História Até um vampiro pode mudar? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno
Tags Drama, Romance, Sakura, Sasuke, Vampiro
Exibições 50
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom.....Me desculpem a demora.
Mas,espero que gostem 😉✌

Capítulo 3 - Manhã louca


Os dias estavam passando,como o inferno,claro.Estou cansada disso,sempre a mesma coisa.Estou ficando muito fraca,preciso sair daqui.

Eram 4 Hrs da madrugada,e eu estou decidida a sair desse lugar horroroso.Levantei da cama e fui em direção da janela,pra ver se ele não estava.Ele não esta,que sorte!Ele sai todas as noites,sei la pra onde,mas essa é minha chance!Abrindo a porta percebo que a casa esta totalmente escura,e nem faço questão de acender as luzes.Caminho pela enorme casa em direção a porta de saída,e estava trancada ,merda!E agora?Olho em volta procurando alguma saída e encontro.Vejo uma janela,e não ha grades do lado de fora.Finalmente!Vou caminhando nas pontas dos pés ate a tal janela e tento abri-la,mas não esta dando,tento abri-la com toda minha força mas não abre.Paro um pouco meia sem fôlego por causa da batalha de tentar abrir a porra da janela,qua não abre.merda!Dou um longo suspiro e observo que a janela é de vidro.Já sei,pego uma das muitas caderas que tem na enorme mesa de jantar.Mas,vai fazer barulho,certo?......ah, foda-se.Agressivamente quebro a enorme janela.Faz um barulho alto.Pronto!Coloquei a cadeira no chão e pulei a janela.Mais que merda!acabei rasgando meu braço com um pedaço de vidro que permaneceu preso a janela.Tudo bem,repito varias vezes para mim quando vejo meu sangue escorrendo em grande quantidade do rasgo profundo.

Saí para o meio da mata dando passos largos e pesados.Finalmente vou poder "voltar a vida "novamente.Nao aguento mais,e mesmo se aguentasse,aquilo não é vida nem para um gato.Mesmo que ele tenha cuidado de mim esses dias....nao importa!Afasto esses pensamentos.E nada...silêncio e mais silêncio.Esta escuro e estou com frio.Meus olhos brilham quando eu vejo uma pequena casinha.Grasas a Deus!Vou correndo com minha mão esquerda segurando meu antebraço direito por culpa do sangue.

chego na porta sem fôlego com a respiração bem rápida engulo seco,dou um suspiro e bato na porta......nada....bato mais uma vez....e nada.Será que não estão?Levo minha mão ate a maçaneta e abro a porta devagarzinho.Quando a porta esta arreganhada olho para baixo.

-MEU DEUS!!!-Um homem,uma mulher e uma menininha que aparentava ter uns 6 anos....mortos,alí bem na minha frente.Levo minhas duas mãos a boca horrorizada com a visão.Ha muito sangue.Minhas pernas estão tremendo.Nao consigo achar forças.Quero sair correndo.

Finalmente minhas pernas me obedecem e saio correndo daquela casa.

-Aii-Eu digo quando me bato com um homem bem alto.Eu bati com tanta força que cai no chão.Ele esta usando uma capa preta,essa capa tem uma toca que cobre suas feições e so deixa revelar sua boca com sangue e dentes igual aos de Sasuke.....pera ae....oque?!Outro..vampiro?Ele esta com um sorriso de orelha a orelha.Ele vem caminhando se abaixa e pega meu braço rasgado.

-Eiiii!!Me sol- Não terminei de falar.em um momento ele estava aqui tentando me atacar e no outro estava no chão,caído e morto.Sasuke esta na minha frente impaciente,enfurecido,com muita raiva,mas em seus olhos profundos e vermelhos vejo uma pontinha de preocupação....Sera que estava preocupado ?Olho em volta e já esta quase amanhecendo.

-Mulher!Você não consegue ficar quieta em casa?- Ele grita enfurecido.Tomo um susto quando ele fala.Estou muito frustrada,com a cabeça cheia e com um certo medo e pena da família daquela pequena casa.Abaixo minha cabeça e começo a chorar baixinho.Nao to nem ai se ele esta aqui ou não so quero chorar um pouco.Ele da um longo suspiro e diz:

-Vamos volta pra casa.-Ele me estende a mão,eu olho para ela e devagar coloco a minha mão na dele.Eu tento me levantar mas na consigo.Ele revira os olhos e me pega e me coloca em seu ombro,com a barriga virada para baixo.Eu levo um susto mas depois de um tempo agradeço a ele por me salvar.

