História Até o fim - Mikelly - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 36
Palavras 2.898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hoje tem a primeira vez de Mikelly +18 viu? Tem muita coisa inadequada por que eu peguei pesado rsrs ❤❤ comente o que achou deixe seu favorito vou deixar minha outra fic aqui para quem não gostar de cenas quentes lerem beijos até lá em baixo

Capítulo 12 - Primeira Vez - Mikelly


Fanfic / Fanfiction Até o fim - Mikelly - Capítulo 12 - Primeira Vez - Mikelly

Kelly p.o.v

 Acordo de manhã mais feliz que o normal bom eu tinha motivos óbvios né? Ele se chama Mike Drew o garoto dos meus sonhos que agora virou realidade, da pra acreditar que um dia eu ia ficar com o cara mais bonito e mais popular da escola? - paro de pensar e vou fazer minha higiene matinal, desço para o café hoje não irei para escola, terei um encontro com o meu namorado! 

 Olha esse sorriso estampado no rosto dela - disse minha mãe colocando o café na mesa

 - Aí mãe, quem diria que um dia eu ia namorar o Mike 

- Fico feliz por você, agora para de babar e vem tomar café - ela disse sarcástica

 - Aí engraçadinha, hoje eu vou falta aula tenho umas coisas para resolver 

- espero que seu namoro não faça com que você saia da escola - disse colocando o pano de prato no seu ombro

 - Que exagero mãe, eu tenho dois dias de namoro

 - E eu acho bom a senhorita se esforçar mais na matemática por que suas notas estão péssimas

 - Eu odeio matemática mãe, eu tento mais não entra de jeito nenhum na minha cabeça 

- O Jeff é bom em matemática ele pode ajudar você

 - Por mim tudo bem - pego uma maçã e saio Vou encontrar o Mike ele está encostado no seu carro conversando com um amigo

 - Oi namorado - dou um beijo nele

 - E ai namorada está pronta para nosso passeio? 

- Se eu te disser que estou com medo você vai debochar? - disse suspirando frio

 - Calma não vai acontecer nada demais - ele deu um sorriso safado - é só um passeio - ele diz abrindo a porta do carro e apontando para mim entrar

 Enquanto ele dirigia focado na estrada, eu imaginava a gente transando como seria, eu realmente não sei, e não tenho ideia de como séria - Ele olha para mim e coloca a mão sobre minha coxa 

- Eu acho melhor você presta atenção na estrada - disse chamando a atenção 

- Aí você está muito tensa, relaxa!

 - Eu não estou tensa, estou normal só tô falando toma cuidado com a estrada

 - Tá bom mandona - ele revirou os olhos 

- que mania de me chamar de mandona - Mais é isso que você é - ele diz sorrindo - Pronto chegamos é aqui 

- Meu Deus Mike, isso é tão maravilhoso - digo olhando todo redor da paisagem

 - É por que você ainda não viu a cachoeira, vem vamos entrar - ele me puxa

 - que linda essa cabana é sua?

 - É dos meus avós, ele moraram aqui desde a nossa idade e assim continuou até o fim de suas vidas 

- Que lindos, eu também penso em manter um relacionamento assim! 

- Vamos na cachoeira - ele disse mudando de assunto 

 A gente vai mergulhar aí? - perguntei tirando meu short 

- Claro que não, essa água deve está um gelo 

- então tá bom fica aí que eu vou mergulhar, amo tomar banho com a fria

 - Maluca! - ele sorriu

 - Vem amor a água está maravilhosa - digo ateando água para cima 

- Nem morto eu entro aí

 - Entra logo deixa de ser medroso - digo dando um mergulho 

- Toma pega esse roupão e vamos comer alguma coisa - eu saio da água e visto um roupão - de volta à cabana - Enquanto eu tomava um banho quente Mike fazia o jantar iríamos passar a noite aqui

 - Amor eu fiz essa lasanha de molho branco para nós dois - ele diz de cabeça baixa colocando a mesa quando olha me depara com um pijama preto transparente e sem sutiã 

