História Baby Doll - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby, Baby Doll, Bts, Doll
Exibições 97
Palavras 1.673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


EU NÃO MORRI!
~DESVIA DAS PEDRAS
GENTE, OLHA, NÃO ME MATEM, EU DEMOREI MUITO PRA ESCREVER ESSES CAPÍTULOS (POSTAREI UM EM SEGUIDA) E AINDA RESUMI PORQUE NÃO DÁ NÃO CARA
ALÉM DO MAIS ESTAVA COM UM BLOQUEIO GIGANTE PARA ESCREVER, ENTÃO, CONSIDEREM, PF <3
Eu realmente espero que vocês gostem, porque eu demorei muito pra fazer isso! Não sou escritora profissional, mas tentei fazer algo bom!
DAREI MAIS INFORMAÇÕES NAS NOTAS FINAIS DO PRÓXIMO CAPÍTULO!
E ESSES CAPÍTULOS QUE EU POSTAREI SEGUIDOS VALEM POR UM (pq ficaram muito grandes e eu tive que separar)
enfim, boa leitura <3

Capítulo 37 - Moletom vermelho


 

Rapidamente comecei a procurar o meu celular, eu precisava saber como ele havia me encontrado, como conseguiu entrar aqui e… E principalmente de tudo, agradecê-lo. Eu devo ter feito muita idiotice na noite passada.

“You: Você virou um tal stalker agora?

Anjinho <3: Ei, não faça desfeita! Sou um stalker do bem!

You: Só… Como conseguiu me encontrar?

Anjinho <3: Não foi tão difícil, você tem que deixar seu gps desligado, My Babie~

You: Nossa, que saudade desse apelido haha

Ah… Entendi. Faz sentido. Mas como conseguiu entrar no meu apartamento?

Anjinho <3: Você me deu a chave

You: Pera, pera… Eu te dei a chave? Eu desmaiei!

Anjinho <3: Mas você acordou quando chegamos no seu prédio, eu te perguntei aonde estava a chave, e você disse que estava no bolso do seu casaco e me deu

You: Sério? Nem fiquei com receio? Eu sou realmente idiota quando estou bêbada… E olha que foi a primeira vez

Anjinho <3: É, você realmente é idiota quando está bêbada.

You: Espera, você… Eu conversei com você noite passada?

Anjinho <3: Sim

You: AAA QUE RAIVA EU NÃO CONSIGO LEMBRAR DO SEU ROSTO ;-;

O que eu fiz? Eu não me lembro de nada!

Anjinho <3: Eu queria muito falar, mas preciso ir agora

You: Aish! Ok…

Só… Obrigada, de verdade.

Anjinho <3: Era o mínimo que eu podia fazer

Agora preciso ir! Falo com você mais tarde~!”

Eu ainda tinha milhares de perguntas que rondavam na minha cabeça, mas nada saia de lá. Coloquei meu celular para carregar e fui na cozinha preparar algo, resolvi fazer um café e pegar um pacote de cookies, quando tudo estava pronto eu fui para a sala assistir televisão, liguei a mesma que estava em um jornal.

- E agora vamos dar uma olhada nas imagens referentes ao tema anterior. - Ouvi a voz da repórter.

Não entendi o que se tratava no início, mas logo me veio em claro. A noite passada. Haviam tirado fotos minhas e do Baekhyun na noite passada. Tinha uma na qual nos estávamos bebendo enquanto conversávamos, tudo bem até ai. Logo após uma de nós dois dançando juntos, ok, isso era estranho. Eu realmente tinha feito aquilo? Tinha uma também em que eu estava do lado de fora do banheiro masculino enquanto o Baekhyun saia. Normal, eu acho… E as duas últimas foram tiradas em sequência, na qual uma ele estava me prensando na parede enquanto me beijava e a outra do tapa que eu havia dado nele. Tudo estava parecendo começar a voltar ao seu lugar, eu conseguia me lembrar o que havia acontecido na festa, e me culpava eternamente por isso.

