História Atraction - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Infinite
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Dongwoo, Sehun, Xiumin
Tags Baeksoo, Chenmin, Dongwoo, Exo, Infinite, Sebaek, Xiuchen
Visualizações 44
Palavras 2.796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Legenda:
B- Baekhyun
M- Minseok/Xiumin
K- Kyungsoo/ D.O
D- Dongwoo
*quando houver duas barras (//) quer dizer que o personagem foi interrompido.

Mãe, se você estiver lendo isso, liga a música da CL pra tu não te perder, tem o nome da música na hora lá. Bjos mamãe <3

Capítulo 1 - I


Fanfic / Fanfiction Atraction - Capítulo 1 - I

- 3º ano então?

- Tenho cara de quem não iria passar?

- Hahaha, então, agora que passamos de ano... Deveríamos fazer algo.

- Baekhyun!? O que quer dizer?

- Encher a cara sabe... Ficar com algumas garotas...

- Algumas? No plural?

- Não precisa ser junto. A não ser que você queira... *tocando o peito de Minseok*

- YAH! *Empurra* O que está falando? A felicidade deve estar queimando seus neurônios.

- Eu vou falar com aquele cara estranho ali, ele sempre me dá medo! Realmente...

Se aproxima de Kyungsoo...

- Yah! Qual seu problema cara?

- Do que está falando?

- Nada, você passou de ano? Foi pra qual?

- Interessa pra você?

- Não estaria perguntando se não me interessasse...

- Passei para o terceiro ano...

- Que legal! Eu também, eu e meu amigo vamos sair.

- Não sei se ele me quer por lá...

- Vamos!

- Não sei nem seu nome cara!

- *estende a mão* Baekhyun Byun e você?

- Kyungsoo Do.

- Pronto, nos conhecemos... Estou feliz em conhecer você.

- Você é gay ou algo assim? Não tem outro motivo pra você querer se aproximar de mim... Olha cara, eu não sou gay não.

- Não cara, só que você me dava medo...

- Estou lisonjeado...

- Vou te apresentar para o Minsoek. *pega a mão*

-XX-

- Xiumin, esse é o Kyungsoo. (B)

- Minseok Kim, é um prazer. (M)

- Kyungsoo Do e o prazer é meu... (K)

- E então caras? O que vamos fazer? (B)

- Você é bem desinibido cara... (K)

- Você não viu nada ainda... (M)

- Meu Deus... (K)

- Vocês vão ter que me desculpar, mas... Meus pais querem que eu vá pra casa agora. De noite eu vejo você Baekhyunny. Até. (M)

- Até depois Xiumin.

-XX-

- Qual sua idade Kyungsoo?

- Não importa no momento...

- Aish... Está bem... Hey

- Hm?

- Nós vamos ser amigos?

- Você quer ser meu amigo?

- Por que eu não iria querer?

- Talvez eu lhe cause sofrimento no futuro...

- Eu tenho o Xiumin, se você fizer algo... A gente se ajeita depois... Ou eu me ajeito.

- Quer mesmo arriscar cara?

- Melhor assim do que você ficar ai pelos corredores assustando os outros caras.

- Tudo bem... Depois não diga que eu não avisei.

- Está bem... Já que nós estamos andando por ai... Quer comer na minha casa?

- Comer o que? Ou quem?

- Hahaha, comida que a minha mãe fez...

- Fez à 17 anos?

- Aish! Você não vai me comer! É comida normal, yah, você não disse antes que não é gay?

- E não sou, só estava brincando mesmo.

- Que progresso, não estamos nem a uma hora juntos e você já está brincando!

- Eu posso mesmo almoçar na sua casa, acho que sua mãe irá se incomodar...

- Minha mãe é legal cara... Relaxa, ela vai ficar de boas com você.

- Tudo bem...

-XX- (Casa do Baekhyun)

- Oi mãe, chegamos!

- Oi meu filho!

- Mãe, esse é meu amigo Kyungsoo, Kyungsoo, essa é minha mãe Juliana, mas chama ela de July.

- Oi... A senhora é doutora né? Cardiologista...

- Sim...

- Então está bem, que bom que já se conhecem... Mãe, o pai vem comer em casa hoje?

- Sim, ele está na clínica ainda, assim que ele chegar eu aviso.

- Nós estaremos no quarto... Pode fazer almoço pra ele também?

- Posso sim. Hey garoto, avisou sua mãe?

- Não preciso, ela não vai ligar...

- Tudo bem... Vamos *pega a mão* (B)

-XX- (Quarto de Baekhyun)

- Uau, que quarto enorme...

- Pode se sentar na cama, fica bem a vontade...

- Se eu falar uma coisa...

- Pode confiar em mim, somos amigos.

- Tudo bem...