O caminho de volta é silencioso.Quando chegamos,antes de entrar ele para e olha para a janela que quebrei.

-Me desculpe-Eu sussurro.Ele não diz nada apenas entra e vai para o meu suposto quarto e me coloca na enorme cama.Eu cento nela e o observo.Ele ainda esta bravo e seus olhos estão vermelhos ainda.Ele percebe que estou olhando para seus o olhos.

-É por causa de seu braço-ele diz não muito alto.Eu rapidamente olho para meu braço e vejo que esta sangrando,não como antes mas esta.Ele chega mais perto de mim segura a barra de uma camiseta que estou vestindo E rasga um pedaço.Com esse pedaço ele amarra onde esta machucado.Ele se abaixa ficando da minha altura.Sua expressão é séria.

-Hora do castigo-Ele diz dando um sorriso malicioso-Você vai implorar por mais,vai por mim-....OQue ele esta pensado em fazer?Ele se levanta e rasga novamente mais um pedaço da minha blusa.

-Estenda os pulsos-Ele diz ameaçadoramente.Eu os dou.-Boa garota- Ele os amarra na cama.Ele estica meu corpo então eu fico reta.

Ele pega a barra da minha blusa e sobe os trapos que sobraram ate meus olhos,assim não consigo ver nada.Estou envergonhada de ficar de sutiã em sua frente.Porque estou deixando?também gostaria de saber a resposta.Meus pelos se arrepião quando sinto seu toque em minha barriga.Então o sinto encima de mim.

-Não se mexa -Ele diz bem pertinho do meu ouvido,e o morde de leve,E depois o beija.Solto um gemido baixinho.Me assusto com aquele som então pressiono meus lábios um no outro envergonhada.Sei que ele esta sorrindo.Sinto seu dedo encima do meu labio inferior puxando-o para baixo.

-Quero ouvi-la,bebe- Agora tenho certeza que esta rindo de mim.Sinto seus lábios frios em meu rosto em minha testa e enfim...em meus lábios.Não sou uma pessoa muito experiente em beijar,mas acho que sei o que estou fazendo.Sinto sua língua que diferente de seus lábios é quente e gotosa pra caralho!Ele morde meu labio inferior e beija meu queixo,E vai em direção ao meu pescoço.Ele para la e cheira por um tempo,asseguir ele beija e chupa....merda!isso é maravilhoso.dou um longo suspiro acompanhado com um gemido de prazer.Vai descendo e minha voz aumentando ele chega nos meus seios.Sinto-o se afastar para tira o sutiã que ainda permanecia lá.Ele o tirou rasgando.

-Espero que não goste muito desse- Ele volta a beijar meu pescoço ate que sinto sua mão me apalpando forte.Meus mamilos endurecem,Minha pele se arrepia mais.Ele leva meu seio direito a boca e o suga,Eu praticamente grito com o ato.

-Sa-Suke- Seu nome sai de minha boca involuntariamente.Ele passa para o outro mamilo,com sua língua maravilhosa.Ele para e me beija nos lábios novamente,Vai beijando meu pescoço e vai descendo ate minha barriga.Eu gemo alto e mexo um pouco.

-Não se mexa,Sakura-Ele diz dando um mordida na minha barriga.minha respiração esta descontrolada.OQue ele esta fazendo comigo?.Ele abaixa minha calça de moletom que estou..ou melhor estava vestindo.ele beija minhas coxas e lentamente tira minha calcinha.Beija minha intimidade e eu arqueio um pouco minhas costa da cama e gemo altíssimo.

-Meu deus.Estou !impressionado!Se você pudesse ver o quão molhada esta neste momento-Quando ele diz um frio passa por minha espinha,e estou corada com essas frases.De repente sinto seu dedo dentro de mim.

-Sasuke!-Eu falo em uma voz muito sensual que ate me assusto comigo mesma.Ele move seus dedos.

-S-sasukeee!-Grito seu nome.ele tira seu dedo de mim e eu sinto uma decepção com isso.

-Oque?Sakura-Ele pergunta calmamente.

-Por favor,por favor Sasuke!-Nem sei o que estou praticamente implorando para ele mas quero muito.

-Não,bebe.So isso-ele diz sorrindo -por enquanto -ele termina me soltando e me dando um beijo na testa.

Ele sai do quarto.eu me visto,deito incrédula com oque aconteceu.Ainda é manhã.Nada de monstro horroroso até agora?Ele não bebeu meu sangue mesmo querendo.E esse tal castigo....oque aquilo significou pra ele?....oque aquilo significou para mim?


Notas Finais


Espero que tenho gostado
Bejjjs❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...