História Até física quântica é mais simples que a vida. - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Rap Monster, Suga, V
Tags Chanbaek, Jikook, Kaisoo, Lemon, Namjin, Taekook, Threesome, Vhope, Yaoi, Yoonseok
Exibições 228
Palavras 1.976
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shounen, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAAAAAAAAAAAAAAAA

ESTOU SEM TEMPO
MAS ESCREVI!!!!! (Agradeçam as outras escritoras que atualizam e me deixam com vontade de ler, ai eu n tenho nd pra ler, so o livro pro meu trabalho, entao resolvo escrever)

Esse capitulo provavelmente ta bem curto.
Talvez voces estranhem alguns acontecimentos

TEM KAISOO

Ja deixo avisado que a formatação via t aum cu pe to usando um wordpad do noot da minha mae
e tb uma observação


OBSERVAÇÃAAAAAAOOOOO ´´´´´LEIA AQUI´´´´´´´´

() Significa ponto de interrogação ja que esse teclado precario n tem ponto de interrogação, ou eu n descobri ainda onde que e.


ENFIM
ME DESCULPEM


Tb n respondi os outros coments pq to sem tempo, quis postar pra n deixar vcs aflitas, bjs
vou dormir pq amanha tenho apresentação.

Capítulo 35 - Ridiculo


Fanfic / Fanfiction Até física quântica é mais simples que a vida. - Capítulo 35 - Ridiculo



**********************Yoongi POV *************************

 

"O que eu estava fazendo..."

 

Isso rodava pela minha cabeças varias vezes enquanto eu me escondia atras da arquibancada, cabulando as tres primeiras aulas onde tentei falhamente treinar um pouco de basquete, ja que a professora de educaçao fisica brotou no ginasio justamente com a turma de Hoseok.

Para inicio de conversa eu não queria nem ter optado por seguir meu caminho pra escola e ignorar as outras ruas que pareciam tao mais interessantes.

 

E agora me perguntava que merda eu estava fazendo e por que.

 

Desde quando parecia tao divertido cabular aula, mesmo que no fundo me sentisse culpado por perder materia(). Que droga hein Yoongi.

Graças a todos os santos ate agora, momento em que faltavam uns vinte minutos para o intervalo, ninguem tinha me visto ali, agachado atras das ultimas cadeiras.

 

-Hellooo! - Escutei alguem falar em tom alegre e me virei fuzilando Xiumin com o olhar. 

 

Aquele infeliz tinha alguma macumba sombria pra me achar.

 

-Cala a oca caralho. - Falei irritado puxando-o para se sentar do meu lado.

 

Se fossemos pegos... Nao queria nem imaginar, ja que nunca tinha feito isso. A sensação era boa e eu escutava o riso dele.

 

-Primeira vez cabulando aula Sr.Yoongi() - Sussurou enquanto eu me remexia procurando meu celular.

 

-Sim. Agora cala a boca que eu não quero ser pego. - Ditei encarando-o seria e ele deu de ombros pegando seu celular para mexer tambem.

 

Eu tinha decidido cabular uma aula assim que me vi atrasado para a primeira... Na verdade eu cheguei atrasado e me desesperei um pouco ate decidir vir pra ca... Acabei me escondendo quando a professora apareceu na segunda aula com os alunos e estou aqui ate agora.

 

Sentia a irritaçao me subir a cabeça. Queria ficar espiando Hoseok e Taehyung, mas ao mesmo tempo sabia que aquilo não era bom.

 

So de ve-los entrar de mãos dadas ja senti uma  vontade subta de sair chutando qualquer coisa que aparecesse na minha frente.
Eu tinha que parar de pensar nisso...

 

-Se voce continuar bufando desse jeito vao te confundir com um touro. - Comentou Xiumin distraido com seu celular enquanto eu encarava a tela do meu como uma mula - Esqueceu a senha () - Perguntou agora me encarando.

