História Atração Fatal - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~gab_fofa

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Aspen Leger, Maxon Calix Schreave
Tags A Seleção, América, America Singer, Aspen, Iléa, Maxon Schreave
Exibições 55
Palavras 1.194
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente hoje o capítulo tá BOMBÁSTICO!!! Sem mais delongas, boa leitura.

Capítulo 12 - Você vai me pagar.


Pov Kriss

Havia acabado de chegar de viagem, estava voltando de Hondurágua, fui conversar com alguns simpatizantes dispostos a nós ajudar. Agora que eu voltei poderei dar continuidade ao meu plano de conquistar o Maxon. Estava em meu quarto escolhendo o que vestir, optei por um vestido preto, com o corpete bem decorado e uma fenda na saia, sai passando na cozinha e pegando uma garrafa do vinho favorito de Maxon. Estava indo para o quarto dele com a garrafa e duas taças na mão, ele não estava esperando por mim e não poderia ter uma surpresa melhor. Chego no quarto e abro a porta porém me deparei com a única coisa que não esperava, no susto derrubo a garrafa e as taças no chão e acaba fazendo um barulho alto. Maxon se mexe fazendo com que a garota que está deitada praticamente em cima dele acorde.

- Maxon, o que foi isso?- ela pergunta olhando pra ele, ele abre o olho e sorri quando a encara

- Eu não sei.- ele começa a olhar pelo quarto até que seus olhos se encontram com os meus e ele se senta fazendo com que a garota se sente também e comece a me encarar, ela tem uma expressão confusa no rosto, mas paro de prestar atenção quando Maxon fala- o que está fazendo aqui?

- O que essa vadia está fazendo aqui?

- Você me chamou do que?- diz a garota ruiva se levantando e vindo em minha direção

- Vadia!

Ela então me dá um tapa na cara e nós começamos a brigar, ela puxa meu cabelo e eu finco minhas unhas em seus braços nós caímos no chão mas antes que acontecesse alguma coisa Maxon tira a garota de cima de mim e eu levanto.

- Saia do meu quarto agora! – ele diz passando a frente da garota

- Mas Maxon eu...

- Saia agora! E nunca mais fale com ela desse jeito!

Eu não acredito que ele está defendendo essazinha, ele não pode conhecê-la a muito tempo, ela não estava aqui quando eu viajei. O que a torna tão especial pra ele? Bom seja o que for, eu preciso dar um jeito de tirá-la do meu caminho, o Maxon vai ser meu ainda, custe o que custar.

Pov America

Maxon me tirou de cima da menina e eu fiquei encarando ela, porém ele entrou na minha frente.

- Saia do meu quarto agora!- ele gritou pra ela

- Mas Maxon eu...- ela murmurou de cabeça baixa

- Saia agora! E nunca mais fale com ela desse jeito! – ele disse batendo a porta

Eu estava sentada em sua cama encarando o carpete branquinho de seu quarto todo manchado pelo vinho e cheio de cacos de vidro quando Maxon sentou ao meu lado.

- Me desculpe por isso. Eu não queria que o dia terminasse desse jeito.- ele disse pegando em minha mão

- Quem é ela? – eu disse ainda encarando o chão

- Ela é Kriss, nós crescemos juntos, é filha do melhor amigo de meu pai.

- Por que ela me tratou daquele jeito? – eu não conseguia olhá-lo nos olhos

- Eu sempre achei que ela nutria algum sentimento por mim, mas eu nunca correspondido, nunca gostei dela, e acho que quando ela te viu comigo acabou ficando irritada.

Eu olhei para os meus braços e ele estava cheio de marcas de unha, que raiva que eu senti quando vi aquilo. Eu não tinha mais o que falar com Maxon, sabia que o dia estava bom demais pra ser verdade. A única coisa que eu queria fazer agora era dormir, mas não estava a fim de ir para o meu quarto, então subi na cama e engatinhei até a outra ponta da cama, e virei de costas para Maxon. Sentia algumas lágrimas descerem por meu rosto, por que eu me magoei com o que aquela garota falou? Eu não sei porque mas queria que Maxon viesse pra perto de mim e falasse alguma coisa, mas a única coisa que escutei foi o barulho da porta se abrindo e fechando. Me virei e fiquei encarando o teto, depois de um tempo acabei adormecendo.

Pov Maxon

Eu queria ficar com America mas acho que ela não quer minha companhia. Levantei e saí do quarto, pude ouvir um pequeno soluço dela antes de fechar a porta, mas mesmo assim decidi sair, tenho coisas para resolver. Fui até a cozinha e pedi que uma criada fosse limpar meu quarto e tentasse não fazer barulho porque America estava lá. Fui para meu escritório e pedi para chamarem Carter. Carter trabalhava para mim mas era também o mais próximo que eu tinha de um amigo, precisava de sua ajuda.

- Senhor? – ele disse abrindo um pouco a porta

- Entre Carter. Sente-se.

- Precisa de algo?- ele perguntou se sentando

- Você sabia que Kriss estava de volta?

- O que? Como assim?

- Pois é. Ela entrou no meu quarto e fez o maior showzinho quando me viu dormindo com America.

- Hum, dormindo, sei...- ele disse me olhando com um sorrisinho no rosto

- Sim Carter, dormindo, só dormindo.

- Então tá né. Mas o que foi que ela fez?

- Ela entrou, gritou com America, aí as duas começaram a se estapear, e eu tive que separar a briga.

- Hum tá disputado em Maxon.-ele disse dando risada e me fazendo rir também- Mas por que ela fez isso? Ela nunca teve nada com você.

- Eu acho que é por isso que ela ficou brava mas eu vou falar com ela.

- Quer que eu chame ela?

- Por favor.

- Sim senhor.- ele disse saindo- Ah! Boa sorte.- e então ele fechou a porta

Estava lendo alguns relatórios quando ouvi a batida na porta.

- Entre.- eu disse ainda lendo os relatórios mas a pessoa não fez nada, então me levantei e fui até a porta quando eu abri dei de cara com Kriss, ela não falou nada só me agarrou e começou a me beijar eu não correspondia, peguei ela pela cintura e a afastei de mim.

- NUNCA MAIS FAÇA ISSO!- eu gritei limpando a boca

- Mas Maxon eu...eu te amo.

- Não diga isso! Aliás não apareça mais aqui. Eu te chamei para te dar uma segunda chance mas depois dessa, você está banida do acampamento por desacato a autoridade do líder.

- Maxon não...por favor...- Ela chorava.

- Eu não volto atrás em minhas decisões. Quero você fora o mais rápido possível.

- Você vai me pagar.

- Você está me ameaçando? Tome cuidado mocinha, você não faz ideia do que eu sou capaz.- eu disse já saindo, não quero continuar essa conversa.

Eu estava indo pro meu quarto, queria falar com America, queria saber se ela estava bem, porém quando eu entrei me surpreendi ao ver que ninguém estava lá. Decidi procurá-la, eu precisava vê-la. Se ela não estava mais no meu quarto era provável que estivesse no dela, fui até lá e quando abri a porta vi America encolhida chorando, sentada na cama, não sabia o que dizer então apenas me sentei e fiquei a observando.


Notas Finais


Eita gente, mal chegou e já causou😂 esperamos que tenham gostado, até o próximo capítulo😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...