História Aula Prática - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Colegial, Escola, Jungkook, Romance
Exibições 675
Palavras 1.328
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ai meu cosmo! Tenho que parar com essa mente poluída!
Aproveitem a estória 🙃

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Aula Prática - Capítulo 1 - Capítulo Único


O garoto chegou empurrando-a contra o armário no meio do corredor da escola, apoiou as mãos no armário prendendo-a entre seus braços, abaixou a cabeça na altura em que seus lábios tocassem a orelha da garota.

-Que tal se divertir com o oppa agora?

Sua voz grossa soou incrivelmente sexy, ele se afastou olhando a garota nos olhos e erguendo uma sobrancelha abrindo um sorriso de lado de forma sedutora. A garota apenas revirou os olhos e o encarou com desdém respondendo:

-Nem vem Jungkook! É sempre assim: brigamos por alguma idiotice, você faz merda! Fica ressentido e depois me chama para uma hora de diversão eu te perdôo sem ao menos escutar um pedido de desculpas e tudo se repete!

-Mas eu tive um motivo para fazer aquilo, aquele idiota tocou em você, e você é minha. Ele não vai tirá-la assim de mim.

-Jungkook! Ele é meu amigo de infância, ia viajar hoje e veio se despedir! E você, seu idiota, o socou porque ele me abraçou! Chega de ciúmes idiota!

A garota o empurrou e lhe deu as costas indo em direção a saída, o garoto encostou-se no armário apoiando o pé no mesmo e retirando do bolso de trás do jeans uma rosa.

-Me perdoa?

A garota virou-se surpresa, Kook não era do tipo que pedia perdão. Ele inclinou a cabeça em direção ao chão com uma expressão de tristeza fingida, a garota deu meia volta indo  em direção ao rapaz, simplesmente o amava e não conseguia ficar com raiva dele por muito tempo.

-Considere-se perdoado. -respondeu a menina pegando a rosa e beijando-lhe a bochecha.

Porém Jungkook agarrou-lhe a cintura puxando-a para si e beijando-a de verdade, suas línguas faziam uma dança frenética em suas bocas, ela adorava o gosto de menta que o rapaz tinha, exploravam todos os recantos, a língua dele explorou a parte interna dos lábios desta e findou o beijo com uma mordida no lábio inferior da garota, fazendo-a soltar um gemido de protesto que ele ficou muito feliz em escutar.

-O sinal já tocou a um tempo, a escola provavelmente está vazia... está afim de uma aula extra? -disse o garoto erguendo a sobrancelha com a maior cara de pervertido.

-Com certeza. -respondeu a garota entrando no jogo do namorado abrindo um grande sorriso safado.

O garoto pegou-a pelo pulso e a levou até uma sala no segundo andar do colégio, seus passos rápidos faziam barulho no corredor vazio, eles sabiam que poderiam ser pegos a qualquer momento, mas isso só aumentava a excitação e não era como se aquela fosse a primeira vez que transavam na escola. Adentraram em uma sala vazia no fim do corredor, as carteiras estavam dispostas em fileiras organizadas e em frente ao quadro negro estava a grande mesa do professor, que naquela tarde serviria como cama.

Ao fechar a porta a garota puxou Jungkook pela gravata do uniforme até a mesa, ele agarrou-a pondo-a no colo e sentando-a em cima do móvel, se beijaram com paixão, um beijo luxuriante, cheio de mordiscadas deixando os lábios vermelhos e inchados. O garoto começou a descer beijos pelo pescoço da menina, até chegar em sua clavícula onde sugou deixando a marca vermelha de um chupão, a garota mordeu o lábio para abafar um gemido que ameaçou sair. Ela já estava completamente louca de excitação, precisava chegar no êxtase rápido, então retirou a mão do namorado de sua cintura e a encaminhou até sua intimidade por baixo da saia, o garoto soltou uma risada com a boca ainda colada em seu pescoço. Jungkook pressionou o clitóris da garota por cima da calcinha e ela soltou um gemido baixo segurando com força sua camisa, porém ele parou. Viu a cara de insatisfação de sua namorada, aproximou a boca do ouvido desta e disse:

-Se quiser mais, vai ter que pedir. -depois mordeu o lóbulo da orelha da garota e viu-a se arrepiar.

