História Baby Lolo (Camila G!p) - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Baby, Camila Cabello, Camila G!p, Camren, Camren G!p, Infantilismo, Lauren Jauregui, Mommy
Visualizações 2.284
Palavras 578
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLHA QUEM JÁ VOLTOU DKTNFKTF 🙈

Capítulo 27 - Capítulo 26


     Pov Camila

-Responsável por Lauren Jauregui-Pulo da cadeira a qual estava sentada assim que escuto o nome da minha pequena ser pronunciado

-Sou eu-Digo rapidamente-Ela está bem? Já acordou?

-Peço que mantenha a calma Sr.Cabello-Pede gentilmente-Ela teve sorte, você fez o certo em traze-lá para o hospital na hora do ocorrido. Acreditamos que não haverá sequelas, mas só podemos lhe confirmar com certeza quando ela acordar

-Então ela está bem, digo, que vai ficar tudo bem? -Pergunto apenas por segurança

-Fizemos todos os exames e neles constaram que ela está bem, mas como disse só podemos lhe dar a certeza que ela está bem quando a mesma acordar-Diz sorrindo compreensivo

-E eu posso esperar ela acordar no quarto? -Pergunto esperançosa. Normalmente esses hospitais são frescos e só deixam a família entrar

-Na ficha não consta nem o nome do pai e nem o da mãe-Diz observando a prancheta em sua mão

-Ela não tem contato com os pais-Digo resumidamente até porque nem eu sei dessa história direito

-Vocês são casadas? -Pergunta arqueando as sobrancelhas

-Não, mas moramos juntas-Digo sorrindo fraco

-Certo não deveria deixar, mas como acho que caso você não a veja irá ter um ataque vou permitir sua entrada como acompanhante-Diz sorrindo

-Muito obrigado doutor-Digo aliviada. Acho que realmente teria um ataque caso ele negasse meu pedido

-Bem, como disse ela está dormindo, anestesiada pra ser mais exata. Fizemos uma lavagem estomacal e acreditamos que por causa da anestesia ela só irá acordar amanhã-Diz enquanto me guia até o quarto

-Doutor e em relação a sua saúde? Creio que ela não tem se alimentado direito nessas últimas semanas-Digo apreensiva

-Realmente ela tem deixado a desejar nesses aspectos, mas não é nada preocupante. Com algumas vitaminas e uma dieta saudável creio que resolveremos esse problema com pouquíssimo tempo-Diz parando em frente a uma porta-Agora tenho outros pacientes pra atender, mas qualquer coisa que precisar temos enfermeiras a disposição

-Okay e obrigada novamente-Digo agradecida

-Só fiz o meu trabalho Srt.Cabello-Diz e sai andando me deixando ali sozinha

Vamos lá Camila

#-#

Lauren realmente só acordou no outro dia pela manhã, ficamos no hospital até a tarde quando o médico nos liberou mas com uma condição

-Se eu assinar sua alta você me promete que vai se cuidar muito, muito, muito bem? -Pergunta a ela que assente sorrindo

-Prometo-Diz corada e eu apenas sorrio em ver a mesma já voltando ao seu tom de pele natural

-Estou confiando em você pequena Lauren-Diz assinando a sua provável alta do hospital

Bom, depois de sairmos só hospital fomos a sua casa pegar suas coisas, depois passamos na farmácia pra comprarmos as vitaminas e alguns remédios receitados, depois no mercado pra comprarmos os alimentos indicados e em seguida fomos pra casa

-Eu estava com saudade daqui-Lauren diz assim que passamos pela porta

-Você fez falta babe-Digo trancando a porta, colocando sua bolsa em cima do sofá e a abraçando por trás

-Mommy-Me chama baixinho

-Oi querida-Digo enquanto distribuo beijos em seu pescoço

-Eu quero leitinho-Diz e eu juro que tentei não pensar besteira com seu pedido, mas foi impossível

-Quer? -Pergunto a virando pra mim e sorrindo maliciosa

-Mommy-Resmunga envergonhada-Não esse leitinho-Não consigo segurar a gargalhada alta que dou com suas palavras

-Tudo bem querida-Digo limpando as lágrimas no canto dos olhos-Eu já trago seu leitinho

-Obrigada Mommy-Diz sorrindo grande

-Mas a noite será o meu leitinho que irei te dar-Digo sorrindo maliciosa-Estou com saudades querida

-Eu também estou Mommy-Diz corando com as próprias palavras

Como ela consegue ser tão adorável?


Notas Finais


COMENTEM

COMENTEM

COMENTEM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...