História Baby - Yoonseok - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Mpreg, Namjin, Namjoon, Romance, Suga, Taehyung, Vkook, Yoonseok
Exibições 151
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei. Hahaha
Desculpe a demora.
Estou em época de provas :'(
E desculpe os erros.
Espero que gostem.

Capítulo 10 - Nora, desmaio e eu te amo.


Fanfic / Fanfiction Baby - Yoonseok - Capítulo 10 - Nora, desmaio e eu te amo.

Eu me sentia um lixo, Hoseok deixou sua irmã no shopping e depois fomos para outro lugar. Onde estava lá, toda arrumada no brilho.

A namorada de Hoseok.

O mais velho sorriu para a garota, estamos em um restaurante discreto. Só havia algumas pessoas ali comendo. A mulher abraçou Hoseok, eu não tinha bem entrado no restaurante por ver a garota ali. Paralisei.

Hoseok me procurou com os olhos e assim que me achou me chamou. Eu queria chorar. Eu queria gritar.

- Esse é Min Yoongi.

- Oh, o famoso Min Yoongi, tudo bem com você? – Afirmei com a cabeça. – Sou Kim Norally, sou americana. – A olhei, ela não parecia ser uma pessoa ruim.

- Nora é uma grande amiga minha.

- Somos amigos com benefícios. – Ela piscou para Hoseok que sorriu sem graça. – Mas enfim, soube que estava procurando uma casa, posso dar a minha que tenho aqui em Seul, quase não a uso mesmo.

- Jin hyung disse que estava arrumando uma, quero pelo menos um que tenha um quarto para o bebê. – Amiga? Tipo, eles são amigos? Eu pensava que eram namorados...Mas amigos?

- Yoongi? – Os dois me olhavam.

- Hum?

- Você está pálido. Tá tudo bem? – Nora levantou pegando em minha testa. Estava queimando.

- Droga, Yoongi? – Eu não conseguia os ouvir. Minha visão estava turva. – Yoongi!

Eu desmaiei.

*

- Eu disse que o Yoongi tinha que comer em três em três horas! – O mais novo abriu os olhos, os gritos do mais velho o acordou. Olhou ao redor vendo que todos estavam ali.

- Yoongi. – Jin o abraçou.

- O que houve?

- Você desmaiou.

- Graças a Deus você está bem. – Taehyung me deu um beijo na testa. Estranhei.

- E meu bebê?

- Está bem. O médico nos deu uma maior bronca. – Sorri sem graça.

- Hoseok, você está de castigo até século que vem.- Jin puxou sua orelha o fazendo choramingar.

- Calma hyung, eu estou bem. Ele não tem culpa. Quando vamos sair daqui? Odeio hospitais.

- JungKook foi atrás do médico junto ao Namjoon. Logo sairá. – Sorri.

- Obrigado.

Jin sentou na poltrona, Taehyung sentou ao lado dele no chão. Jimin que até então Yoongi não havia o notado, mas pareceu meio triste perto da janela.

Hoseok sentou perto do menor e pegou sua mão, parecia que passava uma descarga elétrica, pois Hoseok soltou sua mão rapidamente.

Jin e Tae se olharam cúmplices.

- O médico tá vindo. – Namjoon entrou no quarto.

- Jin me ajude! – Yoongi sentiu um dor enorme. O mais velho correu e não deu tempo. Yoongi vomitou no amigo que fez careta. – Desculpe hyung.

- Tudo bem querido. Vamos vou te ajudar a se limpar.- Hoseok o ajudou a sentar na cama. O médico entrou olhando a prancheta.

- O que houve?

- Vômito normal. – Todos os dias o menor vomitava, mas apenas uma vez por dia.

- Hum, vamos ver sua pressão e depois está liberado. Quem é responsável por você criança?

- Eu. -Jin percebeu que Hoseok fazia menção em levantar a mão e o mais velho fez isso antes.

