História Até Depois do Fim - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Lesbicas
Visualizações 10
Palavras 724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Hentai, Orange, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eii gente to aqui dnovo,dando uma espairecida na cabeça, me desculpem qualquer coisa, aproveitem :*
Euovih.

Capítulo 3 - Sorvete?


As aulas no Colégio passaram rápido por ser início de mês e por incrivel que pareça não foi ninguém na aula, eu me perdi a conta de quantas vezes me apresentei para a turma naquele dia porq cada professor que entrava fazia a mesma enrolação, percebi que todas as apresentações eu era a única que realmente era do Sul e morava lá à muito tempo.Hoje teve períodos integrais porém sempre falta professor coisas do tipo e saímos mais cedo, e hj não foi diferente. Depois o último sinal fui direto pro ponto de taxi pq eu iria encontrar ou arrombar a porta da Ana hj ela vai terq me ver e ao menos tentar resolver aquela cara de depressão dela. A casa da Ana não ficava mtt longe do colégio mas pra ir a pé não rolava não,ela morava em uma casa linda grande,e e eu vivia lá hauahuaah ela morava com apenas  a irmã mais nova Sofi de 2 anos e o pai Luís que mal ia pra casa por causa do serviço de tradutor em sua empresa e quanto mãe dela Marta tinha morrido no parto de Sofi. Como eu tinha a chave da casa (benéficos de ser melhor amiga) logo fui entrando e não encontrei ngm mas já sabia q sofi tava na creche e tio Luis viajando fui logo jogando minha mochila encima do sofá e subindo as escadas

- Ana Julia Souza de Paula abre a porta

- Quem  é? 

- Como assim quem é?  Ñ lembra da minha voz?Abre logo essa merda já ta drogada? Vamo vamo

- Ainn Mariana oq foi? Me deixa com a minha depressão em paz 

- Se tu não abrir essa porta eu juro que arrombo e te esgano vadia.

E funcionou ela abriu a porta e ficamos nos olhando por algum tempo, ela estava mais branca que o normal,olhos inchados,pálida apenas com uma blusa de manga comprida de pés no chão,ela tinha cara de quem tava chorando lágrimas de outras pessoas pq a dela tinha se acabado fazia tempo, e num impulso ela se jogou com o corpo no meu o começou a chorar, como se não houvesse mais oq fazer,eu n sabia oq fazer então fiquei ali apenas abraçando ela por um bom tempo e quando penso que ela dormiu ela a sacudo e ela reclama:

- Ai puta tava quase dormindo 

- Eu sei por isso te mexi,vem me deixa pelo menos passar  da porta vai. 

Eu entro e finjo q nao vi todas aquelas garrafas de bebidas no quarto e alguns cigarros no chão. Vou direto pra cama e me jogo lá e ela sai do quarto e logo volta com duas  colheres e um sorvete na mão e se deita no meu colo

-Quer contar? - pergunto pra ela.

- Eu vi ela deitada encima dele e eles tavam quase transando mano q ódio. Ela deu a parecer q ia voltar a chorar e eu logo peguei uma colher de sorvete e taquei na boca dela sem dar tempo pra ela pensar.

-Ai garota ta loca?!

- Na minha frente tu n vai chorar por causa daquela vagabunda pq eu te avisei pra não investir na relação. 

- Qndo que tu não me avisa não é mesmo.

Ficamos algum tempo cvsando sobre  aleatórias e eu tentava sempre que dava arrancar um sorriso daqla aquariana na minha frente. Depois de termos conversado,brigado,e eu quase ter que forçar a Ana comer alguma coisa fui mtt contra minha vontade pra casa porque já tava bem tarde e eu precisava fazer algubs trabalhos. Fui pro ponto de táxi q demorou pra crlh e em 20 minutos já tava na esquina de casa e não demorei pra chegar. Modestia a parte minha casa é foda logo qndo se entra tem a varanda com 2 redes,e qndo entra o 1° cômodo q se vê é uma cozinha grande, logo depois saíndo dali uma sala gigante com uma TV maior que eu os Sofas e um aquário, ao lado um  corredor com 5 quartos e o meu é o último porq um montei um quarto de jogos pra casa algum dia tivesse na bad ir pra lá,é como se fosse meu esconderijo secreto. Logo que cheguei não tinha ngm em casa então aproveitei pra fazer alguns trabalhos,tomar um banho e desmaiar na cama,pelo amor de Deus gente n to mais acostumada a acordar tão cedo.





Notas Finais


Gente me desculpa pelo capítulo, particularmente não gostei mas estamos ai, qualquer coisa gritem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...