História Atração Irresistível.... - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Hentai, Naruto, Romance
Visualizações 350
Palavras 2.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom desculpem a demora e boa leitura

Capítulo 30 - Capítulo 30 O plano II


Fanfic / Fanfiction Atração Irresistível.... - Capítulo 30 - Capítulo 30 O plano II

O Plano II

Juugo que ouvia a conversa das duas ficou aflito pela informação recém adquirida, já que um taxi já se aproximava da medica. E ele sabia que se Sakura entrasse naquele carro Sasuke não o perdoaria,fora que ele o demitira , e além dele perde o emprego ainda teria uma crise de consciência já que ele realmente gostava da medica e queria protege-la.
 

– Doutora Haruno, eu tenho ordens para acompanhá-la para ir a qual quer lugar que vá. Vou pedir para outro carro das empresas Uchiha vim buscar a senhora Konan.
 

– Juugo! Por favor! Sei que o Sasuke lhe deu essa ordem, mais, creio que ele não pode mandar em mim e em minhas vontades então leve Konan para fazenda que eu vou de táxi.
 

Konan vendo que Juugo parecia não apenas querer cumprir a ordem de Sasuke e sim proteger Sakura ela resolveu intervim da melhor forma possível.
 

– Sakura na verdade eu não voltarei hoje para fazenda, eu quero fazer uma surpresa para Itachi, então faremos assim o Juugo me deixa em casa e depois leva você para onde você quiser ir.
 

– Certo! Vocês venceram, e não pense Konan que eu não notei que você parece estar o tempo todo intercedendo por Sasuke quanto a mim.
 

Konan deu uma risadinha e um piscada de olhos para Juugo, o segurança dispensou o taxi e todos se dirigiram para casa da azulada, Konan pensou que Sakura iria de imediato para seu apartamento mais Sakura tinha outros planos.
 

Essa por sua vez pediu a Juugo que a aguardasse, Sakura tomou um banho e mudou de roupa, não deu nenhuma explicação detalhada para Konan apenas lhe informou que começaria a colocar seu plano em pratica a parti daquele momento.
 

Sakura informou a Konan que voltaria sedo pela manhã para que as duas fossem para fazenda terminar os preparativos da festa de ano novo. Quando Sakura apareceu na porta Juugo como sempre já a aguardava com a porta do carro aberta.
 

– Para onde doutora Haruno?

– Apartamento do senhor Sasuke Uchiha
 

Juugo balançou a cabeça em sinal positivo e dando um sorriso que não foi visto por Sakura, o segurança imagina a cara do patrão assim que visse a moça chegar em sua cobertura. Enquanto Juugo ficava imaginando a cara do patrão Sakura estava em seus conflitos internos imaginando se realmente teria coragem de levar tudo que estava planejando até o fim.

 

Ela não temia encontrar uma mulher na cama do Uchiha porque ele mesmo disse que não levava mulheres para seu apartamento mais ela sabia que Karen já esteve lá e só em pensar nisso sentia náuseas.

 

O relógio marcava oito e quinze, quando ela chegou ao prédio que Sasuke morava, era um prédio muito bonito e ostentava riqueza digno realmente de um magnata feito Sasuke, ela imaginou que teria problemas para entrar mais como estava acompanhada de Juugo, foi fácil.

 

Também teve outra surpresa, quando pediu para ser anunciada, porque assim que deu o seu nome à recepcionista ela lhe informou que tinha passe livre para a cobertura do Uchiha, a surpresa de Sakura era evidente por que ela nunca esteve no apartamento do magnata essa seria sua primeira vez.

 

– Bom! Obrigada, alias não quero que me anuncie, desejo fazer uma surpresa.
 

A recepcionista fez sinal positivo e pediu para o segurança do prédio que acompanhasse Sakura para o andar de Sasuke, assim que o elevador parou no ultimo andar, Sakura viu o elevador descer e o segurança desaparecer por ele.

 

Sasuke tinha acabado de tomar uma ducha fria, ele estava apreensivo por causa do evento do final da tarde e não conseguia para de pensar em Sakura ele temia tanto não poder protegê-la que nem viu as ligações de Juugo. O moreno estava uma pilha de nervos quanto mais ele pensava no perigo que Sakura correu mais ele se sentia inútil.

 

Os pensamentos do Uchiha foram cortados assim que o moreno ouviu batidas leve na sua porta, ele estranhou o fato de alguém chegar até seu andar sem ser anunciado só se essa pessoa fosse de sua família mais quando Sasuke abriu sentiu o chão falta a seus pés.

 

– Sakura!

– Boa noite senhor Uchiha, será que eu posso entrar
 

Sasuke nada respondeu, apenas abriu passagem para que a mesma passasse, Sakura estava vestida com um sobretudo vermelho e calçava um salto agulha da mesma cor do sobretudo.