 

-Não. - Murmurei voltando minha atençao para o celular enquanto sentia novamente a dor no meu peito enquanto o no na minha garganta parecia cada vez mais apertado.

 

Coloquei o fone de ouvido e liguei o aleatorio encostando minha cabeça nas costas da cadeira fechando meus olhos desejando mais que nunca estar ainda de ferias, em casa, dormindo.

 

Senti uma movimentação calma e ignorei os pensamentos tristes que tentavam invadir minha cabeça desde que acordei. Ignorava tudo o que tinha acontecido no dia anterior...

 

O olhar machucado de Hoseok, suas palavras, as minhas...

Senti meu celular ser tirado da minha mão e abri meus olhos encarando assustando enquanto Xiumin desbloqueava facilmente e mudava a musica.

 

-Voce tem musicas legais hein. - Comentou colocando uma mais tranquila que a anterior e em seguida puxou um dos meus fones para si.

 

Ele era folgado ate de mais e isso começava a me irritar... Sentimento que se dissipou ou transformou-se em confusão e vergonha quando ele pegou minha mão e colocou-a dentro do bolso da jaqueta dele alegando que estava "muito gelada" como desculpa, ja que ele passou a apertar minha mão enquanto lentamente entrelaçava nossos dedos.

 

Era engraçado... Não era fofo ou algo que mexia comigo... Eu tinha vontade de rir por que ele era um puto filha da puta que estava ali, tentando completar sua missão de me entreter e fazer com que eu deixasse de gostar do Hoseok.

Ri soprado enquanto ele voltava a falar das minhas musicas.

 

Ah sim... Eu não pudia impedi-lo de obedecer Taehyung.

 

Desvencilhei minhas mãos das dele ignorando o que ele falava e me levantando calmamente quando escutava o sinal enfim tocar.

Senti seu olhar em mim e apenas ignorei seguindo em direção ao refeitorio.


 

 

 

**************************Jongin POV*****************************

 

 

Eu estava exausto.

 

Desde que Yoongi voltara as aulas, muitos professores começaram a me questionar sobre o ocorrido ja que como sempre eu era o encarregado dos alunos problematicos.

 

Toda a estranhesa da situação me fez buscar a ajuda de um colega da policia. Não um boletim, falei sobre o ocorrido e sobre o que acontecia dentro daquela escola recebendo bufares do homem que parecia tão indignado quanto eu.

Fora a minha preocupação com os alunos, tinham as cobranças do conselho e do diretor, que calculava meus passos como se quisesse me controlar para que não dasse um pio sobre a situação ridicula daquela "escola".

 

 

Passei boa parte da semana tendo que levar e trazer informações tanto sobre o ocorrido com Chanyeol, quanto com Yoongi para o conselho e tendo que escrever a versão que o diretor queria que chegasse as autoridades.

 

Era ridiculo, todos os dias, chegava em casa tarde e saia cedo. Me sentia a ponto de explodir.

 

Desejava mais que nunca desistir desse emprego e sumir para qualquer outra escola, mas ali tinha Kyungsoo. Era por esse fato que minhas vontades de largar esse emprego sumiam. Sentia-me no dever de estar por perto e um sentimento de proteção em relação a ele... A verdade era que eu tinha algum sentimento, mas mesmo que assumisse, eu não poderia deixar isso tão amostra como tenho feito.

 

Não so por Kyungsoo... Como um proprio principio, não era ignorante a ponto de saber a realidade daquele lugar e simplesmente ignorar. Todos aqueles alunos estavam sujeitos a serem ignorados caso algo ruim lhes acontecesse.

Isso sempre rodava a minha cabeça e pela decima quarta vez, me via suspirando em meio aos interminaveis papeis que corrigia, provas, trabalhos...

 

Dei uma pausa para fazer cafe e instintivamente peguei meu celular para mandar uma mensagem para Kyungsoo ja que não o via a um tempo, mas uma notificação de e-mail anonima me chamou a atenção.

Falava sobre Taehyung, parecia uma anotação medica.