- Então cara... Como você sabe que sua mãe não vai ligar que você está aqui se eu não vi você falar com ela, nem pelo celular, muito menos de verdade...

- Ela não vai ligar porque... Ela está morta.

- Nossa cara... Foi mal... Por acaso, isso tem a ver com o fato de você conhecer a minha mãe?

- Sim... Infelizmente sim...

- Ai cara, se eu soubesse...

- Relaxa... Minha mãe foi tratada pela melhor... Sua mãe não é daqui né?

- Não... Ela é brasileira...

- Entendi..

- Cara, você está bem?

- Estou sim, a propósito... Tenho 18 anos, eu moro sozinho.

- Entendi...

*Grito vindo do andar de baixo*

*- SEU PAI CHEGOU!

-XX-

- Meu pai chegou.

- Eu ouvi, aliás... O país inteiro ouviu.

- Hahaha, vamos lá ver ele.

- Vamos... Espero não conhecê-lo.

- Só se você tiver uma boa memória, meu pai é pediatra...

- Ah bom...

-XX-

- Oi pai!

- Oi filho, você está bem?

- Estou sim, esse é meu amigo Kyungsoo.

- Prazer, me chamo Dongwoo Jang.

- Olá senhor Jang... (K)

- Tudo bem, nós vamos subir de novo. (B)

- O almoço está quase pronto filho... (July)

- Está bem mãe, em 15 minutos. Ah, pai, pode pôr a mesa pra mim?

- Posso sim, vão lá!

-XX- (Quarto)

- Seu pai é Jang, sua mãe é brasileira, como você é Byun?

- Meu pai biológico e minha mãe se separaram e minha mãe decidiu que queria me criar sozinha sabe, então a única coisa que meu pai biológico pediu foi pra ela deixar o sobrenome dele.

- Entendi, seus pais parecem legais e meu Deus, como vocês são ricos cara...

- De repente você se interessou?

- Não, não é isso, é só que eu realmente não estou acostumado com isso tudo...

- Você trabalha pra se sustentar?

- Sim, eu vendo café.

- Em uma cafeteria?

- Não Baekhyun, em uma sorveteria retardado!

- Aish, vamos descer...

-XX-

*mesa*

- Então... Como se conheceram? (D)

- Esse é o cara que eu disse que me dava medo... Se lembra mãe? (B)

- Lembro sim, mas não deve falar assim meu filho! (July)

- Tudo bem, estamos bem agora. (K)

- Ah! Mamis, hoje o Xiumin vem aqui! Está bem?(B)

- Está bem, já apresentou ele para o... (July)

- Kyungsoo! (K)

- Isso! (July)

- Você se lembra do Xiumin né cara? O Minseok... A gente chama ele de Xiumin porque minha mãe colocou esse apelido nele quando ele era bebê. (B)

- Bebê?

- Minha mãe tem um irmão de criação sabe, brasileiro também, ai ele tem um filho, que por acaso é o Xiumin, tem uma filha também, se chama Kaila. (B)

- Ah... Entendi agora. (K)

- Você também convidou o Kyungsoo pra hoje de noite né? (July)

- O Kyungsoo? Não! (B)

- Que coisa feia Baekhyun! Por favor Kyungsoo, venha também. (D)

- Obrigado senhor... (K)

- Os amigos do meu filho não precisam de formalidades. Tenho que voltar para a clínica. (D)

- Terei que fazer plantão hoje à noite. (July)

- *Beijo* fique saudável, vocês também meninos. (D)

-XX-

- Pode deixar a louça, nós lavamos. (K)

- Cala a boca Kyungsoo! Tem problemas? (B)

- Baekhyun! Não faça isso. Tenha educação! (July)

- Tem lava-louças Kyungsoo, é só por lá dentro. (B)

- Ah... (K)

- Mãe, tem salada de frutas? (B)

- Tem ainda na geladeira. (July)

- Nós vamos comer lá em cima, depois nós vamos na casa do Xiumin, qualquer coisa me liga está bem?

- *beijo na testa* comportem-se.

-XX- (Quarto)

- Você só pegou o pote da salada de frutas e duas colheres...

- Não achou que eu ia sujar mais um pote né? Você tem nojo de mim ou algo assim?

- Não cara, mas a gente se conheceu hoje... Por que você me trata tão bem?

- Eu sou assim, quando eu vou com a cara de uma pessoa eu realmente me torno amigo sabe... E você parece nem ter amigos... O que ainda não descobri o porquê.

- Um dia você descobre...

- Vamos lá no Xiumin, vou te apresentar aos pais dele também. Ah, a Kaila não vai estar em casa então não pergunte por ela. Ah outra coisa, o Xiumin é adotado também. Ah outra coisa, não chame ele de Xiumin.

- Tudo bem...

