História Babacas.com - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Miss A, Pristin
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Eunwoo, J-hope, Jia, Jimin, Jin, Jungkook, Kris Wu, Kyla, Kyungwon, Lay, Mingyeong, Nayoung, Pinky, Rap Monster, Sehun, Siyeon, Suga, Sungyeon, Suzy, V, Yebin, Yewon
Tags Babacas, Bullying, Jeongguk
Visualizações 45
Palavras 2.721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


heey ursos feitos de arco-íris, td bom?
olha eu aqui dnv 7u7
nss, nunca atualizei tão rápido em uma fic :'v
tô atualizanu mt rápido
pq?
num xei, só gosto de escrever nela meixmu :')

ain, é tão gostoso de escrever pra essa fic
amo escrever nela
é gostoso
por mais que a história seja um pouco pesada :')

enfim, desculpe qualquer erro, espero que gostem e boa leitura!


<3

Capítulo 3 - Capítulo II: Min Yoongi é um babaca


 

Capítulo II:

"Min Yoongi é um babaca".

 

“Min Yoongi, conhecido por ter um sorriso doce que combina completamente com a sua pele branquinha e seu ótimo carisma.

Ou não.

Por trás daquele doce sorriso existe alguém que talvez você não conheça muito bem, na verdade, nem eu o conheço direito. Afinal, ele se esconde, se esconde atrás de algo, ou melhor, alguém.

Mas isso deixamos para outro capítulo, certo? 

Eu sei, eu sei, é difícil acreditar que ele, justamente ele, tenha feito algo pra alguém. Afinal, quem com um sorriso de molhar a calçinha daqueles, faria algo pra alguém?

É, eu pensei a mesma coisa quando descobri, mas também pensei em como minha mãe estava certa sobre dizer que as aparências enganam, literalmente.

Ah, você esta cansado de ouvir o meu mimimi e quer que eu vá direto ao ponto, não é mesmo? Bom, já que você quer que eu vá logo para a história, eu vou falar, mas pra isso tenho que mencionar outro famoso nome:

Kim Taehyung.

Você deve estar se perguntando o que um dos famosos babacas esta fazendo aqui, sendo que nem é o capítulo dele, certo? Bom, a sua pergunta tem uma resposta simples, mas não vou dar assim de bandeja, não mesmo. Afinal, vai ser emocionante pra você descobrir o que esse capítulo lhe aguarda. 

Foi emocionante até pra mim quando descobri, mas vai ser mais emocionante para você que gosta de Yoongi.

Oh, falei demais, não? Ok, ok, vou me controlar.

Confesso que fiquei em dúvida entre o Min e o Kim para postar como primeiro capítulo, mas acabei escolhendo a do Kim porque o dele não teria uma tal revelação como essa.

Oh, estou enrolando demais e você esta curioso, não? Bom, aguarde, minha criança. Porque antes de prosseguir a história, tenho que te fazer uma breve pergunta, que você deve grifá-la em sua cabeça, pois ela vai ser muito mencionada neste site:

Você se lembra daquela festa ainda tão comentada, em que todos nós estávamos em uma cabana?

Ah, claro que você se lembra, como se esquecer daquela famosa festa? A festa em que deixou nossos queixos caídos com um acontecimento inesquecível.

É tão engraçado falar um acontecimento. — O babaca ainda tem coragem de querer falar isso... Ah, cara, mal te conheço, mas já te odeio.

Enfim, você se lembra, certo? Então, vamos falar dela agora, afinal, não foi só aquilo que aconteceu.

Tem mais.

Ok, ok, irei parar de fazer suspense. Agora sim começa a história, mas todos têm que prestar muita atenção, mas muita mesma.

Peguem pipoca, crianças, pois essa história vai lhes deixar de queixos caídos.

A festa foi algo totalmente inesperado, Baekhyun só, simplesmente, decidiu nos chamar para a cabana em que ele ia quando era pequeno, por motivo algum. Ele só queria se encontrar com os amigos e beber um pouco, então, foi isso que ele fez, convidou todos da escola e comprou as cervejas, simples.

Ou talvez nem tão simples assim.

Como a escola inteira foi convidada, nem preciso dizer que todos foram na festa, certo? Afinal, cá entre nós, mas era Baekhyun convidando a escola em uma festa, até mesmo os nerd’s como eu. Não teve ninguém que faltou a tão linda festa.

Com a casa lotada e cervejas nos copos de todos, os sete babacas chegaram, causando um alvoroço na festa. Todos pararam o que estavam fazendo para vê-los, mas eu entendo, afinal, são os príncipes da escola, quem não babaria por eles?

