História Aurora - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Aventura, Bts, Colegial, Drama, Ficção, Park Jimin, Romance
Visualizações 22
Palavras 784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me perdoem os erros! Boa leitura. (o゚▽゚)

Capítulo 1 - Programa


Fanfic / Fanfiction Aurora - Capítulo 1 - Programa

6 Agt - Desbloqueio tela de meu celular e olho por alguns segundos a sua data até que ouço o som do elevador e logo veja as portas se abrindo.

- Porque demorou tanto?

Ouço a voz do bom e velho J - Hope, sem ganhar nem um "Bom dia". J - Hope era o nosso "palhaço" no nosso grupo. Sempre estava lá nas madrugadas dos ensaios ou em dias atrasados para nós animar de qualquer mal, da tristeza ou apenas da preguiça.

Já havia feito alguns meses que havíamos saído do dormitório da empresa já que após nossa turnê havíamos ganhado um bom dinheiro para cormpramos uma casa, e eu não estava acostumado ainda com aquilo. Afinal, passávamos 24 horas por dia juntos. Sempre acordava atrasados depois de vir morar sozinho, não tinha mais o querido Jin e sua voz doce falando para levantar antes que me batesse, ou o TaeHyung pedindo para ensinar a ele a jogar GTA. Por mais desconfortável que minha mínima cama era percebi o quão importante era.

- Bom dia para você também J - Hope.

Faço uma cara sarcástica atrás de meus óculos escuros.

- Iremos para um programa hoje a tarde.

- Você não sabe nem o nome do programa ou horário?

Caminho ao seu lado tentando disfarçar minha cara de sono, oque não adiantou muito.

- Pergunte aos staffs! Mas antes, é melhor dar um jeito na sua cara de sono.

Da seu típico sorriso de orelha a orelha e corre até o Rap Monster que estava a vários passos a nossa frente.

Era tudo sempre exatamente assim, rotulado. Por mais que odiava isso de acordar sempre maquiado, estar sempre malhado e ainda assim saudável, com um sorriso no rosto mesmo depois de mal dormir porque passou maior parte da madrugada na droga de uma sala ensaiando oque mais me doía era ver os comentários maldosos, tanto comigo quanto com os meninos. Portanto, fazia o máximo para manter as coisas equilibradas em minha imagem. Ser famoso era tudo oque mais queria, mas vi o quão difícil era depois de conseguir. Faço tudo pelos fãs mas às vezes eles podem ser cruéis, e isso é fato. 

-

Já estávamos na van a caminho de um programa muito famoso, mas como não tinha sequer tempo para ver TV não conhecia. A caminho do programa pesquisei algumas coisas sobre o mesmo, para estar pronto para as perguntas sarcásticas que alguns apresentadores gostam de fazer apenas apenas aumentar sua audiência.

Estávamos fazendo alguns retoques em nossa maquiagem quando um staff nos chamou. Já estava tudo praticamente pronto, microfone em nossas roupas e um sorriso ótimo em nossos rostos. Eu poderia dizer que nesse dia minha animação não era das melhores, mas logo depois teria que dizer que estou apenas brincando.

- Animado Jimin?

- Tae, como consegue estar tão animado a essa hora?

- Hum.. - Faz uma cara de pensativo. - Não sei. Apenas fico!

O vejo voltar para o seu lugar e ouço alguém atrás as câmeras fazer algum tipo de contagem regressiva. A entrevista ocorreu bem até que veio os comercias. alguns staffs veio retocar minha maquiagem e me dar uma garrafinha de água. fiquei olhando os garotos conversarem até que algo que passa correndo me tira a atenção. Era uma garota, estava com roupa de colegial e parecia estar voltando da escola. Ela não era daqui, deu para perceber pelo seu tom de pele escuro, oque fez minha cabeça ir as nuvens pela sua imagem delicada. Ela parecia falar com o apresentador, estava de costas para mim oque fez com que não a visse muito bem. Ela fazia alguns sinais com a mão e não entendi muito bem o porque, já o apresentador que estava na sua frente e dava para o ver melhor pela local onde estava também fazia sinais, pareciam que estavam se comunicando. Novamente ouvi a contagem regressiva e meu olhar voltou para as câmeras mas meus pensamentos continuaram na garota.

Depois da entrevista ter acabado todos já estavam prontos para ir até que dei uma desculpa que precisava ir ao banheiro, enquanto só queria encontrar aquela garota novamente. Andava pelos corredores totalmente brancos e sem graça, até que vi a garota andando lentamente um pouco longe de mim.

- Oi! Você pode me ajudar com algo?

Não foi uma desculpa muito boa de início para puxar conversa com a garota mas não havia nada em mente e tinha que voltar para a van o mais rápido possível. Eu gritei várias vezes mas parecia que a garota estava me ignorando.

Mais afinal, oque diabos havia com ela?

Estava a poucos passos dela quando ouço a voz do Jin ecoar pelo longo corredor. 

- Jimin! Vamos! 

- Aish! 



Notas Finais


Esse capítulo foi mais um teste para ver se vão gostar da história ou não, portanto, é importante que comentem. Obrigado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...