História Baby boy (jikook) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, Got7
Personagens G-Dragon, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Mark, Rap Monster, Suga, T.O.P, Taeyang
Tags Jikook, Markson, Namjin, Vyoosok
Visualizações 373
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Festa, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente.
BOA LEITURA
E ATE A OUTRA SEMANA.
MORE.

Capítulo 12 - Cap 11


Fanfic / Fanfiction Baby boy (jikook) - Capítulo 12 - Cap 11

Sim, era pirigoso viver no mundo do crime, mais quem liga? A verdade que jungkook não queria saber se tinha algum risco, gostava do perigo, gostava de ver sangue em outras pessoas e gostava de matar, embora não fosse um pisicopata matar era até divertirtido para si. A sua primeira vítima foi aos catorze anos quando estava em sua em sua escola na aula de português. Pediu para ir até o banheiro, a professora avia deixado então jungkook foi até o banheiro. A tampa do vaso estava fechada com algo em cima, pegou o objeto que só via nos filmes, começou a brincar com o revólver apontando para seu reflexo no espelho, viu outra pessoa atrás de si, virou atirando a bala do revólver na cabeça da pessoa com o susto, embora fosse sem querer gostou, gostou de matar seu professor de matemática, saiu dali antes que alguém o visse. Continuo sua vida como se nada tivesse acontecido.

Quando fez dezoito anos veio morar em busar sozinho com seu amigo taehyung, e logo depois começou a namorar uma menina de sua escola.

Guando viu o tiro desparar na cabeça de sua amada e o cara correr jungkook ficou em choque é louco por vingança e estava disposto a matar aquele que matou hyuna. Esperou a dar meia noite para ir até o beco do outro lado da rua onde eles fumavam, bebiam e matavam... jungkook conseguiu o que queria entrar em uma gangue cujo a gangue número 1. Depois da quela noite jungkook passou a matar mais de dez pessoas por dia até virar líder da poha toda.


Hoje estava pronto para matar mais de 10 pessoas.

- Jungkook entra pelos fundos com a metralhadora, Jackson destrai os seguranças da frente pulando o muro como se fosse um assalto normal e eu desligo os alarme para jungkook pegar o líder no último andar da casa, depois que o matar voltamos para cá arrumamos nossas coisas e vamos embora ok- g - dragon falou e os dois ali na sala assentiram. Eles já aviam descobrido o esconderijo da gangue, e como vão matar o líder a gangue vai esquecer da ideia, a rua estava sombria só com a lua enluminando tudo ali, Jackson deu a última olhada para fora do carro. -AGORA. - Jackson e jungkook saíram do carro.

Jungkook foi pelo o lado de baixo e Jackson pelo o lado de cima, ambos com máscaras de coelho sangrando- a marca da gangue-.

Jungkook avistou a pequena porta dos fundos que não avia nenhum segurança a vijiando, olhou para os dois lado da rua e segurou sua metralhadora, chutou a porta que estava trancada, mirou a arma para os lugares e entrou, a casa estava vazia com as luzes apagadas. 

Os passos de jeon nem fazia barulho pois o pano de baixo era completamente macio, subiu a última escada até o quarto do líder, a porta estava aberta, não foi difícil atirar na cabeça dele.... Correu até até o último andar dando de cara com mais ou menos vinte seguranças, no desespero começou a atirar em todos ali sem um mínimo de dó.

Correu até a porta dos fundos logo subindo a ladeira e chegando até o carro dos amigos, ambos já estavam lá.

- demorou viu. - Jackson largou o celular e olhou para o amigo.

-nao enche. - falou ofegante. - vai logo ai, quero ir pra casa.


Quando chegaram em casa g dragon foi tomar um banho, Jackson foi arrumar as malas e se arrumar para ir, jungkook fez o mesmo mais antes.

-jimin estou saindo daqui apouco, me espere acordado.

- AI QUE BOM DADDY ESSE DOMINGO E SEGUNDA FOU BEM SEM GRAÇA SEM VOCÊ. PODE DEIXAR DADDY VOU ESTAR ACORDADO QUANDO CHEGAR.(JM)

- foi pra escola?

