História Ate onde o amor pode chegar - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Personagens Originais
Tags Acnologia, Fairy Tail
Exibições 12
Palavras 2.102
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eu sei demorei muuuito tempo para posta me desculpem e que como sabem eu sou um pouco ocupada ajudando minha mae e a escola alem da falta de criatividade e preguiça ne mas então aproveitem

Eu estava ate pensando em apagar as fica mas meus amigos me convenceram a não fazer isi mas e vocês acham que eu devo apagar ?

Capítulo 4 - Fantasia ,corte e reconhendo sentimentos


Fanfic / Fanfiction Ate onde o amor pode chegar - Capítulo 4 - Fantasia ,corte e reconhendo sentimentos

Acnologia on

Acordei 8:00 por incrível que pareça ja quê eu sempre acordo cedo mas essa cama e incrivelmente macia então para alguém que dormiu no chão por séculos fica difícil querer levantar parece ate que estou em uma nuvem sinto o cheiro de comida e suponho que mayu esta cozinhando " quem sabe eu possa ajuda-la ja que ela fez tanto por mim " crio coragem e levanto faço minha higiene e visto uma camisa cinza e uma calça moletom azul com uma linha branca dos lados e deço a escada descalço e quando chego na sala e ando ate a porta da cozinha e vejo mayu misturar algo.

Acnologia : Ohayo - falo chegando mais perto

  Mayu : Ohayo acno -fala de uma forma gentil sorrindo para mim 
Acnologia : Oque esta fazendo ? - pergunto curioso 

Mayu : Um bolo para a sobremesa do almoço

  Acnologia : Bolo ? - falo sorrindo de forma infantil  

Mayu : Achei que você gostaria ja que você nunca mais deve ter comido

  Acnologia : Realmente faz quanto tempo mesmo ? - falo tentando lembrar 

Mayu : Acho que um pouco mais que 400 anos. - fala com o dedo no queixo olhando para cima

  Mayu : Voce foi recrutado para ser Dragon slayer com quantos anos ?  

Acnologia : 12 ja que teve o ataque do dragão quando eu tinha 10 fiquei 2 anos com os magos ate ser escolhido por ser compatível com a magia de Dragon slayer e modestamente eu era o mais forte de todos por isso - falo cheio de orgulho 

Mayu : Nossa nem um pouco exibido   - ela diz de forma  irônica  

Acnologia: Não e mentira -digo irritado

  Acnologia : Mas e você qual a sua especialidade ?  

Mayu : Alem da magia de god slayer sei fazer encantamentos poderosos e barreiras praticamente indestrutíveis  que nem mesmo um dragão pode quebrar  - diz misturando o bolo e logo depois colocando na forma e no forno .  

Acnologia :  Entendo mas depois eu vou querer testar essa barreira - falo sorrindo de uma forma maligna indo ate a mesa da sala de jantar para tomar café  

Mayu : Ta mais vai ter que cortar esse cabelo ou melhor essa juba de leão   

Acnologia : Oque ? - digo ou melhor grito surpreso - nem pense nisso o meu cabelo não

  Tomei café  e fui para a sala onde estava mayu vendo uma lacrima de video ( TV) sentei ao seu lado  e comecei a assistir com ela as horas foram passando bem devagar mayu tirou o bolo e pediu ou melhor ameaçou-me que se eu comece o bolo eu ia me arrepender e como eu não sou burro não cheguei nem perto do bolo sei que quando ela diz ela cumpre e a mayu e extremamente violenta as vezes continuei a assistir enquanto ela foi tomar banho então senti um cheiro de morango com chantili era mayu que estava com um vestido azul esverdeado um pouco rodado e o tecido era leve sei cabelo estava solto sendo que a franja estava presa por uma pequena presilha com uma raposa branca ela parecia um anjo ( inner : Acno ta apaixonado pela raposa se ele ficar olhando vai levar um tapa dela -le se cantarolando / acnologia: Não to não e porque ela me bateria so por olhar ? ) 

