História Automutilação - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Autoajuda, Conselhos
Exibições 11
Palavras 345
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia
Avisos: Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Preciso da ajuda de vocês, se gostarem comentem. Comentem o que vocês querem que eu fale, comentem a história de vocês (se tiverem), prometo servir de exemplo

Capítulo 1 - O pequeno resumo


As marcas que eu trago na minha pele é de um passado sombrio e aterrorizante. É de um tempo que eu achava que a solução era me ferir. E não é. Nunca é. Eu passei muito tempo nesse "erro", e a amiguinha me ajudava muito, quer dizer, eu achava que ela era minha amiga. Cada gota de sangue e cada gota de lágrima é um alívio para mim... Sem ser!!! Era como minha saída, era o único meio que eu tinha para me aliviar e aliviava, acredite, aliviava. Era uma das sensações mais horríveis, olhar para o braço cheio de marcas, tentar de uma certa forma parar e não conseguir. Foi difícil, e é difícil, é quase um caminho sem volta... Um vício! Eu nunca mostrei à ninguém, mas algumas pessoas saibam, isso não é e nunca será para "se mostrar", não é falta de vergonha, ou falta do que fazer, é uma doença e é muito sério, tem que ser tratado, ter que ser cuidado! Eu estou falando da automutilação, um problema sério que atinge milhões de jovens pelo mundo. É algo grave, gravíssimo!!! Hoje eu trago várias cicatrizes do meu tempo triste, faz apenas dois anos que eu superei, e foi difícil, e no começo, olhar pra "amiguinha" e não querer mais a "ajuda" dela era quase impossível, mas eu consegui. E hoje, para mim, elas são marcas de superação. Confesso que quando toco no assunto eu fico meio abalado e vem um filme na cabeça, às vezes até choro, mas é só olhar pra mim agora e ver que consegui superar esse problema. Eu não sei onde esse texto vai parar, tampouco quem vai ler, mas se servir de exemplo e ajudar ao menos uma pessoa, eu vou estar feliz. Não se sinta mal, não se sinta um lixo, um idiota. Lembre-se que sempre há alguém que te ama, e se não houver, ame à você mesmo, é um dos melhores amores. E nunca, nunca desista! Persista!!! E à você que julga, pare, você pode acabar se tornando a ferida de alguém!!!


Notas Finais


Se gostarem comentem !!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...