História Baby, Let's Ride - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P
Personagens Bang Yongguk, Daehyun, Himchan, Jongup, Personagens Originais, Youngjae, Zelo
Tags Bap, Daejae
Exibições 25
Palavras 1.880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOLLAAA \0/
É a cammy de novo (ooooobsviu)
Leeeeembra, laaaaaa na fic do EXO que eu falei sobre a ideia da fic do B.A.P??
Pois bem, tomei coragem, e aqui está a Fanfic, ela é DaeJae (ooooobsviu#2) e outros ships bem lokos @-@, Vai rolar de tudo, tudo mesmo, entao, nao se assustem kkk o principal continua DaeJae, essa fic ela é SIM baseada em velozes e furiosos, então vai ter alguns (cofcofmuitoscofcof) elementos da série de filmes, então se você já assistiu, preste bem atenção por que talvez eu ja deixe dicas do que acontecerá no próximo cap....
MAAAS CHEGA DE ENROLAÇÃO

Boa leitura, e até as notas finais ♡♡

Capítulo 1 - Meeting


Fanfic / Fanfiction Baby, Let's Ride - Capítulo 1 - Meeting

Ah, mais um dia, mais um plano, mais um roubo. Sempre, a mesma coisa, mas de formas diferentes. Isso é uma das coisas que eu mais gosto no meu emprego, mas muitos de vocês devem se perguntar, "Com o que caralhos você trabalha?". Bom, digamos que eu sou BASTANTE procurado pela Polícia. Resumindo toda minha história. Sou Yoo YoungJae, um dos traficantes mais procurados da Coreia Do Sul, mas.. não a nada que uma propina não resolva, e dinheiro é algo que não me falta. Hoje é um dia especial, acho que tanto para mim, quanto para minha equipe. Vamos roubar o cofre do maior banco de Seul. Mas é claro que não podemos fazer isso sozinhos, é uma coisa grande, então chamamos outra gangue para nos ajudar, e o interessante é que, o líder não pediu dinheiro algum, nada em troca, um tal de Daekun, Darun, não lembro o nome dele e não sou obrigado a saber o mesmo, mas essa não é a questão. Eles são uma gangue diferente da nossa, são uma gangue de racha, os melhores de toda Seul, são rapidos e ágeis, por isso vão nos ajudar na fuga, por isso nao pediram dinheiro, eles são felizes assim, a corrida é o que valhe para eles, nunca entendi esse tipo de gente, mas desde que eles nos ajudem e façam um bom trabalho, está Ok.

Olho para o relógio e vejo que são 7:13 da manhã. É... um horário razoável. Me levanto fazendo minhas higienes matinais e desco para tomar café.

Aquela mesa, cheia dos mais bonitos e gostosos doces, pães, bolos, a mesa do café dos sonhos. Mas por ser somente eu a sentar se nela, confesso, é um tanto solitário, mas sentimentos são coisas que eu nao posso me deixar sentir então, eu sempre os ignoro.

- É Hoje o dia, não Young? Esta nervoso? - Pergunta uma das minhas "empregadas " me servindo café, sorrindo. Sim, ela me chama de Young, ela cuida de mim desde quando eu era pequeno, então ela é como uma mãe, que eu nunca tive

- É sim noona, mas não estou nervoso, pelo contrário, estou mais tranquilo que o normal, dará tudo certo, como sempre - Respondo tomando um gole do café - So espero que aquela outra gangue la não vacile - Respiro fundo, terminando o café - Obrigada Noona - Levanto e faço um pequena reverência sorrindo e subo ate meu quarto novamente

Entro no banheiro, me despindo, entro debaixo do chuveiro e o ligo, deixando a água quente correr pelo meu corpo, o relaxando, afinal, era necessário. Depois de algum tempo la, pensando, finalmente, saio e me seco e vou para o meu quarto, escolho uma roupa mais "normal" para vestir, e assim o faço, e pego meu celular, ligando para meu braço direito pode se dizer assim

 - Alô? Bang?

- Ah, oi chefe, tudo nos conformes?

- Tudo sim, está pronto?

- Quase, estava me vestindo quando o senhor me ligou

- Ah, que bom, e a outra gangue, ligou para o líder?

