História Automatic. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Gaaino, Naruhina, Sasusaku
Exibições 214
Palavras 1.563
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem pela demora para atualizar, eu estava com um bloqueio criativo.
Perdão.

Capítulo 10 - Luto.


Capitulo Dez – Luto

 

Hoje o sol não brilhou, os pássaros não cantaram, os risos se calaram e as lágrimas rolaram em meu rosto. Meu coração sofre em silêncio.

 

Pov Sakura

Colocava uma flor em seu caixão, não tinha muitas pessoas ali, só alguns parentes e os amigos. Karin não era popular, eu achei que daria tudo certo, eu achei que ela ia a clinica, tinha suas sessões com a psiquiatra e a psicóloga. Eu achei errado, não tinha visto o grau que a depressão dela estava.

Karin era sempre fechada, achei que fazia parte do jeito dela. Eu estava enganada.

Sasuke me dava apoio a toda hora, me confortava, me jurava que tudo ficaria bem. Ino chorava muito, e ainda tentava confortar Naruto. Ele estava se sentindo culpado, desde que a vimos ele não quis mais falar comigo e nem trocar contato visual. Eu teria que me desculpar com ele, afinal, eu que tinha feito ele se sentir culpado quando na verdade, ele só queria se afastar porque sabia o final disso.

Após o enterro de Karin, após todos saírem, após aquilo se acabar, ficamos eu, Ino, Sasuke e Naruto. Estávamos em roda, sentados, todos quietos.

-Eu... –Ino começa porem logo desiste. –Desculpe. –se levanta saindo.

Me levanto a olhando. Chego em frente a Naruto sob o olhar de Sasuke.

-Me desculpe. –abraço Naruto e dou um beijo no topo de sua cabeça, saindo, indo atrás de Ino. -Me espere, Ino. –ela para no mesmo instante se virando.

Eu a abraço.

-A Karin tinha que ir né? –ela falava chorando. –Ela não estava feliz aqui. –me apertava mais.

-Suicidas são anjos que querem voltar pra casa. –falo. –A nossa ruiva esta olhando por nós. Tenho certeza que de onde ela estiver ela vai cuidar da gente.

 

Dias depois

 

-ENTÃO TEMOS MENOS UMA ABERRAÇÃO NO GRUPINHO DOS POBRETÕES. –Tenten gritava, nem todos da sala riam, sabiam o grau daquilo que TenTen achava graça. TenTen era uma idiota.

-NÃO CHAME ELA DE ABERRAÇÃO, SUA PUTA. –Naruto se levanta indo até ela, me levanto indo atrás dele. Ino olhava nervosa para TenTen.

-ESTÁ ME AGREDINDO VERBALMENTE, SEU POBRE. VOU TE DENUNCIAR. –TenTen se fazia de vitima.

-QUERIDA. –Hinata falava rindo ironicamente, puxando toda a atenção da sala para ela mesma. –ELE SÓ ESTÁ FALANDO A VERDADE. –sorria debochada e na mesma hora o celular de todos apitam ao mesmo tempo, indicando uma nova mensagem, todos olham e a bagunça começa, uns rindo, outros chocados e vários murmurinhos.

Olho o celular de Sasuke, não trazia o meu, ele era muito simples, no celular mostrava ser um vídeo onde mostrava TenTen com o famoso Neji Hyuuga e Rock Lee, ela estava chupando Rock Lee e Neji estava a penetrando.

-PUTA! –Todos começavam a rir do vídeo dela, a xingavam e agora a escola toda conhecia a verdadeira TenTen. Ou aquela TenTen do vídeo.

-Como...? –ela chorava, era a primeira vez que a imbatível TenTen chorava, nem Temari queria ficar por perto dela.

-ABERRAÇÃO. –grita Ino dando risada.

Eu não posso dizer que não achei bem feito, eu adorei, quem sabe assim TenTen parava de nos humilhar, estava farta com ela, ela não tinha vida própria sempre ficava cuidando da vida dos outros, humilhando todos. Bem feito! Quem sabe com esse vídeo ela começava a se cuidar mais, afinal, agora o vídeo já era viral pela escola, e logo seria pela cidade e quem sabe pelo mundo.

-Vamos pra minha casa? –Sasuke me “acordava” de meus pensamentos.

-Vamos. –sorrio o abraçando e trocando um beijo casto com ele.

Desde que Karin morreu ele não desgrudava de mim, éramos como unha e carne. E a cada dia eu ficava mais apaixonada por ele, eu amava muito ele, ele era tão bom pra mim, um companheiro, e as vezes eu me sentia no mundo dos sonhos, era ainda inacreditável pra mim, que eu finalmente tinha conseguido! Conseguido aproxima-lo de mim (E as vezes não era assim, talvez ele que tenha se aproximado por escolha própria.), ter sua atenção e seu amor.

 

Casa dos Uchiha.

 

Estávamos deitados na cama de Sasuke, trocando vários beijos. Arranho levemente a nuca dele, o deixando todo arrepiado.

-Sakura. –ele gemia baixinho. –Para, se não, não vou conseguir me segurar. –me olhava com os olhos semicerrados dando um ar mais sexy para ele.

-Eu quero. –o olho seriamente, eu me sentia pronta para avançar mais uma etapa no nosso relacionamento.

-Você tem certeza disso? –ele mordia os lábios sensualmente.