- Nossa! - ele não parava de me olhar não conseguia tirar seu olhar fixo de mim

 - Vamos jantar? - digo sentando na cadeira e pegando meu prato 

- Claro vamos jantar - ele diz cortando a lasanha - você está linda - ele disse me servindo 

- obrigada amor, eu nunca usei esse pijama espero que não incomode 

- Jamais incomodaria - jantamos e fomos para o quarto, enquanto ele estava deitado na cama eu passava creme de pele em mim 

- vem deitar - ele diz batendo na cama 

- vou até uma prateleira com espelho - você pode passar creme nas minhas costas? - perguntei -

 Claro, passo sim disse se levantando da cama

 Mike começa a passar creme em minha costas – isso me causou arrepios ele puxa a alça da minha camisola sexy bem de leve deixando-a cair em meu braço, ele começa a beijar meu ombro e meu pescoço passando as mãos nos meus seios - mordo meus lábios por está curtindo a mão boba ele me vira puxando para ficar frente a frente com ele me fazendo sentir a respiração quente dele - ele sorri malicioso para mim começamos a se beijar - ele passo a mão em sua nuca enquanto as mãos dele escorregava lentamente pelas minhas coxas e a outra apertando minha bunda - ele joga todas as coisas da prateleira no chão e me coloca sentada beijando meu pescoço e minha boca - dei uma sussurrada e ele sorriu olhando fixamente nos meus olhos - era um beijo molhado e quente eu estava explodindo de prazer não estava conseguindo impedir ele a parar de fazer as loucuras que ele sempre faz quando nós começa a se beijar - ele termina de tirar minha camisola deixando ela apenas na cintura - ele segura os meus seios e começa a chupar e beijar apertando devagar com suas mãos olhando fixamente em meus olhos enquanto eu aliso seu cabelo e solto uns leves gemidos - ele me puxa de cima da prateleira pela cintura e me coloca de costas para que eu fique de quatro para ele apoiando minhas mãos na prateleira enquanto eu  soltava suspiros de prazer ele roça seu pênis em mim, mesmo de cueca posso sentir duro e sentia a pressão do prazer que envolvia nós dois eu já estava excitada só pensava em me entregar - ele me puxa pelos cabelos e dar uma palmada em minha bunda e sussurra em meu ouvido perguntando se eu queria - respondi com a cabeça - queria ter uma oportunidade perfeita no lugar perfeito e esse lugar seria este - Mike tira minha calcinha me deixando apenas de camisola - ele terminar de tirar o resto da minha roupa - ele me colocou para se apoiar na prateleira novamente - ele sorri e se abaixa perto da minha Ppk e começa a fazer sexo oral em mim dei o primeiro gemido alto logo quando sentir sua língua tocar em meu clitóris - assim não controlei meu gemido e deixei levar enublado o espelho da prateleira - ele passava sua língua em toda minha vagina me fazendo gritar e delirar de tanto prazer - revirava os olhos e ele continuava me chupar - com as mãos ele batia em minha bunda e continuava o sexo oral sem parar - Mike me puxa para cama - me dá um beijo e me faz fazer sexo oral nele também enquanto ele fazia em mim depois do sexo oral Mike usa o preservativo me deita em uma posição razoável abrindo as minhas pernas e encaixando seu pênis em minha Ppk assim que ele encaixou dei uma gemida em seu ouvido - passei a unha em suas costas que isso deixou ele mais louco que estava - ele segura na cabeceira da cama enquanto eu estou sentada com as pernas abertas encostada no travesseiro e na cabeceira da cama segurando em seu pescoço - ele começa a penetrar e olhar nos meus olhos - estava gemendo e arranhando suas costas lentamente - ele mordia meu pescoço e batia em minhas coxas fazendo eu gemer mais ainda - não demorou muito Mike me colocou em cima dele me fazendo rebolar em seu pênis ele segura em meus seios enquanto eu "cavalgo" em cima de si logo pude ouvir o Mike soltar um gemido junto com o meu - ele deu uma palmada na minha bunda me chamando de gostosa e então eu acelerei mais os movimentos dos meus quadris rebolando sem parar e quanto mais movimentava meus quadris mais gemia e via o Mike sussurrar - estava gostando muito daquilo estava molhada e cheia de desejo calorosos então acelerei o movimento dos meus quadris e a cama se balançava junto com os meus movimentos enquanto eu me esfregava para frente e para trás com as mãos sobre o peito do Mike enquanto ele apertava minha bunda e fazia o movimento junto comigo - Estávamos explodindo de prazer - Gostosa - ele sussurrou e eu sorri gemendo - estava fazendo a cama balançar com todo meu movimento eu rebolava e fazia movimento para frente e para trás - Mike estava suado e mordia os lábios quando eu acelerava os meus quadris em cima dele - logo depois Mike e eu tivemos um orgasmo, finalizamos com um beijo e eu se joguei na cama de tanto sensibilidade

