História Atos de Ausência - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 3
Palavras 166
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 28 - Distante do meu ser


10 de Novembro de 2008

​Distante do meu ser

 

Eu me projeto em tudo o leio. 

Leio silêncios.

Leio a nudez sobre as roupas.

Leio as unhas que deslizam sobre a coluna vertebral.

Leio os beijos e os desejos, os espaços entre os abraços.

Leio os espaços em branco entre o tempo perdido e o desperdiçado.

Leio ciúmes.

E me projeto em tudo o que vejo.

Eu vejo vozes cantando o amor e o abandono e o orgulho ou a falta de orgulho e a volta por cima.

Eu vejo olhos que choram descobrindo a mentira de uma rotina organizada.

Eu vejo a escuridão prateada do medo que vem e diz:

“não diga o que sente ou sentirá todo o peso do olhar que se encarrega de frustrar os sonhos”.

Sonhos e planos... ― sonhos tão irreais ― sonhos de amar você é ver um futuro distante do meu ser.

Não tenho mais nada,

Nem os reflexos de como um dia você poderia ser em mim.


Notas Finais


às 19:11


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...