História Atrás da mascara - Capítulo 68


Escrita por: ~

Exibições 111
Palavras 1.581
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


gente eu aforei escrever esse capítulo espero que vocês também gostem... boa leitura

Capítulo 68 - O cordão de rubis e safiras


Fanfic / Fanfiction Atrás da mascara - Capítulo 68 - O cordão de rubis e safiras

Depois de andar mais uma hora chegamos a uma clareira escondida no meio da floresta onde o acampamento de Robin estava montado. Assim que chegamos uma mulher loira que descascava batatas correu ate nos e abraçou Robin, ele olhou para mim meio sem graça enquanto afastava a mulher.

- fico muito feliz que vocês tenham voltado inteiros – ela disse olhando para luís e John e depois olhou para mim surpresa – quem e essa Hood...

- ela e... uma velha amiga que ficara com a gente – ele disse sorrindo – Lucy você poderia ajuda-la a se instalar.

A loira não pareceu gostar muito da noticia, Robin falou algo com John e ele entrou na floresta mais uma vez.

- Hood você vai fazer a visita na vila hoje –Lucy disse me ignorando – eu gostaria de ir...

- ah sim, você gostaria de ir comigo – ele disse olhando para mim, Lucy me fuzilou com o olhar.

- ah... e claro eu adoraria – disse insegura.

John voltou da floresta com dois cavalos selados. me entregou uma das rédeas e a outra para Robin, olhei aterrorizada para o cavalo gigante ao meu lado.

- há algum problema... – ele perguntou quando subiu no cavalo e eu dei um passo para longe dos cavalos – não me diga...

- ela não sabe cavalgar... – Lucy disse rindo – eu vou com você...

Ela disse puxando as rédeas das minhas mãos e subindo no cavalo. Robin me olhou com um pequeno sorriso antes de descer de seu cavalo.

- vamos você vai vir comigo... Afinal você fez quase tudo sozinha – ele me puxou pela mão para perto do cavalo e eu dei um passo para trás assim que olhei para o cavalo, ele chegou perto do meu ouvido e sussurrou – confie em mim...

Confie em mim... Mais uma vez lembrei de tantos momentos que passei com Adrien. Deixei que ele me levasse ate o cavalo, ele pegou minha mão e colocou no focinho do cavalo.

- eles são inofensivos... Dóceis como um coelho – ele disse em meu ouvido de trás de mim, acariciei o cavalo no inicio hesitante mais sorri quando percebi que não tinha mais medo – vem comigo, a vilã precisa conhecer você...

Ele me colocou no cavalo e subiu atrás de mim, assim que ele pegou as rédeas senti seus braços fortes ao meu redor. Galopamos ate sair da floresta e pude sentir seu cheiro de grama recém cortada e rosas na primavera. Chegamos a estrada principal e aumentamos a velocidade.

Assim que chegamos à pequena vila fomos recebidos por muitas pessoas que praticamente pulavam de alegria quando passávamos perto. Paramos perto de uma fonte no meio da vilã, Robin desceu e logo depois me ajudou a descer, quando coloquei meus pés no chão percebi que ele ainda não tinha soltado minha cintura e me olhava... senti meu coração apertar, então pingarei e ele pareceu voltar a realidade e soltou minha cintura se afastando um pouco.

Lucy desceu do outro cavalo e marchou ate nos me deu um empurrão e ficou do lado de Robin sorrindo para as pessoas que se acumulavam a nossa volta.

- Robin... – uma menininha com duas traças gritou saindo de dentro da multidão e pulando no colo dele.

- Julie minha bonequinha, como você esta – ela disse abraçando a pequena – eu trouxe um presente para você.

- jura... Oque e – ela disse animada.

- e uma surpresa... – ele disse entregando uma pequena caixinha rosa – hoje anoite quando a lua sair vá ate a janela e abra a caixinha.

Ela pegou a pequena caixa rosa com detalhes dourados e abraçou sorrindo enquanto corria pela multidão. Ele levantou e olhou para as pessoas a sua volta.

- meu amado povo venho aqui mais uma vez como tantas outras para fazer justiça... mais hoje eu tive o prazer de ver uma coisa que nunca achei que aconteceria – ele passou por Lucy e ficou ao meu lado – hoje encontrei um pessoa especial que a muitos venho procurando... essa pessoa foi a responsável pela nossa vitória hoje, mesmo que a conheço pouco eu sei que ela e a mulher mais teimosa... mais também a mais corajosa que conheço... quero apresentar para vocês Ladybug...

Ele me levantou minha mão e todos aplaudiram e gritaram como eu não via muito tempo, menos e claro a loira que me olhava com raiva e surpresa.

Depois disso começou uma grande festa bebidas foram servidas e muitos dançavam em um circulo iluminado ao lado da fonte onde eu estava sentada. Já estava a noite e mesmo tendo andado e lutado durante todo o dia eu não estava cansada.

