História Aventuras em sexo, digo séries! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Castiel, Kentin, Kim, Lysandre, Priya
Tags Amor Doce, Ecchi, Hentai, Lemon, Romance, Yaoi, Yuri
Exibições 64
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Shounen, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gentem, então, os bônus encerraram, retomamos ao capítulo normalmente. Os bônus são: Capítulo 9, 10 e 11.

Capítulo 12 - Planejamentos



Noutro dia eu me levantei cedo, antes de o despertador tocar. Dake ainda dormia. Tentei me levantar devagar para não acordá-lo, mas eu sou um desastre.   
*Blaam*   
Eu trombei na mesinha do computador. Não sei porque diabos eu a deixo no meio do quarto.  
— Lia? —disse Dakota enquanto tentava abrir os olhos— Está tudo bem?  
— S-Sim, Dake, desculpa, eu estavam me arrumando para ir para escola.  
— Não ganho nem um beijo de tchau? 
— Ganha sim, seu tonto.  
Eu o beijei, mas não estava com a mínima vontade. Será que aquilo que eu estava fazendo era certo? 
Ele era como um irmão para mim, então porque raios eu estava com ele? Eu estava mais perdida que cego em tiroteio, mas relevei. Prendi meu cabelo em um coque e fui tomar um banho. Dessa vez, fechei a cortina, não queria ver nada, nem ninguém. Não demorei muito. Me troquei como de costume, desfiz o coque e o prendi em um rabo de cavalo. Desci as escadas e fui para cozinha.  
— Bom dia, Lia — disse Pryia com cara de sono.  
— Bom dia, Pry. Por que está de pé essa hora?  
Pryia já havia concluído o ensino médio e não trabalhava. Não tinha razão para ela estar de pé 7hs da manhã.  
— Vou preparar o café da manhã da Kim. Ela está exausta. Eu a avisei para não ir jogar futsal, mas ela não me houve, não é? 
— Sim — rimos—  Alexy não dormiu aqui? 
— Não, não. Ele foi para casa, disse que tinha coisas importantes para fazer. 
— Ás 01:32 da madrugada? — Perguntei desconfiada. 
— Pois é, eu também estranhei.  
Despedi-me de Pryia e fui para a escola. Fui a pé mesmo, era na três quadras de casa e eu poderia também passar em frente da minha antiga casa,  eu estava com saudades. Não dela, mas dele... 
No caminho encontrei Lysandre. Ele estava fumando seu último cigarro quando me pediu para que eu o esperasse. 
— Bom dia, pequena. 
— Lys, eu tenho 1,56*. Não sou tão pequena assim. 
— Sim, Lia, você é — ele deu um sorriso meigo. 
— Ok, eu desisto. Sou pequena. Como você está? Está gostando da casa? Como está o — eu dei uma pausa e olhei para baixo. 
— Castiel? — disse Lysandre mexendo em meus cabelos. 
— Desculpe por só perguntar dele quando estamos juntos. 
— Eu entendo. Eu sei como é, já passei por isso.  
— Mesmo?  
— Sim — aparentemente ele não queria entrar em detalhes — Ele sente muito a sua falta.  
Meu coração disparou quando ele disse isso. 
— S-Sério? Mas... Eu achei que ele... Não sei. Estou confusa. Você sabe o que ele queria me dizer ontem?  
— Não sei. Na verdade ontem nós nem conversamos. Ele nem quis ensaiar. 
— Eu acho que o magoei Lys. Me arrependo por isso. 
— Por que não vai atrás dele, Lia? Você jamais saberá o que ele iria lhe dizer se não tentar saber. Mas hoje, isso será impossível.  
— Por quê? O que houve? 
— Não sei. Ainda não descobri. Na verdade, eu nem o vi hoje.  
Conversamos mais um pouco e logo estávamos na escola. Alexy me chamou e fomos para sala. 
Já estávamos na segunda aula e Kim ainda não havia aparecido. Chegamos a conclusão de que ela havia faltado, então, Alexy começou a falar quem não iria à festa de formatura. 
— Quer por ordem alfabética ou por ordem de gostosura? 
— Nossa, Alexy, pelo amor, ainda são 8hs e você já está falando disso?! 
— Tudo bem, vou falar por ordem de gostosura: 
Kentin, Castiel, Lysandre, Nathaniel, eu, você, Kim, Pryia , Armin e Lety, Bia e Melody. 
— Nossa, tudo isso. Pelo amor. Lety? Meu Deus, que merda que vai dar. Quem é Nathaniel e Melody? 
— Eu também acho, mas essa é a lista. É o povo das outras salas, amor. 
— Ok, não faço a mínima ideia de quem seja, e quem vai fazer o quê? 
— Então... Eu ainda não decidi.  
— Puta merda. Vamos nos reunir em casa então. 
— Pode ser. 
No intervalo, Alexy foi conversar com o povo que estava na lista. Na volta para casa, Alexy me acompanhou, estava no telefone com seu irmão mandando-o ir para minha casa. 
— Chegamos — ele anunciou — nossa, que vazio, parece o coração do Kentin. 
— É o quê? — Nós rimos. 
Não demorou muito até que Pryia chegou. 
— Namastê.  
— Mama nas teta — repetiu Alexy. 
— Nossa, como você é engraçado — eu virara os olhos como forma de deboche. 
— Repete — disse Pryia com a mão levantada para dar-lhe um tapa. 
— Nada não, amor, nada não — ele se escondia atrás de mim. 
— Dake está em casa? 
— Não, parece que o Boris voltou e ele foi lá dar um alô.  
— Ótimo, e Kim, cadê? 
— Foi ao médico. Lesionou o joelho esquerdo. Acabei de voltar de lá. E ai, o que cada um vai fazer? 
Demorou umas duas horas para todos chegarem. Castiel com Lysandre. Kentin com a Bia. Armin com Lety. E por fim, Nathaniel e Melody.  
— Meu Deus. 
— Que que foi, Lia? — Perguntou Alexy. 
— Nada não — Era apenas o casal que eu vi esses dias fodendo.   
Sentamos na sala e Alexy começou dar as ordens.  
— Bom, eu já escolhi o local. Vai ser no rancho da minha tia, ela nos cedeu. Lety e Melody  vão comprar as coisas para organizar o local. Bem colorido, ok? Kim, Pryia, Kentin e Nathaniel vão limpar o local. Castiel e Lysandre vão comprar as bebidas. Armin trate de arrumar um van para levar todo mundo. Lia e eu vamos comprar as comidas. Tudo ok? 
— Sim — concordamos. 
— Dake não vai? — perguntou Pryia. 
Pude ver o ódio na cara do Castiel. 
— Não sei, amiga.  
. Pude ver um alívio na cada do Castiel. Por fim, Alexy deu uma lista para Lety e Melody do que comprar. Uma lista para os "faxineiros", eles tinham que comprar os produtos de limpeza. Uma lista para os "barmans" e uma lista para nós. Tudo correu perfeitamente bem, até ele falar: 
—  Temos apenas 2 dias para deixar o locar organizado. Vamos para lá depois de amanha. Ficaremos três dias. Lá não pega sinal de rede, infelizmente.   
Após a conversa, Pryia serviu refrigerante e salgadinhos para nós. Conversamos até umas 18hs, antes que todos fossem embora. Não vi a cara do Dake o dia todo, mas vi o Castiel, o que valeu para o resto da minha noite.
 


Notas Finais


* A altura de Lia, 1,56, é a minha verdadeira altura. Obrigada, de nada.
E ai, será que Dake irá nessa festa?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...