Com eles sendo as atrações da festa, começaram a fazer coisa que todo típico babaca faria: encher a cara e sair pegando todo mundo.

Mas, diferentes de seus amigos, Yoongi e Taehyung estavam somente sentados, bebendo um pouco, olhando toda aquela festa caótica, sem curtir aquela festa toda. — Não, não, não. Ele realmente vai falar sobre isso?!

Depois que os mesmos perceberam que estavam sozinhos e eram os únicos que estavam lúcidos – já que na primeira cerveja que os nerd’s tomaram, ficaram bêbados –, eles começaram a conversar. Mas como era uma festa, obviamente o som estava de estourar os tímpanos, então eles foram para um lugar mais reservado, a hidromassagem de Byun Baekhyun.

E aí vocês já têm uma ideia do que aconteceu.

Ou talvez não.

Eles começaram a se beijar sim, tanto que eles quase, mas quase foram para um patamar elevado.

Se não fosse por Jeon Jeongguk. — Não, não, não, não, não!

Quando o mais novo viu os dois se beijando, ele ficou irado. Por quê? Simples, Jeon Jeongguk e Min Yoongi já fizeram sim coisinhas inapropriadas para menores de dezoito. — Desgraçado!

Por essa você não esperava, certo?

Jeongguk não tinha ciúmes de Yoongi com mulheres, já que sabia que essa não era a fruta que ele gostava. Mas, vê-lo com Taehyung foi como... Um tiro em seu peito.

Não. Jeongguk não gostava de Yoongi, ele só o via como propriedade. — Oh, pelo menos nisso ele me entende.

Uma propriedade que ninguém pode mexer.

Então, depois de ver os dois se beijando loucamente naquela hidromassagem, Jeongguk deu à louca: brigou com Yoongi e Taehyung, quebrou a quina da hidromassagem e as cadeiras que estavam em volta. — Ele esqueceu de mencionar a mesa que joguei no mato.

Após ele ter tido seu surto, ele foi procurar algo que o relaxasse junto com os seus outros três amigos: Jimin, Namjoon e Seokjin. — É, o filho da puta realmente sabe o que aconteceu aquela noite.

Tsc... Babacas.

Depois de Jeongguk ter ido ‘relaxar’, Yoongi ficou com Taehyung naquela hidromassagem, completamente perplexo.

Min Yoongi havia perdido o seu companheiro de sexo perfeito. — Bota perfeito nisso.

E então, Yoongi como um belo babaca, se retirou da hidromassagem, pegou suas roupas e deixou Taehyung sozinho na banheira.

Sozinho.

Os dias se passaram e Yoongi, Taehyung e Jeongguk voltaram a ser amigos. Bom, pelo menos era o que Taehyung acreditava.

Já que Jeongguk havia voltado a ser amigo de Yoongi, mas não queria nenhum tipo de vínculo sexual com ele, Yoongi se via frustrado. Afinal, como eu havia dito anteriormente: Min Yoongi havia perdido o seu companheiro de sexo perfeito. E então, Min Yoongi começou a culpar Taehyung por ter o feito perder Jeongguk.

Irônico, não acham?

Com completa fúria, Yoongi passou a criar boatos sobre Taehyung. — O que?

Como que: Taehyung estava saindo com meninos; estava fazendo boquete neles, chupando seus membros como pirulitos; beijando bocas de meninos que nem conhecia, apertando seus membros sujos por debaixo da calça e etc. — Então foi Yoongi?

É, os boatos eram reais sim, mas vocês pararam pra pensar em quem Taehyung estava fazendo isso? Ah é, vocês todos estavam ocupados demais em escrever ‘bixona’ no armário de Taehyung que não tiveram tempo em pensar em como Min Yoongi sabia disso.

É, as pessoas podem ser babacas a ponto de fazer isso, até mesmo com o popular – mas nem tanto – Kim Taehyung.

Mas e você, Yoongi? Como teve coragem? Isso tudo foi por Jeongguk ou somente para despistar todas as mínimas dúvidas de que você é gay? Como fez isso com Taehyung, seu melhor amigo? Como você consegue viver sabendo que fez a vida de Taehyung um inferno, Yoongi? Como você consegue dormir a noite?

Você conseguiria fazer algo pior do que isso, Min?

E aí Yoongi, é bom ter a sua vida arruinada?”

Filho da puta!

Como esse desgraçado sabia disso?! Ele não podia só destruir a vida do Yoongi?! Tinha que destruir a minha junto?!

Eu vou matar esse desgraçado.

— Foi realmente você, Yoongi? — Taehyung pergunta ao pálido.

Merda.