Mayu : Acnologia o almoço ta pronto  

Acnologia: Hay ja estou indo - da indo a cozinha e me sentando na mesa

  Mayu/acnologia : Itadakimasu

  Nós almoçamos e estava delicioso a sobremesa foi o bolo de chocolate com recheio de doce de leite " mayu realmente sabe cozinhar pois ela tem as mãos de um anjo sem fala que a comida dela me enche e olha que eu como bem mais que qualquer Dragon slayer por ser um dragão ...depois de comermos ficamos assistindo ate que mayu resolveu que eu tinha que cortar meu cabelo eu não sei porque eu já me acostumei com ele assim mas então disse que eu cortaria se ela fizesse algo de  diferente ela disse que se eu cortasse ela iria usar uma fantasia durante um dia eu vou escolher uma que ela vai querer desistir então eu não vou ter que cortar o meu cabelo " 

Mayu : Ja decidiu qual vai ser ? - falou olhando para mim  

Acnologia : Sim . E voce vai ter que ficar com cauda e orelhas também - digo com um sorriso vitorioso  

Mayu: Mas ...

Acnologia : Então eu não vou cortar o cabelo -falo levantando do sofá mas sou puxado

   Mayu : Esta bem mas eu decido o tamanho do cabelo

Acnologia :  E eu da fantasia  

Mayu : Feito -do apertando minha mão  

Mayu foi pegar as coisas para cotar e arrumar meu cabelo e eu fui para a cidade  compra a fantasia mas como eu não conheço nada acabei andando a cidade inteira ate encontrar uma loja de fantasia entro e noto que a garota no caixa não para de me olhar ignorei ela e comecei a procurar e depois de um tempo  achei uma fantasia
de enfermeira branca com um pouco de vermelha ( a da foto da capa ) linda porem incrivelmente curta "mayu vai dar chilique perfeito "
penso com um sorriso imaginado ela usando a fantasia pago a vendedora e vou andando pela cidade de novo ate que encontrei o caminho para a casa quando cheguei mayu havia colocado uma cadeira do lado de fora e tinha uma tesoura na mão  e ela olhou para mim sorrindo logo 

Mayu : Ate que enfim pensei que tinha de perdido 

Realmente havia me perdido mas não vou contar a ela - eu não.. só estava difícil de decidir a fantasia que você usaria - falo vendo ela corar so de pensar qual vai ser mayu sabe o meu gosto para fantasia  

Mayu : Sente aqui que eu vou cortar seu cabelo - diz apontando para a cadeira na qual estava sentada 

Sento na cadeira e percebo que ela começou a cortar ficamos assim mais ou menos meia hora ate que ela para  

Mayu : Acabei . Então melhor ? 

Acnologia : Hay esta um pouco mais leve 

Mayu : Viu não te matou . Olha como voce esta - fala me entregando um espelho 

" não e tão ruim e mais fresco e leve fica melhor para mim mas não vou deixar a mayu fugir sem usar a fantasia " 

Acnologia off
Mayu on  

"finalmente  terminei de cortar aquela juba de leão porque ele não quis cortar o cabelo fica muito legal mas agora vou ter que usar a fantasia que esse pervertido escolheu qual deve ser ?  Ja estou com vergonha so de imaginar qual e "

  Acnologia : Certo agora vista isso - disse me entregando uma sacola

Mayu : Que fantasia e ?

  Acnologia : Descubra voce mesma - diz com um sorriso pervertido

Vou para o banheiro e abro a sacola e vejo uma fantasia de enfermeira 

-não acredito que ele vai me fazer usar isto -digo dando um suspiro logo depois começando a trocar  

Depois de colocar a roupa desfaso a magia que escondia minha orelhas de caudas mas prefiro deixar somente uma para facilitar pois cinco e demais com esse pensamento saio do banheiro e encontro acnologia no sofá e quando olha para mim um filete de sangue sai de seu nariz o que esse pervertido esta pensando

   -Are are o que voce esta pensando em ? - pergunto irritada

  - na..nada demais so que ... Voce esta linda - diz balançando a cabeça mas se acalmando na ultima parte e desviando o olhar para o chão

   Sinto meu rosto esquentar com isso

  - voce também ...quer dizer e que combina com voce ficar com cabelo curto -digo toda embaralhada 

Um silêncio se instala no comido nenhum de nois se atrever a dizer uma única palavra somente sentamos no sofá e assistimos ate que ele se pronuncia