- Claramente podemos ver que a artista Baby Doll, presente na foto, não tem culpa pela ação de seu colega de trabalho, dá para perceber que o suposto beijo foi forçado. Agora vamos ver o que Byun Baekhyun tem a falar sobre essas fotos. - A repórter falou.

- Eu errei, e assumo isso. A culpa foi minha, eu não deveria ter feito isso, e céus, como eu me arrependo disso agora. Eu só queria poder consertar… Eu sinto muito. Para vocês, EXO-Ls e principalmente para a Doll, é o mínimo que eu posso fazer agora. Espero que ambos possam me perdoar. - Baekhyun disse e a tela foi redirecionada a repórter novamente. - E é assim que terminamos a edição de hoje.

Eu já não aguentava mais ouvir nada, apenas peguei o controle e desliguei a televisão rapidamente. Eu aceitava as desculpas do Baekhyun sim, apesar de tudo. Mas não teria a mesma confiança que tinha nele antes. Passei minhas mãos no rosto tentando não surtar com a quantidade de pensamentos que vinham a tona na minha cabeça. Eu tinha me metido numa burrada das grandes.

Meu celular começou a tocar e rapidamente levantei para atendê-lo.

- Doll, você deve ter visto a reportagem, fique tranquila,o Sr. Lee acabou de negociar com a empresa de reportagem e excluirão o artigo e as imagens, só queria te avisar para você não ficar tão preocupada. - Ouvi o que Hyori disse e me senti um pequeno alívio. - Bem, se arrume. Teremos grandes planos hoje.

- Certo… Obrigado. - Disse e ela desligou a chamada.

Era cedo de qualquer forma, e a reportagem não estava passando num canal tão famoso então… A possibilidade daquilo se espalhar muito era mínima. E eu não queria isso. Me levantei do sofá e fui até o meu quarto, pegando uma calça skinny e um suéter rosa bebê bem quente. Eu conseguia ouvir pelas batidas de gotas de chuva na janela, estava chovendo, por isso queria me aquecer. Fui ao banheiro tomando um banho quente e me vestindo. Fiz uma maquiagem meio básica e rápida, me sentando na ponta da cama.

Minha cabeça ainda doía um pouco por conta da noite passada, e ainda havia aquilo tudo da festa que parecia voltar para a minha memória e me dar um soco. Mesmo o artigo sem excluído junto com as fotos, meu coração não iria se acalmar, não dava para simplesmente eu esconder ou excluir a culpa que eu sentia por tudo aquilo. Nunca havia entendido quando a Caroline falava suas noites anteriores nas baladas, quando ela bebia e ficava bem louca, mas agora sim. O problema é que ela esqueceu de contar a pior parte.

Escovei meus dentes e tomei alguns remédios antes de ir para a portaria esperar Hyori, e em pouco tempo eu já estava dentro do elevador que abria suas portas para a recepção. Quando estava indo em direção a um dos pequenos sofás, me lembrei do que o Baka disse. Ele havia me deixado no meu apartamento, não é? Então provavelmente o senhor da recepção deve ter o visto! Me aproximei da recepção e o senhor de lá direcionou seu olhar do computador para mim.

- Oh! Vejo que está melhor. Você parecia realmente cansada ontem. - Ele disse sorrindo gentilmente.

- Estou sim, obrigado. - Respondi. - Sobre isso… Poderia perguntar algo?

- Claro, sem problemas! - Ele disse se ajeitando na cadeira.

- Um garoto me trouxe, certo? Como ele era? - Perguntei.

- Sim, mas… Ele disse que era seu namorado. Você sabe como é seu namorado, não é? - Ele disse e me bateu uma aflição, automaticamente corrigindo minha pergunta.

- Sei sim. - Menti. - O que eu quis dizer é… Como ele estava vestido? - Distorci minha pergunta.