— Eu não queria que aquilo espalhasse tão rápido, Tae. — Yoongi diz culpado. — Me perdo... — Taehyung saiu da chamada.

— Merda — Jin fala, bagunçando seus cabelos. — Por que vocês nunca contaram pra gente? — Questiona.

— Quer calar a porra da boca, Jin? — Me irrito. — Mas que merda! — Repiro fundo, fechando meus olhos minimamente.

— Vocês dois agora têm que se preocupar com o que suas namoradas vão pensar de vocês. — Nam diz. — Elas vão ser o único meio de popularidade que vocês vão ter e... — Yoongi o corta.

— Você acha mesmo que eu to preocupado com a porra da popularidade que eu vou ter na escola, Namjoon?! — Yoongi pergunta, irritado.

— Não era isso que queria quando entrou pro nosso grupo, Yoongi-ah? — Namjoon pergunta debochado.

— Vai se ferrar, Namjoon. — Yoongi, sem mais nem menos, sai da chamada, deixando somente eu, Jin, Jimin, Hoseok e Nam nela.

— Merda, quem foi o desgraçado que fez isso?! — Jimin se exalta. — O que ele quer?!

— Não é claro? — Hoseok se pronuncia. — Ele quer nos separar e estragar nossa popularidade e vidas.

— Se ele realmente quer isso, parece que está conseguindo, não? — Jin diz mordendo seus lábios, pensativo.

— Ele não vai conseguir. — Agora foi a minha vez de falar. — Somos os mais populares da escola, popularidade não acaba assim do nada.

— Mas ela pode mudar de uma popularidade boa, para uma má — Hoseok diz. — Assim como as das... — Namjoon o corta.

— Yebin e Jia. — Ele completa.

— Isso não vai acontecer — Falo. — Elas tiveram a popularidade arruinada por serem vadias, certo? Então, não somos isso. Não somos que nem aquelas vadias. — Afirmo. — Aguardem, amanhã dou meu jeito.

 

 

[...]

 

 

— Yaa! Estou tão cansado. — Yoonie diz, massageando suas têmporas.

— Eu também, não consegui dormir ontem. — Jimin disse.

— Isso tudo é por causa daquele site? — Pergunto debochado, vendo-os assentir. — Vocês são muito mariquinhas — Brinco. — Aquele site ainda não me deu medo.

— O site não te deu medo ou você não quer admitir que esta se borrando, Gukkie? — Paro de andar na mesma hora.

— O que disse, Hoseok? — Pergunto mais uma vez, olho a olho.

— Isso mesmo que ouviu, Jeongguk — Hoseok diz intimidador. — Quer que eu repita? — Pergunta desafiador.

— Adoraria. — Falo cínico.

— Ei, ei, ei — Taehyung aparece, nos separando. — Não é hora de brigar, ok?

— Tsc. — Reviro os olhos, me soltando de Taehyung.

— O que está acontecendo aqui? — Senhor Kwan, o diretor do colégio, surge no corredor, fazendo com que – ainda mais – olhares caíssem sobre nós.

— Não é nada, diretor. — Taehyung fala simpático.

— Não é nada minha bunda. — Murmuro, sentindo o pé de Jin ir diretamente a minha canela. — Ya! — Dou um leve grito, por conta da dor.

— Você está bem, Jeongguk? — Kwan pergunta com um olhar curioso sobre mim.

— E-Ele esta ótimo, senhor. — Taehyung responde por mim, apreensivo com o que iria responder.

— Desculpe Kim, mas eu perguntei para Jeongguk — Diz ríspido. — E então, Jeongguk, está bem?

— Estou ótimo, senhor. — Falo dando o meu melhor sorriso falso.

— Ótimo — Diz com um sorriso leve no rosto. — Bom, eu queria que você, Min, viesse até a minha sala.

Merda, merda, merda.

— O que? — Pergunta confuso. — Por quê?!

 — Só venha Min, sem reclamações.

 

 

[...]

 


— Siyeon não quer falar comigo. — Jin suspira cansado.

— Nem a Pinky quer falar comigo. — Digo, derrotado.

— Merda, a Siyeon me ajudava a eu transar com algumas estudantes — Jin fala. — Elas diziam que era proibido pelo fato de que eu namorava a Siyeon e isso era excitante.

— Pervertido! — Digo, jogando um pouco de batata no mais velho.

— Nem mesmo condenado por um estranho virtual, Jin aquieta. — Namjoon brinca.

— Claro, temos sempre que pensar em quantas irei comer amanhã. — Diz sapeca.

— Você é definitivamente um tarado, Jin. — Jimin diz rindo.

