História Attack On Bangtan - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Humor, Universo Alternativo
Exibições 12
Palavras 1.993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lírica, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIE,primeiramente gostaria de me desculpar por demorar a atualizar. Comecei a escrever o capítulo no dia 10 e tive um bloqueio criativo monstruoso até o dia da postagem...ou seja,um block de QUATRO FUCKING DIAS. Desculpa mesmo,my bad :'D

Segundo, desejo agradecer por ver que o número de leitores está crescendo...lentamente,quase parando...mas tá crescendo e isso é ótimo <3 amo vocês.

Sem mais delongas...enjoy!


Ah pra quem não sabe, os ''n/a'' ~significava Nota da Autora/o,comentários ou observações do criador no decorrer da história.

Capítulo 7 - Blood,Sweat and Tears


Dia 10 de Outubro, dia 09 no Brasil, lançamos o MV de Blood Sweat and Tears exatamente á meia noite ( correspondente á meio dia nos países do outro hemisfério do globo terrestre). E está tudo muito lindo. Nos acomodamos todos juntos nos dois sofás disponíveis e fomos ver o tão esperado clipe do nosso comeback através da Smart Tv.

 

Tudo começa com os garotos entrando naquele estabelecimento que para mim lembra muito um museu,todos desempenhando seus papéis muito bem. Mas eu entraria mesmo na cena do sofá onde tudo está escuro, uma escuridão quase física cobria meu corpo deixando apenas uma silhueta ao lado de Suga. Na primeira parte da coreografia não estou presente,mas me encontro sentada na janela exibindo meu figurino maravilhoso de anjo (n/a: que seria a parte do Tae, no MV oficial) a dança continua, entretanto uma cena do Kookie no balanço aparece,e novamente lá estou na janela, contudo a coreografia volta em um flash. O vídeo segue normalmente ,mas após minhas aparições na janela me junto ao grupo dançando junto á eles; sendo que nesta coreografia eu não recebia nenhum passo especial com exceção de 2:09 até 2:15 onde eu estava na frente com o foco da câmera em mim (n/a: que seria o destaque do jeonkook) e novamente tudo normal até a cena do banquete...umas de minhas favoritas...onde todos estavam sentados e minha pessoa colocava um coração- de mentira embora muito realista- na mesa como um sinal de que ‘’hey para entrar no céu seu interior tem que estar assim,não obscuro como agora seus bando de pervertido’’. Na parte onde Namjoon fuma eu entro raivosa pela porta em forma de arco com cortinas vermelhas, gritando e chorando tinta branca que em apenas alguns segundos se tornava cinza escura. Minha próxima interação com os membros foi no momento onde Yoongi e Jimin estão ajoelhados, entro pela porta elegante bem no meio deles tirando-lhe os objetos de suas mãos e saindo rindo da sala fechando a porta e logo na sequência abrindo as asas na sacada e atirando-me da janela (no universo da Alice a amurada da sacada era bem baixa,qualquer um poderia saltar) ,voltando á participar efetivamente na hora que Jimin está vendado e preso,apareço do nada e corto a fita com uma grande tesoura dourada fazendo-o ficar quieto com a faixa indo ao chão. HAAAA FINALMENTE CHEGOU MINHA PARTE FAVORITA, onde metaforicamente Jin beija Taehyung e admito: fiquei com inveja e soltei um gritinho fazendo todos eles olharem para mim e rirem baixinho. Mas okay voltando á narrativa do vídeo: volto de novo em cena quando V está ajoelhado sem camisa mostrando suas asas feridas...nesta hora a perspectiva muda mostrando a gente de lado, ele sentado com pernas de índio e eu ajoelhada atrás dele tocando suas cicatrizes com a ponta dos dedos com tinta preta caindo de meus olhos,meu rosto contorcido em uma expressão de pura tristeza (no MV dessa realidade alternativa,o V não olha para a câmera e solta aquele sorrisinho) . E o clipe encerra quando meu Oppa mais velho está sentado de frente para um espelho,comigo sentada ao seu lado oferecendo-lhe uma flor com um sorrisinho cínico em minha face, ele olha para frente e encontra seu rosto levemente rachado.

 

- Como líder deste grupo gostaria de parabenizar a todos pela excelente performance, além de agradecer á Alice por colaborar e fazer sua parte muito bem -Ele sorri e coloca seu braço em meus ombros,provavelmente nunca ouvi palavras tão formais vindas de sua boca . E sim eu corei se vocês estão se perguntando.

 

- Que isso gente nem foi tanta coisa assim - Sorrio sem jeito, V concorda com a cabeça mas Jimin que estava ao seu lado dá uma cotovelada nada discreta em seu braço,e pela cara dele devia ter doído.

 

-Mas admita que leva jeito para a coisa,Ally. Mentir é feio. -Foi Hoseok quem falou,ultimamente estamos nos falando bastante e cara ele é muito legal.

