História Babygirl. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Crossdressing, Daddy Kink, Jimin, Lolita, Texting, Vmin
Exibições 84
Palavras 448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Amanhã tem a última prova de química mas não resisti e voltei meus queridos.

Capítulo 4 - Transtorno.


Fanfic / Fanfiction Babygirl. - Capítulo 4 - Transtorno.

Um toque foi ouvido e o corpo na cama apenas rolou para o outro lado da cama de solteiro tentando, quase inutilmente, se isolar do barulho irritante do celular.

Outro toque.

Mais um.

— Não se pode mais aproveitar algumas horas de sono extra em pleno sábado? — Perguntou o jovem para o nada enquanto tentava levantar de sua cama com o maior esforço do mundo.

Taehyung sentiu sua cabeça girar quando sentou-se de súbito em sua cama, tudo girou até que conseguiu focar em seu celular que se encontrava repousado no criado-mudo ao lado de sua cama.

Horseok chamando...

Kim, que até o momento não havia notado que seu colega de quarto não estava presente no quarto atendeu o telefone com preguiça.

— Hyung, eu tenho um carinho enorme por você, mas me dê um bom motivo para me acordar cedo em pleno sábado. — Taehyung tentou ser o mais educado possível, levar um soco de seu hyung não fazia parte dos seus planos diários.

— Me ajuda pelo amor de tudo que é mais sagrado. — Respondeu Hoseok sussurrando, o que fez o mais novo do outro lado da linha ficar apreensivo. — Eu estou preso dentro de um armário em Gangnam cacete, vem me tirar logo daqui porra. — Elevou um pouco a voz em urgência.

Nesse meio tempo o loiro apanhou a primeira roupa que conseguiu e perguntou com urgência.

— JUNG HOSEOK COMO VOCÊ FOI PARAR EM GANGNAM? ANDANDO QUE NÃO FOI NÉ. VOCÊ AO MENOS SABE ONDE ESTÁ? — O mais novo perdeu a paciência e ignorou sua dor de cabeça, se concentrando apenas em repreender mais uma irresponsabilidade de Hoseok.

— Tae, vou te mandar a localização pelo celular tá? Pega a chave da minha moto e vem logo pra cá, eu te explico tudo assim que a gente se encontrar.

— Já vou Hoseok.—  Respondeu ríspido e curto Kim desligando o aparelho e se perguntando mentalmente se já cometeu um pecado tão grande para ser penitenciado dessa forma.

-------------------- 

Com o endereço em mãos Kim seguiu para a parte mais rica da cidade de Seoul, perguntava-se o tempo todo como seu amigo conseguira a proeza de se enfiar dentro de um armário praticamente do outro lado da cidade.

Jung era um caso a ser estudado.

Ao chegar no local combinado o aloirado pode perceber um pequeno amontoado de garotas e por baixo do pequeno capacete sua feição era de confusão plena, antes que pudesse começar a criar teorias em sua mente seu braço foi brutalmente agarrado pelas mãos desesperadas de seu amigo.

— Vamos pro café perto da JYP, lá eu te explico tudo. — Foi tudo que o mais velho disse antes de colocar o capacete e se agarrar ao corpo de Kim.

 

 

 


Notas Finais


ALOKA.
Eu deveria estar estudando pq amanhã é minha última prova antes da recuperação? SIIIIM
Eu estou fazendo isso? NÃÃO
Mas ok né galera, eu tinha que manter a att em dia.
E PRA QUEM LÊ MODELS SE PREPARA POIS LÁ VEM TIRO.
OBS: Eu não estou escrevendo o nome do Hobi errado não , é que eu queria fazer um trocadilho com o nome lá nos contatos do Tae mas já já eu mudo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...