História Assim, do nada... (Imagine BTS - Suga) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 481
Palavras 1.467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura! ❤

Capítulo 6 - ...Isso Aqui Podia Parar, Né?...


Fanfic / Fanfiction Assim, do nada... (Imagine BTS - Suga) - Capítulo 6 - ...Isso Aqui Podia Parar, Né?...

Quando a Mia chegou aqui em casa, a gente conversou mais do que se arrumou, mas tudo bem, a gente tinha tempo de sobra ainda.

Ela tomou um banho, enquanto eu escolhia que roupa usar.

Vestido não porque eu vou em montanha russa, entre outros brinquedos... Calça não que vai fazer um puta calor... Short não que esses que eu tenho, mostra a alma... Saia também não... Não tem bermuda... Porra!

Aaaaaahhh já sei!

Peguei uma calça larga swag minha preta, uma blusa preta de manga e um coturno. Hmmm adoro. Bem folgadinha e não faz calor.

A Mia saiu e eu fui tomar meu banho. Depois do banho, escovei a dentadura e joguei uma bala de menta. Nunca se sabe quando vai aparecer um boy pra gente ficar...

Saí do banheiro e Mia já estava pronta. Coloquei a lingerie preta de renda e vesti a minha roupa. Adoro ela, pelo amor de Deus.

Saímos de meu quarto, (como que a estante foi parar no lugar mesmo?) e tomamos uma água.

— Mãe! Já estamos indo! — gritei.

— OK! Juízo! — gritou.

— Sempre! — gritei e minha mãe riu. Oxee.

Andamos em direção a praça, e a gente não parava de conversar uma com a outra, virou tipo um vício.

Ao chegarmos na praça, apenas Taehyung, Jungkook, Jimin e Yoongi estavam alí. Oxente.

— Onde tá o resto? — perguntou Mia.

— Foram comprar algo pra beber... — disse Taehyung. Puta que pariu, ele é muito lindo mesmo não tendo nenhum tipo de expressão no rosto.

— Entendi... — Mia olhou de lado.

Opaaaaaaaa, alguém aqui gosta de alguém?

Logo, J-Hope, Jin e Rap Monster voltaram, com refrigerante nas mãos.

— Podemos ir? — perguntou J-Hope.

— Agora pô! — falei e a gente seguiu andando "calmamente" para o parque de diversão.

[...]

Depois de 28 minutos andando pelas ruas, a gente finalmente chegou na porra desse parque de diversão. Era enorme o lugar, e eu acabei lembrando da época em que meu pai me trazia pra um desses quando eu era menor... Quer dizer... Quando eu tinha uns 10 anos de idade.

— Em qual a gente vai primeiro? — pergunto.

— Que tal... Kamikaze? — perguntou Jimin.

— Opa, eu topo. — disse Jungkook.

Fomos todos pra fila do Kamikaze e esperamos muito animados pro brinquedo começar. Tivemos que arrastar o J-Hope porque ele estava com medo.

Quando entramos no brinquedo, o Hope já estava se cagando, nem tinha começado o negócio ainda.

Quando finalmente começou, aí ele se cagou. Mano, tava todo mundo gritando e pá, e eu tipo... '-' maneiro, pensei que fosse mais emocionante... Mentira, tô gritando pra caralho.

— POR FAVOR, PARA ESSA CARALHA QUE EU OUVI A MINHA MÃE ME CHAMAR! — J-Hope gritou, com uma cara bem engraçada.

— AAAHH, LARGA DE SER MEDROSO! — gritou Rap Monster.

— E SE ESSE BRINQUEDO CAIR E A GENTE MORRER!? — perguntou J-Hope.

— SE MORRER, MORREU! — gritei.

— EU PREFIRO MORRER DO QUE PERDER A VIDA! — gritou Taehyung, bem animado por sinal.

Oxeee, buguei.

Quando o brinquedo parou, o J-Hope saiu correndo pra um lixo mais próximo. Tadinho, vou lá levar ele pra montanha russa.

Primeiro a gente foi no carrinho de bate-bate. Depois, passamos no tiro ao alvo. O Yoongi acertou tudo e escolheu um golfinho rosa, e ele me deu. Awwwnttt, vou guardar pro resto da vida.

E finalmente, o que eu queria... MONTANHA RUSSA!

— MIAAAAA, VAMOS NA FRENTE! — puxei o braço dela pra cabeça do carrinho.

— EU JÁ TÔ INDO CONTRA A MINHA VONTADE MESMO! — ela gritou e nos sentamos alí. Abaixamos a proteção e os meninos se sentaram atrás de nós.

O carrinho começou a andar devagar, e eu chega pulava de alegria, olhei pro J-Hope e ele estava pálido. Mano, o moleque vai passar mal. Essa montanha russa é enorme velho.

Subimos e eu já estava ansiosa. Paramos lá no topo e a Mia olhou pra trás.

— Gente, se algum de vocês sobreviver, digam pra minha mãe que eu amo elAAAAAAAAAAA — quando Mia terminou de falar, o brinquedo desceu com tudo.