 Então gostou? - disse deitando na cama e me abraçando

 - eu amei, foi maravilhoso - eu sorri sem me intimidar

- que bom que gostou meu amor espero que tenha sido uma noite especial para você como foi para mim - ele beijou minha testa

 - foi a melhor noite de todas, eu já imaginava que isso aconteceria em uma ocasião especial como essa! - agora vamos tomar um banho maravilhoso para podemos descansar amanhã será um longo dia

 - tomamos banho e voltamos para cama para dormir 

- bom agora vamos dormir boa noite amor

 - dei um beijo nele e ele correspondeu - boa noite 

 Kelly p.o.v 

 Logo de manhã voltamos para casa mal poderia esperar para contar as minhas amigas que perdi a virgindade, estava tão feliz me senti mudada e me sentia mulher, bom e como eu vou contar isso para minha mãe? - percebi que havia um problema bom espero que ela me entenda e não me mate 

Cheguei na escola toda feliz e saltitante 

- Oi amigas, bom dia! - disse sorrindo e dando pulinhos 

- Bom dia você está bem? - Kathy estranhou

 - Estou ótima, tenho um babado para contar a vocês duas

 - O que conta logo? - disse Lívia me puxando pela blusa

 - Eu e o Mike transamos - disse dando um espontâneo sorriso - elas ficaram de boca aberta

 - Para tudo, conta! - Comecei a contar tudo para elas e cada vez mais a boca delas iam no chão 

- Meu Deus amiga, não estou acreditando - disse Lívia 

- Pode acreditar! 

- Isso é loucura total - disse Kathy 

- Loucura vai ser quando eu contar isso para minha mãe ela vai querer me matar

 - não seja exagerada, todo mundo transa uma vez na vida - disse Lívia revirando os olhos

 - Fala isso pra ela então - disse sarcástica 

- Eu não, quem deu foi você - ela sorriu

 - Eu não sei se devo contar isso para ela, ela vai enlouquecer 

- aí eu não sei o que opinar - disse Kathy

 - eu acho melhor esconder por um tempo não é?

 - eu também acho! - Lívia concordou 

- e se ela estranhar meu comportamento? O que a mãe de vocês falou quando vocês deram pela primeira vez? 

- Ela quase me matou, mas aí ela disse que era pra eu me cuidar - disse Lívia 

- minha mãe não fez nada apenas disse que era para eu me cuidar - Kathy disse 

- Bom eu não sei qual será a reação da minha mãe 

- e você gostou amiga? - disse Lívia

 - eu amei foi tão maravilhoso ele foi tão carinhoso aí que demais

 - quero detalhes desse babado - disse Kathy

 - aí tudo começou quando eu pedi para ele passar creme em mim, aí foi rolando uns beijos e uns amasso aí já viu né que a coisa ficou quente - disse com os olhos brilhantes e Mike chega 

- Oi amor posso falar com você? 

- Oi claro, amigas eu vou indo até mais tarde

 - até amiga - disse Kathy e Lívia

 E então o que suas amigas disse sobre sua primeira vez? - ele perguntou

 - elas ficaram tão surpresas quanto eu - sorri 

- sabe que eu também estou surpreso - ele me puxa e me beija

 - Mike estamos na rua - digo me esquivando para trás

 - eu sei que estamos na rua e você vai contar para sua mãe?

 - ela vai enlouquecer quando souber

 - mais ela tem que aceitar que um dia isso iria acontecer 

- é eu sei, mas é difícil pra ela porque eu ainda sou a garotinha dela - Revirei os olhos

 - Que tomar um sorvete?