"Kim Taehyung
16 anos
Pais não presentes
Inicio de consultas a cerca de 1 ano
Paciente relata fraqueza emocional, tristeza extrema e obcessão por adrenalina. Medo por coisas como comprar sapatos. insegurança. ignorancia e falta de afeto.
Motivos aparentes:
 sentimento de necessidade de atenção dos pais
falta de educação relacionada a valores
falta de sinceridade.
*OBS : Foi trazido ate o consultorio por um empregado de onde mora, tal relatou que a criança tentou suicidio no mesmo dia em que seus pais ignoraram a vontade do garoto de jantar fora com os dois.
posteriormente diagnosticado com depressão e transtorno narcisista.
Atualmente causador de intrigas e mandante de confusões,agressões, tentativa de homicidio e manipulador ao longo do tempo em que estuda no atual colegio.
*Sinceramente, eu acho que esse garoto não tem solução.*"

 

A ultima frase me fez subir um arrepio.

 

Taehyung() transtorno narcisista()

 

O que mais me intrigou foi o titulo conter apenas dois nomes "Min Yoongi, Park Chanyeol"

Aquilo significava que...

 

 

O celular escorregou da minha mão enquanto eutentava digitar loucamente um e-mail de resposta, mas incrivelmente ja havia se tornado invalido.

 

Me assustei quando um segundo com o mesmo titulo, com a diferença de agora conter tambem o nome de Hoseok, fora enviado.

 

"Voce tem uma semana. Kim Taehyung vai finalmente completar sua lista de travessuras se desfazendo de um aluno.


Boa Sorte.


Não tente me responder, seu cafe ja esta fervendo!"

 

Aquilo me assustou. Olhei nervoso para todos os lados e sentia minha respiração falhar.
 

Novamente o celular vibrou me assustando ainda mais.

 

"Me desculpe, não queria te deixar assustado..."

 

Me virei afobado xingando enquanto desligava o fogão e pegava minha carteira.

 

Sai da casa pegando o carro e dirigindo ate a casa do meu colega que prontamente chamou uma viatura e verificaram minha casa encontrando uma micro camera em uma especie de robo minusculo que parecia se mover.

 

Eu estava incrivelmente assustado, tanto que quase chutei o objeto quando vi a camera ainda se mover mesmo que agora fosse o controle pelo laptop da pericia.

 

-Não se preocupe, estamos tentando rastrear o sinal, apenas alguns minutos. Essa pessoa e esperta, mas não tanto quanto nos. - Comentou um dos policiais enquanto eu ainda me sentia afobado... 

 

Afinal, se essa pessoa estava a favor de que pegasse Taehyung, por que fez algo tão estranho, a ponto de colocar uma camera na minha casa. Conforme eu pensava, isso se tornava cada vez mais assustador.

 

-Pronto! - Exclamou o homem anotando o endereço enquanto falava e eu senti minha respiração falhar.

 

-Kyungsoo() - Murmurei nervoso.

 

Eu sabia aquele endereço de cor, ja anotara tantas vezes nas consultas, ja ate tinha pesquisado na internet. 

 

A casa bonita, jardim arrumado e local onde o pequeno que eu tanto adorava morava.

 

-Estou indo la. - Falei rapidamente saindo e pegando meu carro, negando a ajuda deles que sugeriram que fossem todos juntos na viatura.

 

Não queria expor o menor dessa maneira, ele tinha que ter um motivo para isso!

 

*****************************Kyungsoo POV****************************

 

 

Me apavorei quando o sistema falhou e a tela ficou preta.

 

Maldito seja os processadores caros que o governo compra para esses infelizes. Queimou() Isso eu ainda não sabia, apenas tratei de enfiar o computador em algum canto escondido ja desejando morrrer. Alem de Xiumin, que obviamente ficaria irritado ao saber que zoaram um de seus sistemas, Jongin provavelmente estaria irritado de mais comigo.

 

Ele logo estaria ali...