 

-Tudo bem,admito que sou maravilhosa e que faço tudo certo -Mostro a língua após acabar com a fala.

 

-Se acha -Biscoitinho diz também mostrando a língua pra mim,conheço-o bem o suficiente para saber que não está falando sério.

 

-Vamos fazer o que agora? -Namjoon diz, todo mundo,eu inclusa,o olha de um jeito meio torto.

 

-Dormir ué,está tarde. -Jin responde como se fosse a coisa mais óbvia do mundo e...bem...era mesmo.

 

-Qual é gente, amanhã estamos de folga. E quem manda aqui sou eu então iremos ver um filme. -Namjoon termina, ele não parecia bravo nem nada muito pelo contrário,parecia achar graça.

 

-Vou dormir - Friamente Suga se pronuncia,subindo para ir ao seu quarto.

 

Disse a eles que adoraria assistir um filme com eles,todavia necessitava de um descanço bem merecido. Eles entenderam,concordaram e me desejaram boa noite, desejei-lhes a mesma coisa e fui para meu quarto...mas antes parando na frente do de Yoongi que escrevia alguma coisa em sua mesinha.

 

-Ah Alice, entra. Quero falar com você.

 

‘’Garota não desmaia,não desmaia,não desmaia...’’ repeti aquele mantra entrando e me sentando em sua cama.

 

-Sim?

 

-Terminou aquelas músicas? -Quando ele disse isso senti minha garganta secar…sim eu havia rabiscado uma continuação...mas tava um lixo.

 

- N-não -Ah merda gaguejei,agora continua - Por que? É algo importante?

 

-Não não,apenas gostaria de ver seu progresso. -Suspiro aliviada,soltando a respiração que não sabia que estava segurando e sentindo meus músculos relaxarem. -Digo,esbocei algumas partes mas está horrível…

-Então acabou? -Ele estava de frente para mim agora,seus cabelos,agora negros, deixava-o ainda mais alvo.

 

Suspiro novamente,deveria ter aprendido a não falar demais na presença de Min Yoongi. Ele sempre usa suas palavras contra ti. Daria um bom advogado.

 

-Pode-se dizer que sim.

 

-Quero vê-las -Sua voz estava carregada com uma paciência quase melancólica,ou seria,justamente,a falta de paciência?.

 

Saio de seu quarto me sentindo vulnerável,frágil,como se de repente minha carne pudesse se tornar frangalhos a qualquer instante. Busco aquelas folhinhas de papel em minha nova cabeceira até me lembrar de guardá-las na caixa de papelão em baixo da cama junto com coisas pessoais minhas.

 

Na caixa havia minha primeira blusa do BTS,de fundo galaxy...ainda lembro de tê-la feito em um sábado quente, em meu quarto apertado,as manchas azuis, roxas e brancas ainda estavam no piso de madeira de casa antes de minha partida; será que ainda estão lá?. Também tinha o chapéu que usei no show que mudou minha vida.Uma versão de bolso do livro O Conde de Monte Cristo. Meu primeiro dicionário de Coreano e meu primeiro brinquedo,um ursinho minúsculo e magro de pelúcia rosa com focinho roxo bem grande para algo tão pequeno e olhos pretos; seu novo é Edgar.

 

Com as duas folhas de papel em mãos, chuto suavemente a caixa tão preciosa e volto para o quarto de Suga. O mesmo estava na mesma posição em que o deixei,mas quase dormindo. Sentei em sua cama de novo.

 

- Aqui -Falei meio alto,fazendo seus olhinhos puxados se abrirem.

 

-Ah -Parecendo desnorteado e aprumando a posição,continua: -Claro,posso?.

 

Entrego-lhe as músicas,mordo meu lábio de puro nervoso,por que isso parece uma prova? Por que tenho medo de falhar embora nada esteja em risco? Embora isto não valha nada?.

 

-O que estava sentindo quando escreveu isso?

 

-Não me lembro…?

 

-Eu quero uma resposta. Não lembra ou não quer falar?.

 

Mas que droga Açúcar. Deixo minhas lembranças voltarem ao dia em que decidi continuar aquela missão...foi depois de um treino cansativo, muitas ideias estavam em minha mente e eu precisava me livrar daquilo.

- Fatigada,cansaço. -Tento imaginar aonde ele quer chegar,e o porque disso tudo. Mas nada me vem a cabeça. Ele está bravo? EU NÃO SEI! Nessas horas chego a odiar o rosto sem expressão de Min Yoongi.

 

-Foi para se aliviar? -Finalmente consegui definir seus sentimentos: curisoso,ele está curioso. Dá para notar pelo tom da fala e a leve inclinação de sua cabeça.