Reviro os olhos e o empurro ficando por cima dele, e logo pressionando meus lábios contra os dele. Sasuke segurava minha cintura fortemente e logo eu sentia algo duro se esfregando em minha intimidade, ainda por cima das roupas. Eu era muito inexperiente nisso, parecia que Sasuke sabia mais do assunto. Ele percebendo isso, me vira ficando por cima novamente. Coloca suas mãos por dentro de minha blusa apertando meus seios ainda por cima do sutiã. Continuava a me beijar com as mãos em meus seios aquilo era tão excitante.

-Linda. –ele arrasta seus lábios no meu pescoço e o lambe, me deixando toda arrepiada. -Gostosa. –agora morde meu pescoço desce suas mãos em meu traseiro os apertando.

-Sasuke. –gemia o olhando.

Ele logo tira minha blusa, revelando o sutiã azul. Abre um sorriso de canto me olhando, fico um pouco constrangida, mas eu confiava nele. E claro, que quando a gente casasse, ele me veria nua todos os dias. E claro, eu pensava no futuro e eu tinha tudo ao meu favor para tê-lo para sempre.

Sasuke tira meu sutiã revelando meus seios médios. Ele logo encosta sua boca quente no meu bico rosado, me dando um pequeno choque, fazendo com que eu arqueie minhas costas. Logo ele começa a lamber, mordiscar, chupar, fazendo isso e sempre mantendo contato visual comigo.

-Você tá gostando, amor? –o tira da boca me olhando preocupado.

Concordo, acenando positivamente e ele logo continuava seu trabalho me dando prazer. Ele rela no cós da minha calça, a abaixando, logo para tirando meus sapatos, e tirando o resto da calça, me deixando apenas de calcinha. O olhava mordendo meus lábios, um pouco constrangida, mas eu estava ciente que tudo daria certo. Ele sorri tirando a camiseta e revelando seu abdômen definido, em pensar que terei aquilo todos os dias. Abaixa a calça, e tira os sapatos, sua box era preta e sua pele era branca, ele era tão lindo.

-O que foi? –ele sorria.

-Você é tão... –eu não conseguia tirar os olhos daquele corpo dele.

-Tão...? –ele me olhava com malicia.

-Perfeito. –mordo meus lábios, sentando na cama dele, ele sorri passando as pontas dos dedos em meu rosto.

-Você é MINHA! –se aproxima me dando um selinho carinhoso.

-Me faça sua, Sasuke. –o peço e ele logo me empurra levemente na cama, tira minha calcinha revelando minha intimidade, coro violentamente, me beija e logo se aproxima da minha intimidade.

-Apenas relaxe, amor. –pedia. –Você confia em mim, certo? –distribui vários beijinhos em minha virilha.

-Sim. –falo e após eu falar isso, encosta sua boca em minha intimidade, me assustando.

Logo fecho os olhos sentindo algo molhado e quente em minha intimidade, me dando uma nova sensação. Sasuke brincava comigo, me chupando. Ele não parava, me deixava louca e quando eu fui perceber eu tinha gemido altamente, e sentia um liquido branco e viscoso descer pela minha intimidade, Sasuke o sugava.

-Deliciosa. –ele sorria e logo me beijava fazendo eu sentir o gosto, que não tinha gosto nenhum, na minha opinião. –Agora eu preciso de você, certo amor? –puxava meus lábios com os dentes, me penetrando um dedo. –Oh, tão apertada. -Logo ele colocava mais um dedo, tirando e colocando, me beijando.

Estava ofegante, e o olhando. Ele para com os movimentos recebendo um olhar descontente meu, Sasuke sorria e abaixa a box, deixando o grande membro dele livre, fico um pouco assustada, Sasuke se aproxima me beijando, sinto a ponta do membro dele forçando em minha entrada e logo ele o colocava lentamente, fecho os olhos quando sinto meu hímen ser rompido por ele. Aquilo doía muito, parecia que eu estava sendo partida ao meio.

Sasuke fica parado me beijando, e após vários minutos me remexo indicando a ele que ele poderia se movimentar, ele começava lentamente e com a medida do tempo ele se movimentava mais rápido, eu sentia muita dor, mas queria satisfazê-lo. O que parecia estar acontecendo, Sasuke gemia em meu ouvido me arrepiando toda e após mais um tempo eu sentia um pouco de prazer, prazer e dor juntos, o prazer vence e começo a gemer. Aquilo estava bom, apesar de ainda sentir uma pequena dor, estava ardendo um pouco. As estocadas eram fortes, e o prazer só aumentava mais e mais. Sentindo aquilo novamente minha intimidade se contrai o apertando e se libertando, Sasuke tira seu membro pra fora gozando na coberta. Estávamos ofegantes.

-Isso foi maravilhoso. –Sasuke se deitava do meu lado sorridente falando, me puxando para o peito dele.

-Isso dá sono? –pergunto fazendo-o dar risada, afinal eu estava com um pouco de sono.

-Dá sim, amor. –me apertava. –Sakura. –me chama depois de um tempo.

-Sim?–pergunto o olhando curiosa.

-Eu te amo. –via sinceridade em seu olhar, sinto meus olhos se arregalarem e lacrimejarem.

Sorrio chorosa pra ele, aquela era a primeira vez que Sasuke falava um “Eu te Amo” pra mim.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capitulo.
Prometo não demorar para postar o próximo.
Obrigado pelo carinho.

Recentemente reativei meu facebook, quem quiser pode me adicionar, aceito todos <3
https://www.facebook.com/beatriz.scaratto


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...