 

Esse pesnamento me fazia querer chorar em desespero. Maldito momento em que fui avisar do cafe. Eu era mesmo muito idiota.

 

Sentia medo. 

 

Por que diabos fiz isso () Xiumin tinha me pedido para enviar algumas informações para ele.

Isso era estranho, muito estranho. Suspeito ate de mais. Mas quando notei que ele parecia falar de algo serio e meu interesse pelo destinatario, aceitei a proposta com uma ideia pra la de ridicula que surgiu no momento em minha cabeça, a condição de poder ter uma camera na casa de Jongin. 

 

Isso era ridiculo, eu sabia, mas para mim era ao menos um refugio por saber que nunca poderia estar proximo dele. Queria poder ve-lo em casa, tranquilo, jogando ou assistindo algum jogo, cozinhando, almoçando.

Era uma coisa ridicula mas eu simplesmente joguei a limpo a ideia ignorando as consequencias.

Quando Xiumin me explicou o conteudo dos e-mails eu estranhei.

 

Por que ele estaria fazendo aquilo() E por que mandando para Jongin que ja estava entupido de coisas para fazer()

 

 

Perguntas que ele não respondeu.

 

Eu não sabia a merda que eu tava fazendo, simplesmente aceitei por querer ter algum contato com Jongin.

 

 

E agora estava eu aqui, apagando todas as luzes de casa e vestindo uma roupa quente o amis rapido possivel para sair.

 

Naquela segunda feira eu não tinha ido a aula.

Tinha que ter enviado os e-mais durante a tarde, mas meus pais sairam para um "encontro" durante a noite, na qual eles sempre voltavam no dia seguinte. O que er aminha chance de enviar os e-mails tranquilamente e poder observar um pouco Jongin.

Quando eu sai pelas portas dos fundos, pude escutar o som do motor do carro e as luses parando em frente da minha casa.

 

 

Me desesperei, tinha que correr.

 

 

Tentava trancar a porta falhamente e a aflição no meu coração so aumentava.

 

-Droga... - Murmurei eqnuanto a chave não girava.

 

Forcei um pouco escutando as batidas na porta da frente e em seguida puxei a chave suspirando alto.

 

Caminhei lentamente pela lateral e peguei uma pedra tendo uma ideia. Joguei-a perto das rosas que tinham no jardim chamando a atenção e em seguida corri pelo outro lado do terreno, contornando a casa pelo outro canto.

 

Pudia ver a rua e quando pisei na calçada, senti meu braço ser puxado e fui empurrado com força chocando minhas costas na porta do carro.

Grunhi com a dor e novamente o desespero me tomou.

 

 

Eu tinha sido pego.

 

 

...Continua...


Notas Finais


AI MEU SANTO YOONGI...

o que acharam, podem falar "MEU DEUS DO CEU VSF, CAPITULO CURTO DA PORRA"
IASUFHIASUFHASF
to bricnando
obrigada a todos que estão lendo a fica, que comentam, me perdoem memso por não ter respondido, eu li todos e td dia me cobro pra responder, mas ta meio dificil.
eu to com uma tosse desgraçada pq decidi tomar milkshake num dia de chvua... (mas foi pq minha irma tinha comprado ovo maltine, dergurpe deus)

enfim.
Obrigado pessoal, n sabem como eu amo ler os comentarios e responder >< quando completarmos 40 cap, vou fazer um 40 fatos leitores(que tal*)interrogaçao

vi muitos autores que eu leio que fazem isso(50 fatos sobre mim) e eu achei legal, mas eu nquero saber sobre mim, quero saber de vcs sz *-* se vcs quiserem eu faço.
funciona assm>> eu coloco as perguntas *posso responder tb se quiserem* no capitulo (que na vdd n vai ser a historia, vai ser essa brincadeirinha) ai vcs respondem nos comentarios *-*

eu achei legal, ams peço que voces deem suas opiniões, não e obrigado a responder todas as perguntas ><

bjs gente. ate o proximooooooo

desculpem os erros e o capitulo curtinho.
atee mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...