 - eu quero - vamos lá! - fomos até a sorveteria e voltamos para casa e colocamos um filme - eu e o Mike passamos o filme todo se beijando

 - Ufa! Chega de se pegar né? Vamos assistir o filme agora 

- tá bom vamos assistir - ele sorri malicioso

 - subo em cima dele e começo a beija-lo - sinto sua mão escorregar por minha bunda

 - Filha cheguei

 - Merda minha mãe! - Oi mãe - sorri forçado 

- o que você está fazendo aí no chão? - eu tô assistindo um filme com o Mike

 - Oi sogrinha - ele sorriu

 - Oi Mike - Kelly me ajuda com as compras por favor?

 - claro mãe - levanto e vou ajudar ela

- vocês não estavam fazendo o que eu tô pensando não né?

 - o que transando? - fui direta e ela se assustou com que eu falei 

 - não quero nem tocar nesse assunto! 

- por que não mãe?

 - você só tem 17 anos Kelly

 - eu não sou criança mãe, eu já sou uma adolescente

 - imatura ainda você nem tem noção do que é sexo! 

- e por que você não me fala o que é? - encarei ela 

- quando você estiver em uma certa idade para fazer essas coisas eu falarei para você, mas agora não tente tirar informações de como transar da minha boca - ela bateu a porta da geladeira

 - eu não quero informações de como transar - Mike chega e corta o assunto 

- amor eu já vou indo a gente se ver mais tarde beijos 

- beijos amor - dei um selinho nele

- O Mike é um menino bacana, ele vai esperar o momento certo para vocês terem a primeira vez de vocês

 - é eu também acho - vou para meu quarto 

 Kelly p.o.v

 Aí caramba e agora como eu vou contar para minha mãe que perdi minha virgindade, ela vai degolar meu pescoço eu acho melhor eu esconder isso até meus 18 anos de idade ou não? - estava em uma dúvida cruel eu acho melhor não contar - faço minha higiene matinal e vou para casa da Kathy encontrar ela e a Lívia 

 Então o que sua mãe falou - Lívia perguntou

 - ela disse que não vai falar de sexo tão cedo comigo bom eu acho que ela meio que desconfia 

- ela sabe que o você foi para cabana com o mike? - perguntou Kathy

 - é óbvio que não, você acha que ela iria deixar nós dois passar dois dias fora?

 - é complicado mais não se apresse é assim mesmo no início com um tempo ela irá se acostumar - disse Lívia

 - bom coloca o filme para nós assistir 

- então guarda segredo até você achar que deve contar amiga - disse Kathy

 - sim é melhor Assistimos o filme – assisto o filme e logo depois volto para casa

 e eu volto para casa e vejo minha mãe cheia de malas

 - mãe aonde a senhora vai com todas essas malas? 

- eu estou indo viajar ficarei dois meses fora

 - mas por que o que houve? 

- férias, eu vou viajar com jeff, filha por favor se você fazer sexo por favor se previna

 - ai mãe pelo amor hein, eu não sou nenhum bebê - Revirei os olhos

 - só estou avisando agora eu tenho que ir se cuide bebê 

- para com isso mãe, eu não sou bebê

 - é sim o bebezinho da mamãe - ela apertou minhas bochechas e saiu 

- agora que eu faço a festa com meu namorado aqui em casa - ligo para o Mike e ele vai até minha casa

 Amor eu acho melhor guardar esse segredo o que você acha?

 - eu acho o que você achar melhor meu amor

 - aí eu te amo - beijo ele e ele corresponde

 - vamos ficar juntos para sempre, aquela noite na cabana foi magnífica - ele diz me abraçando 

- foi a melhor noite da minha vida eu nunca mais vou esquecer essa noite eu esperei muito por esse momento 

- eu também - voltamos a se beijar - Mike e eu estávamos felizes por nós mesmos eu ficava tão segura com ele que tinha vontade de dar replay na nossa noite a todo momento que ele está comigo só para nós ver felizes para sempre   


Notas Finais


Espero que tenham gostado espero os comentários ❤❤❤❤

Leiam também - Bad Girls (em andamento)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...