- XX- (Casa do Minseok)

- TOC TOC! (B)

- Aish! Como você grita! Não é mais fácil tocar a ------

*abre porta*

- Baekhyun! (Edu)

- Oi tio! Esse é o Kyungsoo, nosso novo amigo! (B)

- Que ótimo! Vou chamar o Xiumin. ¨ XIUMIN, O BAEKHYUN E O – como é seu nome mesmo? (Edu)

- Kyungsoo. (K)

- ¨KYUNGSOO ESTÃO AQUI EMBAIXO! (Edu)

- *Cochichando* como sua família grita... (K)

- Eu sei. Oi tio Chin! (B)

- Oi Baekhyun! (Chin-Ho)

- Esse é meu tio, Chin-Ho, ele é marido do Edu. (B)

- A-ah entendi... Prazer, sou o Kyungsoo. (K)

- O prazer é nosso garoto! (Chin-Ho)

-XX- (Quarto de Minseok)

- Eu disse pra você não ficar surpreso droga! (B)

- Por ele ser adotado, não por ele ser adotado por dois homens! (K)

- Você tem algo contra? (M) *saindo do banheiro secando o cabelo*

- N-não! Claro que não, desculpa se ofendi você! (K)

- Tudo bem meninos, nós não vamos discutir né? (B)

- Não, não vamos, desculpa cara. (K)

- Tudo bem, relaxa. (M)

- Minseok né? (K)

- Pode me chamar de Xiumin também, se você quiser... Acho que querendo ou não acabaremos ficando próximos... (M)

- Tudo bem então. (K)

- Yah, minha mãe não vai estar em casa hoje de noite, você ainda vai lá certo? (B)

- Claro que sim! (M)

- Você gosta de música Kyungsoo? (B)

- Gosto sim e vocês? (K)

- Nós amamos música. (B)

- Eu vou pra minha casa tomar banho e pegar coisas pra passar a noite na sua casa, até depois caras. (K)

- Até! *sorrisinho* (B)

- Até. (M)

-XX-

*sentados na cama*

- O que você viu nele? Está apaixonado?

- Yah! Eu já disse que não!

- Não vejo outro motivo pra uma aproximação tão rápida e...//

- PARE! Eu não estou apaixonado por ele!

- Tudo bem, se acalme!

- Será?

- O que?

- Eu gosto do Kyungsoo assim?

- Você gosta? Se sente atraído por ele?

- Será?

- PAI!

- Que foi meu filho? (Edu)

- Podemos conversar? (M)

- Claro, o que houve? (Edu)

- Como você sabia que o pai era o cara que você gostava? (M)

- Hmmm... Qual dos dois está apaixonado pelo garoto que veio aqui? (Edu)

- Kyungsoo! E nenhum, até que se prove o contrário!(B)

- Bem... A gente sente quando é o certo, eu não sei explicar meus filhotes... (Edu)

- Tudo bem, então não é ele, eu não sinto tanto assim... (B)

- Converse com a sua mãe Baekhyun, ela vai entender você melhor que eu. Saberia tratar melhor se fosse com o Xiumin. (Edu)

- Ela não entenderia... Mas tudo bem, é só coisa da minha cabeça. (B)

- Converse com ela! Vá agora antes de ela ir para o trabalho. (Edu)

- Está bem, até depois Xiumin! (B)

- Até Baekhyunny! (M)

-XX- (Casa do Baekhyun)

- Mãããããe!

- Que foi meu filho?

- Tem um tempinho?

- Tenho sim, o que houve?

- Vamos sentar, venha.

*sofá*

- Mãe...

- Hm?

- E se eu gosto de garotos?

- O Kyungsoo não é o ideal para você.

- Ah ok, obrigado.

- Era só isso?

- Sim.

- Melhora essa cara. Não dê todo esse seu bom coração à ele, logo ele machucará você.

- Mãe...

- Que?

- Você não se importaria?

- Meu amor por você supera isso meu filho.

- Mas você não gostaria né?

- Sinceramente... Não, mas eu não quero perder nossa proximidade e nem seu sorriso que é um raio de Sol, mesmo que isso significasse ter que aceitar você assim! Você é gay Baekhyun?

- Não! Não sei... Acho que não! Bem, não importa agora, outra hora falamos disso.

- Está bem, qualquer coisa, me manda mensagem, assim que eu puder eu respondo pra você.

- Tudo bem, eu vou pro quarto.

- Se eu não estiver e você precisar falar... Sabe... Sobre... Bem, fale com o Edu ou o Chin.

- Está bem *subindo as escadas*

-XX- (Quarto)

*mensagem*

[B: Yah! Pode vir pra cá agora? {18:02}]

[M: Chego ai em dez minutos. {18:03}]

*- TCHAU FILHO!

*- TCHAU MÃE, BOM TRABALHO!

*- OBRIGADA!

[B: Obrigado. {18:05}]

-XX-

- Entra ai!

