História Autodestruição - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Drogas, Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 52
Palavras 2.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores, tudo bem?
eu sei que demorei bastante, me desculpem <3
Mas agora a fanfic voltou, e eu vou mante-la atualizada o mais rapido que eu conseguir.
Enfimm, mais um capitulo pra vcs.
Obs: Nele contem hentai, pra quem gosta kkkkk
Boa leitura!

Capítulo 2 - A linha do desejo e da dor


Fanfic / Fanfiction Autodestruição - Capítulo 2 - A linha do desejo e da dor

Capitulo 2 – A linha do desejo e da dor

Escrita por: Mavic

...

“Você está chapado o bastante sem a Mary Jane como eu?

Você se detona todo para entreter como eu?

As pessoas sussurram sobre você em trens como eu?

Dizendo que não deve desperdiçar seu rosto bonito como eu”

...

-Sakura – Ino chamou baixinho entrando no quarto da rosada – não fica assim, ele não te merece testuda.

-Ino, por favor – a voz da garota não passou de um murmuro, ela não queria ouvir mais uma vez as mesmas coisas, que suas amigas e seus familiares sempre falavam. “Ele não te merece”, “Você precisa de coisa melhor”, “ele não te ama o suficiente” entre várias outras com o mesmo sentido.

A loira suspirou cansada de tudo aquilo, fechou a porta deixando a amiga sozinha. Andou até a sala observando a catástrofe que estava aquele lugar. Várias fotos espalhadas pelo chão, dois vasos estraçalhados na parede, a mesa de centro virada e um amontoado de roupas masculinas no sofá. Sakura tinha simplesmente surtado.

-Misericórdia – ino virou olhando a diarista entrando no apartamento – o que que o senhor sasuke fez dessa vez?

A senhora perguntou enquanto desviava dos cactos de vidros.

Ino não respondeu, apenas pegou uma das revistas jogadas no chão aonde a capa era a foto de sasuke todo arrebentado sendo expulso de uma boate pelos seguranças, e Karin Uzumaki – uma modelo famosa – saindo logo atrás amparando sasuke, entrando no carro dele logo em seguida.

O nome da matéria era: SASUKE E KARIN? SEGUNDO INFORMAÇOES O CANTOR TERIA ENTRADO EM UMA BRIGA POR CAUSA DA MODELO. OS DOIS SÃO VISTOS SAINDO JUNTOS DEPOIS DE TODA CONFUSAO. SAKURA HARUNO A NOVA CHIFRUDA DO MOMENTO?

O telefone tocou enquanto a senhora lia a matéria.

-Marta, não atenda o telefone por nada, ok? – A loira disse – eu vou atrás da dona mikoto antes que o sasuke chegue dos EUA.

A senhora concordou já começando a arrumar aquela bagunça.

***

Sasuke dormia todo espalhado pela cama do hotel, no qual estava hospedado em Miami.

-ACORDA CARALHO – naruto gritou jogando um copo de agua na cara do amigo, o moreno nem se mexeu – sua mãe está no celular teme.

-Hmmm – o outro grunhiu empurrando as cobertas com o pe. Seu rosto todo doía.

Sasuke não teve tempo de raciocinar direito e teve o celular brutalmente jogado contra ele.

-Alo – a voz, mas grossa que o normal, com requisitos de uma ressaca daquelas.

-QUE PORRA VOCE APRONTOU AGORA MULEKE? – Dona mikoto gritou, não perdoando o atual estado de seu filho caçula.

-O que? – Ainda com raciocínio lento, sasuke se perguntava como tinha chegado ao hotel. A última coisa que se lembrava era de ter pedido uma garrafa de vodca para a área vip que estavam mais ou menos 15 pessoas.

-Você já viu as matérias com o seu nome? – Mikoto não escondia a decepção. Sasuke estava fazendo de novo – depois de tudo, você fez aquilo com sakura? Que tipo de idiota você e?

-Do que porra você está falando? – Totalmente confuso o moreno levantou sentindo o rosto ainda mais dolorido, pegando o notebook na mesinha do lado abriu na aba do google e digitou seu nome.

