História Através dos Séculos - Capítulo 37


Escrita por: ~

Visualizações 118
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Lemon, Orange, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi!

Desculpem a demora para atualizar, mas as últimas semanas foram bem corridas lá na minha empresa e eu não tive tempo de entrar no site, vou atualizar todas as minhas histórias aos pouquinhos.

Capítulo 37 - Planos - Parte 2


Fanfic / Fanfiction Através dos Séculos - Capítulo 37 - Planos - Parte 2

- E então, vamos comer? – o loiro falou e o outro deu um passo para trás, fazendo um sinal negativo com a cabeça.

- Quem você acha que eu sou? Acha que pode me comprar com esse tipo de coisa? – o azulado falou irritado e os olhos azuis alheios arregalaram-se.

- Eu não... – foi interrompido sem que pudesse se defender.

- Você acha o que? Que porque eu sou pobre e preciso desse emprego vou aceitar qualquer coisa que fizer? Pois eu tenho uma novidade, eu não me vendo. – o garoto falou revoltado, saindo dali a passos duros, deixando o Uzumaki sozinho e paralisado, um único pensamento atravessando sua mente, afinal o que havia feito de errado?

 

_____     x    _____

 

- Mitsuki, o que houve? – foi parado pela amiga antes que pudesse atravessar os portões do clube e a mesma surpreendeu-se com o olhar em fúria do rapaz.

- Você sabia disso? Dessa palhaçada? – o azulado perguntou irritado, porém antes que a garota pudesse responder, um loiro surgiu, correndo em sua direção e só não o alcançou porque ele foi mais rápido, não dando oportunidade para que o outro o alcançasse.

- Gatinho arisco. Afinal, o que eu fiz de errado? – o loiro balbuciou desanimado após o perder mais uma vez de vista.

- Acho que começou da forma errada. Se quer impressioná-lo não use o seu dinheiro, seja mais simples, ele vai gostar mais. – ouviu a voz feminina e fitou na direção da garota, que lançou-lhe um sorriso, antes de sair, deixando-o sozinho, pensativo, será que ela tinha razão?

 

_____     x    _____

 

            Uma semana se passou e duas sessões já haviam sido realizadas com o Uchiha, que sentia-se estranhamente em paz a cada nova descoberta sobre sua vida anterior. Aos poucos Naruto começava a notar certas coisas no moreno que a ele antes eram imperceptíveis, como a forma que seu cabelo caía em seu rosto e como ele desviava delicadamente as mechas negras, a forma como as ônix alheias brilhavam feito duas estrelas em meio ao céu negro ou a forma que as bochechas coradas inflavam graciosamente quando o mesmo se aborrecia, pequenos detalhes que a cada dia o deixavam mais encantado e ligado ao pequeno Uchiha, o que deixava certa Hyuuga a cada dia mais irritada.

 

- Amanhã eu tenho outra sessão com o Yuu, você vai aparecer lá em casa? – o moreno perguntou, parando em frente à porta da casa do loiro, que sorriu, levando uma mão ao seu rosto, em um carinho.

- É claro, já disse, vou estar com você até o final. – o Uzumaki falou e o menor sorriu, fechando os olhos, sentindo o toque alheio em sua pele, sentindo a respiração do mais velho aproximar-se de seu rosto, fazendo seu coração bater mais rápido, já prevendo o beijo, que só não se concretizou pela entrada da mulher no local.

- Oh, desculpem-me, atrapalho? – Hanabi falou com um sorriso dissimulado que nenhum dos dois percebeu e o moreno se afastou corado do mais velho, negando com a cabeça.

- Não, tudo bem Hanabi-san, eu já estava de saída. – o Uchiha falou, levando uma mão à maçaneta, sendo interrompido pela voz feminina alheia.

- Pode me acompanhar amanhã Sasuke? – Hanabi perguntou e o moreno fitou-a confuso – Sabe como é, eu queria dar um passeio amanhã, mas não tenho companhia e talvez assim possamos nos conhecer melhor. – falou e o garoto sorriu assentindo – Ótimo, passo na sua casa logo após o almoço. – a mulher falou e o garoto concordou, sem perceber o sorriso sádico que adornou a face feminina.

 

_____     x    _____

 

            No dia seguinte o garoto se levantou cedo para arrumar-se para o passeio que daria com a Hyuuga, estava ansioso e curioso sobre o local o qual ela o levaria e desceu as escadas correndo quando a campainha tocou após o almoço, sorrindo ao encontrar as pérolas que eram os olhos femininos.

 

- Vamos? – a mulher falou e o garoto assentiu, fechando a porta sem notar o olhar desconfiado de seu irmão para com a outra, Itachi não sabia porquê, mas não havia gostado nada da figura daquela mulher.

 

_____     x    _____

 

- Sozinho Naruto? – o loiro sobressaltou-se ao ouvir a voz alheia, porém sorriu ao reconhecer o dono da mesma – Pensei que tivesse uma sessão hoje com o Sasuke, até pensei em ir com você, sabe, estou curioso.

- Ah sim, mas a sessão será mais tarde, Sasuke saiu com a Hanabi. – o loiro falou e notou o outro estreitar os olhos desconfiado – O que foi?

- Hanabi e Sasuke? Não acha estranho? Minha prima não é do tipo que sai por aí fazendo amizades. – o Hyuuga falou e o loiro fitou-o confuso.

- O que quer dizer com isso Neji? – o Uzumaki perguntou, não gostando da expressão adquirida pela face alheia.

- Eu não sei, só... um pressentimento ruim, acho que deveria procurá-lo. – respondeu e seu rosto tomou uma feição tão preocupada que acabou chamando a atenção do loiro, que sentiu seu coração apertar e nem pensou antes de sair correndo mansão a fora.

 

_____     x    _____

 

- Esse lugar é tão lindo, parece até um pedaço do paraíso, não acha? – o moreno falou encantado ao fitar a água cristalina do lago que havia estado a pouco tempo atrás com o Uzumaki e que lhe trouxe lembranças calorosas, que o fizeram corar ao sentir o sabor dos lábios alheios.

- É lindo. – a mulher concordou sem muito ânimo, sorrindo ao ver o garoto adentrar já descalço na água límpida do lago.

- Não vai vir Hanabi-san? – Sasuke perguntou, sentindo seu corpo relaxar na água morna.

- Eu... – foi interrompida pelo seu celular que começou a tocar e a mulher sorriu quase imperceptível ao reconhecer o número de seu cúmplice na tela – Desculpe, tenho que atender. – falou, afastando-se, deixando o garoto sozinho, que suspirou, mergulhando na água cristalina do lago, nem percebendo o perigo se aproximar na forma do homem mascarado às suas costas e que o agarrou, forçando sua cabeça para baixo d’água. Se debateu, tentando se soltar, conseguindo bater com o cotovelo na barriga do homem, que afrouxou o aperto, permitindo-o soltar-se. Nadou o mais rápido que pôde, porém o homem logo se recuperou e o alcançou, forçando novamente sua cabeça para baixo d’água. Tentou se soltar e lutar, arranhando o rosto do homem por cima da máscara, que irritou-se e aumentou a pressão, empurrando-o para baixo, já sentia seu fôlego sumindo aos poucos e seus pulmões arderem e sem mais forças parou de lutar, deixando-se levar pela exaustão e caindo na inconsciência. 


Notas Finais


Logo continua.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...