História Austrália - Marichat. - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Personagens Originais
Tags Marichat, Plakki, Romance
Visualizações 83
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá,meus queridos leitores, espero que gostem do capítulo de hoje.
Obrigada pelos comentários.

Tenham uma boa leitura.

Capítulo 43 - O plano de Lila - parte II



__  Por que você estão brigando ?  -  o gerente olhando seriamente para   a morena ficou calada quando ele havia dito que não acreditava nas mentiras dela  e cruzando os dois braços .

__  Ah....  , bem ...  -  o ruivo começando a pensar em uma história para dar ao gerente de hotel que olhava seriamente em intervalos de tempo para ele  e depois para a Lila.

__ Antes que me responda,meu senhor   -   o gerente começando a aletrar  o ruivo antes que ele dê a sua resposta  -   Primeiro, eu não gosto de mentiras,brigas no hotel , aqui é lugar de respeito e não um ringue de luta  -   o gerente falando sobre a primeira regra dele em seu hotel.
__  Sim, é que eu estava procurando o amor da minha vida, aqui na Aústralia ,porque ela havia herdado  uma fazenda miserável de um parente dela que faleceu á algum tempo  e acabei descobrindo que ela está com um vaqueiro de quinta classe -  o ruivo começando a contar a sua versão da história.

__ Não chame, o meu Chat não é um vaqueiro de quinta classe, ele é muito mais homem do que você  ,  aquela tonta da Marinette te rejeitou -   a morena defendendo o vaqueiro do ruivo e xingando a azulada que havia rejeitado o amigo.

__  Ela não é tonta, é o amor da minha vida , cala a boca, sua morena infantil  -   o ruivo defendendo a azulada  e xingando a Lila de morena infantil.

__  O que eu disse á respeito de brigas ?  -  o gerente do hotel começando a corrigir na marra os dois.

__  Ah, que não tolera brigas  -   os dois parando de brigar e cruzando os braços com desgosto.

__   Olha só, os dois adultos agindo como duas crianças de maternal  -  o gerente dando uma severa bronca nos dois .

__ Quero que entendam, o hotel é um lugar de descanso, eu não aceito brigas vindas de qualquer hospéde nosso, caso, voltem a brigar, eu vou banir vocês para sempre do meu hotel -   o gerente começando a aletrar os dois e avisando que ia banir eles do hotel.

__  Sim ,senhor - os dois concordando com duas crianças de maternal acertando o aviso do gerente.

__ Bem, muito bem -  o gerente começando a acreditar nos dois  e olhando para os dois.

__ Maria Elisa  -   o gerente chamando pela recepcionista  que havia chamado ele para resolver a briga entre os dois.

__  Sim,senhor - a recepcionista atendendo o chamado do gerente e indo em sua direção para ver o que ele queria.

__  Primeiro , você fez um bom trabalho me chamando  -   o gerente parabenizando a recepcionista .

__  Por nada, senhor   -  a recepcionista aceitando os parabéns que o gerente havia dado para ela.

__ Bem, quero que dê para os nossos novos hospédes , um quarto de solteiro para cada um ,  depois pergunte quando tempo ele vão ficar aqui -   o gerente dando instruções para recepcionista .


__  Sim,senhor - a recepcionista aceitando o pedido do gerente e indo em direção ao balcão para pegar as chaves dos quartos disponíveis que tinha no hotel.

__   Obrigada,senhor -  Nathaneel e Lila agradeceram pelos quartos deles no hotel.

__  Por nada -  o gerente aceitando os agradecimentos dos hospédes sobre os quartos deles.

__ Não se esqueçam do que falei anterioramente para vocês -  o gerente do hotel revisando  sobre as regras do hotel.

__ Sim,senhor -  os dois aceitando o aviso do gerente  com um aceno de cabeça breve.


~ * * ~ 

~ *  Narradora Online -   Na igreja - No interior dela .

O casal e o padre finalmente chegaram no interior da igreja depois que subiram lances de escadas que tinha do lado de fora de fora da igreja.

Assim que entraram , Marinette ficou deslumbrada com a decoração interna da igreja .

O interior da igreja era realmente lindo de fato,  parecia que ela havia entrando em uma especie de máquina do tempo antiga.

 


A decoração da igreja tinha diversos vidrais de todos os momentos da Bíblia que iam desde do incio dos tempos até a morte de Cristo na Cruz , o vidral ficava bem no centro da igreja atrás do altar do padre , aonde ele realizava as suas missas.

 


A jovem adentrou ainda mais a igreja do vilarejo, ainda deslumbrada com a decoração da igreja.

 


 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...