História Baby's - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~Lysie

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Kris Wu, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Tao
Tags Chanbaek, Daddy Kink, Hunhan, Kaisoo
Exibições 227
Palavras 1.740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláres hihihi
Agora tenho uma coautora, bitches ♥

Capítulo 17 - Cap 16 - A visita da Sogra e do amante do Ex


Fanfic / Fanfiction Baby's - Capítulo 17 - Cap 16 - A visita da Sogra e do amante do Ex

Chanyeol dormiu na recepção do hospital junto a Kyungsoo e Jongin, os três estavam preocupados com o vaca deles, assim que amanheceu os três aguardatam a alta do Byun que estava rabugento por ter dormido em uma cama dura e ter sido alimentado por comida sem sabor.

-Quipariu, eu não quero nem sequer ficar mais resfriado. Porra de cama dura. - Baekhyun reclamava no carro e os outros três o ouviam com sorrisos like a Coringa, havia sido somente algumas horas, mas ele fez falta. - Sinceramente, eu acho que  única parte legal foi conhecer o Suho.

-Quem é Suho, palhaço? - Chanyeol perguntou com uma carranca. 

-Tu me respeita, poste. - O Byun estava de volta. - Tira essa carranca da cara porque um: Ele é casado. Dois: Já me basta vocês três.

E o resto do caminho foi cheio de reclamações e juramentos de cuidar mais de sua saúde. Quando chegaram no apartamento do Park, Baekhyun teve a surpresa mais indesejada de sua vida como amor do Park.

-Olha só o que temos aqui. - A mulher de estatura mediana, cabelos necessitados de um retoque, unhas com cutículas mal feitas e pés de galinha no canto dos olhos (na perspectiva do Byun, claro), falou com deboche e um sorriso de canto.

-Quem é vivo sempre aparece. - Outra moça só que desta vez mais nova e muito mais parecida com Chanyeol debochou.

Passar um tempo com A Sogra e A Cunhada, inferno de Satansoo. Aliás, muito pior que Satansoo. E isso não era exagero.

-Chanyeol. - Baekhyun o chamou baixinho.

-Oi, amor?

-Vai tomar no cu seu filho da puta.

E foi para o quarto com a carranca merecedora de Oscar por ser uma das maiores causas das linhas de expressão e rugas do Byun no futuro.

Chanyeol saiu para trabalhar e antes de se retirar gritou em alto e bom som para o prédio todo ouvir "A SOGRONA TE AMA" e Baekhyun só consguia se questionar o motivo de ele ter se apaixonado logo por um bundão, escroto, rudicu, arru babu, orelhudo, foto, sexy, diliça e pauzudo que é Park Chanyeol. 

Depois de ter a brilhante ideia de tomar um banho de pelo menos 5 horas e se trancar pelas outras 4 no quarto, mas seu plano infalível foi cortado pela voz de sua sogra e sua cunhada.

-Baekhyun, eu estou com fome.

-Omma, ele não sabe cozinhar. 

Ouviu as vozes zombeteiras de suas inimigas naturais, depois do culote. 

-Vão tomar no cu. - Respodeu com o seu poço de delicadeza, amor e pprincipalmente educação. - Se eu ganhasse uma medalha para cada vez que vocês me irritam... (foto do cap)

-Aish Baek, sabe nem brincar. - Sua cunhada, que tem o nome de Yoora, reclamava enquanto via o Byun sair so banheiro, já vestido.

-Sei brincar sim, é só perguntar para o seu irmão que ele pode lhe contar detalhadamente a forma que eu sei brincar. - Respodeu o Byun com a sua expressão venenosa, essa fora aprendida com ZiTao. - Aliás, eu quero saber o que fazem aqui. - Questionou olhando para sua sogra, chamada Chaerin (sim a CL, MINHA QUEEN TINHA QUE ESTAR NA HISTÓRIA, e nada melhor que uma sogra socialite).

-Não posso visitar meu precioso genro? - Chaerin perguntou com um falso tom de afetada. 