-Espero que você tenha uma boa explicação para isso – mikoto continuou – sakura não quer te ver nem pintado de ouro, de esse tempo a ela sasuke.

Sem esperar resposta a senhora uchiha desligou voltando a atenção para a matéria aberta no seu colo. Sasuke realmente tinha acabado com tudo. Suspirou se perguntando como seria as coisas daqui para frente, não conseguia ver seu filho sem a rosada. Sasuke ia ficar sem controle.

De volta ao hotel, sasuke lia e relia todas aquelas informações. Olhava as fotos na qual lá estava ele completamente fora de si. Não lembrava nem daquela mulher ruiva, tentou e tentou, mas nada vinha a sua mente.

Xingou alto jogando o notebook de qualquer jeito pela cama. Levantou da cama indo direto para o quarto ao lado do seu, aonde naruto e kakashi conversavam baixo um com o outro.

Vendo o cantor parado na porta kakashi suspirou, tinha sido culpa dele ter se negligenciado tanto com sasuke.

-Vamos para casa hoje – kakashi falou – você vai ficar por uns tempos com seu irmão, até toda essa merda ser resolvida. O naruto vai ficar aqui em Miami e resolver a situação com a tal modelo e com o cara envolvido na briga.

- Eu não vou para o itachi – sasuke disse raivoso – eu vou para a minha casa, falar com a minha mulher.

-Sasuke – naruto começou baixo.

-Cala a boca – o moreno falou, indo em direção ao seu quarto e arrumando suas malas.

 

***

Sakura ouviu a tranca da porta do apartamento girar.

Olhou diretamente pra lá, só uma pessoa tinha a chave.

Segundos depois a porta abriu revelando o moreno com duas mochilas, uma de cada lado. A toca na cabeça na cor cinza e uma blusa branca com detalhes em preto. A calça jeans e as adidas inseparáveis no pe. A rosada levantou de imediato, a saudade teimando em aparecer, seus dedos formigavam para poder passar por aquele rosto. Ela sabia que ainda estava magoada e com raiva dele, mais era inevitável não se sentir tentada a perguntar como ele estava, se estava bem, se sentia saudades de casa, dela. 

Sasuke levantou os olhos vendo sua mulher ali, fechou a porta jogando as mochilas no chão. Os olhos verdes preferidos dele tão atentos a cada movimento seu, o cabelo rosa em um coque bagunçado, o pequeno short e uma blusinha. Aquela imagem sim deveria ser emoldurada, só para ele poder apreciar a qualquer hora do dia.

 

Sasuke avançou sobre ela, a prensando na parede da sala. Colou seus lábios nos dela e passou a mão pelo longo cabelo rosa desfazendo o coque que antes ali estava. Sakura suspirou esquecendo de toda aquela raiva até pouco tempo atrás, abraçando seu moreno pelos ombros e passando suas unhas pela nuca do mesmo.

-Sasuke – sakura chamou baixinho sentindo os beijos de sasuke no seu pescoço, ele suspirou puxando com os dentes seu lábio inferior. Não podia deixar as coisas irem rápido assim, eles tinham tantas coisas para conversar – sasuke, a gente precisa conversar.

-Agora não amor – fez manha passando as mãos pela bunda da rosada dando um aperto, a mesma suspirou apertando ainda mais seus ombros. As mãos ágeis do moreno foram de encontro ao short que ela usava o tirando.

Seus dedos empurraram a calcinha para o lado entrando em contato com a intimidade encharcada da rosada que estremeceu soltando um gemido sôfrego.

-Porra – vociferou metendo dois dedos de uma vez na mulher a fodendo forte e rápido – como eu senti saudades – sasuke chupou o lábio inferior da mesma absorvendo os pequenos gemidos que ela soltava. Não intendia como tinha conseguido ficar longe dela esses dias todos.

Levou os dedos até a boca chupando com vontade, viu os lindos olhos verdes estremecerem de luxuria. Sem dar tempo da rosada se recuperar, sasuke retirou a blusa do pequeno corpo curvilíneo e abriu o sutiã apertando com vontade os seios medianos.

