?

- Não irei fazer nada que você não queira!

Suas mãos desceram ate minha intimidade, enquanto uma acariciava meu clitóris, a outra me penetrava dois dedos, me fazendo morder os lábios para conter os gemidos que teimavam em sair da minha boca

Ele aumentou os movimentos, eu desisti de lutar contra os gemidos, depois de mais alguns poucos segundos cheguei ao meu ápice 

- Me perdoa?- ele beijou meu ombro 

- Aham..- falei um pouco ofegante

- Cansada?

- Muito!- encostei em seu peito 

Sem dizer mais nada, Tae pegou o shampoo e lavou meu cabelo, passou sabonete em todo meu corpo

A água morna estava me deixando sonolenta, Taehyung começou a fazer carinho em minha barriga, o que me deixou com mais sono. Ele se aproximou do meu ouvido e começou a cantarolar uma música de ninar 




-= =-




Acordei meio perdida no espaço tempo universo, me levantei sonolenta vendo que eu estava em meu "quarto", usava minha roupa mais quente, e estava cheio de cobertas a minha volta. Taehyung não estava lá, provavelmente ele foi embora antes dos meus irmãos chegarem.

Conferi em meu celular, vendo que eu havia perdido a aula

Desci as escadinhas, e fui ao banheiro fazer minha higiene. Caminhei até o primeiro andar, já da sala, eu podia ouvir vozes conversando, deduzir ser Jungkook, e Hoseok

- Bom di.. Taehyung?- meu olho arregalou levemente ao ver Tae, e Hobi conversando enquanto tomavam café da manhã 

- Bom dia irmã!- Hobi sorriu enquanto passava manteiga no pão 

- Bom dia _____!- Tae também sorriu

- Venha tomar café!- Hope me chamou com uma das mãos 

- E o Kook? Ta onde?- me sentei ao lado de Tae, de frente para Hope

- Dormindo, ele bebeu ontem..- coloquei um pouco de suco no copo 

- Bebeu?- perguntei um pouco incrédula 

- Os meninos estavam enchendo um pouco a cabeça dele, não fique brava!- eu odeio quando meus irmãos bebem, principalmente Heseok, longa história..

- Não estou!- respondi, e bebi o suco em seguida 

- Eu tenho que ir agora!- Hoseok disse se levantando.- Vá embora antes de Jungkook acordar!- ele olhou para Tae que apenas assentiu 

- Achei que tinha ido embora!- falei assim que escutei a porta da frente ser fechada 

- Hoseok foi no sótão e me viu lá!

- O que ele disse?

- Nada, só me chamou para tomar café.

- Ele gosta de você!- um breve silêncio se instalou

- Por que Kook não pode ficar sabendo?- ele pergunta 

- Longa história!

- Tenho a manhã toda!- ele apoiou a cabeça em uma das mãos 

Contei pra Tae, toda a história da minha promessa com Jungkook

- Nossa!- ele estava com os olhos arregalados.- Espero que você não esteja me iludindo! 

- Você ta se iludindo sozinho! Eu nunca te dei confiança!

- Transar comigo não é dar confiança?

- Não! Eu nunca falei "eu te amo"! Isso é dar confiança, e iludir se for mentira.

- Assim você me machuca..- ele leva a mão no coração.- Vai fazer alguma coisa mais tarde?

- Acho que não..- olhei brevemente para cima como se estivesse pensando.- Por quê?

- Quer ir na sorveteria?

- Claro!- sorri 




-= =-




Eu estava no caminho de volta para casa. Taehyung recebeu uma ligação, e ele não pode me acompanhar, estava tarde, as ruas desertas, e apenas o som que minha sapatilha fazia ao entrar em contato com o chão podia ser ouvido. A brisa fraca, fazia alguns fios do meu cabelo voarem para trás, eu já estava próximo da minha casa, quando sinto que estou sendo vigiada, olho para trás mas não vejo absolutamente nada.

Ao chegar em frente minha residência, Galaaz vem me receber, e novamente a sensação de ser observada vem a tona. Olho para trás, e o cão parece fazer o mesmo, nós fitamos a rua na esperança de ver algo. Um pouco distante, eu podia jurar ter vistos sombras atrás de alguns carros estacionados, Galaaz deu alguns passos para frente. Eu achei que ele iria correr até onde supostamente havia alguém, mas ele andou até o meio da rua, mas deu meia volta, entrando para dentro da casa. Desisti de tentar achar alguém, ou alguma coisa que poderia estar ali, os pensamentos de como Galaaz agiu ontem vieram  em minha cabeça, ele foi totalmente agressivo com Taehyung, mas passivo com Jin, claro que isso por que ele era o "dono" do cachorro

Assim que abri a porta principal o cheiro de álcool invadiu minhas narinas me causando tonturas, e uma leve dor de cabeça. Sem que eu percebesse algumas lágrimas rolavam pelo meu rosto.

- Kook?- falei baixo entrando em casa.- Por favor, me fala que é você Jungkook..

Parei bruscamente a ver Hoseok deitado no sofá, minhas pernas começaram a tremer. Ele parecia estar em um sono profundo.

Peguei meu celular, ligando para Kook, eu escutei baixo o som do toque no andar de cima, ele deve ter esquecido o celular em casa. Liguei para Jimin

- Alô?

- Jimin? Esta ocupado?- minha voz estava um pouco falha, e baixa

- Não.. Não muito por que?- eu podia escutar ao fundo muitas pessoas conversando

- Você ta em casa?

- Não.- não falei nada.- Algum problema?

- Não é nada, obrigada!

Desliguei o celular, e liguei para Taehyung, mas ele não atendeu. Liguei novamente e nada, quando eu tentaria falar com outra pessoa, meu celular toca

- Taehyung?- falei atendendo o aparelho rapidamente para não acordar Hope 

- Oi, aconteceu alguma coisa?- sua voz era um pouco ofegante 

- Aconteceu! Vem me buscar!- saí da casa, sentando na calçada, eu já não conseguia segurar os soluços 

- Onde você ta?

- Em casa..

- Já estou indo!




Notas Finais


Espero que tenham gostado

Me sigam no Twitter @GabrielaRissari

Venham falar comigo no Kakao Talk
ID: GabrielaRissari


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...