- Bom, vitaminas, nada de esforço e sem passar da hora de comer. Três em três horas. O bebê está bastante agitado, sugiro andar um pouco ou tomar banho em uma banheira. Isso ajuda o bebê a se acalmar. Mas é normal os chutes. Ah, preciso falar a sós com você.

- Por que? – Hoseok perguntou preocupado. – Aconteceu algo com o Yoongi? – O mais novo olhou para o pai de seu filho com a sobrancelha arqueada, era a primeira vez que ele havia se preocupado consigo.

- Vamos? – O médico perguntou a Jin que concordou. Sim, o médico havia ignorado a pergunta do outro que ficou bravo e seguiu os dois para o lado de fora do quarto.

Taehyung apenas riu, bagunçando meu cabelo. Sorri apertando sua bochecha.

*

Sete meses de gestação...

Definitivamente Yoongi não conseguia andar, estava fraco. O médico o mandava ir uma vez na semana com ele, pois tinha achado estranho sua situação.

O bebê para o menor queria ser jogador, pois não parava de chutar. Só se aquietava quando os meninos pegavam na barriga dele.

O médico disse que Yoongi era muito carente e seu bebê também ficou assim.

- Hoseok pode me trazer um pouco de água. – O maior vestia um short, acabará de chegar do ensaio que tiveram na BigHit.

- Tá, e o meu bebê? – Se jogou na cama e acariciou o filho que chutou. – Tá bravo hoje né amor. – Hoseok é todo amores com o filho. Sorri e ele percebeu. -Vou pegar sua água.

Os dias foram passando rápido. Eles não fazia show longe e nem ficava muito tempo fora. Hobi quase não saía do meu lado, o amor dele para o bebê se tornou o maior da sua vida.

Até aquele dia...

- Hoje a gravação foi muito cansativa. Vou dormir. – Hoseok entrou no quarto e percebeu que Yoongi se trocava. Suas coxas torneadas e bumbum marcado pela cueca o chamaram atenção.

O menor tentava passar creme em sua perna, mas a barriga não deixava o fazendo bufar.

Hoseok não resistiu.

Chegou mais perto o abraçando por trás assustando o menor que deu um pulo pelo susto.

- Você está tão cheiroso. – Disse apertando a bunda alheia, o menor corou. Hobi encheu de beijos o pescoço do outro. Yoongi arfava.

Não podia negar, estava gostando.

- Hobi... pare. – O maior adentrou a cueca apertada tocando em seu membro que começava a ficar duro. Sorriu ao ouvir gemidos baixo do menor, esfregou sua ereção no outro.

O mais velho havia parado de visitar Nora, não parava de pensar no outro. Levou o menor até a cama o deitando, puxou sua cueca.

- Hobi não! Por favor.

- Você não sabe o quanto eu estou adorando te ver desse jeito. – Yoongi arfou.

- Melhor não...

-Eu quero...

- Mas eu não! – Yoongi tomou forças o empurrando. Levantou ainda virando vestindo sua cueca. – Eu não quero me confundir Hoseok. Só estamos aqui junto, por causa do bebê, nada mais. Não confunda as coisas! – Yoongi pegou uma muda de roupa seguindo para o banheiro.

- Eu te amo Yoongi. – O menor parou em frente a porta do banheiro ouvindo aquilo. – Eu te amo muito.

- Não fala isso... – Hoseok o abraçou forte.

- Eu realmente te amo, vamos dar uma chance a isso.

- Hobi...

- Por favor, nosso filho merece isso.

Verdade, Hoseok não me amava.

Amava o bebê.

- Desculpa Hobi. – Sorri beijando sua testa. Não iria chorar, não iria ser iludido. – Me desculpe mesmo.

Entrei no banheiro o trancando.

Era melhor assim.


Notas Finais


Eae? Gostaram?
Estou amando os comentários ♡
Não desistam da estória.
Até a próxima?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...