Com as mãos tremulas sakura abriu a calça do moreno apertando seu membro por cima da cueca. Suspirou fundo sentindo as pequenas mãos acariciarem seu pau, sem poder mais aguentar puxou sakura pela cintura sentindo as roliças pernas da mesma enlaçarem sua cintura. Suas intimidades se chocarão fazendo ambos gemerem necessitados.

-Eu preciso de você agora – o moreno falou arfando no ouvido da mulher, puxou com uma mão os cabelos da nuca dela expondo o pescoço branco para seu deleite. Chupou logo assoprando fazendo a pequena tremer em seus braços.

Terminou de tirar suas roupas, puxando a calcinha da rosada para fora de seu corpo.

- E-eu q-quero – sakura murmurou empurrando o ombro do moreno, olhou seus olhos ônix completamente em êxtase – eu quero sentar em você amooor – terminou com um pequeno gemido de puro desejo.

Sasuke respirou pela boca, grunhiu em resposta apertando com mais força a bunda branca, que a essas horas já estaria completamente marcada com seus dedos.

- Caralho – xingou, aquela mulher queria mata-lo. Seu pau latejou de expectativa.

Ainda com sakura em seus braços foi em direção ao sofá se sentando com ela a tira colo. Tirou os cabelos rosas que grudavam nos seios e pescoço, abrindo espaço para plantar pequenos e longos beijos por toda aquela área.

Sakura estava tão molhada que sentia sua excitação pingar nas coxas do moreno. Apertou as pernas em volta do mesmo tentando aplacar toda aquela vontade insana de tê-lo logo dento de si.

-Não faça isso – sasuke falou raivoso abrindo novamente as pernas da mulher, observou a pele rosada de sua vagina completamente ensopada e pronta para ele. Só por ele

Tirou sua cueca apertando as grandes mãos na cintura fina da rosada que rebolou no seu colo, melando todo seu pau. Sem esperar mas sakura se firmou nos grandes ombros do moreno posicionando seu membro na entrada já lubrificada dela. Sentou aos poucos sentindo ele abrindo e ganhando espaço no seu interior.

Suas mãos suavam, seu corpo inteiro tremeu de êxtase. Como era bom estar dentro daquela buceta apertada e quente. Mal esperou ela acostumar com seu tamanho e arrematou duas longas investidas apertando sua bunda com força.

Sakura revirou os olhos rebolando. Puxou com força os cabelos cor ébano, passando o nariz pelo pescoço e maxilar do moreno, sentindo o cheiro delicioso que ele emanava. Gemeu manhosa quando sasuke remexeu em um ponto extremamente sensível dentro dela.

-Bem aqui hmmm – sasuke sussurrou metendo devagarinho no mesmo lugar, sakura dessa vez soltou um grito mordendo com força o ombro do moreno.

- Vai de novo – mandou a rosada levantando a cabeça segurando o rosto másculo entre as pequenas mãos, olhando fundo nos olhos escuros. Sasuke se concentrou naqueles olhos, enquanto segurava com força a cintura da rosada, metendo no mesmo lugar.

Os lindos olhos verdes se reviravam, com tamanha sensação. Semicerrou os olhos jogando a cabeça para trás.

-Olha para mim amor – sasuke sussurrou, sentindo gotículas de suor descerem por seu pescoço. Beliscou com uma mão o bico dos seios, que imploravam por atenção e com a outra segurou fortemente a cintura da mulher.

Sakura olhou novamente para o homem a sua frente e tomou as rédeas da situação. Subindo e descendo. Os barulhos que seus sexos faziam quando se chocavam a deixava cada vez mais molhada e receptiva. Rebolou os quadris sentindo a sensação já bastante conhecida chegando.

-Por favor – sussurrou totalmente entregue, seu orgasmo cada vez mais perto – aah sasuke

- Vem pra mim – ofegante sasuke desceu uma de suas mãos esfregando delicadamente o clitóris da rosada que já pulsava de expectativa – deixa vim

E ele veio, potente e devastador. Seu corpo tremia enquanto sentia seus pensamentos nublarem. Sasuke soltou um sorrisinho malicioso quando sakura rebolou ainda mais forte o quadril, prolongando a sensação que passava por cada parte de seu corpo. Gatinha manhosa.