Eu levantei as minhas mãos pra cima e gritei de emoção. Os garotos e a Mia me acompanharam... J-Hope tava se cagando.

— JÁ PODE PARAR ESSA PORRA, NÉ!? DEUS É MAIS!!! — J-Hope gritou e a gente gargalhou muito.

Quando o brinquedo parou, a gente fez um "aaaahhh" de tristeza.

O J-Hope desceu e se ajoelhou no chão, beijando o o mesmo.

— Como é bom respirar... E saber que ainda tá respirando... — falou e se levantou.

— iala, depois eu que sou a princesa do grupo '-' — disse Jin.

— ÚLTIMA PARADA, RODA GIGANTE! — gritou Mia, levando a gente junto com ela.

— Aquele brinquedo brega que serve como cupido pras pessoas que não tem atitude? — pergunto.

— Ele mesmo... — disse Mia e a gente ficou na fila do brinquedo.

Eu acho esse brinquedo tão... Inútil e sem graça, que eu acho que nem deveria existir essa porra.

E de novo, o destino pregou uma pessoa em minha pessoa. Jungkook e Jimin. Mia e Taehyung. J-Hope e uma garota aí. Jin e Rap Monster e por último, eu e o Yoongi na mesma cabine.

Os bancos eram apertados, então... Meio que nós dois ficamos espremidos na cabine.

— Então... — isso Yoongi, puxa assunto que o clima está...

Ah não não não, não é possível! Olhei lá pra baixo e estávamos no topo, que merda tá acontecendo!?

— Pessoal! — o espetor do brinquedo chamou. — Tivemos um problema na Roda Gigante e irá demorar algumas horas para voltar a funcionar!

Voilà! Estou presa com um Deus Grego!

— Legal, agora que apareça as câmeras do Silvio Santos e diz que era tudo uma pegadinha... — comentei.

— MAOOEEEEE!!! — ele falou. Oxê, tá elétrico o moleque.

Eu estava morrendo de calor e sunguei um pouco a minha blusa, deixando à amostra, um pouco da minha barriga. Queria sentir um vento...

Olhei pro lado e o Yoongi me prensou contra a cabine, fazendo nossos rostos ficarem a centímetros de distância. Nossas respirações se misturaram e eu senti um aroma um tanto... Gostoso de inalar.

Era o perfume dele. Por que perfume de macho é tão... Viciante?

— Seria clichê se eu te beijasse agora...? — ele sussurrou em meu ouvido.

Botei meu dedo indicador em sua boca, fazendo ele se afastar.

— Seria sim e eu... O-Odeio coisas clichês... — falei e ele revirou os olhos, se afastando.

— Já era de se esperar, vindo de você... — falou.

— Yoongi, fala com o vácuo, ele tem mais interesse em te ouvir do que eu... — eu falei e ele calou a boca. Ótimo, o clima estava um tanto meloso, e agora está tenso. É, faz parte da minha vida.

Logo a Roda Gigante voltou a rodar eu dei graças a Deus, mas por dentro, eu estava me xingando.

Porra ________, por que eu não fiquei com ele? Gastei minha balinha de menta atoa, é isso? Nossa, eu sou muito vacilona! Trouxa! Idiota! Capirotinha!

Descemos do brinquedo e esperei a Mia. Olha só, seu batom estava borrado e ela estava super vermelha. Não conheço esse lado safado do Taehyung '-'.

— Podemos ir embora? — pergunto.

— C-Claro! — ela disse.

Saímos do parque de diversão e os meninos deixou eu e Mia na minha casa. A Mia pediu para dormir aqui, pois estava muito tarde pra ela voltar pra casa sozinha.

Peguei o colchão do quarto de hóspedes e eu agradeci profundamente pelo Alegro ter ido embora. Coloquei o colchão no meu quarto.

— Que tal... Um filme? — pergunto.

— Pode ser! E nem venha com aqueles filmes de monstros e tudo mais... Um filme romântico! — disse Mia.

— Ah não Mi, tudo menos filme açucarado... — falei.

— Anda logo _______. — falou e eu abri na Netflix. Dei o controle pra ela escolher e fui fazer pipoca.

Depois da pipoca, peguei um pouco de Nutella e subi, indo ver o filme com a Mi. " A culpa é das estrelas ". Uau, belo filme escolhido.

Ficamos vendo o filme e... Puta que pariu, que filme sem graça. Olhei pra Mia e ela estava séria.

— Eu pensei que era mais legal... — disse Mia, acabando com a minha pipoca.

A Mia me contou tudo o que tinha acontecido na cabine que estava ela e o Taehyung. Ele... Pegou a menina. E eu contei o que aconteceu na minha, e ela me xingou de todos os palavrões possíveis, pois eu não fiquei com o gostoso do Min Yoongi. Caguei cara, caguei cagado.

Depois a gente topou dormir, já que o dia foi cansativo...


Notas Finais


Pronto! Chega 😂❤ Já escrevi demais por hoje!
Até o próximo e beijocas! ❤
(Viva aos 30 favoritos! Vivaaa 🎉)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...