Ela segurou na gola da camisa dele, o puxando para perto, seus lábios estavam quase se tocando e ela disse com a voz manhosa:

-Eu quero mais, oppa. Por favor.

O garoto abriu um sorriso e afastou-a, em seguida retirou a gravata amarrando o acessório nos pulsos da garota mantendo as mãos dela presa.

-Deixa que o Oppa cuida de você.

Ao dizer essa frase, Kook a empurrou para que esta deitasse em cima da mesa, colocou-se entre as pernas dela e a puxou pela cintura para que ela sentisse seu membro já duro em meio a calça. O rapaz abriu os botões da camisa da garota um por um, distribuindo beijos pela parte exposta de seu peito, a garota usava um sutiã extremamente pequeno, e desceu beijos por sua cintura, deu uma mordida e a sentiu estremecer abaixo de si. Kook levantou a saia da garota expondo uma calcinha de renda, e tocou-lhe no ponto extremamente sensível, as preliminares mal começaram e ela já estava completamente molhada.

Jungkook começou a massagear a intimidade dela, adorava escutá-la gemer, principalmente quando era seu nome que escapava por entre os lábios da mesma, isso o excitava cada vez mais. Ela jogou os braços por cima da cabeça puxando os próprios cabelos como forma de controlar todo o prazer que sentia, suas mãos ainda estavam amarradas com a gravata do garoto.
O rapaz colocou a calcinha dela para o lado e introduziu um dedo dentro dela, a garota fechou os olhos e mordeu o lábio para abafar o grito que ameaçou sair; então ele introduziu um segundo dedo e dessa vez ela soltou um gemido que era quase um grito. O garoto gostava de vê-la assim, e começou um movimento de vai e vem, então ela começou a rebolar em sua mão gemendo cada vez mais alto, e logo ela gozou. O garoto levou os dedos aos lábios sentindo o gosto da namorada.
Aquela era sua hora, abaixou a calça junto da cueca e expôs seu grande membro que latejava, introduziu-o aos poucos na garota, a princípio ela se sentiu desconfortável com o enorme volume que a invadia, mas o desconforto deu lugar ao prazer quando ele se pôs completamente dentro dela, começou com movimentos lentos, mas quando a garota cruzou as pernas em torno de sua cintura como um pedido para aumentar a velocidade, ele foi com total intensidade, o móvel rangia alto com o movimento que eles faziam, Jungkook segurava a cintura da garota para mantê-la no lugar, depois de longos minutos, atingiram o ápice juntos. Kook jogou a cabeça para trás quando gozou dentro da namorada, esta gemeu loucamente.

O garoto saiu de dentro dela e a ajudou a sentar, ainda com as respirações ofegantes tentaram se acalmar, Kook a abraçou, a garota sentia a pele de sua barriga ainda exposta tocar o tecido da camisa do garoto. Porém escutaram passos altos que viam no corredor, assustada a garota pulou da mesa escondendo-se embaixo desta, Jungkook vestiu a calça, e se agachou indo para debaixo da mesa também, porém antes de conseguir esconder-se completamente a porta se abriu e uma voz forte foi ouvida:

-O que está fazendo aí garoto!? Eu ouvi rangidos e vim ver o que era.

-Eu... é... eu estava procurando minha carteira de estudante, deixei cair e estava dando uma olhada nas salas para ver se encontrava. -disse Jungkook levantando-se e colocando a mão na nuca para disfarçar a completa mentira. -Os rangidos devem ter sido porque estava arrastando algumas bancadas para olhar embaixo.

-Encontrou?

-Não. Me dá só mais 5 minutos, por favor. Meus pais me matam se eu perder mais essa. É a terceira no ano.

-Okay. Se em 5 minutos eu voltar e você ainda estiver aqui te levo para a diretoria.

O vigia da escola saiu fechando a porta e Jungkook suspirou aliviado, olhou para debaixo da mesa e viu a namorada abotoando a camisa, abriu um sorriso cafajeste e perguntou:

-Tá afim de ir para minha casa para uma lição extra?

Em resposta a garota sorriu.


Notas Finais


Caramba! Como eu queria que aparecesse um desse na minha escola 😔 mas, a vida é triste... Então só em sonho mesmo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...