- Liguei sim chefe, daqui 30 minutos eles estarão no ponto de encontro

- Bom.. muito bom, nos vemos daqui a pouco então, e juízo viu senhor Bang Yongguk, não quero saber de mais escandalos envolvendo o senhor que possam me causar problemas

- Claro chefe, foi so aquela vez, não ira se repetir, até mais

- Até, confio em você

Telefone desligado, arrumo minhas armas que sempre deixava em casa, colocando a munição na mesma, e uma extra em meu cinto. Saio de casa, onde na frente me esperava o meu motorista particular, entro no carro preto blindado e ele me leva ate o ponto de encontro da nossa gangue com a outra. Chegando la, logo pela janela eu vejo Junhong, ou Zelo, como também gostava de ser chamado, ele esperava sentando em um dos bancos ali, mexia no celular totalmente descontraido, ele era pontual, chegava sempre, pelo menos 5 ou 10 minutos antes do combinado, ele concerteza poderia ter um grande emprego e ser bem sucedido, mas fatores os quais ele nunca quiz falar o fizeram entrar para essa vida, e eu realmente tenho dó dele, apesar de ser muito alto (Ate mesmo beem mais alto do que eu) e tendo toda aquela cara e atitude de macho, por dentro ele ainda é uma criança fofa e divertida, e eu realmente tenho medo que esse estilo de vida leve esse lado dele embora. Mas como eu disse, vamos deixar a parte sentimental de lado.

Desco do carro dando sinal para o motorista fosse embora. Me sento ao lado de Zelo, o cutucando

- Ei pequeno, chegou cedo como sempre? - Puxo assunto sorrindo

- Ah, oi chefe - Responde ele com aquele sorrisinho de criança - Sim, sim, acordei cedo, e não tinha nada para fazer, e você sabe que eu gosto de chegar cedo nos lugares

- É, eu to ligado - Respondo e nós dois rimos - Algum sinal dos outros ou da outra gangue?

- Bom.. já estou aqui a 15 minutos, e até agora.. nada

- Ah sim, mas é cedo também

- Sim, bem cedo

- Mas e você, o que faz ai? - Aponto para o celular

- Ah, jogando Piano Tiles, acabei de passar outra fase - Responde ele animado

- Ah é? E como joga esse negócio?

- Bom, vai tocando uma musica de piano, e você tem que ficar apertando as teclas, não pode errar nem deixar nenhuma passar, e conforme o nível, mais rápido e difícil é

- Ahh entendo, não tenho paciência pra esse tipo de coisa - Comento e nós dois rimos, era muito bom conversar com ele, de verdade

No mesmo momento, Yongguk e o resto dos meninos chega, e eu e Zelo levantamos para cumprimenta los

- Ola ola, rapazes

- Oi chefe - Respondem um de cada vez

- Cadê a outra gangue? - Perguntou Sung

- Olha não sei, mas estão quase atrasados - Respondo suspirando

- Eu vou quebrar eles, combinamos tudo direitinho, e eles vão aprontar essa?

- Calma Sung, calma, eles ja devem estar chegando

Feito e dito, no mesmo momento escutamos barulhos de pneus e alguns motores e vimos uma onda de carros vindo em nossa direção, e eles viam rápido, por um momento até achei que fossem nos atropelar, mas quando ja estavam a alguns metros de distância, todos freiaram bruscamente parando um ao lado do outro, formando uma meia lua ao nosso redor. Quando a fumaça dos pneus baixou, pode se ver os motoristas rindo das caras que meus capangas faziam, seus queixos estavao quase que literalmente no chão.

- Isso não foi nada - Diz um cara de óculos de sol e jaqueta de couro preta, descendo de um dos carros aos risos - Aposto que não estão acostumados a verem isso

- Não muito - Responde maioria

- Pois é, hoje veram. Sou DaeHyun, líder da gangue, nós estamos aqui para ajuda los simplismente por que gostamos de correr, e foi para isso que nós chamaram, e que fique claro que não faremos nada mais além disso - Respondeu o homem sério, enquanto os outros homens desciam de seus carros

- Está tudo bem - Respondi, assegurando a ele - Não forçaremos vocês a mais nada, apenas façam o que tem de fazer. Corram. Agora, cada um em seus carros

Dito isso, fui em direção a um dos carros, o mesmo que de Zelo, o  do líder era o único que ficaria vazio e iria na frente, comandando . De repente eles ligaram os carros e o som daqueles motores acabou me assustando um pouco, assim como maioria dos outros em minha gangue, não estou, mas não estou MESMO acostumado com ESSE tipo de barulho e eu odeio corrida de racha, por isso fiz questão de ir em qualquer carro que não fosse o do líder, porque sei que o dele largaria na frente, com toda a velocidade, e faria as manobras mais bruscas, em 1/4 do caminho eu provavelmente ja estaria enjoado e vomitaria, e isso não seria legal, de jeito nenhum.

