História Avatar: A lenda de Tain - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avatar: A Lenda de Aang, Avatar: A Lenda de Korra
Tags Aang, Avatar, Elementos, Korra
Visualizações 5
Palavras 1.315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Shounen
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo adiantado, próximo capítulo não deve demorar para sair, mas está sem previsões...

Capítulo 2 - Livro 1: Água, Capítulo 2: Vamos a tribo da água


Fanfic / Fanfiction Avatar: A lenda de Tain - Capítulo 2 - Livro 1: Água, Capítulo 2: Vamos a tribo da água

Dois dias se passaram desde que descobri que era o avatar, eles fizeram uma surpresa para mim, confesso que havia sido engraçada a minha reação. Eu realmente não entendi porque eu tinha dificuldades para aprender a dobra do ar mesmo sendo o avatar, isso me desanima pois foi difícil, mas imagina os outros elementos então...

Os monges já tinham tudo planejado, eu tinha que partir para aprender os elementos, primeiro, água, depois terra e enfim fogo, esse ciclo nunca pode ser quebrado. Enquanto eu pensava muito sobre essas coisas de avatar, minha irmã apareceu no meu quarto.

Anatae: Vamos partir amanhã de manhã, não durma tarde hoje.

Tain: Tá bom, mestra.

Respondi de um jeito desanimado, mas sem motivo...

Anatae: E quase me esqueci, vamos no meu bisão e não no seu.

Tain: Por que não vamos de avião? É muito mais rápido!

Anatae: Somos nômades do ar, não precisamos de toda essa tecnologia.

Os bisões são os primeiros dobradores de ar na historia do mundo, mas os aviões já haviam superado eles ha muito tempo.

Quincy: Avatar Tain, você está aí?

Alguém batia em minha porta, e ao abri-la vejo que era o monge Quincy, atual líder do templo do ar do sul, um velhinho de oitenta anos e melhor mestre do ar que eu conhecia.

Tain: Eu estava quase dormindo, já está na hora?

Quincy: Ainda falta muito para a sua viagem, mas eu quero que você conheça alguém!

O monge Quincy era sempre muito calmo e falava de um jeito sereno e devagar, suas tatuagens de mestre do ar são diferentes de um mestre normal, com três pontas na mão ao em vez de uma, mostrando que ele domina totalmente o ar.

Tain: Quem é essa pessoa?

Quincy: Me siga!

Andamos até a área mais sagrada do templo do ar do sul e era o lugar onde eu nunca havia entrado pois só o avatar podia entrar lá um dia e eu havia me tornado o avatar. Quincy apenas pediu para que eu me afastasse um pouco, então começou a dobrar o ar o jogando dentro de alguns instrumentos que ficavam juntos da porta do templo.

Quincy: Entre meu jovem avatar.

Ao entrar me deparo com centenas de estatuas de avatares passados, todos eles eram meu eu antigo de várias gerações diferentes.

Tain: Todos os avatares estão aqui, é incrível!

Quincy: Vem aqui, deixa eu te mostrar. Esses são seus antepassados mais próximos: Avatar Nana da nação do fogo, avatar Gowin do reino da terra e avatar Korra da tribo da água. Destes três, Korra foi aqui mais mudou o mundo e a que mais teve dificuldades em sua jornada avatar, mas foi uma grande avatar, trouce os dobradores de ar de volta depois que abriu os portais para o mundo espiritual, e também foi o primeiro avatar a ter relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo.

Tain: Gosto da Korra, já li muito sobre ela e também foi o primeiro avatar a dominar o metal.

Quincy: Exatamente meu jovem. E também você precisa saber sobre Nana, infelizmente ela foi assassinada por bandidos, realmente uma história mal contada. Ela deixou o mundo em desequilíbrio, não cumpriu seus deveres de avatar e se deixou levar pela depressão. É seu dever resolver as coisas que ela deixou para trás.

Tain: Sinto pena dela...

Depois de um pouco de conversa sobre meus antepassados eu continuei olhando outros avatares, mesmo não sabendo quem são eles. A sensação de estar dentro daquele templo era estranha, como se todas aquelas estatuas estivessem olhando para mim e tentando me falar alguma coisa, mas continuei andando até achar uma pessoa que despertou o interesse do monge Quincy.

