História .athazagoraphobia - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lu Han, Sehun
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Sad
Visualizações 2
Palavras 438
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - .artificial love


LuHan estava encolhido no canto da parede, com a cabeça apoiada nos joelhos e com os olhos fechados.

Não, ele não estava dormindo, apenas queria dar um descanso para sua mente, o que ele raramente fazia.

Não era uma das melhores coisas para fazer, afinal, ele tinha medo disso. Mas, por mais incrível que pareça, ele queria ficar sozinho por pelo menos um momento.

Ele não queria chorar e não queria se sentir culpado. Mas, ele sempre soube que chorar fazia bem.




BaekHyun se trancou no banheiro de sua casa, com seu estojo escolar e respirou fundo. Abriu o estojo e de lá pegou seu apontador, totalmente intacto, já que ele não o usava.


Pegou a parte que apontava e a colocou no chão, pisando logo em seguida. Colocou toda sua força e raiva e pisou, até ver que a lâmina estava livre.


Quase que imediatamente, toda sua raiva se transformou em tristeza.


Enrolou a parte quebrada do apontador em papel higiênico e a jogou fora, torcendo para que a mãe não percebesse e verificasse seus pulsos novamente.


Se sentou no chão do banheiro e ficou admirando a lâmina por longos minutos.


Por ChanYeol.


Por LuHan.


Por todas as noites que ele havia chorado.


E pela felicidade de quem ele amava com todas as forças.


Ele fez.




SeHun se jogou na cama e encarou o teto. Ele não entendia o que havia acontecido no colégio.


Ele estava curioso. Sempre via LuHan tão quieto, tão inocente e tão... Triste. Queria saber o que aquele garoto escondia.


Ele não ia conseguir se aproximar assim tão fácil do garoto. Principalmente com Park no caminho, o cara que ele não ia tanto assim com a cara, mas aguentava nas aulas da maneira que podia. Era ruim o fato de que LuHan namorava com ele, mas ele aceitava.


Mas ele ainda iria descobrir os segredos do garoto. Nem que isso fosse a última coisa que ele faria.




10 vezes. ChanYeol havia ligado para LuHan exatas 10 vezes e então concluiu que o celular do garoto estava desligado.


Jogou o telefone na cama e se sentou na mesma, apoiando os cotovelos nos joelhos e colocando a cabeça entre as mãos.


Ele precisava conversar com LuHan. Uma conversa importante, muito importante.


Já fazia 3 horas que o maior não recebia notícias do menino Byun, então ele estava preocupado.


Mas a conversa não era sobre o Byun, era sobre os dois.


ChanYeol precisava admitir para LuHan.


Precisava admitir para si mesmo.


Precisava admitir para todos.


Que todo o amor que dizia sentir por LuHan. Tudo que ele já havia dito. Que tudo havia sido artificial.


Notas Finais


espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...