História Babá do meu filho (adaptaçao) - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Delfina, Gaston, Nina
Visualizações 168
Palavras 625
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi Lunáticos e Lunaticas

Capítulo 42 - Capitulo 42 carolina


Fanfic / Fanfiction Babá do meu filho (adaptaçao) - Capítulo 42 - Capitulo 42 carolina

Após agustin sai do quarto, meu corpo recebe uma descarga de alivio, mesmo sabendo de tudo que aconteceu ontem eu ainda me sinto envergonhada, sento na cama ainda enrolada no roupão e um sorriso maroto surge nos meus labios, As lembraças vem ate mim e meu corpo arrepia, sinto minhas bochechas esquentarem, Agustin foi tao carinhoso, cuidadoso, ele Fez Tudo parecer Tao especial e tranquilo

Toco na cama e as lembraças me atingem em cheio, cada palavra, cada beijo, cada gesto, value apena esperar, valeu apena cada momentous e principalmente, value apena ter sido com ele, e as palavras que ele me falou agora pouco so reforçou minha alegria..

Em breve dividiremos o mesmo banheiro so memo quarto

Pensar nisso ja me causa um nervosismo, logo penso no meu menino, morar com ele query dizer que eu moraria com Theo, nao tem alegria major, mas pensar em Theo me faz pensar sophia, logo o sorriso desaparece e a preocupaçao me atinge, eu preciso saber como ela esta, e nao posso dar muita bandeira para Agustin nao perceber, esta tudo perfeito, ele esta Feliz se receber essa noticia seria como um balde de agua fria

Levanto e vou ate a comoda, ponho minha roupa intimate, em seguinda visto um vestido de seda de alças na for caremelo, ele e justo em cima e um pouco redado em baixo, calço meus saltos e penteio is cabelos is deixando soltos, nao ponho  maquiagem ate porque Agustin nao trouxe, eu sempre sound que ele prefere seem, em seguida vou para sala, mas uma vez fico surpresa com o que vejo

Uma mesa pequena com duas cadeiras no centro esta um vaso com Rosa's azuis bem vivas e o resto da mesa cheio de paes, bolos, suco e queijos, para completar a maravilhosa visao, Agustin esta ao lado me olhado com meu sorrio favorite em seus labios

Bom dia amor -- vem ate mom segurando em minhas costas --

Sim, porque a supresa? -- franze o cenho e eu olho erguendo a sobrancelha -- ta bom, foi o service de quarto -- revira os olhos e eu sorrio -- mas eu pedi as Flores

Obrigado meu amor, esta tudo perfeito, voce sempre me surpreendendo -- sorrio segurando em seu rosto o beijando devagar --

Venha, sente - se -- puxa a cadeira e eu senta

Obrigado -- sorrio agradecendo o olhado sentar a minha frente

(...)

Depois do cafe fomoa diretamente para casa, Ao chegarmos Agustin precisou is rapido a empresa resolver uns assuntos pendentes, tirei os saltos e calcei confortaveis sapatilhas, nao vi soh nem Alex, o premeiro quarto que fui o de Theo Ao chegar, ele dormia traquilamente em seu berço, ate sua forms de dormir e como do paid, sua respiraçao e Serena, toco seus cabelos ralos e ele remeche um pouco cada vez que o olho, que toco è uma sensaçao diferente, agradeço pelas coisas estarem andando bem, pois eu nao viveria mais longe dele, eu o amo

Como meu filho

Ouço a porta abrir e Dona ceiça entra, so me ver ela sorrio, vou ate ela e a abraço

Entao, como ele se comportou? -- caminho com ela novamente para o lado do berço do Theo

Minha filha, voce nao pode ficar longe do pequeno Theo -- fala e suspira - ele demorou muito pra dormir, ele chorou bastante, nao estava molhado, com colica, nem com come, eu ja estava quase levando para a pediatra

Minha nossa -- Levo mao a Boca assustada -- eu nunca mais me separarei dele -- o olho com os olhos lacrimejados

Ele te ama, nao tenha duvidas disso agora preciso preparar o almoço ate logo -- sorrio sai do quarto eu continuo perplexa em meus pensamentos

Ele me ama! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...