- Hm… Não me lembro muito bem. Sei que ele estava usando óculos escuros e uma máscara cobrindo sua boca. - Ele disse parecendo tentar se lembrar. - Usava moletom vermelho com capuz, calças jeans e um tênis preto.

- M-Moletom vermelho? - Perguntei quase me engasgando com as minhas próprias palavras.

- Sim, há algo de errado? - Ele perguntou e eu ouvi a buzina da van.

- Hm… Nada. - Disse rápido. - Obrigado, eu preciso ir. Tenha um bom dia! - Disse e me direcionei ao portão do prédio e logo depois para a van, entrando na mesma.

Eu estava pasma. Só conseguia comparar o meu sonho com a realidade.

- Doll, você está bem? Quer um pouco d’água? Está pálida… - Hyori falou preocupada.

- Não… - Disse respirando fundo tentando me acalmar. - Estou bem…

- Ok… - Disse Hyori se virando para frente meio desconfiada e começando a dirigir.

- Minha cabeça vai explodir… - Murmurei para mim mesma.

Fiquei algum tempo respirando fundo enquanto tentava me acalmar, quando eu me sentia mais estável, fui até o meio do banco, olhando Hyori pelo retrovisor.

- O que temos hoje? - Perguntei.

- Hoje você participará de um MV, as gravações ocorrerão das 8 da manhã até as 8 da noite. - Hyori me respondeu.

- Qual MV? - Perguntei curiosa.

- Aish, deixe de ser curiosa! - Disse Hyori. - Você verá!

- Ok, ok! - Resmunguei.

O caminho seguiu calmo, apesar de todos os acontecimentos quase seguidos que estavam rodeando na minha cabeça. Era muita coisa para processar ao mesmo tempo. Moletom vermelho e bebidas da noite passada. Eu não sabia lidar com isso.
- Chegamos. - Hyori me avisou.
Apenas concordei e comecei a me arrumar para sair de van. Hyori estacionou e descemos. Estávamos algumas quadras da BigHit.
- Me deixe adivinha, é algum MV relacionado a BigHit? - Perguntei.
- Como você acertou? - Hyori brincou.
- Não é tão difícil. - Respondi dando de ombros.
- Vamos, não podemos nos atrasar. - Hyori disse e eu a segui durante o caminho.

Sentia que ela tentava me fazer rir ou sorrir muito mais que o normal, mas que algo a atormentava no fundo. Talvez fosse só impressão. Talvez.

Em não muito tempo havíamos chegado na empresa, adentramos as portas e a Hyori conversou um pouco com o recepcionista, que logo após nos levou até a sala do que parecia ser um grande estúdio. Logo as portas foram abertas por Hyori, a qual nos revelou um grande estúdio com vários cenários diferentes, mas parecendo ter ligação entre si.

- Pode me dizer qual será o MV agora? - Perguntei para Hyori mas fui cortada pelo Sr. Bang, dono da BigHit.

- Oh, você veio! Fico muito feliz! É um prazer tê-la aqui. - Ele disse e eu sorri. - Bem, eu preciso ir agora, mas lhe deixarei nas mãos dos nossos staffs.

- Doll, certo? - Disse uma staff se aproximando de mim e eu concordei. - Venha comigo, precisamos te arrumar.

Apenas a segui enquanto olhava para os cenários presentes no estúdio. Eu estava realmente curiosa para saber em qual MV eu participaria. Entramos dentro de uma sala que mais parecia um salão de beleza e logo fui praticamente puxada para uma cadeira e começaram.

- Qual é a cor do seu cabelo natural? - A maquiadora perguntou enquanto mexia nas tintas.

- Loiro, mas… Por que? - Perguntei.

- Tinha essa suspeita. - Ela disse. - Com certeza o loiro iria combinar mais com o MV.


Notas Finais


E ai, qual música vocês acham que é?
(Não leiam o próximo cap sem responder hein! To de olho!)
Kiss~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...