- SIM DADDY.(JM)

- que bom.

- DADDY VOCE VAI CHEGAR 6:00 NE?(JM)

-sim baby, por tanto vai dormir e esteja acordado bem cedinho amor.

-OK, TCHAU DADDY.(jm)

- vou te fuder de todas as posições possíveis. Tchau.

- EU VOU ADORAR DADDY. TENHO QUE DORMIR PARA TER ENERGIAS.

jungkook apenas visualizou a mensagem com o lábio enferior no meio meio dos dentes.

Tomou um banho, arrumou as coisas e assim foram para o Aeroporto.

 A viagem até busar foi tranquila para Jackson, jungkook e g-dragon já que moravam na mesma cidade.

(Quebra de tempo)

Jungkook não via a hora de chegar em casa e ver seu baby entregue a si, estava com saudades da quele corpo tão bem feito e branquinho.

Olhou no relógio em seu braço onde marcava seis em ponto, sorriu ao ver sua casa de longe, acelerou a velocidade até chegar na frente da mesma, estava feliz por ter chegado mais ficou mais feliz quando viu Jimin no portão de chinelo e uma blusa sua, ia o beijar na hora que entrasse na garagem com o carro mais o baixinho correu para dentro. Jungkook sorriu, sorriu ao ver a vergonha de Jimin aponto de subir para o quarto antes que seu daddy o pudesse ver.

Jungkook entrou dentro de casa estava tudo bem arrumado e escuro.... quando chegou ao quarto Jimin estava completamente nu em cima da cama com as pernas separadas e o encarando com toda pureza do mundo.

Jungkook fechou a porta atrás de si logo em seguida apagando a luz e indo até a cama se depositando no meio das pernas de seu baby, começaram um beijo calmo mais que logo foi ficando quente, cheio de amor e tesão. Jimin puchou a camisa de seu daddy para sima deixando seu abdômen a vista.

Jimin e jungkook já estavam louco por mais queriam aquilo mais que qualquer casas no mundo.

Jimin tirou a calça e a box de seu daddy finalmente o deixando nú, sorriu sapeca ao ver a enorme ereção no meio das pernas de jungkook. Ambos voltaram a ser beijar enquanto jungkook esfregava suas ereções uma na outra fazendo ambos gemer loucamente.

- de quatro baby. - ordenou jungkook e Jimin fez. - empina bem baby. - deu um tapa com ambas as mãos em ambas as nádegas do baixinho que gemeu.

Jungkook passou a cabecinha na entrada de Jimin, e por fim o penetrou com força.

- uhh.- Jimin deitou a cabeça entre seus braços empinando mais sua bunda.- awh.. j-jungkook ahhh daddy awh-m-mais. - jungkook começou a fazer movimentos rápidos e fundo em  seu baby que já estava perto de gozar.

Jeon saiu de Jimin resebemos um gemido de desaprovação do mesmo, o virou rápido e estocou novamente com força.

- uh..uh..uh.. v-vai j-jungkook...r-r-rapido..- olhos fechados, boca semi aberta, mãos apertando os lençóis e a cabeça virada para o lado, era assim que Jimin estava resebendo suas estocadas rapidas e prazerosas. Novamente jungkook saiu de Jimin. -jungkook-ah...- colou com um bico nos lábios.

Jungkook sem falar mais nada deitou na frente de Jimin colocando uma de suas pernas em cima de si, o estou novamente com as mãos em sua bunda a apertando.

- j-jungkook d-denovo aí.- jungkook finalmente assertou sua proposta, várias estocadas fundas e gostosa com barulho de pênis lubrificado saindo e entrando e gemidos até ambos gozarem.

- ahh, senti sua falta.- jungkook o beijou.

-eu também senti..- ambos se beijaram 

Assim ambos dormiram de conchinha.

Jungkook deu graças a Deus que chegou em casa e ja tinha visto aqueles olhos novamente.uw



Notas Finais


Tchau gente... Até próxima semana.
Muito obrigada por todo carinho nos comentários, isso que da forças para continuar nossa fic. Comente🇰🇷😘 amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...