- Qual a urgência.

- Você me dá um beijo?

- Eu não, tá doido menino?

- Não cara, só de parceria!

- Você só pode estar maluco! Baekhyun *tapinhas na bochecha* acorda pro mundo cara!

- Você é filho de dois homens e tem preconceito com isso?

- Não, mas eu não sou gay.

- Se você não me beijar eu vou beijar o Kyungsoo.

- E levar um soco também né? Aish... Não me obrigue...

- *biquinho*

- Baekhyunny...

- *biquinho*

- Yah! Vamos ligar música, você deve estar meio maluco mesmo.

- Aish... Tá então me dá um abraço.

- Você só pode estar brincando... *abraço*

- Mais forte. Tá, coloca sua mão mais na linha da minha cintura.

- Baekhyun! Que isso?

- Um teste.

- Tá olha só, eu realmente não estou muito afim de ser sua cobaia. Tá querendo se descobrir comigo rapaz?

- Tá... Coloca aquela música foda da CL!

- Beleza.

- Coloca alto!

- Tááá!

#Hello Bitches – CL

(estão gritando por causa da música alta)

- YAH! VOCÊ SABE DANÇAR ESSA?

- NÃO! E VOCÊ?

- NÃO! VAMOS SÓ PULAR E CANTAR!

*os dois (só cantam as partes que sabem):

“Diseuko pangpangpang

Hello bitches

Nanananananananananananana

Nanananananananananananana

Nanananananananananananana

Nanananananananananananana”

 

“My boys won’t hesitate to run up on your boys

Eongdeongi ppangppangppang

Namjadeureun time time time

Nae ipsul nyamnyamnyam

Eodilgadeun dangdangdang

Deungjangeun chachacha

Ttwijattwija bangbangbang

Diseuko pangpangpang

Hello bitches”

 

“Lights out killing it some more

Bad bithes get down on the floor

Lights out killing it some more

Bad bitches get down on the floor

Lights out killing it some more

Bad bitches get down on the floor

Lights out killing it some more

Bad bitches get down on the floor

Hana, dul, set bitcheeeeeees”

-XX-

- Ai socorro! Pula essa ai, é muito deprê...

- Baekhyun, acho que têm alguém batendo!

- Hmmmm safado!

- Na porta desgraça!

-XX-

- Ah, oi Kyungsoo, entra! (B)

- Uau… Vocês realmente gostam de música, qual é essa que está tocando agora? (K)

- Bermuda Triangle, do Zico, Dean e Crush. (M)

- Legal, gostei da batida. (K)

- Vamos para o quarto agora? (M)

- Vamos, mas tem que desligar a música... Se o pai descobre que estamos ouvindo nessa altura... (B)

- Tudo bem, desliguei. (M)

-XX- (Quarto)

*deitados na cama*

- Vocês acham que o terceiro ano vai ser difícil? (B)

- Geralmente o que torna a escola mais difícil é a vida que a gente tem fora dela. Por isso eu vou tão bem. (M)

- Exibido! O que você acha Kyungsoo?(B)

- Acho que nunca me deitei em um lugar tão confortável antes. (K)

- Ah... Você... Pode dormir se quiser, quer que a gente vá para a sala? (B)

- Não... Mas nós três vamos dormir aqui? (K)

- Eu e o Xiumin sempre dormimos juntos, você tem problema em dormir com a gente? (B)

- Não... Se vocês não se importam, não. (K)

- Eu que não fico no meio. (M)

- Eu fico no meio, os dois abobados não vão querer. (B)

- Você quer dor// (M)

- *sussurrando* ele está dormindo já. Vamos descer. (B)

-XX- (Sala)

- Esse cara... Seriamente... Como ele pôde dormir, são recém nove horas da noite!

- Meu pai vai chegar logo.

- Você não se importa?

- Nós temos as férias inteiras pra fazer farra, deixa o cara... Você ouviu ele, e ele me contou umas coisas também, vamos dar esse desconto à ele.

- Você está apaixo//

- SHHHHHHH

- Apaixonado por quem? (Dongwoo)

- Por ninguém, Xiumin tá bêbado! (B)

- Hm... Eu vou dormir meninos... (D)

- Está bem, sem barulho. (M)

- Cadê o garoto que estava com vocês? (D)

- Dormiu já. (B)

- Deveriam fazer isso também... (D)

- Já vamos tio. (M)

- Boa noite. (D)

- Boa noite (M/B)

-XX- (Quarto)

*cama*

- Boa noite Xiumin.

- Boa noite Baekhyunny.

Baekhyun rapidamente se vira para o lado de Kyungsoo e o encara enquanto dorme, dá um beijo em Kyungsoo e se vira de barriga pra cima. Kyungsoo põe o braço sobre o peito de Baekhyun.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...