Quincy: Você finalmente o achou! O avatar Aang.

Tain: Então era ele que o senhor queria que eu conhecesse?

Quincy: Exato. Como você deve saber, o avatar Korra perdeu sua ligação com seus antepassados, mas eu acredito que você possa restaurar essa ligação perdida.

Tain: Eu não vejo como eu posso fazer isso, a ligação foi destruída depois da luta da Korra com Vaatu onde ele destruiu Raava e a ligação foi levada pro nada.

Quincy: Sim, isso está totalmente certo, mas você tem Aang ao seu lado, você carrega o sangue dele em suas veias, mesmo que pouco.

Tain: Como isso é possível?

Quincy: Você é a oitava geração na família de Aang, sua avó Ikki é neta de Mitty que tem também como sua avó a Ikki, filha de Tenzin que é filho de avatar.

Tain: Foi complicado de entender, mas entendi. Então meu tataravô é tataraneto do avatar Aang?

Quincy: Isso mesmo, e de algum modo você pode se conectar com seu avatar antepassado e restaurar o ciclo avatar.

Tain: Mas qual o sentido de fazer isso?

Quincy: O estado avatar! O estado avatar é o estado que você fica quando se conecta com seus avatares antepassados, ligando os conhecimentos de cada um deles em você.

Tain: Então como o avatar Korra entrava nesse estado mesmo sem ligação com seus antepassados?

Quincy: O estado de avatar também aumenta seu poder, mas os conhecimentos dos avatares anteriores é muito mais poderoso do que apenas um aumento de poder. Se você se conectar com Aang você terá ainda mais conhecimentos sobre a dobra de ar e até mesmo os outros elementos.

Tain: Eu quero tentar isso, mas não sei como fazer.

Quincy: Não nascemos sabendo tudo, então espere e a resposta virá. Mas vamos agora, você já carrega todo o conhecimento que precisava para poder partir.

Ao sair minha irmã me esperava do lado de fora, mas também outra pessoa me esperava...

Tain: Você não está pegando muito no meu pé ultimamente Anatae?

Anatae: Eu sempre estive do seu lado, e também eu sou sua irmã e me respeite porque sou sua mestra. Mas a Sue quer falar com você...

Sue era minha namorada, ela foi quem mais me deu apoio quando eu não conseguia aprender a dobra de ar e também é uma excelente dobradora, se tornou mestra com apenas oito anos.

Sue: Você vai partir amanhã não é?

Enquanto ela falava seu lindo cabelo balançava sobre o vento do fim da tarde, seus olhos castanhos brilhavam mesmo contra o sol, ela falava comigo de um jeito meigo e meio triste.

Tain: Sim, é o meu dever como avatar.

Sue: Você ser o avatar é meio ruim para mim, eu vou ficar sozinha aqui sem ninguém.

Tain: Você tem a opção de ir comigo também. Você é forte e tem muito contato com o mundo espiritual.

Sue além de ser boa com a dobra de ar, também era muito boa na meditação e conseguia entrar no mundo espiritual sem precisar dos portais.

Sue: Eu achei que você iria achar ruim se eu saísse com você, quero dizer, pra que você vai querer três dobradores de ar em uma mesma equipe.

Tain: O avatar Aang viajou com um não dobrador e a Korra também e o avatar Gowin viajou sem ninguém.

Sue: Tá bom, mas vou ter que falar com meus pais sobre isso, eles ficariam preocupados se eu saísse sem avisar.

Tain: Tudo bem, então amanhã de manhã estaremos partindo, não demore.

Nos despedimos e eu fui para minha casa, toda aquela conversa me deixou cansado.

Eu estava em meu quarto pronto para dormir, estava sem pensamentos e calmo, um pouco ansioso com a viajem pois iria ser a primeira vez que eu ia sair do templo e então apenas dormi tranquilamente.

Eu havia acordado animado, escovei meus dentes rápido e coloquei o traje de voo do ar para me encontrar com Anatae. Chegando no ponto de encontro muitas pessoas estavam lá para se despedirem de mim, falei com todos apressadamente e então fui direto até Anatae.

Anatae: Até que enfim você chegou, achei que você tivesse desistido.

Tain: Eu desistir? Vamos logo para a tribo da água do sul!

(Continua)


Notas Finais


Espero que tenham gostado :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...