— Diz isso por que não consegue pegar ninguém — Jin brinca. — Se você tivesse esse rostinho aqui — Ele aponta para a sua cara. — Conquistaria várias, mas como você não tem meu rostinho, fica só na inveja mesmo. — Ele morde seu hambúrguer.

 — Aish, cala a boca e come seu hambúrger, convencido! — Taehyung fala gargalhando.

— Eu não sou convencido, sou realista. — Ele diz, dando um sorriso falso.

— Aish Jin, só cala a boca e come! — Ele revira os olhos.

— Hey meninos. — Yoongi chega se sentando, com sua bandeja de comida em mãos.

— Hey Yoongi — Hope cumprimenta o mais velho.  — Como foi lá na diretoria? — Ele pergunta, bebendo seu suco.

— Ah, nada demais — Responde. — É só que a Eunwoo renunciou o cargo de representante da sala. — Deu de ombros.

— A minha amante mais gostosa renunciou o cargo de representante? — Jin pergunta de boca aberta.

— É, Jin. — Yoongi responde rindo.

— Como vou transar na diretoria agora? — Ele pergunta.

— Cala a boca, Jin! — Digo, rindo.

— Aish... — Ele revira os olhos.

— Ya! A Suzy não para de olhar para o Yoongi, chega até ser assustador. — Hoseok comenta.

— Também não deve ser fácil descobrir que na verdade seu namorado é gay. — Yoongi diz, comendo seu pudim.

— Então vocês realmente estavam namorando? — Taehyung pergunta.

— Podemos dizer que sim. — Responde tímido.

Hum... — Murmuro.

 

 

[...]

 

 

— Fala logo por que você reuniu todo mundo aqui, Namjoon! — Taehyung diz cansado.

— Espera até Hoseok chegar. — Ele diz.

— Eu não vou ficar aqui esperando ele até a eternidade não. — Digo.

— Saudades de mim, crianças? — Hope chega na quadra, se sentando na arquibancada junto com todos nós.

— Onde estava? — Taehyung pergunta.

— Ah, não é nada demais. — Ele deu de ombros. — O que vocês querem? — Pergunta.

— Nem nós sabemos. — Falo, revirando os olhos.

— Namjoon, já que o Hoseok chegou, abre essa boca logo. — Jimin diz já irritado.

— Bom, eu, como uma bela pessoa, constatei um hacker para conseguir informações do site. Ah, por sinal, ele é bem melhor do que o que você contratou, Gukkie — Reviro os olhos. — Mas sabe qual é a melhor parte disso tudo? É que eu consegui uma informação do site! — Ele diz empolgado.

Finalmente Namjoon me falou algo que interessasse.

— Qual?! — Jimin pergunta eufórico.

— O hacker conseguiu rastrear da onde o último post foi enviado.

— E da onde foi? — Pergunto.

— Ele publicou esse último post em uma lan house.

Lan o que?

— O que é isso? — Taehyung pergunta confuso.

— Vocês não sabem mesmo? — Todos negam. — Aish... Ok. Como posso explicar... Lan house é onde tem vários computadores e as pessoas pagam para usar eles. — Ele fala.

— Então é um lugar onde qualquer um pode sair e entrar? — Pergunto, vendo-o assentir. — Se é um lugar onde qualquer um pode sair e entrar, como isso nos ajuda?

— Aí é que ta. — Namjoon diz. — Eu pedi pro hacker tirar informações da loja, desde câmeras de segurança até dados privados da lan house — Ele diz. — E eu descobri que por motivos de segurança, antes de qualquer pessoa usar o computador, eles pedem nome e sobrenome, e então... — Ele da uma pausa.

— E então... — Jin diz, esperando a resposta.

— E então que desses nomes, quando fui para a lista que estava mais ou menos no horário em que o post foi lançado, achei cinco nomes um tanto quanto peculiares: Oh Sehun, Park Chanyeol, Zhang Yixing, Kim Jongdae e Wu Yifan.

— Então que dizer que você achou o nerd com cara de porta, o orelhudo virgem, o maconheiro, a princesa e, o ex-amigo de Byun, popular? — Jimin pergunta.

— Yeah, baby. — Ele responde.

— Cara, você é um gênio. — Jimin fala.

— Eu sei, eu sei. — Namjoon se gaba.

— Mas o que vamos fazer?  — Taehyung pergunta. — Qual é o plano?

— O plano é simples — Digo com um sorriso diabólico em meu rosto. — Descobrir quem foi e, quando descobrirmos, fazer a vida dele um inferno, assim como ele está fazendo com a nossa.


Notas Finais


* medo de ter ficado um lixo mais do que a minha vida * aé, ainda não existe algo que chegue a esse nível -qq


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...