 

-Sim. Estava com muitas ideias na cabeça...eu só…escrevi e vi no que dava. -Estou encarando minha coxa direita agora,onde minhas mãos repousam suadas e inquietas. Não desejo olhá-lo ou a vontade de pedir desculpas virá,e odeio pedir desculpas! Ainda mais quando não sei exatamente o que fiz.

 

-Hmmm… - O açúcar mascavo solta um som semelhante ao de um professor que analisa o trabalho de um aluno. Como se pensasse no que dizer para não magoar a criança. -Entendo, mas sugiro que organize seus pensamentos antes de jogá-los no papel ou que escreva em outros momentos, até parece que isso foi uma perdição,algo que você não queria fazer de jeito nenhum. -Ele voltou a me encarar,desviando os olhos do retângulo de papel branco. Provavelmente percebendo minha expressão de cachorrinho arrependido ele conclui:

 

-Mas olha,está melhor que as músicas do Jimin. Sério. Deve ser difícil para você escrever em uma língua tão complicada como coreano,e ainda o fez cansada. É compreensível,apenas...digamos que está...bem...uh...desorganizado.

 

Dou uma risadinha sentindo o clima tenso se dissipar.

 

-Ok...então,eu não falhei?

 

-Falhar com o que? Escrever? Não não,para alguém que nunca tentou está aceitável. Inclusive você gosta de ler né? - Notei que ele querer mudar de assunto então apenas segui o rumo.

 

-Amo,literatura é minha paixão. -Voltei a olhá-lo e sorri. Quer que dizer que meus hábitos chamavam sua atenção? Engraçado que não lembro de ter comentado nada do tipo com ele ou com algum dos garotos...meu deus será que ele mexeu nas minhas coisas?. -Pera como você sabe?

 

Soltou um suspiro curto e progrediu: -Um dia desses passei pelo seu quarto e vi um livro aberto na sua cama. Nada demais.

 

-Okay então… -Fiz um biquinho com ao lábios pensando no que falar. -Mas o por que da pergunta?.

 

-Notei que tinha um vocabulário vasto e tinha uma leve noção do que estava fazendo, percebe-se que andou lendo e aprendendo coreano de modo...compulsivo. Você e o RapMon possuem várias coisas em comum.

 

Falhei em impedir um sorriso.

 

-Tipo o que? - Comecei a balançar minhas pernas de modo involuntário lentamente para frente e para trás,para frente e para trás. Bom sinal,quer dizer que estou relaxada.

 

-Fascinação pela leitura,amor pela cor preta, sabem falar inglês melhor que eu, para mim ambos são bem inteligentes e brincalhões. São legais. - Senti meu rosto corar com o final da frase. Dei de ombros como se já soubesse sendo igualmente uma tentativa de tirar esse calor e vergonha que emanam de me meu corpo.

 

-É...interessante. Mas não ache que isso irá me levar para o caminho do rap. -Digo brincando.

 

-Sei que essa não é sua praia,Ally...relaxa. Contudo quero uma mixtape sua em breve.

 

-Mixtape?! -Os garotos são aprova de balas,Suga, ms eu não! Até porque não sou garoto… não esperava esse assunto tão cedo. -Cantar também não é minha praia,Suga! Não sou boa pra esse tipo de coisa…

 

-Talvez não agora mas um dia pode até ser. Quero te ouvir cantar algum dia, e você terá partes no vocal sim! Achou que só iria dançar? Além do mais sua pronuncia inglesa é bem melhor que a da maioria dos membros, se assemelha bastante a original.

 

- E-eu… -Possuía treino individual de canto mas nunca passou pela minha cabeça que participaria efetivamente de alguma música se não fosse pela dança. Não sou uma guru em coreano e com toda a certeza do mundo tenho um sotaque extremamente forte. Meu inglês é bom sim mas...nossa. -Ok né, assim seja. -Suspiro. O bolinho de arroz glutinoso segura minha mão.

 

-Eu sei que consegue,Alice. -Ele por sua vez não sorria; entretanto sua voz que agora é um misto entre certeza e doçura enche-me de segurança. -Falando no Mon…

 

Olha lá a bomba,olha lá a menina Alice se ferrando…

 

- Estávamos pensando em te levar pra conhecer a cidade, estamos cientes do seu tempo de treinee aqui em Seul...ah sei lá...se não quiser tudo bem.

 

- Quero! Claro! -Minha voz transpareceu mais animação do que o necessário. -Não saia muito de casa mesmo,só conhecia os caminhos de sempre da minha antiga rotina.

 

-Perfeito,vou falar com o Namjoon. Pode ser depois de amanhã?

-Feito!

 

 

Continua...


Notas Finais


Pessoas foi isso,minha semana de provas começa nessa quinta-feira então possivelmente vocês irão ficar sem att durante um bom tempo...perdão.

Espero que tenham gostado! beijinhos :3 surpresas esperam nos próximos capítulos...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...