- a noite esta linda não e, você quer... quer dançar comigo – Robin disse enquanto mexia no cabelo.

- eu adoraria... – disse com um sorriso mesmo sabendo que devia recusar.

Ele pegou minha mão e me acompanhou ate o pequeno circulo cheio de casais animados, começamos a dançar animados eu rodei que quando ele me puxou e eu fiquei em seus braços ele me olhou durante um tempo e depois encarou minha boca... eu estava distraída demais olhando seus olhos verdes para juntar forças e afasta-lo... mais antes que eu fizesse algo que me arrependeria Lucy pulou nas costas de Robin.

- agora e minha vez não e mesmo hoodzinho – me afastei deixando os dois para trás.

Andei ate a floreta e olhei para a lua brilhando acima de mim. Desliguei minha transformação e tikki apareceu, dei a ela um bolinho que peguei na mesa que estava no centro da vila ela devia estar com fome depois que eu passei quase todo o dia transformada.

- tikki precisamos voltar para casa, toda vez que eu olho para o Robin lembro do Adrien – disse enquanto me ajoelhava no chão – e agora estou confundindo oque sinto pelo Adrien e pelo Robin hood... eu não sei oque fazer tikki, toda vez que olho para ele meu coração se aperta mais e mais...

- Marinette você ama o Adrien, isso esta acontecendo por que você esta se esquecendo que esse e o Robin Hood e não o seu marido – ela disse mordendo o bolinho – você tem que se concentrar nas diferenças... lembre-se eles são as mesmas pessoas, você esta correndo o risco de se apaixonar pelos dois... e se isso acontecer vai ficar muito mais difícil para vocês dois na hora da gente voltar.  

Me encostei em uma arvore olhando para as estrelas enquanto pensava no tikki tinha acabado de me dizer. Escutei Robin chegando alguns minutos depois mais não desvie o olhar do céu noturno.

- parece que achou um esconderijo – ele disse rindo enquanto se sentava ao meu lado – peço desculpas pela Lucy ela chega a ser insuportável quando não consegue oque quer.

- porque você não usa seu miraculous... – perguntei ainda olhando para as estrelas – seria muito mais fácil derrotar o rei com seus poderes...

Ele pensou durante um tempo antes de suspirar e começar a falar.

- talvez esse seja o problema... Seria fácil demais – ele olhou para o céu – se eu fizesse isso oque me diferenciaria do rei...  Eu quero conquistar o reino e não toma-lo...  

- você e mesmo um herói muito corajoso... De onde eu venho isso e muito raro – disse finalmente olhando para ele – lá e muito diferente daqui, ate o povo aqui e mais honrado...

- você fala como se tivesse vindo de outro mundo – ele disse calmo enquanto sorria.

- não outro mundo mais quase isso... – disse baixinho.

Ele pegou algo em sua bolsa e me entregou, era uma caixinha de madeira vermelha.

- eu guardo isso durante muitos anos, esperando o dia que poderia finalmente devolve-lo a você – abri a caixinha e encontrei um cordão com varias pequenas de safiras e rubis formando o símbolo da Ladybug.

Olhei para ela surpresa quando ele encurtou a distancia entre nos e lentamente encostou sua boca na minha, ele encaixou sua mão na minha nuca me puxando para mais perto... Assim como Adrien fazia... Me afastei dele no mesmo instante que Adrien me veio a mente.

- eu não posso... – disse baixo enquanto apertava a pequena caixa para impedir que minhas mãos tremessem – eu preciso voltar...

- por que... Eu farei qualquer coisa para você ficar ao meu lado... – ele segurou minhas mãos olhando nos meus olhos – nos somos destinados um para o outro, nossos caminhos estão ligados para toda eternidade... fique comigo vamos conquistar o reino juntos...

- não... eu não sou a sua Ladybug... e você não e meu chat noir... ele esta em meu tempo se perguntando onde eu estou – uma lagrima desceu por minha bochecha – eu...

- como assim seu tempo... – ele disse se levantando e andando de um lado para o outro – como podem existir duas ladybug e dois chat noir...

- somos reencarnações e eu sou a ladybug do século XXI uma bruxa do tempo me trouxe para esse século... O meu chat noir esta lá me esperando... eu preciso de sua ajuda para voltar – ele me olhou com uma expressão meio supressa e meio triste – Robin se eu não tivesse o meu chat noir eu ficaria aqui sem nem mesmo pensar... mais eu tenho e ele esta me esperando.

Ele me observou antes de olhar para lua e sair em direção a vilã.

- Robin... – chamei hesitante.

- vou buscar o cavalo para voltarmos ao acampamento... o plagg esta lá e ajudaremos você a voltar para casa – ele disse andando pela floresta e não sei porque mais meu coração se apertou mais do todas as vezes.


Notas Finais


oque vocês acharam... quero todo mundo comentando suas opiniões em gente... bjss e ate em breve...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...