- Todos prontos? - Pergunta o tal Daejun... aff, o líder da gangue. Todos os carros buzinam em um sinal de sim, todos então dão partida, e claro, o primeiro a sair cantando pneu foi o líder. Seguimos por cerca de 15 minutos calmos até chegarmos em frente ao banco

Plano em ação

Cada um de nós desce sorrateiramente dos carros, os motoristas tomam cuidado para não fazer barulho e estacionam os carros aonde marcamos, atrás do banco, na lateral, e um outro carro estacionado de ré para a a frente do muro onde dentro ficava o cofre, para carrega lo.

- Lembrem se, com calma, e em silêncio como sempre, depois de puxar o cofre para dentro da caçamba do carro, darei o sinal no radio para aqueles que ficaram la na frente, e vão ate seus respectivos carros com os quais vieram ok?

- Sim chefe - Respondem em coro

- Venha Yongguk, me de a bomba

Sendo assim, enquanto os outros iam para seus posto, bang e eu instalamos as 4 bombas na parede em forma de um quadrado, bem nas pontas do cofre

- Está instalado, agora, distraiam os outros

Digo por rádio para os outros membros que estavam na parte da frente, e dentro do estabelecimento. Arrumamos a desculpa de que havia acontecido um grande acidente na rua em frente ao banco, fazendo com que todos saíssem para ajudar. Em alguns minutos ouvimos um alvoroço mais afrente, as pessoas haviam acreditado e estavam saindo. Recebo um toque de rádio, o sinal

- É agora? - Pergunta Yongguk

- É agora, se afastem todos - Respondo um pouco mais alto

Todos se afastam, inclusive eu é claro, aciono a bomba

3, 2, 1..

Explodiu

- Caralho, caralho, vai vai!!

Todos os membros correm entrando em seus respectivos carros, eu engato o cofre na caçamba do outro carro, mas a essa altura todos ja haviam disparado

- Filhos da puta... e agora?

Sei que a Polícia chegara em alguns momentos, eu preciso ser rapido. Vejo uma escada de ferro que leva até o telhado do banco, subo o mais rápido possível. Chegando la em cima vejo o líder da outra gangue, com o carro vazio, ele me vê la em cima, eu tento me comunicar, mas não posso gritar nem falar alto

...O rádio...

Lembro que dei um para ele, ligo o meu tentando contato com ele

- É agora que você prova suas habilidades, me tira daqui

- Olha.. isso vai ser uma prova para nós dois

- Como assim?

- So existe um jeito no momento de tira lo dai

- Poderia me dizer qual?

- Eu dou a volta, e quando eu passar raspando ai.. você pula no carro

- E-e-eu o que?

- So vai cara, so vai

- E se você errar?

- SO PULA PORRA

Responde ele desligando o rádio, vejo ele fazer a volta rapidamente, e eu me preparo mentalmente. Quando ele passa raspando na frente, eu dou alguns passos para trás, fecho os olhos com força 

E pulo

Sinto um choque com meu corpo, e quando abro os olhos estava dentro do carro, tinha caido atravesado no banco da frente, com a cabeça no colo do Líder, ao perceber a cena me levanto rapidamente, pedindo desculpas

- Me desculpe, não foi a intenção - Digo me ajeitando no banco, sério 

- Não, não, tudo bem - Responde ele rindo - Acho que vou cobrar uma taxa extra por isso...


Notas Finais


É ISSOAE VIADO kkkk
Prosseguindo
É isso por hoje gente, lembrando novamente, desculpem pelos erros, vocês sabem que eu NAAO REVISO kkk mas vocês disfarcam neh? é EU SEI kkk zoas, podem me cobrar tá? ;-;
Também se estiver algo confuso DEMAIS, me peçam, que eu ARRUMO
Lembrando quee...
Críticas Construtivas são sempre vem vindas 😊
Até o próximo cap
Beijos de kookie~~ 😚❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...