-Não, não pode, não deve. Não pode cogitar a ideia, não pode sonhar, não pode nem sequer falar sobre isso. Não deve nem sequer anotar isso. - DramaQueen 2.0 está entre nós. - Euhein, ideia de louco. Perdeu um parafuso ou é a idade, mesmo?

Baekhyun odiava sua sogra. O-D-I-A-V-A. E não é só porque ela é sogra e sim porque essa maldita é uma puta de sonsa e vibe das loka testadora. E a cunhada até que dava para conversar e viver em sociedade, mas a sogra... Era um inferno e ele teria que aguentar ela por esse longo dia e ainda no dia seguinte, já que estava com atestado.

Na empresa as coisas iam de acordo com a agenda e logo estavam tendo a seção de fotos com os modelos de experiência, ou seja, Sehun estava posando para as fotos e Luhan estava o acompanhando já que seus desenhos teriam que passar por Baekhyun antes da costura, mas o Byun estava em descanso, portanto teria que esperar dois dias ou ir na casa dele. Mas decidiu aguardar e agora estava ajudando Sehun a se vestir.

-Sehun, você tem que se manter sério nessa peça que irá usar. - Luhan explicava enquanto abotoava a camisa social do coreano. E Sehun apenas observava o cuidado do chinês e se segurava para não fazer uma loucura, Luhan estava perto demais.

-Luhan, me dá um beijo? - Sehun perguntou na osadia já que ele é lek doido. 

-Para de brincadeira, porta. - O Xiao se sentiu envergonhado e com toda certeza tinha as bochechas rubras. E ainda riu um pouco com a fala de Sehun, esse que agarrou a cintura (não achei palavra melhor, aliás cês já viram a porra da cintura do Lu?!) do Xiao e olhou bem no fundo de seus olhos.

-Eu pareço estar brincando? - Perguntou com a voz em um sussurro rouco, seus rostos se aproximando, mas foram interrompidos por um "casal" entrando no camarin em que estavam, e Luhan conhecia muito bem aqueles dois. Conhecia tão bem que um deles era seu namorado e o outro seu amante.

-Vista o resto, ok? - Luhan se afastou do Oh e ia em direção a porta que o "casal" estava os olhando de forma estática. 

-Xiao Luhan, tome no seu cu, como diabos eu vou vestir esse treco? - Sehun perguntou com um tom de brincadeira, mas ele realmente não sabia vestir aquilo.

-Se você me ama não vai me pedir ajuda. - Luhan respondeu parado na porta e Sehun o olhou incrédulo. 

-Seu chato. - Resmungou e começou a terminar de abotoar a camisa. Luhan estava com as bochechas de cosplay de tomate. - Sai daqui, Luhan. Antes que eu decida deixar de te amar lhe pedindo ajuda.

E o Xiao saiu, deixando Sehun na presença do "casal" que ainda não havia falo nada. Hoshi estava pensativo enquanto seu companheiro olhava Sehun com um brilho nos olhos. E Hoshi saiu, deixando seu companheiro e Sehun para trás. 

-V-você quer ajuda? - A voz, do até então, desconhecido para Sehun se fez presente. 

-Não seria incomôdo? - Sehun perguntou e recebeu um aceno negativo, deu de ombros e aceitou a ajuda. - Qual o seu nome? Você está aqui para a experiência também? 

-P-pode me chamar de Woozi, e não eu n-não sou bonito como você para ser modelo. - Respodeu em um fio de voz.

-Naaah, todos tem a sua beleza. Você também é bonito, devia se inscrever. - Sehun conversava com o garoto que era um tanto quanto tímido. E logo Sehun estava arrumado e na área de fotografias, assim que viu Luhan lhe observando se sentiu bem. Sehun era um bobo que se apaixonou à primeira vista pelo Xiao.

Tudo estava indo como os conformes e o calendário da empresa. Luhan já estava exausto, mas depois de Sehun não ter lhe pedido ajuda em prova de seu "amor" sentiu suas energias voltarem. 