  -voce gostaria de ir a um lugar que eu achei ? - diz de forma tímida olhando para mim

  - que lugar - pergunto curiosa

  - uma parte da floresta e totalmente isolada e fica lindo no por do sol- diz um pouco animado

- você conhece muitos lugares isolados adoraria ve-los - digo sorrindo 

- quando se tem asas e mais de 400 anos e fácil e pode deixar vou mostra-los outro dia mas agora e esse - diz com um pequeno riso de canto  

-hay .vou me arrumar-digo me levantando mas ele segura meu braço

-lie .você vai nessa roupa o trato ea que você usaria essa fantasia o dia inteiro- fala num tom zombeteiro

-mas ..- sou interrompida por ele

  -mas nada voce vai agora se prepare vamos sair daqui apouco - diz se levantando e subindo a escada  

Suspiro e então vou para a cozinha preparar algo para levarmos pois sei que so frutas nao irão matar a fome de dragão de Acnologia quando termino coloco tudo em uma cesta e  vou para a sala e vejo acnologia no sofa el olha para mim e sorri malicioso  e eu sinto minhas bochechas esquentarem então ele solta uma risada baixa e se levanta e coloca dentro da cesta algumas roupas que estavam em sua mão e depois caminha ate a porta indo para fora e eu o sigo chegando la ele tira a camisa e eu coro mais ainda então asas começam a sair de suas costas rasgando a pele  e quando para ele as coloca em repouso e estende a mão para mim eu seguro sua mão e então ele me abraça e eu seguro forte em seus ombros e a cesta com a comida e ele bate as asas e começamos a subir  e então chegamos fico de boca aberta era simplesmente lindo o local ficava entre uma linha de montanhas que formavam um circulo perfeito era grande o suficiente para acnologia em forma de dragão ficar confortável e escondido em um local próximo ao centro havia uma cachoeira com um arco-íris ela formava um rio que no centro de tudo virava um lago onde tinha  árvores frutíferas as quais davam sombra também alguns pássaros faziam ninhos nas árvores e pequenos animais andavam calmamente sem se importarem com a nossa presença fomos ate onde ficava o lago eu sentei em baixo de uma árvore  e acnologia deitou em meu colo e fecha os olhos cochilando e eu fasso o mesmo enquanto passo a mão em seus cabelos agora curtos ficamos assim um tempo ate sentir ele se levantar então eu abro os olhos e vejo ele mexer na cesta e pegar umas roupas as quais agora notei serem minhas  

-oque ...- sou interrompida por ele

  -apenas vista eu peguei outro par para voce - ele disse me entregando a roupa

  eu vou ate a floresta e me troco depois volto e o encontro sem camisa e coro com isso ele então se vira e vem ate mim pega a  fantasia e a guarda

  - então porque voce trouxe isso ? - pergunto curiosa

  Ele sorri e vem ate mim - para fazer isso - ele me pega no colo e me leva ate o topo d cachoeira  
enquanto eu grito e me mexo para ele me soltar o que não deu certo então ele pula e eu prendo a respiração e depois sinto a agua bater em mim e ele me soltar eu subo logo para a superfície e sento ao passar por mim e quando me viro acnologia surge da agua e me beija  

Mayu off
Acnologia on

"sinceramente achei que isso nao daria certo ma eu tinha que que tentar vocês devem estar se perguntando do que estou falando eu vou dizer ou melhor pensar quando estava na casa eu pensei em tudo o que eu sentia perto de mayu então cheguei ao resultar de que eu estava apaixonado por ela então em vez d falar pois sou terrível com palavras resolvi mostrar para ela o que eu sentia então eu a trouxe ate aqui e agora estou beijando ela a qual esta retribuindo por incrível que pareça se isso for um sonho nao me acorde" continuamos assim por um tempo ate a maldita falta de ar se fazer presente fazendo com que tenhamos de nos separa  

-porque ? - ela pergunta um pouco vermelha para nao dizer um verdadeiro tomate

  - porque eu te amo mayu sempre ame eu so não sabia disso - digo desviando o olhar por vergonho do que acabei de falar  e fazer

CONTINUA


Notas Finais


Inner : ei autora você some por muito tempo poem a fuc em hiatos e ainda faz um capítulo deses deveria er vergonha

A: gomen


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...