 

– Não vai fechar a porta senhor Uchiha?_ Ela falava devagar de uma forma sex, Sasuke deu um pequeno sorriso de canto fechando a porta na mesma hora.
 

– Posso saber a que devo a honra da sua visita?
 

Sakura mordeu os lábios de uma forma sex, ela sabia qual era o efeito que esse simples ato causava no moreno, depois ela rodeou o corpo do moreno e por fim se sentou fazendo o sobretudo que ela usava subir um pouco mostrando as belas pernas.

 

Sasuke engoliu em seco, estava excitado só em olhar Sakura cruzar e descruzar as pernas e vez ou outra morder os lábios de uma forma provocativa. Nesse momento de puro deleite Sasuke viu Sakura tirar o cartão que ele mandou fazer hoje à tarde no shopping para ela.

 

– Sabe senhor Uchiha hoje eu fui uma moça muito má

– Foi?

– Sim fui muito, mais muito má mesmo_ Novamente ela mordeu os lábios

– E posso saber como você fez essa maldade

– Só se o senhor prometer que não vai brigar comigo _ Dessa vez ela fez uma voz bem dengosa


 

Sasuke balançou a cabeça em sinal positivo, ele estava excitadíssimo ele não conhecia esse lado nifeta dela e seu amigo das partes baixa já pedia por um alivio imediato, porem ele queria ver o que ela estava aprontando.

 

Sakura se levantou e começou a desamarra o sobretudo que cobria seu corpo, Sasuke sentiu um calor enorme, já que assim que Sakura desamarrou o sobretudo, ele teve a visão do pecado em pessoa em sua frente. A rosada estava vestida em um sutiã meia taça preto bordado em vermelho e a calcinha em V com os mesmos detalhes bordados em vermelho.

 

– Senhor Uchiha eu paguei nesse sutiã e nessa calcinha R$ 800,0 dólares e não é só isso não com esse cartão que eu ganhei com limite ilimitado, eu só nessa tarde gastei R$ 20.000 mil dólares apenas com roupas intimas e gastei mais R$ 200,0 dólares em um banho de lua, para minha pele ficar com essa cor dourada.

 

Sakura falava e rodeava o corpo do Uchiha, fazendo ela o acompanhar com os olhos, no começo ela estava temerosa pela reação do CEO das grades empresas Uchiha Company, mais ao ver o brilho de luxuria e a maneira que o corpo dele reagia a ela simplesmente a deixaram mais desinibida a continuar com o jogo de sedução.

 

– Então você me deixou R$ 30,00 mil dólares menos rico_ Ele levantou a sobrancelha em sinal de interrogação.

– Sim senhor Uchiha! Será que isso seria um problema?

 

Novamente Sasuke fez sinal com a cabeça só que dessa vez em negação e Sakura lhe deu um sorriso sapeca, passando o cartão que ele a tinha dado pelo peitoral do moreno que estava desnudo.

 

– Que bom senhor Uchiha, porque esse pra mim não é o problema, problema realmente é outro?

– Outro? _ Dessa vez foi Sakura que balançou a cabeça em sinal positivo parecendo uma criança.
 

– E qual é o verdadeiro problema doutora Haruno?

– É que eu não sei se o senhor prefere minha pele com ele ou sem ele. Então fico imaginando se fiz bem ou não de usas esse cartão.
 

Sakura termina de dizer dando as costas para Sasuke e tira o sutiã que estava vestida, depois encosta bem seu corpo no corpo do moreno e roça seu corpo no corpo dele sentindo toda ereção que o moreno estava sentindo. Depois se vira novamente ficando de frente para o moreno.

 

– Sabe senhor Uchiha eu também achei que o senhor gostaria de ver como eu empreguei bem seu dinheiro.

 

Sakura baixa a calcinha e Sasuke ver uma pequena pelagem em sua púbis o desenho da sigla do seu nome desenho na testa da púbis de Sakura SU bem delineado, então não aguentando mais de tesão e saudades Sasuke pega Sakura no colo.

 

 

 

 

– Eu vou te mostrar como eu prefiro Você

 

O moreno leva Sakura para seu quarto e a coloca na cama, retira a calça flanela que ele estava vestido dando a visão do seu falo enorme e ereto para Sakura depois a puxa pelos pés, trazendo o corpo para borda da cama onde ele se ajoelhou dentro das pernas dela.

 

– Deixe-me analisar melhor esse desenho que você fez
 

O moreno disse isso passando as mãos na pequena pelagem sobra a vagina de Sakura. Depois passou a lamber e a chupar a vagina da mesma, para ter um maior prazer o moreno levantou as pernas de Sakura até seu pescoço tendo toda vagina de Sakura para seu deleite de prazer, os dentes do moreno roçaram no clitóris ai ele usando a ponta da língua saboreou o orgasmo que Sakura tinha acabado de ter.