-Ele é bem bonito. - O Xiao ouvira uma voz tão conhecida por si se fazer pressente ao seu lado. 

-É... Está namorando com aquele cara? - Luhan perguntou por educação, na cabeça dele. 

-Não, somos bons amigos. Eu amo outra pessoa. - Respodeu e Luhan entendeu a indireta direta dele, mas deixou passar. - E você e o cara ali?

-SIM! - A voz de Sehun se fez presente em um tom bem alto, ele podia falar já que sua seção terminara. - Vamos até casar, adotar 5 crianças, ter uma manada de cachorros e ficaremos juntos até os nossos últimos dias na Terra.

Luhan recebeu Parabéns dos funcionários ali presentes, suas bochechas sentiam o gosto da vergonha e Sehun ria pois sua brincadeira fora levada a sério. Mas Hoshi estava com o semblante sério. 

-Sehun, você é muito louco. - Luhan sussurrou no ouvido do coreano, já que outra seção havia começado e deviam fazer silêncio.

-Por você.  - Respodeu, roubou um selinho do Xiao e saiu correndo, mas Luhan não foi atrás dele. Ele estava parado olhando para o nada e um sorriso involuntário nasceu em seus lábios. 

-Vejo que você tem uma relação boa. - Hoshi comentou ainda de cara amarrada, coisa que Luhan estranhou, já que estava muito avoado com a situação. 

-Anh? O Sehun é doidinho. - Respondeu e se retirou indo atrás do Oh. (Opa, Lysie já sabe o que vai ocorrer aqui hum...) E quando o encontrou ele estava retirando sua blusa e viu o tal amigo do Hoshi conversando com o mesmo. - Hun?

-Eu. - O sorriso de Sehun aumentou na presença do Xiao.

-Estou com fome, pode comprar algo para mim? - Perguntou Luhan com o semblante desconfiado com o olhar do amigo de Hoshi sobre Sehun. - Pode ir no carro se quiser. 

-Vou sim. - Sehun respondeu e vestia outra camisa. Luhan tinha que admitir, Sehun era muito atraente. Tinha os braços definidos, o abdomen com alguns gominhos e uma bunda que nooossa.

-Posso ir junto? - Woozi perguntou para Sehun e logo recebeu um aceno positivo. - Que ótimo, eu gostei muito de sua companhia. 

Dava para ver os raios e faíscas saindo dos olhos de Luhan.

-Já que gostou tanto da companhia do Oh, sugiro que vá a pé com ele. - Luhan se retirou com a carranca mais fodida da história de sua vida. E Sehun estava com uma cara de cu tentando entender o que houve, já Woozi sorria de canto.

Alguns minutos se passaram e agora Luhan estava se arrumando no banheiro, sua blusa lisa e branca combinava com a calça azul-marinho e a tiara de flores que usava. Mas seu humor não estava dos melhores depois da cena de Woozi.

-Gosta da companhia... - Resmungava sozinho para o seu reflexo no espelho e antes de se retirar vira Hoshi pelo espelho. - O-oi...

-Você não sente minha falta? - Hoshi perguntou enquanto se aproximava de Luhan, essa que estava escorado na pia.

-Não, claro que não sinto. - Agradeceu aos céus por não ter gaguejado.

-Sim, você sente. - O coreano já estava cara à cara com Luhan, esse se sentia vulnerável na posição em que estava. Hoshi o pensava na pia com uma de suas mãos na sua cintura e outra em seu rosto.

-S-sai...

E quando menos esperou os lábios de seu ex - amado estavam colados ao seu.


Notas Finais


HOHOHOOOOO
tenho coautora agora :')
GENTEN QUERO COMENTÁRIOS! É pedir demais? ;-;
Agradeço pelos fuckin 233 favoritos ♥
[Eu estou agindo de forma racional e não estou pirando pq sou uma pessoa normal]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...