Sasuke veio logo depois, se derramando todo dentro dela.

Os dois ofegantes respiravam com força, tentando normalizar a respiração.

O uchiha, se levantou com uma sakura mole nos braços e foi em direção ao quarto do dois, aonde colocou ela delicadamente sobre os lençóis deitando ao seu lado. A puxou pela cintura beijando seus cabelos rosas.

-Eu te amo – sussurrou ele acariciando todo o corpo da mulher.

-Eu também – respondeu a rosada meio grogue de sono.

***

Sakura foi a primeira a acordar, sentindo as mãos possessivas de sasuke em si. Suspirou sentido as lagrimas virem sem restrições.

Não conseguia deixar de se sentir culpada. Sempre era a mesma coisa, ele fazia qualquer merda é era só beija-la e tudo ficava bem. Sempre foi assim, desde o início. E isso destruía sakura que não conseguia sufocar todo aquele amor, todo aquele desejo.

Não conseguia mais segurar os soluços que vieram com força, tentava a todo custo tampar a boca para não acordar sasuke, porém não conseguia mais. Não queria mais. Como doía aquilo, não tinha dor pior. Seu coração já remendado se quebrava mais uma vez.

Ela só queria paz, não queria ter que ficar se preocupando com sasuke. Ele estava com o rosto cheio de cortes, e ela cega como era não conseguiu reparar. Não conseguiu raciocinar, depois que sasuke a beijou todo o resto não passou de detalhes.

Ele tinha brigado por causa de uma modelo, seu sasuke brigando e indo embora com uma modelo. Como aquilo tinha sido deixado de lado? Como era burra. Todas aquelas sensações que experimentou com ele a algumas horas atrás, outra tinha sentido também. Outra tinha sentido aquelas mãos possessivas em si.

Chorou mais ainda, se levantou sem se importar com sasuke.

Correu para o banheiro se trancando.

Sasuke acordou assustado vendo sakura chorar e soluçar sobre seu abraço. Quando o mesmo ia perguntar o que estava acontecendo a rosada correu para o banheiro se trancando. Seu coração se apertou correndo atrás dela e batendo na porta com força.

-SAKURA – gritou socando a porta - amor o que aconteceu? Eu te machuquei? – Seu coração doeu só de imaginar que tinha machucado sakura, ele estava tão sedento por ela que se deixou levar.

- Sai daqui – a voz chorosa da rosada não passou de um sussurro, mas que sasuke ouviu – eu não quero mais te ver.

-Sakura, vamos conversar

-NÃO – gritou a mulher de dentro do banheiro – eu não tenho nada para conversar com você.

Sasuke socou a porta uma última vez, indo em direção a cozinha. Dentro de uma das gavetas tinha uma chave reserva de todas as portas do apartamento. Achou o molhou de chaves e procurou pela do banheiro da suíte.

Voltou pro quarto já com a chave certa em mãos.

Abriu a porta encontrando sakura sentada no vaso com as duas mãos tampando o rosto. O moreno chegou perto da mesma agachando na sua frente. Pegou nas duas pequenas mãos com as dele e olhou fundo nos olhos verdes que estavam banhados por lagrimas.

-Eu não aguento mais sasuke – a rosada disse segurando o choro – por favor, eu não aguento mais.

Sem pensar, o moreno aconchegou sakura em seus braços a segurando forte com medo de perde-la. Ouviu todos os sussurros sofridos da rosada, cada um perfurando seu coração.

- Me desculpe – ele sussurrou fazendo a mulher chorar ainda mais.


Notas Finais


Entao???? pedras ou flores?
Eu realmente quero focar em como o relacionamento deles funciona, quero mostrar para vcs o ponto de vista que eu espero passar desde quando começei a escrever essa historia. A Sakura nao e essa tola totalmente, porem 3 anos de relacionamento mudam as pessoas.
E nao se esqueçam que o sasuke e um drogado, entao nem tudo sera flores.
bom, espero que tenham gostado.
Mereço comentarios? beijos e ate o proximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...