 

Sasuke já estava mudando de posição parecia um animal faminto pronto para devora-la viva, pronto para demarca-la como sua propriedade só sua apenas sua, ele pensava. Porém Sakura estava selvagem e ela não queria apenas sentir prazer ela queria dá também e foi assim que ela o pegou mais uma vez de surpresa naquele dia.

 

– Minha vez Senhor Uchiha
 

Ao dizer isso Sakura se pois a lamber toda extensão do corpo de Sasuke chegando no seu falo que se encontrava cheio de veias firme, ela passava a língua na ponta do pênis enquanto suas mãos alisavam as bolas do mesmo. Sakura passou a chupar e lamber toda extensão do pênis de Sasuke hora ou outra massageava e tentava engoli o máximo que consegui fazendo o moreno ir ao delírio.

 

Ele aumentou o ritmo de vai e vem com a boca fazendo o moreno ter esparmos de prazer mais ele não iria gozar na boca dela, não ele estava disposto a se derrama dentro dela sentido sua carne quente ordenha seu pênis feito uma corsa no deserto.

 

Sasuke parou os movimentos de Sakura e mais uma vez mudou as posições, dando um sorriso de canto, ele pegou as pernas dela. Daí abriu as coxas e se adentrou de uma só vez até fim, ele tentou manter o controle sobre suas estocadas e nos urros de prazer que saiam dos seus lábios e dos lábios de Sakura, Sasuke beijava Sakura enquanto se enfiava fundo dentro dela, mordia os seios expostos dela não ligando para as marcas rochas que já se encontrava ali.

 

– Você é minha _ Ele dizia em um sussurro

– Sua só sua!
 

– Sakura olhe para mim enquanto eu te fodo e chame meu nome

– Não, senhor não!
 

Sasuke ouviu as palavras dela mais continuou se enfiando fundo nela e mordendo seu ombro fazendo Sakura gemer, Sasuke estava em um nível primitivo onde ele não apenas queria dar prazer ele também queria sentir prazer mais acima de tudo ele precisava ouvir Sakura clamar por ele.

 

– Vamos Sakura me chame, peça pela sua libertação

– Senhor por favor me liberte
 

– Não! Droga não! Olhe pra mim, chame meu nome _ Ela o olhou nos olhos

– Então diga que estar fazendo amor comigo Sasuke
 

Ele lhe sorriu e beijou seu rosto com carinho, mais em nenhum momento parou de se movimentar dentro dela, então agarrou com mais força as coxas de Sakura e continuou a investir duro e firme sem tirar os olhos dos olhos dela, até ambos explodirem juntos em um orgasmo.

 

– Minha pequena eu sempre faço amor com você. Aliás eu quero ver todos os meus mais novos investimentos de lazer

– E você verá. Ela lhe falou sorrindo satisfeita
 

Os dois dormiram abraçados, embora tudo tenha corrido como Sakura planejava ela ainda precisava descobrir o porquê de Sasuke a querer longe dele, essa noite prova a teoria de Konan e Juugo que Sakura precisava enxerga além do que estava vendo, mais para ter a certeza na hora de confrontar Sasuke só faltava mais um teste e isso aconteceria na festa de ano novo.

 

Sakura saiu cedo do apartamento de Sasuke deixando um bilhete para o mesmo, passou rapidamente pelo luxuoso apartamento e viu uma das suas fotos em destaque bem na sala de música, teve vontade de olhar o apartamento todo mais sabia que não podia.

 

A rosada agora teria apenas que esperar, se depois do que ela estava planejando Sasuke não perdesse o controle e lhe disse o que realmente o estava impedindo de ficar com ela, ela se despediria dele e de Konoha. Juugo já aguardava Sakura na saída do prédio onde eles foram de encontro a Konan rumo a grade fazenda da família Uchiha.

 

Sasuke acordou sentindo a falta do corpo de Sakura, tateou o lado da cama mais não a encontrou, quando se levantou com intuito de procura-la, viu um bilhete dobrado da mesma forma que ele tinha feito uma noite atrás no chalé quando dormira com Sakura.

 

Caro Sasuke;

Obrigada pela noite maravilhosa, foi muito bom saber que você sempre faz amor comigo, é uma pena nós não temos nenhum tipo de compromisso. Embora tenha ficado tentada a permanecer na sua cama creio que eu precise mais do que uma noite de prazer e como o senhor Sasori estar se mostrando a querer um compromisso creio que essa nossa noite tenha sido uma despedida.

Um dia sua pequena Sakura


Notas Finais


Espero que tenha gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...