História Avatar: o herdeiro da luz - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Anne-Senpai

Postado
Categorias Avatar: A Lenda de Aang, Avatar: A Lenda de Korra
Personagens Aang, Korra, Personagens Originais
Exibições 15
Palavras 982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Crossover, Ficção, Luta, Magia, Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá leitor..tem uma explicação sobre esse mundo na sinopse,imagine a mesma ambientação de avatar a lenda de aang um mundo meio medieval e tals...

Capítulo 1 - The end and the beginning


Fanfic / Fanfiction Avatar: o herdeiro da luz - Capítulo 1 - The end and the beginning

- Seu desgraçado!Volte aqui com esse dinheiro! - Um guarda meio magricelo corria atrás do garoto.

-Hahah-um garoto ria enquanto fugia do guarda

- Maldito!Você será preso!

-preso?só se você me pegar!

 O garoto para e fica de frente para o guarda que se aproximava correndo,pisa com força no solo sob ele fazendo com que uma rocha saísse do chão e logo em seguida dispara a rocha em direção ao guarda

O guarda desvia por pouco se jogando no chão

- Você nunca conseguirá me pegar! - diz o garoto rindo da cara do guarda caído

- Haha!Com certeza um desses não ira lhe pegar mas eu irei! - Um segundo guarda aparecia atrás do garoto.

- ELE É UM DOBRADOR! - Gritou o primeiro guarda.

- Ah!Sério? -o segundo responde ironicamente

O garoto se vira e percebe que tem um guarda atrás dele, rapidamente por instinto levanta uma torre de pedra que o permite subir no telhado das casas,e assim ele faz - falou seus trouxas- diz enaunto corre pulando de telhado em telhado

 - Desgraçado..VOCÊ AINDA SERÁ PRESO!

- hahahaha - o garoto dava gargalhadas enquanto pulava de telhado em telhado até ficar fora da visão dos guardas 

O garoto não fugiu muito mais,depois de ver que havia despistado os guardas se digiriu a uma parte mais pobre da cidade uma favela,lá viviam os mais pobres dos pobres e era separada da cidade onde ele estava antes. Chegou nessa favela que era cercada por alguns muros e os adrentrou,era uma pequena vila bem pobre cheia de barracas,com casas caindo aos pedaços,um local em decadência. Se direcioniu a uma das barracas e caminhou calmamente até lá,no meio do caminho via pessoas caidas no chão rastejando de um lado para o outro,crianças incrivelmente magras e desnutridas jogadas por ai sem rumo. O governo da cidade não intervia naquele local,era uma vila liderada por ladrões

Então ele chegou em uma tenda e abriu a porta e entrou cuidadosamente


- kayo-san? - disse a procura de alguem

- Ah! Shin você chegou. - Um velho virava uma terceira garrafa de cerveja. - O que conseguiu?

- Bom hoje o dia foi proveitoso - pegou uma bolsa de pano que estava em suas costas e a abriu - consegui 8 moedas de ouro,15 de prata e um colar de jóias - disse enquanto retirava tais coisas da bolsa

Kayo encarou o garoto.

- Está melhorando,meu jovem!

- O-obrigado! - disse o garoto surpreso com o elogio repentino do velho

- Não se acostume com os elogios.Esse é o primeiro e último que vai ouvir sair da minha boca!

- Sim senhor.

 - E então..Oque quer pra comer?

- ah,acho que podemos comprar um lámen com esse dinheiro...oque acha?

- Eu odeio lámen. - O velho tinha uma expressão séria. - Nós..Vamos comer Katsudon!Katsudon!Katsudon!

 - Katsudon? - diz não muito animado - ahhhhh tudo bem então... - aceita rapidamente pois sabia que mesmo se ele se esforçasse ao maximo o velho não mudaria de ideia. 

Kayo dá um sorriso vencedor

 Então os dois seguem para a cidade principal para comprarem seu katsudon.

Shin e Kayo apesar de morarem na parte mais pobre da cidade se vestiam bem e não aparentavam ser pobres

- Katsudon!Katsudon!Katsudon sempre bom!Katsudon! - O velho cantarolava.

Andaram por algum tempo de forma disfarçada para não serem percebidos facilmente pleos camponeses da cidade,seria um problema se alguem reconhece-ce eles e chama-se um guarda. Chegaram em uma barraca de katsudon,entraram na barraca e lá haviam alguns bancos grudados a um balcão e do outro lado deste balcão estava um senhor já em seus 40 anos de idade, era muito habilidoso na arte do katsudon,seu comércio era famoso na pequena cidade Sentaram e pegaram o cardápio 


No cardápio:


~katsudon

~katsudon com queijo 

~katsudon com ovo extra

~super katsudon

~katsudon (bem melhor que lámen)

~katsudon

~chá (variados sabores)

~suco (variados sabores) 


- só tem katsudon... - diz Shin ainda mais desanimado (Shin não gostava muito de katsudon,talvez por causa do molho ou da combinação de arroz e tonkatsu)

 — Hehe!Eu irei querer um Katsudon .E um chá e você garoto?

- huh...katsudon com ovo extra e um chá por favor

 Um homem de mais ou menos quarenta anos encarou os dois.


— Como quiserem.

— Os guardas estão se movimentando muito.- diz Kayo para Shin

 — Acho que algo está para acontecer.

- parece que esses idiotas estão pensando mais um pouco. - diz Shin

- e oque seria isso? Alguma revolução? - Shin pergunta

 Hm..Não sei.Talvez..

- isso é um problema pra nós

Kayo suspira,ao mesmo tempo o seu Katsudon chega junto ao chá

— KATSUDON!

Os dois comem seus respectivos pratos...

 Depois de comerem o velho paga pela comida e os dois voltam para oque poderiam chamar de casa,no caminho até a parte lá eles vêem varios guardas andando pela cidade,possívelmente a procura de alguem,eles estranham tanta movimentação e vão de forma ainda mais discreta para a parte pobre. 

Chegando nas favelas kayo vai direto para a sua barraca

 - boa noite kayo-san


Shin decide ficar do lado de fora e ver o céu,já estava de noite e o céu estava cheio de estrelas,uma noite linda,Shin senta no chão e observa a imensidão escura da noite

 "o céu esta lindo...estamos em época de lua cheia,não sei porque mas me sinto revigorado..." - pensa.

Shin continua observando o céu por um tempo...

Mas então,ele escuta uma forte explosão vindo da cidade.

- oque!?

Shin sobe uma pequena torre de pedras e sobe emcima do muro lá ele vê fumaça subindo aos céus e decide ir até lá para saber oque aconteceu.

Shin sai correndo em direção ao fogo aproximando do local sobe uma torre de terra que o faz ficar no telhado de uma casa,então ele vê o local que estava em chamas

- huh!? Aqui é onde fica a barraca de katsudon! 

O local estava destruído cheio de guardas,alguns desses guardas estavam carregando corpos de pessoas que foram atingidas pelo fogo.

Shin fica em choque observando o local por um tempo,quando olha para um telhado de uma casa proxima e vê alguem observando o incêndio também e decide ver quem é...


CONTINUA...




Notas Finais


Oi de novo,obrigado por ler,nos perdoe se tiver algum erro ortográfico...oque achou desse capítulo?
Até o próximo ^w^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...